Translate this Page

Rating: 3.0/5 (905 votos)



ONLINE
2




Partilhe este Site...

 

 

<

Flag Counter


AIMEE SEMPLE MCPHERSON
AIMEE SEMPLE MCPHERSON

                                        AIMEE SEMPLE MCPHERSON                                       

 

 

Nasceu (09 de outubro de 1890 - 27 de setembro de 1944)., Também conhecida como Irmã Aimee, foi um evangelista e celebridade de mídia baseada em Los Angeles canadense-americano nos anos 1920 e 1930. [1] Ela fundou a Igreja do Evangelho Quadrangular. McPherson foi anotado como uma pioneira no uso da mídia moderna, especialmente rádio, e foi a segunda mulher a ser concedida uma licença de transmissão. Ela usou o rádio para aproveitar a crescente apelo de entretenimento popular na América do Norte e incorporou outras formas em seus sermões semanais no Angelus Temple.

No seu tempo era o evangelista cristão mais divulgado, superando Billy Sunday e seus outros antecessores.  Ela realizou demonstrações de cura de fé pública diante de grandes multidões, supostamente curar dezenas de milhares de pessoas.  articulação de McPherson dos Estados Unidos como uma nação fundada e sustentada por inspiração divina continua a ser repetido por muitos pastores nas igrejas hoje. Cobertura de notícias infortúnios com membros da família e da igreja sensacionalista; particularmente inflamando as acusações que ela tinha inventado o seqüestro relatado, transformando-o em um espetáculo nacional. [6] estilo pregação de McPherson, extenso trabalho de caridade e contribuições ecumênicas foram uma grande influência na revitalização do cristianismo evangélico americano no século 20..

 

Conteúdo 

1 Biografia

1.1 Início da vida

1.2 Casamento e família

1.3 Carreira

1.4 Fé ministério de cura

1.5 Igreja Internacional do Evangelho Quadrangular

1.6 Política e educação

1.7 sequestro Informou

1.8 Alegações de casos extraconjugais

1.9 trabalho Charitable

1.10 Posteriormente vida e carreira

1.11 anos da Guerra

1.12 Morte

1.13 Legado e influência

2 Obras sobre McPherson

2.1 Livros, periódicos, filmes e jogos

3 Teatro

4 Castelo de Aimee

5 Publicações

6 Veja também

7 Referências

8 Leitura

9 Ligações externas

 

   Biografia 

 

Início da vida

 

. McPherson nasceu Elizabeth Aimee Kennedy em uma fazenda em Salford, Ontario, Canada [9] Seu pai, James Kennedy, era um fazendeiro  Young Aimee teve sua exposição precoce a religião através de sua mãe, Mildred -. Conhecido como Minnie. Trabalho posterior de McPherson na difusão do Evangelho foi o resultado de seu trabalho observando a mãe com os pobres em cozinhas de sopa do Exército de Salvação.

Quando criança, ela iria jogar "Exército da Salvação" com seus colegas, e em casa ela iria reunir uma congregação com as suas bonecas, dando-lhes um sermão.  Como um adolescente, McPherson desviaram dos ensinamentos de sua mãe lendo romances e vai filmes e danças, atividades que foram fortemente reprovados tanto pelo Exército da Salvação ea fé de seu pai, a Metodista. Romances, porém, fizeram o seu caminho para a biblioteca Igreja Metodista e com prazer culpado, McPherson iria lê-los. No cinema, ela reconheceu alguns de seus membros da igreja metodista. Ela aprendeu muito, em um baile local, ela participou, que seu parceiro de dança era um pastor presbiteriano. No colegial, ela foi ensinada Teoria da Evolução de Charles Darwin. [11] [12] Ela começou a questionário visitar pregadores e pastores locais sobre fé e ciência, mas estava insatisfeito com as respostas que recebeu.  Ela surpreendeu seu pai, que quase caiu para trás enquanto carregava uma panela de leite até as escadas do porão, perguntando-lhe: "Como você sabe que há um Deus?" Ela escreveu para o jornal canadense, Família e Herald Weekly Star, questionando por que as escolas públicas financiados pelos contribuintes tiveram cursos, tais como evolução, o que minou o cristianismo. [13] Enquanto ainda estava no colegial, depois de sua conversão pentecostal, McPherson começou uma cruzada contra o conceito de evolução, começando uma paixão ao longo da vida.

 

Casamento e família 

 

Robert e Aimee Semple (1910)

 

Ao assistir a uma reunião de avivamento, em dezembro de 1907, Aimee conheceu Robert James Semple, um missionário pentecostal da Irlanda. Depois de um breve namoro, eles se casaram em 12 de agosto de 1908 em uma cerimônia Exército da Salvação, comprometendo-se a nunca permitir que seu casamento para diminuir sua devoção a Deus, afeição por companheiros ou fidelidade no Exército. Noção do par de "exército" era muito amplo, abrangendo muito mais do que apenas o Exército da Salvação. Robert apoiou-os como um trabalhador de fundição e pregou na missão Pentecostal local. Juntos, eles estudaram a Bíblia Robert, Aimee alegando lhe ensinou tudo o que sabia; embora outros observadores estado ela era muito mais experiente do que ela deixava transparecer. Depois de alguns meses eles se mudaram para Chicago e se tornou parte da Assembleia do Evangelho Pleno de William Durham. Sob a tutela de Durham, Aimee foi descoberto para ter uma capacidade única de interpretação em línguas, traduzindo com eloqüência estilística as declarações em contrário indecifráveis de pessoas que começaram a falar em uma língua desconhecida para eles. [

Os dois então embarcaram em uma excursão evangélica, primeiro para a Europa e depois para a China, onde chegaram em junho de 1910, com Aimee cerca de seis meses de gravidez. Pouco depois de desembarcar em Hong Kong, tanto contraiu malária e Robert, disenteria. Robert Semple morreu de doenças em 19 de agosto de 1910, e foi sepultado no Cemitério de Hong Kong. Aimee Semple recuperou e deu à luz a sua filha, Roberta Estrela Semple, em 17 de setembro de 1910. Sozinho, apenas com o choro de sua filha recém-nascida, Aimee Semple era agora uma viúva de 19 anos de idade. Sua mãe, Mildred Kennedy wired seus fundos para a viagem de volta para os Estados Unidos. a bordo do navio, Aimee Semple começou uma classe de escola dominical, em seguida, realizou outros serviços também. Quase todos os passageiros atendidos. Em sua partida, uma coleção foi feita pelo comissário de bordo do navio e da quantidade dada foi apenas o suficiente para pagar a viagem para sua cidade natal. Robert Semple nunca deixou seus pensamentos; ela mostrou sua foto em sua sala e falou dele glowingly, mesmo com ar sonhador, em seus sermões, como uma inspiração ao longo da vida.

Pouco depois de sua recuperação nos Estados Unidos, Semple juntou sua mãe Minnie trabalhar com o Exército da Salvação. Enquanto em Nova York, ela conheceu Harold Stewart McPherson, um contador. Eles se casaram no dia 05 de maio de 1912, mudou-se para Rhode Island e teve um filho, Rolf Kennedy McPherson Potter março 1913.

McPherson tentou viver a vida da dona de casa submissa, tinha um marido dedicado e uma bela casa, mas que era miserável como ela negou seu "chamado" para ir pregar. Ela tornou-se emocionalmente instável, amuada num canto, letárgico, então tempestuosa com um temperamento furioso. Em seguida, ela iria lidar com tarefas domésticas com detalhes obsessiva prolongada e depois cair chorando e orando.  Após o nascimento de seu segundo filho , Rolf, sentiu o chamado para pregar puxão para ela com mais força ainda. Em resposta, ela ajudou com cultos em várias igrejas pentecostais e em torno da área de Providence, Rhode Island. Mas, isso não satisfez a voz que lhe disse, como afirmou McPherson, para ir e fazer o trabalho de um evangelista.

Em seguida, em 1914, ela caiu gravemente doente, e depois de uma operação falhou ela foi deixada na sala de exploração onde foram levados os pacientes a morrer. Em seu delírio, McPherson afirma ela novamente ouviu a voz persistente, pedindo-lhe para ir pregar. Sentindo que quer sua vida estava no fim ou ela iria pregar, McPherson aceitou o desafio da voz. A enfermeira surpreendido visto como McPherson repente abriu os olhos e foi capaz de virar-se na cama sem dor. Uma manhã de primavera em 1915, seu marido voltou para casa do turno da noite para descobrir McPherson o havia deixado e levado as crianças. Poucas semanas depois, uma nota foi recebida convidando-o para se juntar a ela no trabalho evangelístico.

 

McPherson deste período escreveu:

"Oh, não me diga que você nunca que uma mulher não pode ser chamado para pregar o Evangelho! Se alguém já passou por uma centésima parte do inferno na terra que eu vivia, naqueles meses, quando fora da vontade e obra de Deus , que nunca iria dizer isso de novo. "[

Embora a compulsão por limpeza nunca deixou, filhos Roberta Estrela Semple McPherson e Rolf mais tarde recordar uma mãe amorosa e obediente, encontrar tempo para eles em seu itinerário ocupado [ A sua viagem na estrada viajando de cidade em cidade era uma aventura.; McPherson disse-lhes histórias, planejado pequenas surpresas agradáveis e foi consistentemente alegre e otimista.

Seu marido depois seguido McPherson para levá-la de volta para casa. Quando ele a viu, porém, pregando para uma multidão, ela não era a mulher perturbada de temperamento incerto, mas determinado, radiante e bonita. Em pouco tempo, ele sucumbiu à experiência pentecostal, foi o falar em línguas, e tornou-se seu companheiro de trabalho em Cristo. Sua casa na Providência foi vendido e ele se juntou a ela na criação de tendas para reuniões de avivamento e até mesmo fez algumas pregando a si mesmo. 

Comida e as acomodações eram incertas; McPherson e sua família "vivida pela fé" para as suas necessidades. As pessoas só iria aparecer e doar bens. Freqüentemente, os McPhersons teria que lavar as roupas nas lagoas e riachos locais, bem como peixe-los para suas refeições. McPherson-se, aparentemente, tornou-se realizado a pesca, depois descrevendo em um sermão, como, em St Petersburg, Florida, assim que ela teve uma boa captura em sua linha, um pelicano que swoop dentro e engoli-lo. Ela, então, tem que chegar para baixo após seu bico em goela do pelicano e puxá-la para peixe fora. Seu marido, apesar do entusiasmo inicial, se cansou de viver fora de seu "Carro do Evangelho" e queria uma vida que era mais estável e previsível. Depois de discutir com McPherson, ele voltou a Rhode Island e por volta de 1918 havia pedido a separação. Ele pediu o divórcio, alegando abandono; o divórcio foi concedido em 1921.

Alguns anos mais tarde, depois de sua fama e do Templo Angelus foram estabelecidos em Los Angeles, Califórnia, ela casou-se novamente em 13 de setembro de 1931 com o ator e músico David Hutton. Seus filhos, Roberta Estrela Semple e filho Rolf McPherson tinha desde casada, deixando-a muito sozinho. McPherson admitiu ela mesma que um dia gostaria de ter um "anel de diamante e uma casa" e "viver como as outras pessoas." Ela rapidamente se deram bem com Hutton, 10 anos mais novo que ela, que era um barítono corpulento atualmente atuando em uma de suas óperas sagradas. A noiva radiante compartilhou sua felicidade conjugal com a congregação, bem como o público em geral, mesmo permitindo aos fotógrafos em sua câmara nupcial para uma entrevista um dia depois de seu casamento. Dois dias após o casamento, porém, Hutton foi processado por violação da promessa por enfermeira ex-namorada Hazel St. Pierre. Hutton disputou sua história afirmando que ele nunca beijou ou fez qualquer uma das outras coisas reivindicadas por St. Pierre. Hutton ganhou o apelido de mídia, "The Great Un-beijada." Decidir em favor de St. Pierre, o júri concedeu-lhe US $ 5.000.  Depois de Hutton transmitiu a notícia a McPherson, ela desmaiou e fraturou o crânio. 

Enquanto McPherson estava fora da Europa a se recuperar, ela se irritou ao saber Hutton foi o faturamento si mesmo como "homem de Aimee" em seu ato de cabaré cantar e era frequentemente fotografada com mulheres seminuas. Seus telegramas particulares para Hutton fez o seu caminho para a notícia de primeira página, que vazou de uma fonte desconhecida. Ela também estava angustiado para descobrir o que ele pediu o divórcio, algo que ela se recusou a acreditar no momento. Enquanto isso, o casamento causou um alvoroço dentro da igreja: os princípios do Evangelho Quadrangular, que propõe a si mesma McPherson, considerou que não se deve se casar novamente enquanto o cônjuge anterior ainda estava vivo, como o segundo marido de McPherson ainda estava; embora ele tivesse se casado novamente.  Se seu terceiro marido foi mais bem quisto pela congregação e os anciãos, a ambigüidade doutrinária poderia ter sido mais facilmente esquecido. Mas ainda há muito escândalos pessoais divulgados de Hutton foram danificar a Igreja do Evangelho Quadrangular e credibilidade de seu líder com outras igrejas .

Os jornais antecipado Hutton pode ter um tempo difícil, vem em segundo lugar com "o fascinante flamejante, Aimee." Hutton, por sua vez, queixou-se o subsídio financeiro era muito pequeno, ela o humilhou, limitando seus poderes dentro de sua organização e "sofrimento mental grave infligido." Ele também exigiu McPherson pagar o prêmio St. Pierre. McPherson e Hutton separou em 1933 e se divorciaram em 01 de março de 1934. McPherson depois se arrependeu publicamente do casamento, como errada desde o início, tanto teológica  e motivos pessoais  e cantora gospel, portanto, rejeitada nacionalmente conhecido, Homer Rodeheaver , um pretendente mais apropriado, quando ele finalmente pediu sua mão em 1935. 

 

Carreira 

 

Em 1913 Aimee Semple McPherson embarcou em uma carreira de pregador. Touring Canadá e nos Estados Unidos, ela começou a evangelizar e segurando revivals tenda em junho de 1915. No início, ela se esforçou para ganhar o público. De pé sobre uma cadeira em algum lugar público, ela iria olhar para o céu, como se observando atentamente algo lá, talvez alcançando para cima, como se o gesto de ajuda ou súplica. Um público, curioso para saber o que a mulher estava fazendo ou olhando, se reuniam em torno dela. Em seguida, depois de 20 minutos a uma hora, ela iria pular da cadeira, declarar algo no sentido de "Eu tenho um segredo para compartilhar com você, siga-me ...", vá para uma sala de reuniões vizinha ela já havia alugado. Uma vez lá dentro, as portas estavam fechadas por trás deles e McPherson iria começar seu sermão.

O pregador pentecostal feminino foi recebida com alguma apreensão por pastores de igrejas locais que ela solicitados para a construção de espaço para armazenar suas reuniões de avivamento. Pentecostais estavam na margem da sociedade religiosa cristã, às vezes visto como estranho, com seus altos, reuniões desorganizadas estridentes e muitas vezes foram localizados nas camadas mais pobres da cidade. McPherson, no entanto, talvez por causa de sua educação metodista, mantida a ordem de seus encontros que vieram a ser muito apreciada. Ela queria criar o entusiasmo de uma reunião Pentecostal poderia fornecer, com o seu "Chorus Aleluia" "Amen Corner" e mas também para evitar seu caos desenfreado como participantes começaram a gritar, tremendo no chão e falar em línguas; todos de uma vez. Devido à conotação negativa da palavra "pentecostal" e embora McPherson praticado falar em línguas, ela raramente enfatizou ele. McPherson organizado seus encontros com o público em geral em mente e ainda não queria matar qualquer um que de repente entrou em "o Espírito. . "Para isso, ela criou uma" tenda alcatrão ou quarto "longe da área geral para qualquer que de repente começou a falar em línguas ou exibir qualquer outro comportamento Espírito Santo a maior audiência pode ser adiada por  McPherson escreveu:

"A mulher pregadora foi uma novidade. Na época, eu comecei meu ministério, as mulheres eram bem no fundo .... ministros ortodoxos, muitos dos quais reprovados mesmo de homens evangelistas como Moody, Spurgeon, Tunda eo resto principalmente porque novos métodos de evangelismo usados, reprovado ainda mais de um ministro mulher. isso foi especialmente verdadeiro quando meus encontros partiu do funeral, o ritual de sepulchrelike nomeado domingos .... "

Depois de suas primeiras visitas de sucesso, ela teve pouca dificuldade com a aceitação ou atendimento. Conversos ansiosos encheu os bancos das igrejas locais que transformaram muitos ministros recalcitrantes em seus apoiantes entusiasmados. Freqüentemente, ela iria começar um encontro de avivamento em um salão ou na igreja e depois ter de mudar para um prédio maior para acomodar as multidões crescentes. Quando não havia edifícios adequados, ela montou uma barraca, que foi muitas vezes cheios capacidade passado.

McPherson foi uma mulher forte, levantando um maul para martelar em estacas da barraca e envolveu-se em todo o trabalho físico uma configuração renascimento necessário. Ela poderia consertar seu carro, mover pedras e arraste madeira caída para fora da pista quando ela viajou para os seus destinos.  McPherson também era conhecido como um curandeiro de sucesso como havia extensas alegações de cura física que ocorrem durante suas reuniões. Tais reivindicações tornaram-se menos importantes quanto sua fama aumentou.

Em 1916, McPherson embarcou em uma turnê do sul dos Estados Unidos em sua "Carro do Evangelho", primeiro com seu marido Harold e, mais tarde, em 1918, com a mãe, Mildred Kennedy. Ela era um complemento importante para o ministério de McPherson e conseguiu tudo, inclusive o dinheiro, o que lhes dava um grau sem precedentes de segurança financeira. Seu veículo era um carro de turismo 1912 Packard estampada com slogans religiosos. De pé no banco de trás do conversível, McPherson pregou sermões sobre um megafone. Na estrada entre sermões, ela sentava-se nos sermões banco de trás de digitação e outros materiais religiosos. Ela viajou primeiro para cima e para baixo do leste dos Estados Unidos, depois fui para outras partes do país.

Em 1917 ela começou sua própria revista, a chamada nupcial, para o qual ela escreveu muitos artigos sobre o papel das mulheres na religião; ela retratou a relação entre cristãos e Jesus como um vínculo matrimonial. Ao tomar a sério o papel religioso das mulheres, a revista contribuiu para o crescente movimento de mulheres. 

Rua Azusa Revivals começando em 1906 eram conhecidos por sua diversidade racial como negros, hispânicos, brancos e outras minorias abertamente adoravam juntos, liderada por William J. Seymour, um pregador Africano-americanos. À medida que os participantes dos Revivals Azusa Street, dispersos, pentecostais locais estavam olhando para a liderança de um novo renascimento e no final de 1918, McPherson veio para Los Angeles. Minnie Kennedy, a mãe, o maior salão alugado que pudessem encontrar, o Philharmonic Auditorium 3500 assento (então conhecido como Templo Auditório). As pessoas esperaram durante horas para entrar e McPherson dificilmente poderia chegar ao púlpito sem pisar em alguém.  Em seguida, os participantes agradecidos de seus encontros Los Angeles construiu-lhe uma casa para sua família que inclui tudo, desde o porão de um pássaro canário. 

Enquanto Aimee Semple McPherson tinha viajado extensivamente em seu trabalho evangélico antes de chegar em Baltimore, ela foi a primeira "descoberta" pelos jornais, sentado com sua mãe na sala de pelúcia vermelho do Belvedere Hotel em 05 de dezembro de 1919, um dia após a realização de cultos evangelísticos no Lyric Opera House. [40] em dezembro de 1919, ela foi a de Baltimore Lyric Opera House de realizar 17 dias de reuniões. ] The Baltimore Sun publicou uma entrevista de mil palavras com ela no 06 de dezembro de 1919, questão. Sua mãe Mildred Kennedy tinha reservado a capacidade de 2.500 lugares Lyric Opera House em US 3,100 dólares,  uma soma enorme em comparação com compromissos anteriores. Considerando o sucesso de sua filha em outro lugar, Kennedy pensou que o risco vale a pena tomar. Durante a entrevista, o repórter perguntou Sun McPherson como ela havia decidido em Baltimore como o local para um renascimento.

"Assim que entrei na cidade vi a necessidade. As mulheres estavam sentados na sala de jantar de fumar com os homens ", respondeu McPherson. "Peguei os jornais e vi partes de cartões e danças anunciadas em conexão com as igrejas. Havia uma frieza. Partes de cartas, danças, teatros, todos representam agências do diabo para distrair a atenção de homens e mulheres longe da espiritualidade .... "

O evento Baltimore foi um dos maiores compromissos da McPherson ainda. As multidões, em seu êxtase religioso foram mal mantida sob controle, pois deu lugar a manifestações do "Espírito", ea capacidade de a Lyric Opera House foi constantemente testado. Além disso, suas supostas curas pela fé agora tornou-se parte do registro público, e os participantes começaram a se concentrar em que parte de seu ministério sobre tudo o mais. McPherson considerado o Baltimore Revival um importante ponto de viragem, não só para o seu ministério ", mas na história do derramamento do poder pentecostal." A batalha entre os fundamentalistas e modernistas escalado após a Primeira Guerra Mundial, com muitos modernistas procuram menos credos religiosos conservadores. [45] Os fundamentalistas geralmente acreditavam que sua fé religiosa deve influenciar cada aspecto de suas vidas. McPherson tentou erradicar o modernismo eo secularismo em casas, igrejas, escolas e comunidades. Ela desenvolveu um forte no que McPherson chamou de "Evangelho Quadrangular" pela mistura de cultura contemporânea com ensinamentos religiosos. McPherson era inteiramente capaz de sustentar um discurso intelectual prolongada como seus estudantes da Bíblia e opositores debate vai atestar. Mas ela acredita na pregação do evangelho com simplicidade e poder, de modo a não confundir a mensagem. Sua voz distinta e descrições visuais criou um entusiasmo multidão "beirando a histeria." 

Suas manifestações de fé-cura ganhou seus aliados inesperados. Quando um rei tribo Romani e sua mãe declarou que foram curados por McPherson-fé, milhares de outras pessoas vieram a ela, bem como em caravanas de todo o país e foram convertidos. A infusão de cruzes e outros símbolos do cristianismo ao lado de Romani cartas da astrologia e bolas de cristal foi o resultado da influência de McPherson.  Valorizar ouro e lealdade, o Romani reembolsado ela, em parte, com pesados sacos de moedas de ouro e jóias, que ajudou a financiar a construção do novo Angelus Temple.  Em Wichita, Kansas, 29 de maio de 1922, onde tempestades perenes pesados ameaçava chover fora os milhares que se reuniram ali, McPherson interrompeu o orador, levantou a mão para o céu e rezou, "deixou-a cair (a chuva) depois que a mensagem foi entregue a estas almas famintas". A chuva parou imediatamente, um evento relatado no dia seguinte pela Wichita Eagle em 30 de maio: "Orações do evangelista Segure Big chuva de volta", [ Para o Romani se reuniram, foi mais um reconhecimento "do poder da mulher" 

O apelo de cerca de trinta eventos de reavivamento da McPherson 1919-1922 superou qualquer evento itinerante de teatro ou política já apresentado na história americana. "Nem Houdini nem Teddy Roosevelt teve tal audiência, nem PT Barnum."  Seus 1-4 semanas reuniões normalmente transbordou qualquer edifício que pudesse encontrar para mantê-los. Ela quebrou recordes de público recentemente estabelecidos pelo Billy Sunday  e frequentemente usou suas estruturas tabernáculo temporários para realizar algumas das suas reuniões. Seus avivamentos eram muitas vezes de pé-quarto. Um tal renascimento foi realizada em um ringue de boxe, com a reunião antes e depois da partida. Durante todo o evento de boxe, ela caminhou cerca com uma placa que dizia "knock out the Devil". Em San Diego, Califórnia, a cidade chamou a Guarda Nacional e outros ramos das forças armadas para controlar uma multidão revitalização de mais de 30.000 pessoas.

McPherson pregava um evangelho conservador, mas usou métodos progressivos, aproveitando os atos de rádio, filmes e palco. Advocacia para os direitos das mulheres estava em ascensão, incluindo o voto feminino, através da Emenda 19. Ela atraiu algumas mulheres associadas com o modernismo, mas outras foram adiadas pelo contraste entre suas diferentes teorias. Ao aceitar e usar esses pontos de novas mídias, McPherson ajudou a integrá-los na vida diária das pessoas.

Fé ministério de cura [editar]

A fé de Aimee Semple McPherson manifestações de cura foram extensivamente escrito sobre nos meios de comunicação e foram uma grande parte do seu legado no início de carreira.  Ninguém nunca foi creditado por testemunhas seculares com qualquer lugar perto o número de curas pela fé atribuída a McPherson, especialmente durante os anos de 1919 a 1922.  ao longo do tempo, porém, ela quase se retirou da fé aspecto de seus cultos de cura, uma vez que era esmagadora  outras áreas do seu ministério. Sessões de cura, no entanto, manteve-se agendadas altamente popular com o público até a sua morte em 1944.

Alegados incidentes de cura pela fé milagrosa às vezes são clinicamente explicado como um resultado de histeria ou uma forma de hipnose. Fortes emoções e capacidade da mente para desencadear a produção de opiáceos, endorfinas, encefalinas e; Também foram oferecidos como explicações, bem como as curas são simplesmente falsificado. No caso de McPherson, não havia nenhuma evidência de fraude encontrados.  Em agosto de 1921, médicos da Associação Médica Americana, em San Francisco, secretamente investigado algumas das reuniões de avivamento locais de McPherson. O relatório subsequente AMA afirmou cura de Aimee Semple MacPherson era "genuíno, benéfico e maravilhoso." 

McPherson afirma ter experimentado vários de seus próprios incidentes fé pessoal de cura, entre eles um em 1909, quando seu pé quebrado foi consertado, um evento que primeiro serviu para apresentá-la às possibilidades de o poder de cura. Outro foi um inesperado recuperação de uma operação, em 1914, onde a equipe do hospital esperava que ela morrer,  e em 1916, antes de um reavivamento tenda multidão reunida, rejuvenescimento rápido da pele empolada de uma queimadura de flash grave causada por uma lâmpada explodir em seu rosto. 

Seu aparentemente bem-sucedida primeira fé pública sessão de outra pessoa curando foi declaradamente demonstrado em Corona, Long Island, Nova York, 1916. Uma jovem nas dolorosas, estágios avançados da artrite reumatóide foi levado ao altar pelos amigos apenas como McPherson pregava "Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e para sempre ", ou seja, em parte, Jesus tinha o mesmo poder de curar agora, como nos tempos antigos. McPherson, impuseram as mãos sobre a cabeça da mulher aleijada e ela supostamente saiu da igreja, naquela mesma noite, sem muletas.  As pessoas doentes e feridos chegou a ela pelas dezenas de milhares. Recortes de imprensa, depoimentos e tornou-se montanhoso. Para as pessoas que viajaram com ela, as inúmeras curas de fé eram rotina. Lubrificação as mãos com óleo picante, McPherson tocado e rezou sobre os enfermos e os repórteres escreveu extensamente do que viram. Quando perguntado por um jornalista sobre essas manifestações, McPherson indicado, "a salvação das almas é a parte mais importante do meu ministério." 

Nem todas as curas foram bem sucedidos e McPherson tinha ocasionais falhas bem divulgadas. Mas estes eram poucos e, aparentemente, as pessoas em números cada vez maiores veio a ela. Ela foi convidado a voltar de novo e de novo para as cidades que visitou anteriormente.  Talvez um dos fé pública mais dramática demonstração de sua carreira de cura ocorreu a partir de finais de Janeiro de 1921, Balboa Park, em San Diego, Califórnia. O Spreckles Pavilhão do órgão no parque foi local de diversas reuniões no início de avivamento por muitos de seus antecessores, e há McPherson pregava para uma multidão de 30 mil. Ela teve que se mudar para o local ao ar livre desde o 3000 assento Dreamland Boxing Arena não conseguiu segurar as milhares de pessoas que passaram a vê-la. Para auxiliar a Polícia de San Diego na manutenção da ordem, os fuzileiros navais e do Exército tiveram de ser chamados.

Durante o noivado, uma mulher paralisada da cintura para baixo desde a infância, foi apresentado para a cura pela fé. Preocupado porque numerosos, demonstrações anteriores tinham sido agenciamentos antes muito menores, McPherson temia ser executado fora da cidade se esta cura não se manifestou.  Acreditando na realidade do Cristo vivo, cheio de paixão sincera além do amor pela humanidade, McPherson orava, e colocou as mãos sobre ela. Antes de 30.000 pessoas e capturado por todo o tempo pela fotografia, a mulher supostamente se levantou da sua cadeira de rodas e andou. O grande encontro respondeu com aplausos.  Outros candidatos se apresentaram para a plataforma McPherson ocupada, e embora nem todos foram curados,  os doentes, feridos e inválidos continuaram a inundar por diante para a cura. Antes de testemunhas e jornalistas, um bócio supostamente encolheu, muletas abandonado, um braço abscessed supostamente voltou ao normal.  Muitas centenas de pessoas queriam a sua ajuda, mais do que ela poderia suportar e sua permanência foi prorrogado. Tal como acontece com muitos de seus outros encontros, McPherson trabalhou e orou fervorosamente por horas sobre os enfermos, muitas vezes sem comida ou parar para uma pausa. No final do dia, ela acabaria por ser levado por sua equipe, desidratados e instável com fadiga; sua voz distinta, em franca expansão reduzida a um sussurro. Originalmente planejado para duas semanas, à noite, em Balboa Park reuniões de avivamento de McPherson durou mais de cinco semanas e foi desde o amanhecer até o anoitecer.

Mais tarde, em 1921, investigando serviços de cura de McPherson, um inquérito foi enviado pela Primeira Igreja Batista Pastor William Keeney Towner em San Jose, na Califórnia, para 3.300 pessoas. 2.500 pessoas responderam. Seis por cento indicaram que estavam imediatamente e completamente curado, enquanto 85 por cento indicaram que foram parcialmente curado e continuou a melhorar desde então. Menos da metade de 1 por cento não sentem que foram, pelo menos espiritualmente erguida e teve sua fé fortalecida. ]

Denver Post repórter Frances Wayne escreve enquanto "ataque" de McPherson no pecado "inculto, ... o surdo ouviu, a serra cego, o paralítico andou, o paralítico ficou calmo, diante dos olhos de tantas pessoas que poderiam ser embalados para o maior auditório da igreja em Denver ". Em 1922, McPherson voltou para uma segunda turnê no Grande Revival de Denver [ e perguntou sobre as pessoas que alegaram curas da visita anterior. Dezessete pessoas, alguns membros bem conhecidos da comunidade, testemunhou, dando credibilidade a alegação de McPherson "cura ainda ocorreu entre os cristãos modernos".

Ator Anthony Quinn, que por um tempo tocou na banda da igreja e foi um pregador aprendiz, nesta citação parcial, lembra um serviço:

"Sentei-me no fosso da orquestra do imenso auditório no Templo Angelus. Cada banco estava cheio, com a multidão derramando em corredores. Muitos eram de muletas ou em cadeiras de rodas. De repente, uma figura com o cabelo vermelho brilhante e um vestido branco esvoaçante caminhou para o centro do palco. com uma voz suave, quase um sussurro, ela disse: "Irmãos e irmãs, há alguém aqui que quer ser curado esta noite?" Longas filas se formaram para alcançá-la. Ela ficou no centro do palco e cumprimentou cada um. Um homem disse, 'Eu não posso ver de um olho. "Ela perguntou. "Você acredita que, irmão?" E, de repente, o homem gritou: "Sim, irmã, eu posso ver, eu posso ver!" E o público foi à loucura. "Para uma mulher arrastando-se pelo palco de muletas, ela disse," Jogue fora que muleta! "De repente, a mulher jogou fora sua muleta e correu para os braços abertos de Aimee. Deixei que o serviço eufórico, renovada ".

Ironicamente, quando se aposentou por McPherson merecido descanso após um culto de cura longa e exaustiva fé, ela às vezes sofre de insônia, um problema que iria enfrentar pelo resto de sua vida.  No que diz respeito as suas próprias doenças, ela não se abster de visitar médicos ou uso de medicamentos. McPherson considerado cada fé que cura incidente um dom sagrado de Deus, passou por ela a pessoas curadas e não deve ser tomada como garantida. Em visita a terras estrangeiras, por exemplo, ela prestou atenção escrupulosa ao saneamento, que causa uma fiscalização descuidada pode resultar na aquisição de uma doença exótica.

Nos anos seguintes, outros indivíduos foram identificados como tendo o alegado fé dom de cura. No palco, durante as sessões de cura divina quarta-feira e sábado, trabalhou entre eles, ou era mesmo completamente ausentes, diminuindo seu próprio papel singular. A cura divina, em sua opinião, não era a sala de emergência, entretenimento ou algo para intrigar os cientistas, foi um sacramento da Igreja. [75] Em seus próprios escritos e sermões, McPherson não se referiu a seus próprios proficiências pessoais particulares, transmitindo cura divina era acessível pela fé e devoção.

 

 

Igreja Internacional do Evangelho Quadrangular 

 

Angelus Temple em Echo Park, Los Angeles, com torres de rádio.

Neste momento, Los Angeles tornou-se um ponto turístico popular. Ao invés de visitar os Estados Unidos para pregar seus sermões, McPherson ficou em Los Angeles, atraindo o público de uma população que tinha subiu de 100.000 em 1900 para 575.000 pessoas em 1920, e, muitas vezes incluídos muitos visitantes. 

Cansados por constantes viagens e ter lugar para criar uma família, McPherson tinha estabelecido em Los Angeles, onde ela mantida tanto uma casa e uma igreja. McPherson acreditava que através da criação de uma igreja em Los Angeles, seu público viria a ela de todo o país. Isso, ela sentiu, lhe permitiria plantar sementes do Evangelho e turistas iria levá-la para casa para suas comunidades, ainda alcançar as massas. Durante vários anos, ela continuou a viajar e arrecadar dinheiro para a construção de uma igreja com cúpula grande em 1100 Glendale Blvd. na área de Echo Park de Los Angeles. A igreja seria nomeado Angelus Temple, refletindo a tradição católica romana do Angelus sino, chamando os fiéis para a oração e também a sua referência aos anjos.  Não querendo assumir uma dívida, McPherson localizado a uma empresa de construção que iria trabalhar com ela, como os fundos foram criados "pela fé".  ela começou com US $ 5.000.  a empresa indicou que seria o suficiente para esculpir um buraco para a fundação.

McPherson começou uma campanha a sério e foi capaz de mobilizar os diversos grupos de pessoas para ajudar a financiar e construir a nova igreja. Vários métodos de captação de recursos foram utilizados, tais como a venda de cadeiras para Templo de estar em US $ 25 cada. Em troca, "cátedras" tem uma cadeira em miniatura e encorajamento para orar diariamente para a pessoa que acabaria por se sentar naquela cadeira. Sua abordagem trabalhou para gerar doação entusiasta e para criar um senso de propriedade e da família entre os contribuintes.

Levantando mais dinheiro do que ela esperava, McPherson alterou os planos originais, e construiu um "mega-igreja", que atrairia muitos seguidores ao longo dos anos. Endeavor contribuintes custar cerca de $ 250,000 [82] em dinheiro real gasto. Estruturas comparáveis foram custa muito mais, um auditório próximo menor, por exemplo, custou US $ 1 milhão. Os custos foram mantidos baixos por doações de materiais de construção e mão de obra voluntária. McPherson vezes brincou quando ela ficou em primeiro lugar para a Califórnia , tudo o que ela tinha era um carro, dez dólares  e um pandeiro. 

A Classe "A" construção à prova de fogo foi construído de concreto e aço e desenhado por Brook Hawkins. A principal característica arquitetônica da estrutura é a sua cúpula de concreto grande, sem suporte revestido com uma mistura de conchas de abalone chão. A cúpula, na época, foi por alguns relatos, a maior da América do Norte, e sobe 125 pés do chão principal.  O interior da cúpula foi pintado de azul celeste, com nuvens brancas, um lembrete para "trabalho enquanto o seu dia "e" olhar para a Sua vinda ". McPherson insistiu em um ambiente alegre brilhante, evitando qualquer lembrança do pecado de qualquer obra de arte ou lema. Na parte de trás do púlpito era o seu versículo tema de Hebreus 13: 8 "Jesus Cristo o mesmo ontem, e hoje, e eternamente." Mais tarde, ela transmitiu que amava "cada pedra no Angelus Temple, ... eu adoro tocar suas paredes, o seu altar, ... eu olho para a sua alta cúpula abobadada ...." [86], mas não faz parte da igreja satisfeito ela mais o magnífico órgão de tubos Kimball, que sempre acalmou ea trouxe paz de espírito.  a igreja foi dedicada no dia 1 de janeiro de 1923. o auditório tinha capacidade para 5.300 pessoas e foi cheio três vezes por dia, sete dias por semana. Inscrição cresceu superior a 10 mil, e foi reivindicada a ser a maior congregação cristã única no mundo  De acordo com registros da igreja, Angelus Temple recebeu 40 milhões de visitantes nos primeiros sete anos  No início, McPherson pregava cada serviço, muitas vezes em uma cena dramática ela colocou juntos para atrair o público.

Eventualmente, a Igreja evoluiu para a sua própria denominação e tornou-se conhecida como a Igreja Internacional do Evangelho Quadrangular. A nova denominação focada na natureza do caráter de Cristo: que ele era Salvador, batizador com o Espírito Santo, curandeiro e Rei vindouro. Havia quatro crenças principais: o primeiro é a capacidade de Cristo para transformar a vida dos cidadãos através do ato de salvação; a segunda focada em um santo batismo que inclui o recebimento de poder para glorificar e exaltar a Cristo de uma forma prática; o terceiro foi a cura divina, novidade de vida, tanto para o corpo eo espírito; eo quarto foi orientada a atenção evangelho para o retorno pré-milenar de Jesus Cristo. 

Aimee Semple McPherson destina o Templo Angelus tanto como um lugar de culto e um centro ecumênico para as pessoas de todas as crenças cristãs para atender e construir alianças. Uma vasta gama de clérigos e leigos para incluir metodistas, batistas, o Exército da Salvação, presbiterianos, episcopais, adventistas, quakers, os católicos romanos, os mórmons e líderes cívicos seculares veio ao Templo Angelus. Eles foram recebidos e muitos fizeram o seu caminho para o seu pódio como oradores convidados.  Eventualmente, mesmo Rev. Robert P. Shuler, um crítico McPherson, uma vez robusto, foi caracterizado como um pregador convidado.

Em agosto de 1925 e longe de Los Angeles, McPherson decidiu fretar um avião para que ela não perca dar o sermão de domingo. Ciente da oportunidade de publicidade, ela organizou para, pelo menos, dois mil seguidores e membros da imprensa para estar presente no aeroporto. O plano falhou após a decolagem eo trem de pouso recolhido, enviando o nariz do avião para o chão. McPherson embarcou outro plano e usou a experiência como a narrativa de um sermão ilustrado domingo chamado de "O Avião Celestial".  O estágio em Angelus Temple foi criada com dois aviões em miniatura e um horizonte que parecia Los Angeles. Neste sermão, McPherson descrito como o primeiro avião tinha o diabo para o piloto, o pecado para o motor, ea tentação como a hélice. O outro plano, no entanto, foi pilotado por Jesus e levaria à Cidade Santa (o horizonte mostrado no palco). O templo encheu-se além da capacidade.

Em outra ocasião, ela descreveu a ser parado por um policial, chamando o sermão "Preso por excesso de velocidade". Vestido com um uniforme de guarda de trânsito, ela se sentou na sela de uma motocicleta da polícia, antes colocado no palco, e acelerou a sirene.Um autor no atendimento, insistiu ela realmente dirigia a motocicleta, com seu rugido ensurdecedor, em todo o rampa de acesso ao púlpito, pisou no freio, então, levantou uma mão enluvada branca a gritar "Pare! Você está acelerando para o inferno!"  Desde McPherson deu alguns de seus sermões mais de uma vez, e com variações, a possibilidade existiam duas versões pode ser verdade.

McPherson empregado um pequeno grupo de artistas, eletricistas, decoradores, e carpinteiros que construíram os sets de serviço de cada domingo. A música religiosa foi tocada por uma orquestra. McPherson também trabalhou no elaboradas óperas sagradas. Uma produção, da fornalha de ferro, baseado no livro do Êxodo, disse o livramento de Deus, como os israelitas fugiram da escravidão no Egito. Algumas estrelas de cinema de Hollywood, mesmo assistida com a obtenção de trajes de estúdios locais. O elenco era grande, talvez até 450 pessoas, mas tão elaborado e caro, ele foi apresentado apenas uma vez. Os ensaios para as várias produções foram demoradas e McPherson "não tolerar qualquer bobagem." Embora descrito como "sempre amável e amoroso," McPherson exigia respeito em relação à mensagem divina óperas sagradas e seus outros trabalhos foram concebidos para transmitir. 

Apesar McPherson condenado teatro e cinema como a oficina do diabo, os seus segredos e os efeitos foram cooptados. Ela se tornou a primeira evangelista mulher a adotar toda a técnica da estrela de imagem em movimento.  McPherson desejado para evitar a serviço da igreja sombria onde por paroquianos obrigação iria cumprir algum dever por estar presente no banco. Ela queria um drama sagrado, que iria competir com a emoção de vaudeville e do cinema. A mensagem era séria, mas o tom mais ao longo das linhas de uma comédia musical bem-humorado. Sugestões não atendidas, linhas de script esquecidos ou distorção relevante e outros erros se tornaram parte da mordaça. Os animais foram frequentemente incorporado e McPherson, a menina uma vez fazenda, sabia como lidar com eles. Em um incidente, um camelo era espremer através de uma porta estreita criada no palco, ilustrando o Eye of the Needle. McPherson unlimbered um saco de carga após o outro identificado como "prazer mundano", "A indiferença para com os pobres" e outros, a partir do camelo. Até que todos os encargos de carga foram removidos, o camelo não poderia atravessar a abertura. McPherson deu até 22 sermões por semana eo serviço generoso noite domingo atraiu as maiores multidões, carrinhos extras e policiais foram necessários para ajudar a encaminhar o tráfego através de Echo Park de e para o Angelus Temple. [95] Para financiar o Templo Angelus e seus projetos , as coleções foram tomadas em cada reunião, muitas vezes com a admoestação, "sem moedas, por favor". 

Porque o pentecostalismo não era popular em os EUA durante a década de 1920, McPherson evitou o rótulo. Ela fez, no entanto, demonstram a falar-nos-línguas e curandeirismo em sermões. Ela também manteve um museu de acessórios médicos descartáveis de pessoas curadas fé durante seus serviços que incluíam muletas, cadeiras de rodas e outros apetrechos. Como prova de sua influência cedo pelo Exército de Salvação, McPherson adotou um tema de "faróis" para as igrejas satélites, referindo-se à igreja-mãe como o "Navy Salvação". Este foi o início de McPherson trabalhando para plantar igrejas do Evangelho Quadrangular em todo o país.

McPherson publicou o semanário Foursquare Crusader, junto com sua revista mensal, Call nupcial. Ela começou a transmitir na rádio no início da década de 1920. McPherson foi uma das primeiras mulheres a pregar um sermão de rádio. Com a abertura do KFSG Evangelho Quadrangular de propriedade em 06 de fevereiro de 1924, ela se tornou a segunda mulher concedeu uma licença de transmissão pelo Departamento de Comércio, a agência federal que supervisionou a radiodifusão no início de 1920. 

McPherson racialmente integrado suas reuniões em tendas e serviços da igreja. Em uma ocasião, como uma resposta ao ministério de McPherson e Angelus Temple sendo integrados, os membros da Ku Klux Klan estavam presentes, mas depois que o serviço capuzes e robes foram encontrados no chão nas proximidades de Echo Park.  Ela também é creditado com ajudando muitos ministérios hispânicos em Los Angeles. 

McPherson viajar pelo país a realização de reuniões de avivamento amplamente populares e enchendo as igrejas locais com conversos era uma coisa, se estabelecer permanentemente em sua cidade causou preocupação entre algumas igrejas locais de Los Angeles. Mesmo que ela compartilhou muitas de suas crenças fundamentalistas: a inspiração divina da Bíblia, a Trindade clássico, nascimento virginal de Jesus, a realidade histórica dos milagres de Cristo, a ressurreição corporal de Cristo eo propósito expiatório de sua crucificação; a apresentação de sermões pródigos, e um ministério eficaz cura pela fé apresentado por uma mulher divorciada do sexo feminino que milhares adorado e continuamente jornais escreveram sobre, foi inesperado. Além disso, o templo tinha uma aparência e estilo exclusivamente deles, quase cult ou militar-like. Mulheres emularia estilo e vestido de McPherson, e um uniforme Angeleus Temple distinta veio à existência, um vestido branco com uma capa azul marinho jogado sobre ele.  Os homens eram mais discretas, vestindo ternos. Sua voz, projetada sobre a estação de rádio KFSG poderoso state-of-the-art e ouvido por centenas de milhares de pessoas, tornou-se o mais reconhecido no oeste dos Estados Unidos.  

Aimee Semple McPherson pregando no Templo Angelus recém-construído em 1923. Suas mensagens exibiu o amor de Deus, redenção e as alegrias do serviço e do céu; contrastando fortemente com o estilo de fogo e enxofre de entrega sermão popular com muitos de seus pares.

Seus sermões ilustrados atraído críticas de alguns membros do clero, porque eles achavam que virou a mensagem do evangelho em teatro mundano e entretenimento. A cura divina, como McPherson chamou, foi reivindicado por muitos pastores para ser uma dispensação exclusiva concedida apenas para os tempos apostólicos. Reverendo Robert P. Shuler publicou um panfleto intitulado McPhersonism, que pretendia que seu "programa mais espetacular e anunciado estava fora de harmonia com a Palavra de Deus." debates como o Bogard-McPherson Debate em 1934  chamou ainda a atenção para a controvérsia, mas nenhum realmente poderia argumentar eficazmente contra os resultados de McPherson. 

As novas Assembléias de Deus em desenvolvimento denominação, Pentecostal como McPherson foi, por um tempo trabalhei com ela, mas eles encorajaram a separação de credos protestantes estabelecidas. McPherson resistiu tendências para isolar como uma denominação e continuou sua tarefa de construção de coalizões entre os evangélicos. McPherson trabalhou duro para alcançar a visão ecumênica da fé e, enquanto ela participou de debates, evitou batalhas campais retóricas que dividiram muitos no cristianismo. Ela queria trabalhar com as igrejas existentes em projetos e compartilhar com eles as suas visões e crenças. Auxiliando na sua paixão era a rápida criação do LIFE Bible College adjacente ao Templo Angeles. Ministros treinou lá foram originalmente destinados a ir a nível nacional e mundial para todas as denominações e partilhar a sua recém-definida "Evangelho Quadrangular". Um ministro bem conhecido Metodista, Frank Thompson, que nunca tiveram a experiência pentecostal,  foi convencido a executar a faculdade; e ensinou os alunos a doutrina de João Wesley. McPherson e outros, entretanto, infundido-los com ideais pentecostais. Seus esforços finalmente levou os pentecostais, que anteriormente eram pouco convencional e na periferia do cristianismo, para o mainstream do evangelicalismo americano. 

McPherson-se firmemente se recusou a criticar publicamente pelo nome de qualquer indivíduo com raras exceções, mas aqueles que foram convertidos em seus serviços não eram tão cuidadosos. Os testemunhos de ex-prostitutas, viciados em drogas e outros, de estágio ou transmissão através do rádio, freqüentemente revelou os nomes e localizações relativas a suas atividades ilegais no passado. Estas revelações irritou muitos e McPherson recebido frequentemente cartas hostis e ameaças de morte. Um suposto plano para seqüestrá-la e detalhadas no Los Angeles Times foi frustrado em setembro de 1925. 

 

Política e educação 

 

No início de 1926, McPherson tornou-se uma das mulheres e ministros de seu tempo mais carismáticos e influentes. Sua fama igualado, para citar alguns, Charles Lindbergh, Johnny Weissmuller, Jack Dempsey, Babe Ruth, Ty Cobb, Knute Rockne, Bobby Jones, Louise Brooks, e Rudolph Valentino.  Ela foi um grande fenômeno americano, que junto com alguns outros pregadores de alto perfil da época, ao contrário de celebridades de Hollywood, pode ser admirado por seu público adorador ", aparentemente sem comprometer suas almas". 

De acordo com Carey McWilliams, ela havia se tornado "mais do que apenas uma palavra de casa: era um herói popular e uma instituição cívica; um membro honorário dos corpos de bombeiros e policiais, um santo padroeiro dos clubes de serviço, um porta-voz oficial para a comunidade em problemas graves e levianas ".  Ela foi influente em muitas áreas sociais, educacionais e políticos. McPherson fez cruzadas pessoais contra qualquer coisa que ela sentiu-se ameaçado seus ideais cristãos, incluindo o consumo de álcool e ensino da evolução nas escolas.

McPherson tornou-se um forte defensor de William Jennings Bryan, durante o julgamento de Scopes 1925, em que John Scopes foi julgado por ensinar ilegalmente evolução em uma escola de Dayton, Tennessee. Bryan e McPherson haviam trabalhado juntos no Templo Angelus e creram darwinismo tinha minado a moral dos alunos. Segundo o The New Yorker, disse McPherson, a evolução "é o maior triunfo da inteligência satânica em 5931 anos de guerra diabólico, contra os exércitos do Céu. É o envenenamento das mentes das crianças da nação".  Ela enviou Bryan um ditado telegrama, "Dez mil membros do Angelus Temple, com seus milhões de membros da igreja de rádio enviar grato apreço do seu campeonato de coração de leão da Bíblia contra a evolução e lançar nossos chapéus no ringue com você."  Ela organizou "uma toda a noite de oração, uma reunião da igreja enorme precedida por um desfile Bíblia através de Los Angeles. "

Enquanto sua mãe Mildred Kennedy era um democrata registrado, ninguém tinha certeza de registro de McPherson. Ela endossou Herbert Hoover sobre Franklin D. Roosevelt, mas com entusiasmo jogou seu apoio por trás do último e seus programas sociais, quando foi eleito para o escritório. Ela foi um patrono do trabalho organizado, pregando o dinheiro de um gangster "não era mais impura do que a dólares do homem que acumula os seus milhões de trabalhadores de fábricas mal pagos ". Ela foi mais cauteloso embora quando greves de trabalhadores resultou em revoltas violentas. Viu neles as possíveis atividades do comunismo, que procuravam se infiltrar sindicatos e outras organizações. McPherson intensamente detestava o comunismo e seus derivados como eles procuraram governar sem Deus; seu objetivo final, ela acreditava, para remover o cristianismo da face da terra. Opinião de McPherson do fascismo não se saíram melhor; seu regime totalitário erroneamente justificado alegando representar o poder de Deus.

McPherson não alinhar-se de forma consistente com qualquer ampla agenda política conservadora ou liberal. Em vez disso, ela explicou se o cristianismo ocupou um lugar central na vida nacional, se os componentes de Deus, casa, escola e governo foram mantidos juntos, tudo cairia no lugar. "Remova qualquer um destes", alertou, "e [civilização] derruba, se desintegra."  Os líderes atual Igreja do Evangelho Quadrangular qualificar vistas do evangelista: "A paixão de McPherson ver a América sustentado em saúde espiritual, o que obrigou busca de ver o governo a influência da Igreja, deve ser interpretado à luz do clima político e religioso da década de 1920, 30s, e 40s. não é preciso fazer um paralelo entre a extrema fundamentalista, de direita, de hoje o cristianismo eo estilo ou foco da Irmã McPherson. " Ela também foi uma das primeiras proeminentes ministros cristãos para defender o estabelecimento de uma pátria judaica na Palestina. Ela contou que, quando Cristo voltar, os judeus o receberia, seu sofrimento vai acabar "e que irá estabelecer em Jerusalém um reino mais maravilhoso que o mundo já conheceu."

 

Seqüestro relatados 

 

Em 18 de maio de 1926, McPherson foi com ela secretário Beach Park Oceano norte de Venice Beach para nadar. Logo depois de chegar, McPherson foi longe de ser encontrada. Pensava-se que ela tinha se afogado.

McPherson foi programado para realizar um serviço naquele dia; sua mãe Minnie Kennedy pregava o sermão, em vez, dizendo no final: "Irmã está com Jesus," o envio paroquianos em um frenesi chorosa. Mourners lotado Venice Beach e da comoção provocada cobertura mediática dias de duração alimentada em parte por William Randolph Hearst Los Angeles Examiner e um poema agitação por Upton Sinclair, para comemorar a tragédia. Atualizações diárias apareceram em jornais de todo o país e paroquianos realizadas dia e noite vigílias à beira-mar. Um paroquiano se afogou durante a pesquisa para o corpo, e um mergulhador morreu de exposição.

Kenneth G. Ormiston, o engenheiro de KFSG, havia tomado outras atribuições torno final de dezembro de 1925 e deixou o trabalho no templo.  Os jornais mais tarde ligada McPherson e Ormiston, este último visto dirigindo até a costa com uma mulher não identificada. Alguns acreditavam McPherson e Ormiston, que era casado, tinha-se tornado romanticamente envolvidos e havia fugido juntos. Várias notas de resgate e outras comunicações foram enviadas ao Templo, alguns foram retransmitidas para a polícia, que pensavam que eram trotes e outros descartados como fraudulenta. McPherson "avistamentos" eram abundantes, como muitos como 16 em diferentes cidades e outros locais no mesmo dia. Por um tempo, Mildred Kennedy, a mãe de McPherson, ofereceu um 25.000 dólares  recompensa por informações que levem ao retorno de sua filha.

Os pedidos de resgate enviadas incluída uma nota do "Revengers" que queria $ 500.000 ] e outra para 25,000 dólares  transmitida por um advogado que alegou contato com os seqüestradores. A nota manuscrita "Revengers" depois desapareceu do armário de provas LA Police eo advogado foi encontrado morto em um acidente possivelmente suspeitos antes de sua afirmação poderia ser adequadamente investigada.  A carta resgate longa dos "Vingadores "chegou por volta de 19 de junho de 1926, também encaminhado para a polícia, exigiu 500 mil dólares  ou então seqüestradores iria vender McPherson em" "escravidão branca. Relacionando o prisioneiro foi um incômodo, porque ela estava incessantemente pregando a eles, o longa, carta datilografada de duas páginas mal também indicou que os sequestradores trabalhado arduamente para espalhar a palavra McPherson foi mantido em cativeiro, e não se afogou. Kennedy consideradas as notas como hoaxes, acreditando que sua filha morta.

 

Depois de sair do deserto mexicano, McPherson convalesce em um hospital com sua família em Douglas, Arizona 1926. District Attorney Asa Keyes está para o lado esquerdo com Mildred Kennedy (mãe) ao lado de Roberta Estrela Semple, médio esquerdo (filha). Na extrema direita vice-procurador distrital Joseph Ryan está ao lado de seu filho, Rolf McPherson.

Pouco tempo depois, em 23 de junho, McPherson tropeçou fora do deserto em Agua Prieta, Sonora, uma cidade mexicana na fronteira com Douglas, Arizona. O casal mexicano que se aproximava não pensei que ela tinha morrido quando desabou McPherson na frente deles. Uma hora depois ela se mexeu eo casal cobriu com cobertores.  Ela alegou que ela tinha sido sequestrada, drogada, torturados e mantidos como reféns em um barraco de dois homens e uma mulher, "Steve", "Mexicali Rose", e outro homem não identificada . ela também alegou que ela havia escapado de seus captores e caminhou pelo deserto por cerca de 13 horas para a liberdade.

Após seu retorno de Douglas, Arizona, McPherson foi recebido na estação de trem por 30,000-50,000 pessoas, mais do que para qualquer outro personagem.  O desfile de volta ao templo ainda provocou uma afluência maior do que a visita do presidente Woodrow Wilson para Los Angeles, em 1919, que atesta a sua popularidade ea crescente influência da mídia de entretenimento de massa. Aeronave voou baixo em cima, rosas caindo, o que derivou em torno McPherson enquanto ela estava cercado por vestidos de branco meninas de flor do Angelus Temple .

O corpo de bombeiros foi para fora em seus uniformes desfile e altos funcionários Los Angeles cumprimentou formalmente seu retorno. Já revoltados com postura pública influente de McPherson na evolução e na Bíblia, a maioria da Câmara de Comércio e alguns outros líderes cívicos, no entanto, viu o evento como exibição berrante; nacionalmente embaraçoso para a cidade. Muitas igrejas da área de Los Angeles também estavam irritados. A divorciada McPherson tinha resolvido em sua cidade e muitos de seus paroquianos foram agora a frequentar sua igreja, com os seus sermões elaborados que, na sua opinião, diminuiu a dignidade do Evangelho. A Câmara de Comércio, juntamente com o reverendo Robert P. Shuler líder da Federação Los Angeles Igreja, e assistido pela imprensa e outros, tornou-se uma aliança informal para determinar se o seu desaparecimento foi causado por outro do que um seqüestro.  

Entre 30.000 a 50.000 pessoas cumprimentou McPherson na estação de trem após seu retorno de Douglas, Arizona, a cidade que convalescia depois de afirmar que ela escapou de sequestradores.

Em Los Angeles, à frente de qualquer data de corte, McPherson notado histórias de jornal sobre seu seqüestro se tornando mais e mais sensacionalista como o passar dos dias. Para manter animado continuou interesse, público, ela especulou, os jornais deixá-la conta original dão lugar à chuva torrentes de "novo tempero e emoção" histórias sobre ela estar em outro lugar ", com que um ou outro." Não importava se o material foi refutada ou descontroladamente contraditórias. Sem correção ou pedido de desculpas foi dado para a história como um outro anterior, ainda mais ultrajante conto, tomou o seu lugar.

Sua mãe, Mildred Kennedy era muito cínica do maior escrutínio jornal e advogado de McPherson desaconselhadas prosseguir neste assunto. Desde McPherson foi a pessoa lesada e única testemunha do crime, se ela escolheu para não pressionar a sua queixa, o caso teria que ser fechado.  No início, quando McPherson foi interrogado em Douglas, Arizona pelo procurador-Procurador Distrital Asa Keyes e vice-procurador distrital Joseph Ryan, ambos pareciam compreensivo com a sua história. Ryan disse que ele poderia fazer a viagem deserto sem arranhar ou marcar seus sapatos comissário.  McPherson, portanto, apresentou-se no tribunal como uma vítima de um crime que se sente lesada. Pressionado por vários influente Los Angeles negócios, mídia, política e interesses religiosos [139] Keyes e Ryan vez aberto o inquérito júri com insinuando questões, implicando McPherson e sua mãe estavam envolvidos em uma fraude. 

Alguns eram céticos em relação a sua história desde McPherson parecia extraordinariamente em boa saúde para seu suposto provação; sua roupa não mostrando sinais de que eles esperavam de uma longa caminhada pelo deserto. Este foi disputada pela maioria dos Douglas, Arizona, moradores, a cidade onde McPherson foi levado para convalescer, incluindo especialista rastreador CE Cross, que testemunhou que a condição de McPherson física, sapatos e roupas foram todas consistentes com uma provação, como ela descreveu.  Um grande júri reuniu-se em 08 de julho de 1926, mas suspensa 12 dias depois alegando falta de provas para prosseguir com quaisquer acusações contra ambos supostos seqüestradores ou perjúrio por McPherson. McPherson foi dito que seria aberto para receber qualquer prova apresentada por ela que ela deveria desejar a substanciar sua história seqüestro. 

A promotoria recolheu cinco testemunhas que afirmaram ter visto McPherson na Bento  casa de praia em Carmel-by-the-Sea, com a casa que está sendo alugada por Ormiston sob um nome falso. Assinalou-se que, embora a maioria dessas testemunhas sabia da recompensa $ 25.000  para o retorno de McPherson, com suas imagens de forma proeminente aparecendo nos jornais, nenhum dos cinco adiantou-se no momento em que supostamente viu McPherson para reivindicá-lo. Além disso, várias outras testemunhas, incluindo dois da acusação erroneamente pensou que iria testemunhar para eles, afirmou a mulher não era McPherson.  Ormiston admitiu ter alugado a casa, mas alegou que a mulher que tinha estado lá com ele - conhecido na imprensa como a Sra X - não era McPherson, mas uma outra mulher com quem ele estava tendo um caso extraconjugal.

O júri se reuniu novamente em 3 de agosto e tomou mais um testemunho, juntamente com os documentos de hotéis, todos disseram por vários jornais para a letra de McPherson. Estes, porém, foram mais tarde revelou ser Elizabeth Tovey de, uma mulher viajando com Ormiston, cuja caligrafia não em tudo se assemelham a McPherson do . McPherson firmemente preso a sua história, que ela foi abordada por um jovem casal na praia, que tinha pediu-lhe para vir e rezar por seu filho doente, e que ela foi então empurrado em um carro e drogado com clorofórmio. 

A casa Carmel foi ainda marcada por impressões digitais, mas nenhum pertencente a McPherson foram recuperados. Dois deslizamentos de supermercado encontrados no quintal da casa foram estudados por um especialista em caligrafia polícia e determinada a ser a caligrafia de McPherson. Enquanto os deslizamentos de originais depois desapareceu misteriosamente da sala de audiências, cópias da foto-stat estavam disponíveis.  A defesa teve um especialista em caligrafia de seu próprio que demonstrou os deslizamentos de supermercado não eram McPherson de medicado, mas a aparência dela. Origem suspeita dos deslizamentos também foi questionada. Os deslizamentos originais teria sido no pátio por dois meses, sobrevivendo de orvalho, nevoeiro e manutenção do gramado antes de sua descoberta. 

Califórnia membros do júri são obrigados por lei não discutir o caso para proteger a integridade do processo para determinar se existe causa suficiente para um julgamento juried formal. O reverendo Robert P. Shuler foi dito tanto por um jornal, em resposta a uma demanda aberta que ele fez para mais divulgação no inquérito em curso.  No caso McPherson, processo tornou-se bastante público, como observado pelo jornalista HL Mencken. Um crítico vocal de McPherson,  Mencken escreveu sobre ela: "Durante anos, ela percorreu o Cinturão da Bíblia em um Ford, arengando os idiotas noturno, sob a lona. Era uma vida deprimente, e seus usufrutos eram pouco mais do que três refeições dia. a cidade [ele se refere a los Angeles] tem mais idiotas nele do que todo o Estado do Mississippi, e milhares deles não tinha nada a fazer senão gape no dignitários de cinema e ir para revivals "(do The American Mercury, 1930) . Mencken tinha sido enviado para cobrir o julgamento e havia toda a expectativa que ele iria continuar suas críticas marcantes contra o evangelista. . Em vez disso, ele saiu impressionado com McPherson e desdenhoso da natureza indecorosa do Ministério Público  Mencken mais tarde escreveu: "O julgamento, de fato, foi uma orgia típico dos tribunais da Califórnia meia-fabuloso Os próprios oficiais de justiça denunciou ela. riotously nos jornais de Hearst, enquanto ele estava em andamento. " Para combater o jornal publicidade ruim, McPherson falou livremente sobre os processos judiciais no ar durante seus programas de rádio. 

Teorias e insinuações foram galopante: que ela havia fugido com um amante, tinha ido para fazer um aborto, foi a tomada de tempo para se curar de cirurgia plástica, ou tinha encenado um golpe de publicidade. Manchetes de duas polegadas a chamou de uma torta, um conspirador, e um home-guincho.  perto da morte operação médica de McPherson em 1914,  que a impedia de ter mais filhos, já fazia parte do registro público. Quando desafiado sobre a alegação de aborto com um pedido para pagar o exame médico para provar isso, o jornal que publicou a história recuou. Algumas testemunhas Procurador afirmou quando viram McPherson em Carmel, ela tinha cabelo curto, e furor seguiu ela estava usando atualmente amostras de cabelo falso empilhados para dar a impressão de madeixas mais longas. McPherson, conforme solicitado pelo seu advogado, levantou-se, unpinned seu cabelo, que caiu em abundância ao redor de seus ombros, chocando as testemunhas e outros em silêncio envergonhado.  McPherson soube que em uma celebridade enlouquecido-cultura alimentada pela mídia de massa, um líder senhora poderia se tornar uma vilã em um piscar de olhos. 

A defesa descansou seu caso em 28 de outubro eo juiz, em 3 de novembro, decidiu provas suficientes tinha sido atraído contra o evangelista e sua mãe para um caso de tribunal do júri em Los Angeles, prevista para meados de janeiro de 1927. As acusações foram uma conspiração criminosa para cometer atos prejudiciais à moral pública, para prevenir e obstruir a justiça, e para evitar a devida aplicação das leis e de se envolver em uma conspiração criminosa para cometer o crime de subordinação de perjúrio. Se condenados, as contagens somaram tempo máximo de prisão de 42 anos.

 

Reivindicações de casos extraconjugais 

 

Inúmeras denúncias de ilícitos amores  eram freqüentemente direcionados contra McPherson. Amantes suspeitos geralmente negou envolvimento.  Por exemplo, Kenneth Ormiston, um homem casado e com um filho pequeno, poderia ter lucrado imensamente de uma exposição "sobre si mesmo e McPherson.  Não foi disputado os dois tiveram uma boa relação de trabalho e foram amigáveis uns com os outros. Durante o julgamento júri de 1926 seqüestro, sua vida privada em todos os sentidos foi invadido como jornalistas e investigadores tentou ligá-lo amorosamente para McPherson.  Ormiston aos jornais seu nome ligados de tal forma que o evangelista "era um bruto insulto a uma mulher nobre e sincero. "

 

Aimee Semple McPherson foi muitas vezes alvo de inúmeras denúncias infundadas relacionadas com a sexualidade. Conforme relatado pelo Los Angeles Times, 04 de junho de 1936, esta fotografia mostra o evangelista lendo uma nota exigindo $ 10,000 mais nuas filmes dela e de um amigo seria lançado publicamente. Quando indagado sobre o assunto em uma entrevista relacionada no final daquele ano, ela declarou laconicamente não existia fotos dela nua porque ninguém nunca foram tomadas.

Alarmados com seu estilo de rápida mudança de vestido e envolvimento com Hollywood e seu estilo de vida "mundana", em 1929, um funcionário Angeleus Templo  contratou detetives para sombra McPherson. Através de suas janelas, os detetives freqüentemente viu McPherson ficar até as primeiras horas da manhã compondo canções, elaboração de óperas sagradas e rabiscando diagramas de seus sermões ilustrados.  Eles estavam à procura de evidências de suas indiscrições, mas não encontrou nada. Não há confirmação de má conduta adúltera,  com exceção, talvez, de seu terceiro casamento como uma violação dos princípios da Igreja, nunca foi apresentado. McPherson si mesma, consciente de inúmeras denúncias feitas a ela ao longo de sua carreira, respondeu apenas a uma pequena fração deles, transmitindo a única coisa que ela tinha tempo para foi "anunciar a Jesus". 

Postumamente, alegações infundadas de casos extraconjugais continuaram a surgir, desta vez por aqueles que afirmaram ter sido seu parceiro; créditos não mencionado por eles ou outras pessoas, enquanto ela ainda estava viva. Jornalista canadense, Gordon Sinclair, implícita tal afirmação em sua autobiografia 1966, Será que o real Gordon Sinclair favor Stand Up. Sinclair afirmou que ele trabalhou em uma história com McPherson e foi durante uma dessas vezes, em 1934, o incidente supostamente ocorreu. Sinclair faz alusão a um flerte sexual com McPherson, uma tarde, juntamente com alguns gin e gengibre. 

Trinta anos após sua morte, outra reivindicação pelo comediante Milton Berle, em uma autobiografia 1974, alega um breve affair com o evangelista. Em seu livro, intitulado Milton Berle: An Autobiography, Berle afirma ele conheceu McPherson no Shrine Auditorium, em Los Angeles, onde ambos estavam fazendo um show de caridade. Ao vê-la pela primeira vez, Berle lembrou,

"Fiquei impressionado e muito curioso ... Ela era toda a dignidade e classe, quando chegou a vez dela. A casa foi à loucura quando ela saiu para as luzes." Nos bastidores, ela o convidou para ver Angelus Temple. Em vez disso, Berle escreveu, os dois foram almoçar em Santa Monica, em seguida, para um apartamento dela, onde McPherson transformou em algo "mais frio [...] a muito fina, lingerie azul pálido." Berle disse que ele podia ver que ela estava usando nada por baixo. Ela apenas disse: "Entre." Berle disse que se reuniu pela segunda e última vez no mesmo apartamento, alguns dias depois, escrevendo: "Desta vez, ela apenas mandou o motorista para me trazer-me direto para o apartamento. Nós nem sequer se preocupar com o almoço. Quando eu estava vestindo para sair, ela estendeu a mão. "boa sorte com seu show, Milton. O que o inferno. Eu não podia resistir a ela. "Boa sorte com a sua, Aimee. Eu nunca vi ou ouvi de Aimee Semple McPherson novamente. Mas sempre que eu ouço "Sim, senhor, que é meu bebê", eu me lembro dela. "

Biógrafo Matthew Avery Sutton, comentou: "Berle, um mulherengo notório cujos muitos contos de casos escandalosos nem sempre eram verdadeiras, afirmou ter tido relações sexuais com McPherson sobre isso e uma outra ocasião", durante um ano, quando McPherson era frequentemente doente e acamado. Sutton observou que a história de Berle de um crucifixo  no quarto de McPherson não era consistente com a frieza das relações Pentecostal católicos durante a época. 1] Outro livro de Milton Berle, Rindo Seu, que tinha conteúdo autobiográfico, que foi publicado em 1939 enquanto McPherson ainda estava vivo, não tem essa reivindicação.

Autor Raymond L. Cox afirma: "A filha da senhora McPherson, Roberta Salter de Nova York, me disse: 'mãe nunca teve um apartamento em sua vida." Em 1931 ela se manteve firmemente dama de companhia para se proteger contra tais alegações ". Durante 1930 aparências e paradeiro do evangelista pode ser rastreada quase todos os dias. Ela estava incapacitado com a doença um total de cinco meses desse ano, e não há nenhum lugar na sua agenda como relatado em suas publicações e da igreja e registros de viagens para o benefício Berle alegado. Além disso, Roberta também disse Cox, "Mãe nunca fiz um benefício na vida dela. Ela tinha suas próprias instituições de caridade". 

 

Trabalho de caridade

 

McPherson (esquerda) prepara cestas de Natal (cerca de 1935)

 

Aimee Semple McPherson esforçou-se para desenvolver uma organização da igreja que não só pode fornecer para o espiritual, mas as necessidades físicas do aflito. Embora ela acreditava fervorosamente e pregou o retorno iminente de Jesus Cristo,  ela não tinha idéia de quanto tempo que a segunda vinda poderia ser. Dois pensamentos permeava a mente da maioria dos pentecostais devotos da época, "Jesus está chegando, portanto, como posso ficar pronto", e "como posso ajudar os outros para ficar pronto?"

Para McPherson, parte da resposta foi de mobilizar a sua congregação do Templo e todos que ela poderia chegar por meio de rádio, de telefone e de boca em boca de se envolver em quantidades substanciais de caridade e assistência social. "O verdadeiro cristianismo não é apenas para ser bom, mas para fazer o bem", ela pregou. O Departamento de Caridade e Beneficiário recolhidas doações para todos os tipos de ajuda humanitária para incluir um desastre japonês bem como um fundo de ajuda alemã. Homens libertados da prisão foram encontrados empregos por uma "fraternidade". A "irmandade" foi criada, bem como, costura roupas de bebê para mães carentes.  igrejas filiais em outras partes do país também foram encorajados a seguir o exemplo do Templo Angelus. Mesmo as pessoas que consideravam a teologia de McPherson quase ridículo ajudou porque viu sua igreja como a melhor maneira de ajudar sua comunidade.

Em junho de 1925, depois de confirmar relatos de um tremor de terra em Santa Barbara, McPherson deixou imediatamente o presbitério e interrompeu uma transmissão em uma estação de rádio nas proximidades. Ela assumiu o microfone da cantora assustada e pediu comida, cobertores, roupas, tudo o que os ouvintes poderiam dar para suprimentos de emergência para ajudar nas proximidades de Santa Barbara. Como a Cruz Vermelha se reuniram para discutir e organizar a ajuda, segundo comboio de McPherson já havia chegado à cidade conturbada. Em 1928, depois de uma barragem falhou eo dilúvio que se seguiu deixaram até 600 mortos na sua esteira, a igreja de McPherson levou o alívio esforço.  Mais tarde, em 1933, um terremoto atingiu e devastou Long Beach. McPherson rapidamente arranjou voluntários para estar em cena com cobertores, café e donuts. [209]

Casa de uma mãe solteira foi operado do presbitério. Roberta Semple Star, filha de McPherson, compartilhou de sua sala com um conturbado ou espancada garota fugitiva após o outro. Ela lembrou que vieram de todo o país e sua mãe poderiam identificá-los em qualquer multidão. McPherson ela mesma iria freqüentemente em contato com os pais preocupados presumivelmente da menina, oferecendo-se para facilitar a reconciliação, se necessário. Se a menina ficou no, depois que o bebê chegou, McPherson fez outra chamada para os pais, deixá-los saber maravilhosa notícia: sua filha apenas deu à luz um saudável 8 £ bebê menino ou menina. Com entusiasmo sincero abordagem de McPherson, cuidando tendiam a resultar em pais relutantes aceitar de volta sua filha rebelde com seu novo neto. 

Enquanto McPherson, seus dois filhos e, às vezes, os visitantes compartilhado jantar no andar de cima, com freqüência eles foram interrompidos por batidas na porta lá embaixo. O presbitério Angelus Temple recebeu um número desconhecido de crianças abandonadas deixados em todos os tipos de recipientes em sua porta. As pessoas sabiam que um bebê deixado lá seria bem cuidado.  Porque muitos abandonos de bebê foram causados por mães incapazes de cuidar de seus filhos enquanto eles trabalhavam, ela também criou uma creche para os filhos de mães que trabalham.

Sobre sua experiência de infância com o Exército da Salvação, em 1927, McPherson abriu um comissário no Angelus Temple, que foi concebido para ajudar os necessitados em uma escala muito maior, formalizada. O comissário era praticamente o único lugar na cidade que uma pessoa poderia conseguir comida, roupas e cobertores, sem perguntas. Foi aberta 24 horas por dia, sete dias por semana, e tornou-se activo na criação de cozinhas de sopa, clínicas gratuitas, e outras atividades de caridade como a Grande Depressão avançava. Estima-se que ela alimentou 1,5 milhões de pessoas. Quando o governo encerrar o programa de merenda escolar gratuita, McPherson assumiu o controle. Sua política de dar primeiro e investigar depois permitiu resíduos e uma certa quantidade de caloteiros sanguessuga fora do programa, mas "o sofrimento em uma escala épica aliviado". 

McPherson tem os corpos de bombeiros e policiais para ajudar na distribuição. Médicos, médicos e dentistas foram persuadidos a pessoal sua clínica livre que treinou 500 enfermeiros para ajudar a tratar as crianças e os idosos. Ela encorajou indivíduos e empresas de todos os tipos para doar suprimentos, comida, dinheiro ou trabalho. Para evitar o poder de ser desligada para lares de contas vencidas durante o inverno, um 2.000 dólares  reserva de caixa foi criada com a empresa concessionária. Muitas pessoas, que de outra forma não teriam nada a ver com o Templo Angelus, receberia uma chamada de McPherson, e em seguida, saquear seus armários mansão ou lojas próprias de algo para dar. The Yellow Cab Company doou um prédio grande e, no primeiro mês, 80 mil pessoas receberam refeições lá. 

Trabalhando sob um sinal de "Todo mundo e ninguém é alguém para Jesus", os voluntários encheram cestas comissário com uma variedade de alimentos e outros itens, bem como a literatura do Evangelho Quadrangular e entregou-os para fora. Até mesmo um kit completo concebido para cuidar de recém-nascidos estava disponível. Um repórter escreve que ele sempre pensou que o breadline era uma "cicatriz incolor monótono em nossa civilização", mas do comissário Angelus Temple, observa ele, foi "a roupa quente de simpatia e socorro cristão".  A nota, que reflete a sentimento de muitos dos que receberam assistência, foi deixado em junho de 2010, no túmulo virtual da McPherson:

"Meu avô sempre falou sobre quando ele era criança, ele e sua família se mudou para a Califórnia de Missouri, durante a depressão, e sua família estava morrendo de fome e eles se encontraram você e você deu-lhes um saco de legumes, e algum dinheiro, ele nunca esqueci. "Anônimo 

O estabelecimento de um escritório de emprego, bem como, McPherson desejado para ajudar "o marido desanimado, a viúva desanimado, ou a pequena mãe que quer um trabalho extra para suportar o fardo de um marido doente". Ela esperava que todos em seu templo para ser envolvido , "vamos sempre nos esforçamos para aliviar a carga do nosso irmão e secar as lágrimas de uma irmã; raça, credo ou condição não fazem diferença. Estamos todos um nos olhos do Senhor. "Ela encorajou os membros a pensar o comissário de ampliar" a espiritualidade de toda a Igreja ". 

Em 1932, o comissário foi invadida pela polícia que supostamente localizar um ainda usado para fazer brandy de damascos doados. Alguns óleo chucrute e salada foram supostamente observado vazamento de suas respectivas áreas de armazenamento. Como conseqüência, o comissário foi brevemente fechado. A imprensa se envolveu eo público exigiu uma investigação. Uma vez que ninguém realmente queria parar os esforços de caridade do templo, a solução aceitável era substituir o tratamento imediato. A equipe foi deixar ir e estudantes de sua vida Bible College da Igreja do Evangelho Quadrangular preenchidos. A mídia jornal, geralmente cínica do Templo e, em particular, de McPherson, reconheceu "as excelentes características de esforços dessa organização" e "as falhas do Angelus Temple são superados por suas virtudes ".  McPherson emitiu um comunicado declarando:" Eles já se enfrentaram alto os seus pratos e as suas trombetas soprado sobre um imóvel e alguns chucrute, ... o nosso trabalho ainda está diante de nós. Se ... alguém abusou de sua confiança, não deve acontecer novamente. "

Como McPherson tentou evitar atrasos administrativos em categorizar o "merecedor" do "indignos", seu comissário templo tornou-se conhecida como uma das instituições de ajuda mais eficazes e inclusivas da região. Poucas cozinhas durou mais do que alguns meses, mas McPherson do permaneceram abertos.  Mesmo quando ela se transformou em uma loira elegante socialite de Hollywood, vigor e praticidade de McPherson para o ativismo social não mudou, ela adorava organizar grandes projetos.  A 1936 pesquisa indicou o Templo Angelus assistida mais unidades familiares do que qualquer outra instituição pública ou privada na cidade. Porque seus programas auxiliado não residentes, bem como os migrantes de outros estados e do México, ela entrou em conflito com os regulamentos do Estado da Califórnia. Mesmo que as orientações do templo foram posteriormente ajustadas oficialmente para acomodar essas políticas, ajudando famílias carentes foi uma prioridade, independentemente do seu local de residência. 

Ator Anthony Quinn lembra:

"Isso tudo foi durante o auge da Grande Depressão, quando a fome ea pobreza permeado América. Muitos mexicanos ficaram aterrorizados de apelar para o município de ajuda porque a maioria deles estavam no país ilegalmente. Quando em perigo, eles foram consolados pelo fato de que eles poderiam ligue para um dos ramos de Aimee, em qualquer momento da noite. Lá, eles nunca seria convidado a nenhuma das perguntas embaraçosas colocados pelas autoridades. o fato de que eles estavam com fome ou com necessidade de agasalhos foi o suficiente. Ninguém sequer perguntou se eles pertencia à igreja ou não de Aimee. "

 

Mais tarde vida e carreira

 

Aimee Semple McPherson rodeado por flores, cortando bolo Angelus Temple, 1927. Não para se estabelecer em uma rotina previsível, ela usou seu aniversário, feriados nacionais e outros eventos para os serviços da igreja temáticos e festas de gala ao redor.

Seguindo seu auge na década de 1920, McPherson continuou com seu ministério, mas caiu em desgraça com a imprensa. Eles uma vez apelidada-lhe o "milagreiro"  ou "mulher milagre", relatando extensivamente sobre sua fé manifestações de cura, mas agora estavam ansiosos para retransmitir cada perturbação em sua casa para as manchetes. Suas dificuldades em desenvolvimento com a mãe, Mildred Kennedy, estavam começando a tomar a primeira página. No entanto, McPherson surgiu a partir do seqüestro nacionalmente famoso. Por mais que dez por cento da população de Los Angeles realizou a adesão, em seu templo.  Por um tempo, os estúdios de cinema competiam entre si oferecendo McPherson contratos de longo prazo.

Acreditando que falam fotos tinha o potencial de transformar o cristianismo, McPherson explorado cultura Hollywood e apareceu em noticiários ao lado de outras pessoas famosas, como Mary Pickford, Frances Perkins, e Franklin D. Roosevelt. Ela perdeu peso, cortou e tingiu o cabelo dela, e tornou-se elegante e bem vestida. Um crítico escreveu McPherson "pode out-vestir as estrelas de Hollywood". A solicitação da fama, justificou a atrair público para ela e, portanto, a Cristo, era mais do que alguns em sua organização da igreja poderia aceitar. Eles ansiavam por Irmã Aimee "no vestido velho tempo", referindo-se a sua anterior uniforme "marca registrada" de uma capa da marinha sobre o vestido branco de um servo; ambos comprados barata em porões de barganha.] Outros membros, porém, adorei e seus serviços Angelus Temple eram tão popular como nunca e assim permaneceu durante toda a sua vida. A menos que os paroquianos chegaram a um serviço mais cedo, muitas vezes eles não podiam entrar, todos os assentos foram tomadas. Agora que ela poderia pagar, McPherson pensou assim, ela queria que seu vestuário e exibição de ser o melhor que ela podia apresentar a Jesus. 

No início de 1927, McPherson partiu imediatamente em um "tour vindicação", visitando várias cidades e aproveitando a publicidade a sua história seqüestro criado para pregar o Evangelho.  A sua visita a Nova York em raposa-peles e finamente recortada amarelo terno foi observado nas páginas da sociedade. Ela visitou até mesmo casas noturnas, para incluir um speakeasy famoso em Nova York: Texas Guinan da Three Hundred Club na 54th Street. Enquanto McPherson bebeu água em sua mesa, Guinan perguntou se ela iria falar algumas palavras para os fregueses. Encantado, McPherson levantou-se e dirigiu-se à multidão e calçou embriagado:

"Por trás de todas essas roupas bonitas, por trás desses bons tempos, em meio a seus belos edifícios e lojas e prazeres, há uma outra vida. Há algo no outro lado." Que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma? "Com toda a sua obtenção e jogando e bons tempos, não se esqueça que você tem um Deus. levá-lo em seus corações."

O discurso inesperado que não julga, e tinha um tom conciliatório entre eles e do Divino, ganhou um momento de reflexão do silêncio da multidão, em seguida, um aplauso que se prolongou por muito mais tempo do que o discurso teve. Os foliões foram convidados a ouvi-la pregar no Glad Tidings Tabernacle na rua 33. As visitas a bares clandestinos e discotecas adicionados à notoriedade de McPherson; Os jornais relataram pesadamente sobre eles, rumores erroneamente veiculada ela estava bebendo, fumando e dança; e sua mãe, juntamente com alguns outros membros da igreja, não entendi a estratégia da McPherson de derrubar as barreiras entre o mundo secular e religioso, entre o pecador eo salvo. 

No verão de 1927, Mildred Kennedy, a mãe de McPherson, deixou o Templo Angelus. Em uma tentativa de reduzir a influência de sua filha e oficialmente transferir mais poder para si mesma, Kennedy iniciou um "voto de confiança" membro da equipe contra McPherson, mas perdeu. Os dois tinham acaloradamente discutido sobre as políticas de gestão e de mudança McPherson vestido pessoal e aparência. 

 Por razões semelhantes, 300 membros do coral deixou bem. O coro poderia ser substituído; [230] Contudo, as competências financeiras e administrativas de Kennedy tinha sido de fundamental importância no crescimento do ministério de McPherson de revivals de tendas para igrejas satélites e manter suas atividades atuais no Templo. Uma série de quadros menos capazes substituiu Kennedy eo Templo tornou-se envolvido em vários projetos questionáveis, como edifício do hotel, terrenos de cemitérios e venda de terras. Assim, o Templo Angelus despencaram profundamente em dívida. Em resposta às dificuldades, Kennedy voltou no final de 1929, mas por causa de contínuos desentendimentos graves com McPherson, apresentou sua demissão 29 de julho de 1930. [231] No mês seguinte, em agosto de 1930, McPherson sofreu um esgotamento físico e nervoso. Durante dez meses, ela estava ausente do púlpito, diagnosticada, em parte, com acidose aguda.

Quando ela ganhou força e voltou, foi com renovado vigor que ela apresentou seu movimento "essência de rosas" sermão, baseado em Cantares de Salomão, com a sua Rosa de Charon como o Corpo místico de Cristo. Enquanto jornalistas presentes seus sermões domingo ilustrados assumiu sua língua estava apto apenas para pastelão ou entretenimento sentimental, os estudiosos que têm estudado o seu trabalho para estudantes da Bíblia e pequenos grupos de oração, encontrou, em vez do discurso complexo de interpretação neoplatônica. O livro do Antigo Testamento, o Cântico dos Cânticos, por exemplo, tinha centenas de páginas escritas sobre ele, cada "diferentes um do outro como flocos de neve".

Em setembro de 1931, em seu caminho para um renascimento de oito dias em Portland, Oregon, ela visitou o ex-procurador distrital Asa Keyes, na penitenciária de San Quentin. Keyes, que tinha sido um promotor forte na tentativa de provar sua história seqüestro 1926 uma fraude, foi preso em um assunto não relacionado. McPherson, sem maldade aparente ou regozijo, desejou-lhe bem e disse que estava em suas orações. A Keyes grato agradeceu. Depois, ela organizadas para visitar Boston para um ambicioso renascimento de nove dias. McPherson treinado para isso nadando 3 1/2 milhas por dia em todo Lake Elsinore, Califórnia, passeou por um barco a remo.

O 10-18 outubro de 1931 avivamento em Boston começou lentamente e muitos previram seu fracasso. Um jornal Los Angeles correu manchetes do flop e esperar mais do mesmo nos dias que virão. Na noite de estréia, McPherson falou com menos de 5.000 pessoas no 22.000 assentos arena esportiva, e alfinetes de segurança e elásticos abundantemente desordenado das cestas de coleta. A cidade teve grandes populações de Unitários, episcopais e católicos, veneráveis denominações tradicionalmente hostis a um / mensagem fundamentalista pentecostal. Depois, a partir de seu quarto de hotel, McPherson, conhecido por ser um fã de esportes, pediu para os escores da World Series da tarde e um repórter do Boston Herald enviou-lhe uma cópia da edição de domingo. No dia seguinte, o tom da campanha "Bring Back the Bible para Boston" deslocado como McPherson assumiu maior controle eo comparecimento subiu acentuadamente

Um repórter tomou conhecimento da presença de palco de McPherson, diferente de qualquer outro evangelista que falava lá, gesticulando com seu branco Bíblia para o efeito, bem como a pregação. Respondendo-lhe a respeito de porque ela apresentou um sermão dramático, ela declarou: "Nosso Deus é um Deus dramática, ... reverter o Mar Vermelho, ... Elias no topo da montanha, ... a crucificação, a ressurreição, Sua ascensão , ... línguas de fogo no dia de Pentecostes. "O último dia de serviços de tarde e à noite tinha 40.000 pessoas presentes, o estádio estava cheio e mais de 5.000 tiveram de ser afastados. Um total de 160.000 pessoas participaram das reuniões; Quebrando recordes históricos presença de qualquer nove dias de cultos de avivamento em Boston. 

Seu renascimento em Nova York não foi muito proveitosa, sua reputação sensacionalista a precedeu. O terceiro casamento com David Hutton, romances rumores e seu seqüestro era o que sua imprensa e os cidadãos queriam ouvir falar. Portanto, após uma breve pausa em Nova York e Washington, DC, ela continuou Filadélfia e outras cidades, viajando a 46 delas em 21 estados; falando a tanto quanto dois por cento de toda a população dos Estados Unidos. Uma equipe completa de músicos, designers de cena e clientes acompanhado McPherson. Nesse sentido, sua última turnê renascimento nacional, entre Setembro de 1933 e 20 de dezembro de 1934, dois milhões de pessoas ouviram de 336 sermões. Muitos mais foram alcançados por 45 estações de rádio. 

O jornal Traveler Boston Evening relatou:

"A religião de Aimee é uma religião de alegria. Não é a felicidade nele. Sua voz é fácil de ouvir. Ela não apelar para o cérebro e tentar chegar a religião para as cabeças de seu público. Em vez disso, ela apela para o coração de . seus ouvintes ela irradia simpatia ela cria uma atmosfera que está aquecendo ela é convincente, ao invés de forte;.... gracioso e amável, e não convincente Fundamentalmente ela tira toda a Bíblia literalmente, de capa a capa 

No entanto, ela não era um literalista radical. Em uma reunião informal com alguns estudantes de Harvard, McPherson disse-lhes que Genesis permitiu grande latitude de interpretação, e que nem ela nem a Bíblia insistiu que o mundo foi criado apenas 6.000 anos atrás. Em uma outra reunião com os alunos, ela ouviu sua afirmação os ensinamentos de Cristo que se tornaram obsoletos; educação, ciência e raciocínio frio era o novo salvador do mundo. Assim compelido, McPherson decidiu viajar e olhar o mundo com novos olhos.  Em 1935 McPherson embarcou em um período de seis meses descoberta turnê mundial para examinar os climas religiosos e econômicos sociais de muitos países. Em um ponto que foi relatado anteriormente que ela queria estudar o movimento das mulheres em conexão com a campanha para a Independência da Índia, e estava ansioso para ter "uma conversa com Mahatma Gandhi". [3] Ela recebeu um convite dele e ele deu ela um sari feita a partir de fios de tecidos de sua roda de fiar simples. Impressionado com Gandhi e suas idéias, McPherson pensou que poderia secretamente inclinar-se para o cristianismo; sua dedicação, possivelmente vindo de captura "um vislumbre da purificação, elevação, fortalecimento do poder do Nazareno". 

Outros destaques incluíram atravessar descalço, em Myanmar, o caminho de pedra longa para o Grande Pagoda, um ouro coberto 325 pés em camadas torre consagrando relíquias de quatro Budas, o que chamou e refletidos os raios do sol; uma "visão da glória de tirar o fôlego".  Ela ouviu falar Benito Mussolini na Itália, e trastes guerra voltaria a acontecer. Na chuva, em Verdun, na França, ela sentou-se em um veículo militar naufragado na contemplação melancólica das centenas de milhares de pessoas que morreram no campo de batalha ainda não apurados. Branco, branqueados, ossos dos Derrotados cutucou fora da terra, e nas proximidades, operários trabalharam cuidadosamente sua colheita ferro perigoso, coletando munições antigos para descarte.

Como ela embarcou para Nova York passando pela Estátua da Liberdade, McPherson era fascinado por sua tocha iluminada. A chama representou para ela algumas das coisas que faltam nos outros países visitados: a verdade ea vida; conhecimento de escolas e faculdades, o abrigo da Constituição, lei, ordem e progresso. De concluir a viagem que, apesar de os Estados Unidos poderiam vagar, um reavivamento da fé em Deus iria matar o "bezerro cevado da Depressão" e McPherson "novamente espalhar a mesa do banquete." 

Em meados de 1936, uma delegação que tinha sido envolvido com os 1.906 Azusa Street Mission Revivals perguntou se eles poderiam usar o Templo Angelus para a sua 30a celebração do aniversário. O edifício missão original foi demolido e sua terra indisponíveis. Americano africano Evangelista Emma Cotton e McPherson, portanto, organizou uma série de reuniões que também marcou seu re-identificação entusiasmado com o movimento pentecostal. Os experimentos de McPherson de Hollywood ambições celebridades co-existente com o seu ministério não foram tão bem sucedidos que ela esperava. Alianças com outros grupos da igreja estavam falhando ou não mais em vigor e ela procurou maneiras de começar de novo. Por isso, ela olhou para suas origens espirituais e permitiu a possibilidade de re-introdução mesmo os aspectos mais alarmantes da experiência pentecostal em suas reuniões públicas. Oficiais do templo estavam em causa as pessoas Azusa pode trazer algum "fogo e Santo Rollerism." McPherson indicou que ela iria virar molas mão com eles conforme necessário, para ver o poder de Deus manifesto.

Os eventos de comemoração da Rua Azusa Revival trouxe números de líderes negros de seu púlpito. Os participantes originais dos revivals Azusa encheu o Templo Angelus, juntamente com todas as minorias étnicas, "os santos que já foram fundidos juntamente com o fogo do Pentecostes" estavam "sendo reunidas re-soldada e rejuvenescida." McPherson comprometeram-se com a divulgação de "clássico pentecostalismo", e sua preocupação agora era que Foursquaredom estava no perigo de tornar-se demasiado "churchy." Pela primeira vez desde que o Templo foi aberto, McPherson começou a entregar publicamente algumas de suas mensagens em línguas. McPherson atravessou a linha entre a formalidade fria e fogo e agora decidiu que era mais fácil para esfriar um fanático quente do que ressuscitar um cadáver. Reuniões futuras para comemorar os avivamentos da Rua Azusa incluído convidado Charles H. Mason, fundador das Igrejas de Deus em Cristo. Mason, um líder de Azusa, também foi uma das figuras afro-americanos mais significativos religiosos na história dos Estados Unidos e era frequentemente hospedada no Templo Angelus. 

 

Roberta Estrela Semple, (à esquerda) Aimee Semple filha de McPherson, (meio) e Rheba Crawford Splivalo, pastor assistente, (à direita) em um desfile em 1935.

Também em 1936, McPherson transferido responsabilidades do pessoal em um esforço para resolver as dificuldades financeiras do Templo. Isto, juntamente com outras questões não resolvidas, acelerou fervendo tensões entre os vários membros da equipe. Circularam rumores de que "Angel of Broadway", evangelista carismático Rheba Crawford Splivalo, que tinha trabalhado extensivamente com McPherson por vários anos, planejava tomar o Templo Angelus dela. McPherson pediu Splivalo para "sair da cidade".  No decorrer da controvérsia pessoal, o advogado de McPherson emitiu um comunicado com palavras fortes que perturbar Roberta Estrela Semple, filha de McPherson, e levou-a para iniciar uma  ação 150 mil dólares contra ele por calúnia. Splivalo também processou McPherson para 1,08 milhões dólares  por causa de alegadas declarações chamando-a de "Jezebel e um Judas" e "incapaz de ficar no Templo Angelus púlpito".

As duas processos movidos por Semple e Splivalo não foram relacionados, mas McPherson não vê-lo dessa forma. Ela viu tanto como parte da aquisição enredo Templo. Mildred Kennedy, a mãe de McPherson, também foi envolvido e ficou do lado de Semple, sua neta, fazer declarações pouco lisonjeiras sobre McPherson à imprensa. Nestas circunstâncias carregadas, a defesa de McPherson de si mesma e de seu advogado, em julgamento público foi dramático e teatral. Ela testemunhou em lágrimas com desmaios e desmaia sobre como sua filha conspirou com outros contra ela. O advogado de Sua filha, por sua vez, zombou McPherson imitando seus maneirismos e fazendo caretas para ela. [] O julgamento fez muito para afastar McPherson dela filha. O juiz determinou para Semple dando um 2 mil dólares julgamento em seu favor. Semple então se mudou para Nova York. Splivalo eo Templo resolvido sua ação fora do tribunal para a "causa da religião e do bem da comunidade". 

Com Kennedy, Semple e Splivalo ido, o templo perdido muito de sua liderança talentoso. No entanto, McPherson encontrou um administrador competente e firme em Giles Knight, que foi capaz de trazer o templo para sair da dívida, alienar os cerca de 40 processos judiciais, e eliminar os projetos mais espúrias. Ele seqüestrado McPherson, que lhe permitiu receber apenas alguns visitantes pessoais e cuidadosamente regulada suas atividades fora do Templo. Este foi um período de criatividade sem precedentes para McPherson. Não mais distraído por ondas de repórteres, resmas de processos e pessoas inúmeros exigindo sua atenção, ela tornou-se muito realizado em seu estilo sermão ilustrativo da pregação do evangelho. O irreligiosa Charlie Chaplin secretamente assistir seus serviços, desfrutando de seus sermões. Mais tarde, ela conheceu e consultou com Chaplin em maneiras de melhorar suas apresentações. McPherson, que no início tocavam através manchetes dos jornais até três vezes por semana, em um suposto escândalo ou outro, teve sua imagem pública muito melhor. Seu adversário, o reverendo Robert P. Shuler, que já atacou pelo rádio, revista, púlpito e panfleto, proclamado "o trabalho missionário de Aimee era a inveja dos metodistas".[Ele também expressou seu apoio de sua admissão aplicativo Foursquare Church em

 

 

 

Morte

Legado e influência

 

Ministério de Aimee Semple McPherson continuou a florescer mesmo em face do escândalo. Os jornais que serviram para impulsionar McPherson à fama e anunciar a sua mensagem, também foram utilizados para destacar seus defeitos, reais e imaginários. Alguns televangelistas modernos que transgrediram e desapareceu na obscuridade por causa da alta cobertura de notícias do perfil, também aprendeu rapidamente os meios de comunicação modernos poderia machucar, bem como ajudá-los. Após sua morte, o aspecto em grande parte negativa da imagem da mídia ela persistiu, foi cultivada e tornou-se o fator dominante na definição McPherson para grande parte do público hoje.

Reverendo Robert P. Shuler, cujo cáustica vista de McPherson suavizado ao longo dos anos, escreveu que ele não conseguia entender por que Deus escolheu uma pessoa assim. As falhas que observou em McPherson, foram por sua opinião, muitos, ainda que em última análise, um impacto positivo sobre o cristianismo, de longa duração e duradouro. Ele reconheceu seu apelo foi uma combinação de identificação com o cidadão comum, bem como uma capacidade de explicar o evangelho em termos simples e de fácil compreensão, atraindo-os irresistivelmente para seus serviços:

... enquanto grandes igrejas catedrais fecharam suas portas no domingo à noite, a multidão empurrou através de seus portais em um ribeiro perene.

Ele viu seu legado vão muito além do glamour de Hollywood, exercendo-se através de milhares de ministros que ela treinou e igrejas plantadas em todo o mundo. McPherson, juntamente com as alianças que ela fez, trabalhou para reformular a fé cristã evangélica, tornando-se relevante para a cultura americana e, pessoalmente, para aqueles envolvendo na platéia.

Em Fresno, Califórnia, 1924, nove anos de idade Uldine Utley (1912-1995), tornou-se um crente fervoroso. Depois de ouvir dramática releitura da história de Davi e Golias McPherson, a menina chorosa entregou sua vida a Cristo, e dedicou-se a ser "um pouco de David para o senhor e lutar contra Golias", com seus pais como gerentes, ela passou a pregar a milhões de pessoas e converteu muitos milhares. Ela freqüentemente usado as mesmas metáforas como McPherson, referindo-se a Cristo como "a Rosa de Charon" e invocando a "noiva de Cristo" imaginário. 

Dois anos mais tarde, em Nova York, o Dr. John Sung (1901-1944), descrito como um cientista brilhante com um PhD em química, [288] estava esperando para ver o pastor bem conhecido Dr. IM Haldeman, a quem ele esperava intelectualmente resolver suas crises atuais da fé. Em vez disso, como parte de sua extremamente bem sucedido New York renascimento cruzada, a onze anos de idade Uldine Utley subiu ao palco. Semelhante ao estilo de McPherson de simplicidade e poder, mas com inocência infantil, Utley pregou sua mensagem. Awed, Sung ardentemente desejado a mesma capacitação de Deus que viu no 11-year-old girl. Dr. Sung finalmente voltou para a China e se tornou um evangelista significativa, levando talvez cerca de 100.000 chineses a Jesus Cristo em três anos [289] Embora a mídia não tão extensivamente coberta como McPherson, tanto Utley de e ministério do Sung incluiu muitos casos alegada cura pela fé.

Junto com Billy Sunday, McPherson e Utley foram nomeados como os três principais nomes do revivalismo em 1927 Dr. John Sung tem sido chamado de "John Wesley da China", e "Billy Graham da China."  Ironicamente, o campo de missão chinesa foi onde ela mesma McPherson começou, mas foi forçado a abandonar após a morte de seu primeiro marido Robert Semple. McPherson escreveu mesmo sob as melhores circunstâncias o campo de missão chinesa foi extremamente difícil especialmente devido a diferenças linguísticas e culturais locais e numerosos. Sung conhecia a cultura, nascendo dentro dele, no entanto, mesmo que ele pregou usando um intérprete de linguagem regional, que retransmitiu sua mensagem para o público.

Durante os anos da Grande Depressão, como uma criança, a mãe do Dr. Edwin Louis Cole participou VIDA Bible College e como ele cresceu, Cole participou de várias atividades Angelus Temple "testemunhar o milagre."  Cole foi para encontradas Rede de Homens Cristãos e influenciou muitos para incluir treinador Bill McCartney (entrada de Promise Keepers), Pat Robertson (presidente do Clube 700), John Maxwell (presidente da Injoy Ministries), Kenneth Copeland, Oliver North e como Chuck Norris, o artista marcial e ator, escreve, ele mesmo.

No início de 1900, esperava-se o protestantismo tradicional daria lugar a desenvolver-se rapidamente novas idéias filosóficas e das ciências que estavam sendo ensinadas. McPherson contribuiu imensamente para o prevenir de que inevitabilidade previsto. Cristianismo Liberal, que contou com forte crescimento de partida no final do século 19, considerado muitos dos milagres de Jesus para ser interpretações supersticiosas do que realmente ocorreu ou metáforas para seus ensinamentos. Fé manifestações de cura de McPherson em vez deu crédito para os espectadores a sua pretensão era verdade: Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e para sempre. Era fácil negar um Deus que fez algo 1900 anos atrás, mas grandes multidões de pessoas foram agora testemunhar a visão cega, o coxos andar, e audiência surda. Curas alegadas estavam ocorrendo mais rapidamente do que os jornalistas poderiam escrevê-las. As multidões clamavam para alcançar seu altar para experimentar uma conversão Novo Testamento que transformaram muitas de suas vidas. Mesmo grandes porções do público secular admirava. A velha mensagem do evangelho tempo estava sendo comercializado de forma dramática pelos meios possíveis tecnologicamente mais avançados, reconstruindo-o em algo muito mais interessante e desejável do que era anteriormente. 

Abordagem ecumênica de McPherson pentecostais assistida em aprender a melhor forma de explicar a sua fé no contexto histórico de doutrina da igreja. As principais igrejas tornou-se exposto aos presentes mais incomuns do Espírito Santo. Eles também se beneficiaram por empréstimo técnicas de avivamento pentecostal [8] como a expressão mais emotiva, adoração alegre louvor e testemunhos, precursando Movimento Carismático.

Desafiando as normas de gênero, Aimee Semple McPherson desafiou o que se esperava das mulheres. As fêmeas como pregadores e seu status como uma divorciada com dois casamentos fracassados eram de particular preocupação para muitas das igrejas fundamentalistas que ela queria trabalhar, mas seu sucesso não poderia ser facilmente ignorado. Enquanto isso, a sociedade secular amplamente rotulados mulheres tanto como senhoras do Victorian ou prostitutas,  e ela saltou de uma categoria para a outra. Ela tinha seus extensos instituições de caridade de socorro e junto com ele, excitante escândalos. Ateu Charles Lee Smith comentou publicamente de McPherson, pouco antes de um debate, que ela tinha uma mente extraordinária ", especialmente para uma mulher". 

Seu trabalho contínuo na igreja aliança edifício finalmente deu frutos de uma forma impressionante, oficial, embora ela não viveu para vê-lo. Líderes Igreja do Evangelho Quadrangular foram finalmente capazes de aderir à Associação Nacional de Evangélicos em 1952 e de lá ajudou a organizar o Mundial Pentecostal Fellowship, que trabalhou para manter o fogo do reavivamento religioso queimando em tempos contemporâneos.  O pentecostalismo que já defendeu o separatismo e foi nas franjas do protestantismo, tornou-se parte da corrente principal do cristianismo e enxertada em si na sociedade americana em todos os níveis.

 

FONTE WIKIPEDIA

VEJA MAIS WWW.AVIVAMENTONOSUL21.COMUNIDADES.NET