Translate this Page

Rating: 3.0/5 (905 votos)



ONLINE
6




Partilhe este Site...

 

 

<

Flag Counter


Bible comentary comentario biblico 1 Timótio (6)
Bible comentary comentario biblico 1 Timótio (6)

Comentário Completo de Matthew Henry sobre a Bíblia

 

1 Timóteo 6

 

Introdução

 

Trata I. Ele, o dever de servos ( 1 Timóteo 6: 1 , 1 Timóteo 6: 2 ). II. De falsos mestres ( 1 Timóteo 6: 3-5 ). III. Da piedade e da cobiça ( 1 Timóteo 6: 6-10 ). IV. O que Timothy estava a fugir, eo que a seguir ( 1 Timóteo 6:11 , 1 Timóteo 6:12 ). V. A carga solene ( 1 Timóteo 6: 13-16 ). VI. A taxa para os ricos ( 1 Timóteo 6: 17-19 ). E, por último, uma carga a Timóteo ( 1 Timóteo 6:20 , 1 Timóteo 6:21 ).

 

versículos 1-5

  1. Aqui é o dever dos servos. O apóstolo tinha falado antes da igreja-relações, aqui das nossas relações familiares. Servos estão aqui dito estar sob o jugo, o que denota tanto da sujeição e do trabalho; eles estão atrelados ao trabalho, para não ficar ocioso. Se o cristianismo encontra servos sob o jugo, continua-los debaixo dela; para o evangelho não cancelar as obrigações de qualquer mentira sob quer pela lei da natureza ou por consentimento mútuo. Eles devem respeitar seus mestres, contá-los dignos de toda honra (porque eles são seus mestres), de todo o respeito, o respeito, o respeito e obediência, que são justamente esperado de servos de seus mestres. Não que eles estavam a pensar que eles que eles não eram; mas como seus mestres devem contá-los digno de toda a honra que foi encaixar para que eles recebam, que o nome de Deus não seja blasfemada. Se servos que abraçaram a religião cristã deve crescer insolente e desobediente a seus mestres, a doutrina de Cristo seria refletida por causa deles, como se tivesse feito fígados homens piores do que tinham sido antes que eles receberam o evangelho. Observe: Se os professores de religião se comportar mal a si mesmos, o nome de Deus ea doutrina estão em perigo de ser blasfemado por aqueles que buscam ocasião para falar mal do bom nome pelo qual somos chamados. E esta é uma boa razão pela qual deveríamos tudo conduzir-nos bem, para que possamos evitar que a ocasião que muitos procuram, e vai ser muito apto a lançar mão, de falar mal da religião por amor a nós. Ou suponha que o mestre era um cristão e um crente, e ao servo um crente também, que isso não desculpá-lo, porque em Cristo não há escravo nem livre? Não, de modo algum, por Jesus Cristo não veio para dissolver o vínculo da relação público, mas para fortalecê-la: aqueles que têm senhores crentes não os desprezem, porque são irmãos; para este fraternidade refere-se apenas aos privilégios espirituais, não a qualquer dignidade para fora ou vantagem (aqueles incompreendido e abusar de sua religião que torná-lo um pretexto para negar os direitos que eles devem às suas relações); ou melhor, em vez fazê-las serviço, porque eles são crentes e amados. Eles devem pensar-se mais na obrigação de servi-los, porque a fé e amor que bespeak homens cristãos obrigá-los a fazer o bem; e isso é tudo em que o seu serviço é composto. Observe-se, Ele é um grande incentivo para nós em fazer o nosso dever de nossas relações se temos razão para pensar que eles são fiéis e amados, e que participam do benefício, isto é, do benefício do cristianismo. Mais uma vez, acreditando senhores e servos são irmãos, e que participam do benefício; pois em Cristo Jesus não há escravo nem livre, pois todos vós sois um em Cristo Jesus, Gálatas 3:28 . Timothy é nomeado para ensinar e exortar essas coisas. Os ministros devem pregar não apenas os deveres gerais de todos, mas os deveres de relações particulares.

 

  1. Paulo aqui adverte Timóteo a retirar-se aqueles que corrompido a doutrina de Cristo, e tornou o assunto off contenda, debate e controvérsia: Se alguém ensina alguma outra ( 1 Timóteo 6: 3-5 ), não pregam praticamente, não ensina o que é para a promoção da piedade séria - se ele não vai concordar com sãs palavras, palavras que têm uma tendência direta para curar a alma - se ele não concordar com estes, mesmo as palavras de nosso Senhor Jesus Cristo. Observe-se, não somos obrigados a concordar com quaisquer palavras como palavras saudáveis, exceto as palavras de nosso Senhor Jesus Cristo; mas para aqueles que temos de dar o nosso parecer favorável unfeigned e consentimento, e . com a doutrina que é segundo a piedade Observe, A doutrina de nosso Senhor Jesus é uma doutrina segundo a piedade; ele tem uma tendência direta para fazer as pessoas dos deuses. Mas aquele que não concorda com as palavras de Cristo tem o orgulho ( 1 Timóteo 6: 4 ) e contenciosa, ignorante, e não uma grande quantidade de mal à igreja, sem saber de nada. Observe-se, geralmente esses são mais orgulhoso que sabem menos; para com todo o seu conhecimento eles não conhecem a si mesmos. - Mas delira acerca de questões. Aqueles que caem das doutrinas práticas simples do Cristianismo cair com controvérsias, que comem a vida e poder da religião; que dote a respeito de questões e contendas de palavras, que fazem uma grande quantidade de corrupção na igreja, são ocasião de inveja, contenda, difamações, suspeitas malignas. Quando os homens não estão contentes com as palavras do Senhor Jesus Cristo, ea doutrina que é segundo a piedade, mas vai enquadrar noções de sua própria e impô-las, e que também em suas próprias palavras, que a sabedoria do homem ensina, e não nas palavras que o Espírito Santo ensina ( 1 Coríntios 2:13 ), semeiam as sementes de toda a malícia na igreja. Daí vêm contendas perversos de homens corruptos de entendimento ( 1 Timóteo 6: 5 ), disputas que estão por toda a sutileza, e nenhuma solidez. Observe-se, homens corruptos de entendimento são . Privados da verdade A razão pela qual as mentes dos homens são corruptos é porque eles não aderem a verdade como ela é em Jesus: supondo que o ganho é piedade, fazendo da religião truckle ao seu interesse secular. De como estas Timothy é avisado para retirar-se. Observamos, 1. As palavras de nosso Senhor Jesus Cristo são palavras saudáveis, eles são os mais aptos para evitar ou curar as feridas da igreja, bem como para curar uma consciência ferida; por Cristo tem a língua erudita, para falar uma palavra ao que está cansado, Isaías 50: 4 . As palavras de Cristo são a melhor para evitar rupturas na igreja; pois ninguém que professam a fé nele vai disputar a aptidão ou a autoridade de suas palavras que é seu Senhor e mestre, e que nunca tenha ido bem com a igreja desde as palavras dos homens têm reclamado uma relação igual a suas palavras, e em alguns casos uma muito maior. 2. Quem ensina o contrário, e não concorda com estas palavras saudáveis, ele é orgulhoso, não sabendo nada; de orgulho e ignorância normalmente andam juntas. 3. Paulo define uma marca apenas sobre aqueles que não concordar com as palavras de nosso Senhor Jesus Cristo, e a doutrina que é segundo a piedade; eles estão orgulhosos, sabendo nada: ou seja mais saudável que ele não sabia. 4. Aprendemos os tristes efeitos delira acerca de questões e contendas de palavras; de tal delira acerca de questões vem inveja, contenda, suspeitas malignas e contendas perversos; quando os homens deixam as sãs palavras de nosso Senhor Jesus Cristo, eles nunca irão concordar em outras palavras, quer da sua própria ou outra invenção dos homens, mas será eternamente disputa e discutir sobre eles; e isso vai produzir inveja, quando vêem as palavras dos outros preferidos àqueles que tenham adoptado para a sua própria; e isso vai ser atendido com ciúmes e suspeitas de um outro, chamado aqui de suspeitas malignas; então eles vão proceder à contendas perversos. 5. Essas pessoas como são dadas para contendas perversos parecem ser homens corruptos de entendimento, e privados da verdade; especialmente, como ato dessa maneira por causa do ganho, que é toda a sua piedade, supondo que o ganho a ser piedade, ao contrário do julgamento do apóstolo, que calculou grande ganho a piedade. 6. Boa pastores e cristãos vai retirar-se da tal. ldblquote Saí do meio deles, o meu povo, e apartai-vos, dblquote diz o Senhor: a partir de tal retirar a ti mesmo. par

 

versículos 6-12

A partir da menção do abuso que alguns colocam sobre a religião, tornando-se a servir as suas vantagens seculares, o apóstolo,

 

  1. aproveita a ocasião para mostrar a excelência do contentamento e o mal da cobiça.

 

  1. A excelência de contentamento, 1 Timóteo 6: 6-8 . Alguns conta o cristianismo uma profissão vantajoso para este mundo. No sentido que eles querem dizer isso é falso; mas é, sem dúvida, verdade que, embora o cristianismo é o pior comércio, é a melhor vocação no mundo. Aqueles que fazem um comércio dele, apenas para servir a sua vez para este mundo, vai se decepcionar, e achar que é um comércio pena; mas aqueles que importa-lo como sua vocação, e fazer um negócio dele, vai achar que é uma vocação lucrativa, pois tem a promessa da vida que agora é, assim como daquilo que está por vir.

 

(1.) A verdade que ele estabelece é que a piedade com o contentamento é grande ganho. Alguns lê-lo, a piedade com uma competência; isto é, se um homem tem, mas um pouco neste mundo, ainda, se ele tem, mas o suficiente para transportar -lo através dele, ele precisa de desejo não mais, sua piedade com que será a sua grande ganho. Para um pouco que o justo tem, do que as riquezas de muitos ímpios, Salmo 37:16 . Nós lê-lo, a piedade com o contentamento; piedade é em si um grande ganho, é rentável para todas as coisas; e, onde quer que haja verdadeira piedade, haverá contentamento; . mas aqueles chegaram ao mais alto grau de satisfação com a sua piedade são certamente os mais fáceis pessoas mais felizes neste mundo piedade com contentamento, isto é, o contentamento cristão (o conteúdo deve vir de princípios de servir a Deus) é grande ganho; é toda a riqueza do mundo. Ele que é piedoso é a certeza de ser feliz em outro mundo; e se, além disto ele faz por contentamento se acomodar à sua condição neste mundo tem o suficiente. Aqui temos, [1] o ganho de um cristão; é a piedade com o contentamento, este é o verdadeiro caminho para ganhar, sim, é ganhar em si. [2] o ganho de um cristão é grande: não é como o pequeno ganho dos mundanos, que são tão apaixonado por uma pequena vantagem mundana. [3] A piedade é sempre acompanhada de contentamento em um grande ou menor grau; todas as pessoas verdadeiramente piedosos ter aprendido com Paul, em qualquer estado que são, para, estejamos contentes, Philemon 4:11 . Eles estão satisfeitos com o que Deus distribui para eles, bem sabendo que este é o melhor para eles. Vamos todos, em seguida, se esforçam segundo a piedade com o contentamento.

 

(2.) A razão que ele dá para ela é, pois nada trouxemos connosco a este mundo, e é certo que podemos levar dele, 1 Timóteo 6: 7 . Esta é uma razão pela qual devemos nos contentar com pouco. [1] Porque nós podemos desafiar nada como uma dívida que é devido a nós, pois veio nua para o mundo. O que quer que nós tivemos uma vez que, somos obrigados a providência de Deus para ele; mas aquele que deu podem tomar o que e quando ele quiser. Tivemos nossos seres, nossos corpos, nossas vidas (que são mais do que a carne, e que são mais do que o vestuário), quando veio ao mundo, embora nós veio nu, e não trouxe nada com a gente; nós não podemos, então, ser o conteúdo, enquanto os nossos seres e vidas são continuou a nós, embora nós não temos cada coisa que teria? Nós trouxemos nada com a gente neste mundo, e ainda assim Deus providenciou para nós, houve o cuidado de nós, temos sido alimentados com todas as nossas vidas até este dia; e, portanto, quando são reduzidos a maiores estreitos, podemos não ser mais pobre do que quando veio a este mundo e, no entanto, em seguida, fomos prevista; portanto, vamos confiar em Deus para a parte restante da nossa peregrinação. [2] Vamos levar nada com a gente fora deste mundo. A mortalha, um caixão e uma sepultura, são tudo o que o homem mais rico do mundo pode ter a partir de seus milhares. Portanto porque é que devemos cobiçam muito? Por que não devemos nos contentar com um pouco, porque, por mais que nós temos, devemos deixá-lo atrás de nós? Eclesiastes 5:15 , Eclesiastes 5:16 .

 

(3) Portanto, ele conclui, tendo alimento e vestuário, estaremos com isso conteúdo, 1 Timóteo 6: 8 . Comida e uma cobertura, incluindo habitação, bem como o vestuário. Observe: Se Deus nos dar os apoios necessários da vida, devemos ser isso contentes, embora não temos os ornamentos e delícias do mesmo. Se a natureza deveria se contentar com um pouco, a graça deve se contentar com menos; embora tenhamos comida não delicada, embora não temos caro vestidos, se temos, mas alimento e vestuário conveniente para nós devemos ser conteúdo. Esta foi a oração de Agur: Não me dês nem pobreza nem a riqueza; alimente-me com a comida conveniente para mim, Provérbios 30: 8 . Aqui vemos, [1] A loucura de colocar nossa felicidade nestas coisas, quando nós não trazer qualquer coisa a este mundo com a gente, e nós podemos levar dele. O que vai fazer mundanos quando a morte deve tira-los da sua felicidade e parte, e eles devem ter uma despedida eterna de todas estas coisas, sobre as quais eles têm tanta doted? Eles podem dizer com má Micah, Você tirado meus deuses; e que mais me fica? Juízes 18:24 . [2] As necessidades da vida são os cães de um verdadeiro desejo de Christian, e com estes ele se esforçará para estar contente; seus desejos não são insaciáveis; não, um pouco, alguns confortos desta vida, vai servi-lo, e estes podem esperar para desfrutar: Tendo alimento e vestuário.

 

  1. O mal da cobiça. Aqueles que serão ricos (que colocar o coração nas riquezas deste mundo, e são resolvidos certo ou errado, eles vão tê-lo), cair em tentação e em laço, 1 Timóteo 6: 9 . Não é dito, aqueles que são ricos, mas aqueles que irão ser rico, ou seja, que coloque a sua felicidade em riquezas do mundo, que cobiçá-la desordenadamente, e estão ansiosos e violento na busca dela. Aqueles que são tais caem em tentação e em laço, inevitavelmente; para, quando o diabo vê que a maneira seus desejos levá-las, ele logo isca seu gancho em conformidade. Ele sabia como Apaixonado Achan seria de uma cunha de ouro, e, portanto, estabeleceu que antes dele. Dividem-se em muitas concupiscências loucas e nocivas. Observe-se,

 

(1.) O apóstolo supõe que, [1] Alguns vão ser rico; ou seja, eles são resolvidos em cima dele, nada menos do que uma grande abundância irá satisfazer. [2] Tal não será seguro nem inocente, pois eles estarão em perigo de si arruinando para sempre; eles caem em tentação, e cilada, etc. [3] paixões mundanas são loucas e nocivas, por eles se afogam os homens na ruína e na perdição. [4] É bom para nós a considerar a malícia de concupiscências carnais mundanos. Eles são tolos, e, portanto, deveria ter vergonha deles, doloroso e, portanto, devemos ter medo deles, especialmente considerando até que ponto eles são doloroso, pois eles submergem os homens na ruína e na perdição.

 

(2.) O apóstolo afirma que o amor ao dinheiro é a raiz de todo o mal, 1 Timóteo 6:10 . Que pecados não os homens serão atraídos para pelo amor ao dinheiro? Particularmente este foi na parte inferior da apostasia de muitos da fé de Cristo; enquanto eles cobiçado dinheiro, eles desviaram da fé, eles desistiram seu cristianismo, e traspassaram a si mesmos com muitas dores. Observe-se, [1] Qual é a raiz de todo o mal; o amor ao dinheiro: as pessoas podem ter dinheiro, e ainda não amá-lo; mas, se eles adoram desordenadamente, ele vai empurrá-los para todos os males. [2] pessoas cobiçosos vai sair a fé, se for esse o caminho para conseguir dinheiro: Que nessa cobiça alguns se desviaram da fé. Demas me abandonou, tendo amado o mundo presente, 2 Timóteo 4:10 . Para o mundo era para ele mais cara do que o cristianismo. Observe, aqueles que se desviam da fé perfurar-se com muitas dores; aqueles que se afastam de Deus fazer, mas entesourar dores para si próprios.

 

  1. Por isso, ele aproveita a ocasião para advertir Timothy, e aconselhá-lo a manter no caminho de Deus e seu dever, e, particularmente, para cumprir a confiança nele depositada como um ministro. Ele dirige-se a ele como um homem de Deus. Os ministros são homens de Deus, e deve proceder-se em conformidade em todas as coisas; eles são homens empregados a Deus, dedicados à sua honra mais imediatamente. Os profetas no Antigo Testamento foram chamados homens de Deus. 1. Ele cobra Timóteo para tomar cuidado do amor do dinheiro, que tinha sido tão perniciosa para muitos: foge destas coisas. Ele mal se torna todos os homens, mas especialmente homens de Deus, para definir o coração nas coisas deste mundo; homens de Deus deve ser retomado com as coisas de Deus. 2. Para armar o contra o amor do mundo, dirige-o a seguir o que é bom. Segue a justiça, a piedade, a fé, o amor, a paciência, a mansidão: a justiça em sua conversa para com os homens, a piedade para com Deus, fé e amor como princípios de vida, para apoiá-lo e carregá-lo no na prática, tanto da justiça e piedade. Aqueles que segue a justiça e piedade, de um princípio de fé e amor, tem necessidade de colocar a paciência e mansidão - paciência para suportar ambas as repreensões da Providência e as injúrias dos homens, e com as quais a mansidão para instruir gainsayers e passar pelas afrontas e lesões que estão nos feito. Observe-se, não é o suficiente para que homens de Deus foge destas coisas, mas eles devem seguir depois do que é diretamente contrária aos mesmos. Além disso, O que excelentes pessoas homens de Deus é quem segue a justiça! Eles são a excelente da terra, e, sendo aceitável a Deus, eles devem ser aprovado pelos homens. 3. Ele exorta-o a fazer parte de um soldado: Combate o bom combate da fé. Note, Aqueles que vão chegar ao céu deve lutar seu caminho para lá. Deve haver um conflito com a corrupção e tentações, e a oposição dos poderes das trevas. Observe-se, É uma boa luta, é uma boa causa, e ele vai ter um bom problema. É o combate da fé; não militamos segundo a carne, pois as armas da nossa milícia não são carnais, 2 Coríntios 10: 3 , 2 Coríntios 10: 4 . Ele exorta-o a alcançar a vida eterna. Observe: (1) A vida eterna é a coroa que nos é proposto, para o nosso incentivo para a guerra, e para combater o bom combate da fé, o bom combate. (2.) O que devemos lançar mão, como aqueles que têm medo de vir curto dele e perdê-la. Lançar mão, e tome cuidado de perder a sua espera. Retende o que tens, para que ninguém tome a tua coroa, Apocalipse 03:11 . (3.) Somos chamados para a luta, e para alcançar a vida eterna. (4.) A profissão de Timothy e todos os ministros fiéis fazem diante de muitas testemunhas é uma boa profissão; para eles professam e se envolver para combater o bom combate da fé, e para alcançar a vida eterna; sua vocação e sua própria profissão obriga-los a este

 

versículos 13-21

pard O apóstolo aqui cobra Timothy para manter este mandamento (isto é, toda a obra do seu ministério, toda a confiança nele depositada, todo o serviço esperado dele) sem mancha, unrebukable; ele deve conduzir-se assim em seu ministério que ele pode não colocar-se aberto a qualquer culpa, nem incorrer em algum defeito. ? Quais são os motivos para movê-lo para este par I. Ele dá-lhe a comissão solene: Mando-te diante de Deus que te fazer isso. Ele cobra-lo como ele vai responder-lhe no grande dia para que Deus cujas olhos estão sobre todos nós, que vê o que somos eo que fazemos: - Deus, que vivifica todas as coisas, que tem vida em si mesmo e é a fonte da vida. Isso deve acelerar-nos para o serviço de Deus que servimos a um Deus que vivifica todas as coisas. Ele cobra-lo antes de Cristo Jesus, a quem de uma forma peculiar ele estava relacionado como um ministro do seu evangelho: Quem perante Pôncio Pilatos deu o testemunho da boa confissão. Observe-se, Cristo não morreu apenas como um sacrifício, mas como um mártir; e ele testemunhou uma boa confissão, quando ele foi acusado diante de Pilatos, dizendo ( João 18:36 , João 18:37 ), O meu reino não é deste mundo; eu vim para dar testemunho da verdade. Essa boa confissão de seu antes Pilatos, meu reino não é deste mundo, deve ser eficaz para retirar todos os seus seguidores, ambos os ministros e as pessoas, desde o amor deste mundo

 

  1. Ele lembra da confissão que ele mesmo tinha feito: Tu feito boa confissão diante de muitas testemunhas ( 1 Timóteo 6:12 ), ou seja, quando ele foi ordenado pela imposição das mãos do presbitério. A obrigação de que ainda estava sobre ele, e ele deve viver de acordo com isso, e ser vivificado pelo que, para fazer o trabalho de seu ministério

III. Ele lembra de segunda vinda de Cristo: ldblquote Manter este mandamento - até a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo; mantê-lo contanto que viverás, até que Cristo veio na morte para te dar uma descarga. Mantenha-o com um olho à sua segunda vinda, quando tudo o que deve dar conta dos talentos que foram cometidas, dblquote Lucas 16: 2 . Observe, o Senhor Jesus Cristo aparecerá, e será um glorioso aparecimento, e não como seu primeiro aparecendo nos dias de sua humilhação. Os ministros devem ter um olho para esta aparição do Senhor Jesus Cristo em todas as suas ministrações, e, até a sua vinda, eles são para manter este mandamento sem mácula e unrebukable. Referindo-se ao aparecimento de Cristo, como um que adorei, Paul gosta de falar sobre isso, e gosta de falar daquele que deve então aparecer. A aparição de Cristo é certa ( ele deve mostrá-lo ), mas não é para nós saber o tempo ea época dele, o que o Pai tem mantido em seu próprio poder: deixar que isso nos basta, que com o tempo ele vai mostrá-lo , no tempo em que ele acha apto para isso. Observe, par 1. No que diz respeito a Cristo e por Deus Pai, o apóstolo fala aqui grandes coisas. (1) Que Deus é o único soberano; os poderes dos príncipes terrestres são todos derivados dele, e depender dele. Os poderes que existem são ordenados por Deus, Romanos 13: 1 . Ele é o único poderoso que é absoluto e soberano, e perfeitamente independente. (2.) Ele é o bendito e único Soberano, infinitamente feliz, e nada pode, no mínimo, comprometer a sua felicidade. (3.) Ele é o Rei dos reis e Senhor dos senhores. Todos os reis da terra derivam seu poder dele; deu-lhes as suas coroas, eles mantê-los debaixo dele, e ele tem um domínio soberano sobre elas. Este é o título de Cristo ( Apocalipse 19:16 ), sobre o seu manto e sua coxa, porque ele tem um nome maior do que os reis da terra. (4.) Ele só tem imortalidade. Ele só é imortal em si mesmo, e tem a imortalidade como ele é a fonte do mesmo, para a imortalidade dos anjos e espíritos derivadas dele. (5.) Ele habita em luz inacessível, a luz que nenhum homem pode se aproximar até: nenhum homem pode chegar ao céu, mas aqueles a quem ele tem o prazer de trazer para lá, e admitir em seu reino. (6.) Ele é invisível: A quem nenhum dos homens viu nem pode ver. É impossível que os olhos mortais devem ter o brilho da glória divina. Nenhum homem pode ver Deus e viver

  1. Tendo mencionado esses atributos gloriosos, ele conclui com uma doxologia: A ele seja honra e poder sempiterno. Amém. Deus tem todo o poder e honra para si, é nosso dever de atribuir todo o poder e honra para ele. (1.) O que um mal é o pecado, quando cometido contra um Deus assim, o bendito e único Soberano! O mal do que sobe em proporção com a dignidade dele contra quem for cometido. (2.) grande é a sua condescendência, a tomar conhecimento de tais criaturas médios e vil como somos. O que somos nós, então, que Deus bem-aventurado, o Rei dos reis e Senhor dos senhores, deve procurar depois de nós? (3) Bem-aventurados os que são admitidos para habitar com este grande e abençoado potentado. Aventurados os teus homens (diz a rainha de Sabá ao rei Salomão), felizes estes teus servos, que estão sempre diante de ti, 1 Reis 10: 8 . Muito mais felizes são aqueles que estão autorizados a comparecer perante o Rei dos reis. (4.) Amemos, adore, e louvor, o grande Deus; para que não te temerá, Senhor, e glorificarei o teu nome? Pois tu, só santo arte, Apocalipse 15: 4
  2. O apóstolo acrescenta, a título de pós-escrito, uma lição para as pessoas ricas, 1 Timóteo 6: 17-19

6: 17-19}. 1 . Timothy devem cobrar aqueles que são ricos para ter cuidado com as tentações, e melhorar as oportunidades, de sua propriedade próspero. (1) Ele deve adverti-los para tomar cuidado de orgulho. Este é um pecado que facilmente assalta as pessoas ricas, sobre os quais o mundo sorri. Carregá-los de que eles não sejam altivos, ou pensar em si acima do que é justo, ou seja inchado com sua riqueza. (2.) Ele deve adverti-los vão contra a confiança na sua riqueza. Carregá-los de que eles não confiam nas riquezas incertas. Nada é mais incerto do que a riqueza deste mundo; muitos tiveram muito do que um dia e foi despojado de todo o lado. Riches fazem para si asas e voar para longe como uma águia, etc., Provérbios 23: 5 . (3) Ele deve carregá-los a confiar em Deus, o Deus vivo, para fazê-lo a sua esperança, que nos dá abundantemente todas as coisas para desfrutar. Aqueles que são ricos devem ver a Deus dando-lhes suas riquezas, e dando-lhes a apreciá-los ricamente; para muitos têm riquezas, mas apreciá-los mal, não ter um coração para usá-los. (4.) Ele deve carregá-los a fazer o bem com o que têm (para o que é a melhor propriedade vale, mais do que uma vez que dá um homem uma oportunidade de fazer tanto mais bom?): Que eles sejam ricos em boas funciona. Esses são verdadeiramente ricos que são ricos em boas obras. Que sejam prontos para distribuir, disposto a se comunicar: não só para fazê-lo, mas fazê-lo de bom grado, por . Deus ama ao que dá com alegria (5.) Ele deve carregá-los a pensar de outro mundo, e se preparar para o que é passar por obras de caridade: entesourando um bom fundamento para o tempo vindouro, para que possam tomar posse da vida eterna

  1. Daí podemos observar, (1.) Os ministros não devem ter medo dos ricos; sejam eles sempre tão rico, eles devem falar com eles, e carregá-los. (2.) Eles devem adverti-los contra o orgulho e vã confiança em suas riquezas: Que eles não sejam altivos, nem ponham a esperança na incerteza das riquezas. Mexa-los para obras de piedade e caridade: que pratiquem o bem, etc. (3.) Esta é a maneira para os ricos para colocar-se na loja para se para a hora de vir, para que possam alcançar a vida eterna; na maneira de fazer o bem quisermos, procuram glória, honra e imortalidade, e da vida eterna será o fim de tudo, Romanos 2: 7 . (4.) Aqui está uma lição para os ministros do encargo dado a Timóteo: . Mantenha o que está comprometida com a tua confiança Cada ministro é um administrador, e é um tesouro confiado a ele, que ele tem que manter. As verdades de Deus, as ordenanças de Deus, mantenha estes, evitando profanas e vãs conversas vãs; não afetando eloqüência humana, que as chamadas apóstolo falatórios inúteis, ou de aprendizagem humana, que muitas vezes se opõe às verdades de Deus, mas mantêm perto da palavra escrita , por que está comprometida com a nossa confiança. Alguns que têm sido muito orgulhoso de sua aprendizagem, a sua ciência, que é falsamente chamada, tem por que foi devassa em seus princípios e foram atraídos para longe da fé em Cristo, que é uma boa razão para que devemos manter a palavra simples do evangelho, e resolver para viver e morrer por isso. Observar, [1] Ministros não pode ser muito fervorosamente exortados a manter o que está comprometida com a sua confiança, porque é um grande confiança apresentado a eles: Ó Timóteo, guarda o que está comprometida com a tua confiança! Como se ele tivesse dito, ldblquote não posso concluir sem ti carregá-la novamente; o que quer que tu fazes, se esqueça de manter essa confiança, pois é muito grande a confiança para ser traído. dblquote [2] Ministros devem evitar falatórios, se eles iriam manter o que está comprometida com eles, porque eles são vãos e profanos. [3] Que a ciência que se opõe à verdade do evangelho é falsamente chamada; não é verdadeira ciência, pois se fosse ele aprovaria o evangelho e a concordar com ele. [4] Aqueles que gostam tanto de tal ciência estão em grande perigo de errar quanto à fé; aqueles que são para o avanço da razão acima da fé estão em perigo de deixar a fé
  2. Nosso apóstolo conclui com uma solene oração e bênção: A graça seja contigo. Amém. Observe-se, este é um curta, oração, mas abrangente para os nossos amigos, por graça englobando em que tudo o que é bom, e a graça é o penhor, sim, um começo, de glória; para, sempre que Deus dá graça, ele vai dar glória, e não vai reter qualquer coisa boa daquele que anda retamente. A graça seja com todos vós. 
  3. fonte www.avivamentonosul.com