Translate this Page

Rating: 3.0/5 (902 votos)



ONLINE
2




Partilhe este Site...

 

 

<

Flag Counter


a chamada ao ministerio MT 10
a chamada ao ministerio MT 10

                                                           Mateus capítulo 10


Mateus 10: 1-15

Ele chamou a si os seus doze discípulos e deu-lhes poder sobre os espíritos imundos, para expulsá-los, e para curar todas as doenças e enfermidades. Agora, os nomes dos doze apóstolos são estes. O primeiro, Simão, chamado Pedro; André, seu irmão; Tiago, filho de Zebedeu; João, seu irmão; Philip;Bartolomeu; Thomas; Mateus, o cobrador de impostos; Tiago, filho de Alfeu; Lebeu, apelidado Tadeu;Simão, o cananeu; e Judas Iscariotes, aquele que o traiu.

Jesus enviou estes doze, e ordenou-lhes, dizendo: "Não se dirijam aos gentios, nem entreis em cidade de samaritanos. Em vez disso, ir às ovelhas perdidas da casa de Israel. Como você vai, pregar, dizendo: "O Reino dos Céus está próximo!" Curai os enfermos, limpai os leprosos, e expulsar os demônios. De graça recebemos, por isso dar livremente. Não tome nenhum ouro, nem prata, nem cobre, em vossos cintos de dinheiro. Tome nem de alforje para o caminho, nem duas túnicas, nem . sandálias, nem bordão; porque digno é o trabalhador do seu alimento Em qualquer cidade ou aldeia em que entrardes, procurai saber quem nela é digno, e ficar lá até que você vá em Como você entra na casa, saudá-la Se o.. casa for digna, deixe sua paz vem sobre ele, mas se não for digna, torne o seu retorno a paz a vós. Quem não receber, nem ouvir as vossas palavras, como você sair daquela casa ou daquela cidade, sacudi o pó dos vossos pés. Em verdade vos digo que será mais tolerável para a terra de Sodoma e Gomorra no dia do juízo, do que para aquela cidade.

Este capítulo é um dos solenidade peculiar. Aqui está o registro da primeira ordenação que nunca teve lugar na igreja de Cristo. O Senhor Jesus escolhe e envia os doze apóstolos. Aqui está um relato da primeira carga sempre entregue aos ministros cristãos recém-ordenados. O próprio Senhor Jesus entrega-lo. Nunca houve tão importante uma ordenação. Nunca houve tão solene uma carga!

Há três lições que se destacam de forma proeminente na face dos primeiros quinze versos deste capítulo. Vamos levá-los em ordem.

Somos ensinados, em primeiro lugar, que todos os ministros não são, necessariamente, salvos os homens. Nós vemos nosso Senhor escolher um Judas Iscariotes para ser um dos seus apóstolos.Não podemos duvidar que Ele sabia que todos os corações, conhecia bem os personagens dos homens que Ele escolheu. E Ele inclui na lista dos apóstolos alguém que era um traidor!

Faremos bem em ter em mente este fato. Se a ordenação não conferem a graça salvadora do Espírito Santo. Homens ordenados não são necessariamente convertida. Não estamos a considerá-los como infalível, ou na doutrina ou na prática. Não estamos a fazer papas ou ídolos deles, e insensivelmente colocá-los no lugar de Cristo. Devemos considerá-los como "homens de paixões", com nós mesmos, sujeitos às mesmas fraquezas e diária que exigem a mesma graça. Não estamos a pensar que é impossível para eles fazer coisas muito ruins, ou para esperar que eles sejam acima do alcance dos danos causados ​​pela lisonja, cobiça, e do mundo. Estamos a provar o seu ensino, pela palavra de Deus, e segui-los medida em que seguir a Cristo, mas não mais. Acima de tudo, devemos orar por eles, para que possam ser sucessores não de Judas Iscariotes, mas de Tiago e João. É uma coisa terrível para ser um ministro do Evangelho! Ministros precisa de muitas orações.

Somos ensinados, no próximo lugar, que a grande obra de um ministro de Cristo é fazer o bem.Ele é enviado para buscar a "ovelha perdida", - para proclamar boas novas - para aliviar aqueles que sofrem - a diminuir a tristeza - e aumentar a alegria. Sua vida é para ser um dos "dar", em vez de receber.

Este é um alto padrão, e um muito peculiar. Que seja bem pesado, e cuidadosamente examinado. É evidente, por um lado, que a vida de um fiel ministro de Cristo não pode ser uma das dificuldades. Ele deve estar pronto para passar o corpo ea mente, tempo e força, no trabalho da sua vocação. Preguiça e frivolidade são ruins o suficiente em qualquer profissão, mas o pior de tudo em que de um vigia para as almas. É evidente, por outro lado, que a posição dos ministros de Cristo não é o que as pessoas ignorantes, por vezes, atribuem a eles, e que infelizmente, por vezes, reclamar para si. Eles não são muito ordenado para governar como para servir. Eles não são destinados tanto para ter domínio sobre a Igreja, como para suprir suas necessidades, e servir os seus membros. (2 Cor. 1:24.) Happy seria para a causa da verdadeira religião, se estas coisas eram melhor compreendidas! Metade das doenças do cristianismo surgiram a partir de noções equivocadas sobre o escritório do pastor!

Somos ensinados, em último lugar, que é uma coisa mais perigosa a negligenciar as ofertas do Evangelho. Ele deve provar "mais tolerável para a terra de Sodoma e Gomorra", no dia do juízo, do que para aqueles que já ouviram falar de Cristo verdade, e não recebeu.

Esta é uma doutrina terrivelmente prédio em frente, e que merece séria consideração. Os homens são, infelizmente, capazes de esquecer, que não requer grandes pecados em aberto a serem pecado, a fim de arruinar uma alma para sempre. Eles só têm de ir em audiência sem acreditar, ouvindo sem arrepender-se, ir à igreja sem ir a Cristo, e por bye e eles vão encontrar-se no inferno! Todos seremos julgados de acordo com a nossa luz. Teremos de dar conta de nosso uso de privilégios religiosos. Para ouvir da "grande salvação", e ainda negligenciá-lo, é um dos piores pecados homem pode cometer.(João 16: 9).

O que estamos fazendo a nós mesmos com o Evangelho? Esta é a pergunta que cada um que lê esta passagem deve colocar a sua consciência. Vamos supor que estamos decente e respeitável em nossas vidas, correto e moral em todas as relações da vida, regular em nosso atendimento formal sobre os meios de graça. É tudo bem, até onde ele vai. Mas isso é tudo o que se pode dizer de nós? Será que estamos realmente recebendo o amor da verdade? Cristo habita em nosso coração pela fé? Se não, nós estamos em perigo terrível. Somos muito mais culpados do que os homens de Sodoma, que nunca ouviram o Evangelho a todos. Podemos acordar para descobrir que, apesar da nossa regularidade, ea moralidade, e correção, nós perdemos nossas almas por toda a eternidade. Ele não vai nos salvar de ter vivido sob o sol cheio de privilégios cristãos, e de ter ouvido o Evangelho pregado fielmente todas as semanas. Deve haver conhecimento experimental com Cristo. Deve haver recepção pessoal de Sua verdade. Deve haver união vital com Ele. Devemos tornar-nos seus servos e discípulos. Sem isso, a pregação do Evangelho só aumenta a nossa responsabilidade, aumenta a nossa culpa, e por fim nos afundar mais profundamente no inferno. Estes são ditos difíceis. Mas as palavras da Escritura, que temos lido, são simples e inconfundível. Eles são todas verdadeiras.

 

Mateus 10: 16-23

"Eis que eu vos envio como ovelhas no meio de lobos portanto, sede prudentes como as serpentes e simples como as pombas Mas cuidado com os homens:.. Para eles vos entregarão aos tribunais e nas suas sinagogas vos açoitarão Sim. e você será levado perante governadores e reis, por minha causa, em testemunho para eles e para as nações. Mas, quando vos entregarem, não vos preocupeis como ou o que você vai dizer, pois lhe será dada em aquela hora que você vai dizer. Porque não sois vós que falais, mas o Espírito de vosso Pai é que fala em vós.

"O irmão entregará à morte o irmão, e um pai a seu filho. Filhos se levantarão contra os pais, e levá-los a ser condenado à morte. E sereis odiados de todos por causa do meu nome, mas aquele que perseverar até o fim será salvo. Mas quando vos perseguirem numa cidade, fugi para outra, para a maioria, certamente, eu digo a você, você não terá atravessado as cidades de Israel, até que o Filho do Homem veio. "

As verdades contidas nestes versos deve ser ponderada por todos aqueles que tentam fazer o bem no mundo. Para o homem egoísta, que se preocupa com nada além de sua própria facilidade ou conforto, lá pode parecer pouco neles. Para o ministro do Evangelho, e para cada um que procura salvar almas, estes versos deveria ser cheia de interesse. Sem dúvida, há muito neles, o que se aplica especialmente para os dias dos apóstolos. Mas há muito ainda que se aplica a todos os momentos.

Vemos, por um lado, que aqueles que faria bem às almas, deve ser moderada em suas expectativas. Eles não devem pensar que o sucesso universal vai assistir seus trabalhos. Eles devem contar com a reunião com muita oposição. Eles devem fazer as suas mentes para "ser odiado", perseguidos e mal-utilizado, e que também por seus parentes mais próximos. Muitas vezes eles vão encontrar-se como "ovelhas no meio de lobos."

Vamos ter isso em mente continuamente. Se nós pregamos, ou ensinar, ou visitar de casa em casa - quer escrever ou dar conselhos, ou tudo o que fazemos, que seja um princípio assente com a gente para não esperar mais do que as Escrituras e mandado de experiência. A natureza humana é muito mais perverso e corrupto do que pensamos. O poder do mal é muito maior do que supomos. É vão imaginar que todo mundo vai ver o que é bom para eles, e acreditar no que lhes dizemos. Ele está esperando que nós não se encontrar, e só vai acabar em decepção. Feliz é aquele trabalhador por Cristo, quem sabe estas coisas em sua primeira partida, e não tem que aprendê-las por experiência vigarista! Aqui reside a causa secreta por isso que muitos se voltaram para trás, uma vez que parecia cheio de zelo para fazer o bem. Eles começaram com as expectativas extravagantes. Eles não contar o custo. Eles caíram no erro de o grande reformador alemão, que confessou ele se esqueceu de uma só vez, que "Adão velho era forte demais para o jovem Melancthon."

Vemos, por outro lado, que aqueles que fazer o bem é que preciso orar por sabedoria, bom senso e uma mente sã. Nosso Senhor diz aos seus discípulos para ser "prudentes como as serpentes e simples como as pombas." Ele diz aqueles que quando eles forem perseguidos num lugar, eles podem legalmente "fugi para outra."

Existem algumas das instruções de nosso Senhor que é tão difícil de usar, com razão, como este. Há uma linha marcada para nós entre dois extremos; mas que exige grande julgamento para definir. Para evitar a perseguição, mantendo nossas línguas, e mantendo nossa religião inteiramente para nós, é um extremo. Não estamos a errar nessa direção. Para cortejar perseguição, e empurrou a nossa religião sobre cada um nos encontramos, sem levar em conta lugar, tempo ou circunstâncias, é outro extremo. Nesse sentido, também estamos avisados ​​para não errar mais do que na outra. Realmente podemos dizer, "que é suficiente para estas coisas?" Temos necessidade de chorar ao único Deus sábio por sabedoria.

O extremo em que a maioria dos homens são susceptíveis de cair nos dias de hoje, é a do silêncio, a covardia, e deixar que os outros em paz. Nosso chamado prudência está apto a se degenerar em uma linha de comprometimento da conduta, ou infidelidade francamente. Estamos muito pronto para supor que é de nenhum uso tentando fazer o bem para as pessoas certas. Nos desculpamos de esforços para beneficiar suas almas, dizendo que seria indiscreto, ou inconveniente, ou daria ofensa desnecessária, ou até mesmo fazer mal positivo. Vamos todos relógio e estar em guarda contra este espírito. A preguiça eo diabo são muitas vezes a verdadeira explicação para isso. Para dar forma ao que é agradável à carne e sangue, sem dúvida, e nos salva muita dificuldade. Mas aqueles que dão lugar a que muitas vezes jogar fora grandes oportunidades de utilidade.

Por outro lado, é impossível negar que existe tal coisa como um zelo justo e santo, que é "não com entendimento." É perfeitamente possível criar muito ofensa desnecessária, cometer grandes erros, e agita-se muita oposição, que poderia ter sido evitado por um pouco de prudência, gestão sábia, e exercício de julgamento. Vamos todos tomar cuidado para que não somos culpados nesta matéria.Podemos ter certeza é que existe tal coisa como sabedoria cristã, que é bastante distinto do engano jesuítica, ou política carnal. Esta sabedoria vamos procurar. Nosso Senhor Jesus não nos obrigam a deixar de lado o nosso senso comum, quando nos propomos a trabalhar para Ele. Não será ofensa suficiente conectado com a nossa religião, fazer o que quiser; mas não vamos aumentá-la sem justa causa, Esforcemo-nos por "observar cuidadosamente como nós caminhamos, não como néscios, mas como sábios." (Ef. 5:15).

É de recear que os crentes no Senhor Jesus não são suficientes para orar pelo espírito de conhecimento, bom senso e uma mente sã. Eles estão aptos a fantasia de que, se eles têm graça, eles têm tudo o que precisam. Esquecem-se que um coração gracioso deve rezar para que ele pode estar cheio de sabedoria, bem como do Espírito Santo. (Atos 6: 3.) Vamos todos lembrar disso. Grande graça e bom senso são, talvez, uma das combinações mais raros. Que eles possam ir juntos, a vida de David, eo ministério do apóstolo Paulo são provas marcantes. Neste, no entanto, como em todos os outros aspectos, o nosso Senhor Jesus Cristo é o nosso exemplo mais perfeito. Nada nunca foram tão fiéis como Ele. Mas nada nunca foram tão verdadeiramente sábio. Façamos Dele nosso padrão, e andar em Seus passos.

 

Mateus 10: 24-33

"O discípulo não está acima do mestre, nem o servo acima do seu senhor. É o suficiente para o discípulo ser como seu mestre, e ao servo como seu senhor. Se chamaram o dono da casa Belzebu, quanto mais ! dos da sua família Portanto, não tenha medo deles, pois não há nada encoberto que não haja de ser descoberto;. e oculto que não venha ser conhecido O que vos digo na escuridão, dizei-o à luz; eo que ouve sussurrou no ouvido, proclamai-o sobre os telhados. Não temais os que matam o corpo, mas não podem matar a alma. Antes, temei quem é capaz de destruir a alma eo corpo no inferno.

"Não se vendem dois pardais por uma moeda assarion? Nenhum deles cai no chão sem a vontade de vosso Pai, mas os cabelos da vossa cabeça estão todos contados. Portanto, não tenha medo. Você é de mais valor do que muitos pardais. Todo aquele, pois, que me confessar diante dos homens, também eu o confessarei diante de meu Pai que está no Céu. Mas aquele que me negar diante dos homens, também eu o negarei diante de meu Pai que está nos céus.

Para fazer bem às almas neste mundo é muito difícil. Todos os que experimentá-lo descobrir isso por experiência. Ele precisa de um grande estoque de coragem, fé, paciência e perseverança. Satanás vai lutar vigorosamente para manter seu reino. A natureza humana é perverso. Para fazer o mal é fácil.Para fazer o bem é difícil.

O Senhor Jesus sabia isso muito bem, quando Ele enviou seus discípulos para pregar o Evangelho pela primeira vez. Ele sabia o que estava diante deles, se não o fizessem. Ele teve o cuidado de fornecer-lhes uma lista de incentivos, a fim de animá-los quando eles se sentiu abatida. Missionários cansados ​​no exterior, ou ministros desmaio em casa - professores desanimados de escolas e desanimados visitantes de distritos, faria bem em estudar muitas vezes os nove versículos que acabamos de ler.Vamos marcar o que eles contêm.

Aqueles que tentam fazer o bem às almas não deve esperar sair-se melhor do que o seu grande mestre. "O discípulo não está acima do mestre, nem o servo acima do seu mestre." O Senhor Jesus foi caluniado e rejeitado por aqueles a quem ele veio para se beneficiar. Não houve erro em seu ensino. Não havia defeito do seu método de transmitir instruções. No entanto, muitos odiavam, e "chamaram de Belzebu." Poucos acreditavam nele, e liguei para o que Ele disse. Certamente não temos o direito de ser surpreendido se nós, cuja melhor esforços estão misturados com muita imperfeição , são tratados da mesma forma que Cristo. Se deixarmos o mundo sozinho, ele provavelmente vai deixar-nos em paz. Mas se tentar fazê-lo bem espiritual, ele vai nos odiar como fez nosso Mestre.

Aqueles que tentam fazer o bem deve olhar para a frente com paciência para o dia do juízo."Não há nada encoberto que não será revelado, e oculto que não venha a ser conhecido." Eles devem se contentar no presente mundo a ser mal compreendido, mal representado, difamado, caluniado, e abusado. Eles não devem deixar de trabalhar porque seus motivos são confundidos, e seus personagens ferozmente atacada. Devem lembrar continuamente que tudo será definido logo no último dia. Os segredos de todos os corações será então revelada. "Ele vai fazer a sua justiça sair como a luz eo teu juízo como o sol o dia do meio-dia." (Salmo 37:.. 6) A pureza de suas intenções, a sabedoria de seus labores e a legitimidade da sua causa, serão, por fim se manifeste a todo o mundo.Vamos trabalhar de forma constante e em voz baixa. Os homens podem não compreender-nos, e pode se opõem veementemente a nós. Mas o dia do julgamento se aproxima. Nós deve ser corrigido no último. O Senhor, quando Ele voltar, "trará à luz as coisas ocultas das trevas, e manifestará os desígnios dos corações. Então cada um receberá de Deus o louvor." (1 Cor. 4: 5.)

Aqueles que tentam fazer o bem deve temer a Deus mais do que o homem. O homem pode ferir o corpo, mas não sua inimizade deve parar. Ele pode ir mais longe. Deus "é capaz de destruir a alma eo corpo no inferno." Podemos ser ameaçados com a perda do caráter, propriedade e tudo o que torna a vida agradável, se continuarmos no caminho do dever cristão. Não devemos acatar tais ameaças, quando o nosso curso é simples. Como Daniel e os três filhos hebreus, devemos nos submeter a qualquer coisa ao invés de desagradar a Deus, e ferindo nossas consciências. A ira do homem pode ser difícil de suportar, mas a ira de Deus é muito mais difícil. O medo do homem, de fato, trazer uma armadilha, mas devemos fazê-lo dar forma ao poder expulsivo de um princípio mais forte - até mesmo o temor de Deus. Foi uma bela frase de boa coronel Gardiner de, "eu temo a Deus, e, portanto, não há nenhum outro que eu preciso de medo."

Aqueles que tentam fazer o bem deve manter antes de suas mentes o cuidado providencial de Deus sobre eles. Nada pode acontecer neste mundo sem a sua permissão. Não existe tal coisa como acaso, na realidade, acidente ou sorte. "Os cabelos da cabeça estão todos contados." O caminho do dever, por vezes, pode levá-los em grande perigo. Saúde e vida pode parecer estar periled, se eles vão para a frente. Deixe-os ter conforto no pensamento de que tudo ao seu redor está na mão de Deus. Seus corpos, suas almas, seus personagens são todos em sua guarda. Nenhuma doença pode aproveitá-las - nenhuma mão pode prejudicá-los, a menos que Ele permite. Eles podem dizer corajosamente para cada coisa terrível eles se encontram com, "Você poderia ter poder nenhum contra mim, a menos que fosse dado a você de cima."

Em último lugar, aqueles que tentam fazer o bem deve se lembrar continuamente o dia em que eles vão encontrar seu Senhor para receber a sua parte final. Se eles o teriam eles próprios, e confessá-los diante do trono de Seu Pai, eles não devem ter vergonha de possuir e "confessam" antes que os homens deste mundo. Para fazê-lo pode nos custar muito. Pode trazer-nos o riso, zombaria, perseguição e desprezo. Mas não nos deixemos riu fora do céu. Vamos recordar o dia grande e terrível de conta, e não tenha medo de mostrar aos homens que amam a Cristo, e deseja que eles sabem e amam também.

Deixe estes incentivos ser entesourado nos corações de todos os que trabalham na causa de Cristo, independentemente da sua posição pode ser. O Senhor conhece suas provações, e falou essas coisas para o seu conforto. Ele cuida de todos Seu povo crente, mas de nenhuma tão grande como aqueles que trabalham para a Sua causa, e tentar fazer o bem. Que possamos buscar ser desse número. Todo crente pode fazer algo se ele tenta. Há sempre algo para cada um fazer. Maio de cada um de nós tem um olho para vê-lo, e uma vontade de fazê-lo.

 

Mateus 10: 34-42

"Não penseis que vim trazer paz à terra. Eu não vim trazer paz, mas espada. Porque eu vim pôr um homem em conflito contra seu pai, a filha contra sua mãe, e um . filha-de-lei contra a mãe-de-lei assim os inimigos do homem serão os da sua própria casa Quem ama seu pai ou sua mãe mais que a mim não é digno de mim;. e quem ama o filho ou a filha mais do que a mim isn . 't digno de mim Quem não toma a sua cruz e siga-me segue, não é digno de mim Aquele que busca sua vida vai perdê-la;.. e quem perder a sua vida por minha causa a encontrará Aquele que recebe você me recebe, e quem me recebe, recebe aquele que me enviou Quem recebe um profeta na qualidade de profeta, receberá a recompensa de profeta:. e quem recebe um justo em nome de um homem justo, receberá uma recompensa de justo. Quem der um destes pequeninos, apenas um copo de água fria para beber em nome de discípulo, em verdade vos digo a você que ele vai de modo algum perderá a sua recompensa. "

Nestes versos o grande Cabeça da Igreja acaba Sua primeira carga para aqueles que Ele envia para dar a conhecer o Seu Evangelho. Ele declara três grandes verdades, que formam uma conclusão adequada a todo o discurso.

Em primeiro lugar, Ele nos convida a lembrar que Seu Evangelho não fará com que a paz eo entendimento venha de onde vier. "Eu não vim trazer paz, mas espada." O objetivo de Sua primeira vinda à terra não era para estabelecer um reino milenar em que tudo seria de uma mente, mas para trazer o Evangelho, que iria levar a contendas e divisões. Não temos o direito de ser surpreendido, se vemos isso cumpriu continuamente. Não estamos a pensar é estranho, se o Evangelho rasga em pedaços famílias e causa estranhamento entre os parentes mais próximos. É a certeza de fazer isso, em muitos casos, por causa da profunda corrupção do coração do homem.Enquanto um homem acredita, e outro permanece descrente - desde que um está decidida a manter seus pecados, e outra desejosos de desistir delas, o resultado da pregação do Evangelho, deveis estar divisão. Para isso, o Evangelho não é o culpado, mas o coração do homem.

Há uma profunda verdade em tudo isso, que é constantemente esquecido e negligenciado. Muitos falam vagamente sobre a unidade e harmonia, e paz na Igreja de Cristo, como se fossem coisas que devemos sempre esperar, e por uma questão de que tudo deve ser sacrificado. Essas pessoas fariam bem em lembrar as palavras de nosso Senhor. Sem dúvida, a unidade ea paz são poderosas bênçãos.Devemos procurá-los, orar por eles, e desistir de tudo, a fim de obtê-los, com exceção de verdade e uma boa consciência. Mas é um sonho vão supor que as igrejas de Cristo irá desfrutar muito de unidade e de paz antes do milênio vem.

Em segundo lugar, nosso Senhor nos diz que os verdadeiros cristãos devem fazer as suas mentes para problemas neste mundo. Quer sejamos pastores ou ouvintes, quer ensinar ou são ensinados, faz pouca diferença. Temos de levar "uma cruz." Temos de nos contentar em perder até mesmo a própria vida por amor de Cristo. Devemos submeter à perda do favor do homem, devemos suportar dificuldades, devemos negar a nós mesmos em muitas coisas, ou nós nunca deve chegar ao céu, finalmente.Enquanto o mundo, o diabo, e nossos próprios corações, são o que são, estas coisas devem ser assim.

Vamos encontrá-lo mais útil para lembrar esta lição nós mesmos, e para imprimi-la aos outros. Poucas coisas fazem tanto mal na religião como expectativas exageradas. As pessoas olham para um grau de conforto mundano no serviço de Cristo, que eles não têm o direito de esperar, e não encontrar o que eles procuram, são tentados a desistir de religião em desgosto. Feliz é aquele que conhece profundamente, que, embora o cristianismo estende uma coroa, no final, ela traz também uma cruz no caminho.

Em último lugar, nosso Senhor nos elogios ao dizer que a menos serviço feito para aqueles que trabalham em Sua causa é observado e recompensado de Deus. Aquele que dá um crente tão pouco como "um copo de água fria para beber em nome de um discípulo, de maneira nenhuma perderá a sua recompensa. "

Há algo muito bonito nesta promessa. Ela nos ensina que os olhos do grande Mestre está sempre sobre aqueles que trabalham para ele, e tentar fazer o bem. Eles parecem talvez para trabalhar em despercebido e despercebida. O processo de pregadores e missionários, e os professores e visitantes dos pobres, pode parecer muito trivial e insignificante, em comparação com os movimentos de reis e parlamentos, dos exércitos e dos estadistas. Mas eles não são insignificantes aos olhos de Deus. Ele toma conhecimento que se opõe a Seus servos, e que os ajuda. Ele observa que é gentil com eles, como Lydia era a Paulo - e que joga dificuldades em seu caminho, como Diotrephes fez com John. Toda a sua experiência diária é gravado, uma vez que o trabalho em Sua colheita. Tudo está escrito no grande livro de sua memória, e será trazido à luz no último dia. O copeiro-chefe esqueceu José, quando foi restaurado ao seu lugar. Mas o Senhor Jesus nunca se esquece de qualquer de Seu povo.Ele dirá a muitos que pouco se espera, na manhã da ressurreição, "tive fome, e me destes de comer para comer. Eu estava com sede, e me destes de beber." (Mat. 25:35).

Perguntemo-nos, como nós fechar o capítulo, em que a luz nós consideramos a obra de Cristo e da causa de Cristo no mundo? Somos nós ajudantes dele, ou Estorvadores? Será que de qualquer forma auxiliar do Senhor "profetas" e "homens justos?" Será que ajudar Seus "pequeninos?" Será que impedem seus trabalhadores, ou vamos torcer por eles? Estas são questões sérias. Eles fazem bem e sabiamente que dar o "copo de água fria", sempre que têm oportunidade. Eles fazem melhor ainda que trabalham activamente na vinha do Senhor. Que todos nós nos esforçamos para deixar o mundo um mundo melhor do que era quando nascemos! Este é ter a mente de Cristo. Este é descobrir o valor das lições deste maravilhoso capítulo.

fonte coment.biblico,M HENRY (N.T)  www.avivamentonosul.blogspot.com