Translate this Page

Rating: 3.0/5 (946 votos)



ONLINE
5




Partilhe este Site...

 

 

<

Flag Counter

mmmmmmmmmmm


// ]]>


Bible comentary comentario biblico 2 Timótio (2)
Bible comentary comentario biblico 2 Timótio (2)

 Exposição da Bíblia inteira de John Gill 

2 Timóteo 2 

INTRODUÇÃO AO 2 Timóteo 2

 

Neste capítulo, o apóstolo continua suas exortações a Timóteo, no que diz respeito tanto ao seu escritório e sua conversa, e fecha com o caráter de um ministro do Evangelho. O apóstolo tendo exortou Timóteo, no capítulo anterior, a respeitar o Evangelho, não obstante tudo o que ele pode sofrer por isso, aqui aponta para ele que a graça e força em Cristo, que queria que lhe recorrer até, para lhe permitir cumprir o seu dever, 2 Timóteo 2: 1 e que o Evangelho pode continuar, ele aconselha-o a cuidar de uma sucessão, e comprometer o Evangelho pregado por ele a outros, cujas qualificações para isso são a fidelidade e aptidão para ensinar, 2 Timóteo 2: 2 e a fim de animá-lo a trabalhar diligentemente no Evangelho, e sofrer alegremente para ele, ele observa-lhe que ele era um soldado, e deve suportar dificuldades, e não entrar para a facilidade e prazeres da vida; era um corredor em uma corrida, e, portanto, deve esforçar-se antes que ele recebeu a coroa; e foi como um lavrador que deve primeiro trabalho antes que ele participa do fruto: que coisas que ele gostaria que ele considerar seriamente; e deseja que o Senhor lhe daria o entendimento neles, 2 Timóteo 2: 3 , e depois com o mesmo ponto de vista, para encorajá-lo a sofrer por causa do Evangelho de Cristo, ele o coloca na mente da encarnação e ressurreição de Cristo, como um resumo do Evangelho, e uma amostra do que ele tinha ouvido falar dele, 2 Timóteo 2: 8 e casos em seus próprios sofrimentos por ele, a natureza, uso e fim deles, a título de exemplo e imitação, 2 Timothy 2: 9 , e para o mesmo fim menciona várias palavras úteis e frases incisivas, como verdadeiros e, para ser dependia, 2 Timóteo 2:11 que ele teria Timothy colocar seus ouvintes em mente e, especialmente, aqueles a quem ele cometeu o Evangelho a pregar; carregá-los, de forma solene, não tenham contendas de palavras, que é não só inútil, mas prejudicial, 2 Timóteo 2:14 e com respeito a si mesmo, ele exorta-o a diligência e estudar, ao interpretar e explicar a palavra de Deus , que assim ele pode ser aprovado a Deus, e não se envergonhar diante dos homens, 2 Timóteo 2:15 e, pelo contrário, para evitar falsas doutrinas, como sendo profano, vazio, e o mero murmúrio; e como tendendo a maior impiety; e como sendo perigoso e ameaçador, como o cancro propagação; da qual ele dá exemplos na Himeneu e Fileto, 2 Timothy 2:16 cujo erro foi, que a ressurreição já havia passado; e teve sucesso na divulgação do mesmo, para a subversão da fé de alguns, 2 Timóteo 2:18 . No entanto, para o conforto dos verdadeiros crentes, observa-se, que, não obstante tais erros, e o sucesso deles, a fundação está certo; Deus tem um certo conhecimento de seu próprio povo, e irá mantê-los; e, portanto, torna-se como que quer invocar o nome, ou são chamados pelo nome de Cristo, para afastar essas más doutrinas, 2 Timóteo 2:19 e que tais coisas acontecendo no mundo, e nas igrejas, não deve ser pensado estranho, o apóstolo ilustra o caso por um símile de uma grande casa, que tem embarcações de todos os tipos na mesma, e para diferentes usos e propósitos, 2 Timóteo 2:21 . Portanto, para concluir suas exortações a Timóteo, ele aconselha-o a fugir desses desejos que são inerentes à juventude; a seguir as coisas que são boas, e para evitar perguntas tolas e ignorantes, que tendem a contenda, 2 Timóteo 2:22 que o leva a dar o caráter de um servo do Senhor, ou um pregador do Evangelho; que ele não deve se esforçar, mas ser gentil, paciente e manso, em instruir adversários; para o qual ele deve ter uma aptidão; e é incentivado a agir desta parte, a partir da consideração do sucesso sob uma bênção divina; ou seja, trazer tais pessoas ao arrependimento, e de possuir a verdade, e a recuperação deles fora do laço do diabo, 2 Timóteo 2:24 .

 

verso 1

Tu, pois, meu filho , .... A partícula ilativo, "portanto", mostra a conexão entre este eo capítulo anterior; a denominação, "tu, meu filho", expressa a ternura do apóstolo de Timothy, e é a vez usado para engajar sua atenção para o conselho que ele estava prestes a dar-lhe; que é, que desde que ele tinha recebido a verdadeira graça de Deus, e fé não fingida habitava nele; e desde que ele tinha esses presentes, qualificando-o para a obra do ministério; e desde tão bom uma coisa como o evangelho da glória do Deus bendito foi confiado a ele; e uma vez que havia muitos que se tinha retirado dele, e tão poucos que ficaram com ele, queria que lhe

 

fortifica-te na graça que há em Cristo Jesus ; pelo que pode ser destinado tanto a favor livre e do amor de Deus em Cristo, Romanos 8:39 , que é, em si, sempre forte, imóvel e inalterável; e é a força e segurança dos santos, embora eles não têm sempre a mesma forte acreditar vista para ela; e para ser forte nele, deve ser arraigados e alicerçados na mesma, e ter um sentido forte e firme persuasão de interesse nele, e que nada pode separar-se dele, ou então o Evangelho, que é uma declaração de graça, e está em Cristo, e vem por ele; e para ser forte nele, é pregar ousadamente, para defendê-la com coragem, e coragem, se oponham a cada erro e heresia, e cada abettor dos mesmos; e também torna-se cada crente privada para mantê-lo rápido, firme nele, cumpri-la, e batalhar por isso; e por isso a frase pode se opõem a תקיף באוריתא ou גבר , "um forte na lei", que é tão frequentemente usado pelos judeusF4: Ou melhor, pela graça significa a plenitude da graça que está em Cristo, para o fornecimento de seu povo; no que a graça que nele está, e não no que é em si mesmo, deve ser a sua dependência. É muito agradável para ser forte na graça recebida, no ponto de exercício, mas não no ponto de contentamento; de modo a descansar satisfeito com a presente medida dela, sem crescer nele, e passar a perfeição; e muito menos no ponto de consolo, de modo a obter paz e conforto a partir dele; e ainda menos no ponto de confiança nele; pois é apenas uma criatura, embora um muito gloriosa, sendo a obra de Deus, e muito variável quanto ao seu exercício, e ainda imperfeita; e não que, mas o objeto do mesmo, deve ser confiado em: embora de fato o gozo de uma pessoa de glória eterna e felicidade podem ser fortemente concluiu a obra da graça que é começado nele; que sendo uma semente imortal, e uma fonte de água que salte para a vida eterna vivo; e com o qual glória está inseparavelmente conectado. Mas a graça de Cristo é o que os crentes devem sempre recorrer aos e exercer fé em; e não só acreditam que existe uma tal plenitude da graça em Cristo, que ambos têm ouvido falar e visto, e que eles sabem, é reservada para eles, e dado a eles, e é suficiente para eles; mas eles devem sair fora de si a ela, e tirar água com alegria das fontes completos da salvação em Cristo: e esta graça é de natureza fortalecimento, tanto para os ministros da palavra, para que possam cumprir o seu ministério, de suportar censuras, aflições e perseguições por causa do Evangelho, e as fraquezas dos irmãos fracos; e aos crentes privadas, para fortalecê-los contra toda a corrupção, a tentação, e cilada, para exercer toda a graça, e descarregar todos os ramos do direito.

 

verso 2

E as coisas que ouviste de mim , .... Significado as doutrinas do Evangelho, o modelo das sãs palavras. A versão Árabe verte, "os segredos ou mistérios que ouvistes de mim"; os mistérios da graça de Deus, o que ele tinha, muitas vezes ele ouviu discurso do, desdobrar e explicar:

 

entre muitas testemunhas ; ou por eles; que alguns entendem dos testemunhos fora de Moisés e os profetas, com o qual o apóstolo confirmou o que ele fez; para as doutrinas de justificação, perdão do pecado, & c. por Cristo, foram testemunhou pelos profetas; embora sim a muitas pessoas, que, com Timothy, ouviram a pregar apóstolo, e foram e seriam testemunhas suficientes para Timothy, na ocasião, que o que ele pregou e comprometidos com os outros eram os mesmos que tinham ouvido e recebido do Apóstolo Paulo; a menos que deve ser feita referência aqui ao tempo de imposição de mãos sobre ele, quando ele recebeu alguns presentes ministeriais, ou um aumento dos mesmos; altura em que o apóstolo pode entregar a ele a forma de doutrina que ele foi pregar, e que, na presença do presbitério, que se juntou na ação, e por isso foram testemunhas do que foi dito a ele:

 

o mesmo comprometer tu a homens fiéis ; que não só receberam a graça de Deus, e são verdadeiros crentes em Cristo, mas são homens de grande honestidade e integridade; que tendo a palavra de Deus, falará ele ousadamente, fielmente, e mantê-nada, que é rentável, mas declarar todo o conselho de Deus, sem qualquer mistura ou adulteração; para o Evangelho estar comprometido com a sua confiança, eles se tornariam stewards, e de tal, é necessário que eles sejam fiéis; e, portanto, isso é mencionado como uma qualificação necessária e requerida neles; e não só isso, mas eles devem ser tais

 

quem poderá ou suficiente

 

para ensinar os outros também . Nenhum homem é suficiente para estas coisas, de si mesmo, mas a sua capacidade vem de Deus; é ele quem faz os homens hábeis ministros da palavra, dando-lhes presentes adequados para tal trabalho; para que eles tenham uma mobília neles, um tesouro em seus vasos de barro, uma compreensão das Sagradas Escrituras, um presente de explicá-los, e uma faculdade de falar para edificação; e assim estão aptos a ensinar aos homens, para seu lucro e vantagem, a versão Etíope torna, "quem está apto para ensinar os tolos".

 

verso 3

Sofre comigo , .... "Ou aflições"; como em 2 Timóteo 4: 5 . A mesma palavra é usada lá como aqui, e devidamente significa, "sofrer o mal"; e significa a malignidade das aflições, como perseguições de todo tipo, perda de nome e mercadorias, flagelação, prisão e morte em si, por causa de Cristo e do Evangelho:

 

como bom soldado de Jesus Cristo . Cristo é o Capitão da salvação, o Líder e Comandante das pessoas, que são feitos um povo disposto no dia do seu poder; ou quando ele levanta suas forças e inventários seus exércitos, estes são voluntários, que voluntariamente se alistar-se em seu serviço, e debaixo das suas bandeiras lutar suas batalhas; e tal que corajosamente se comportar contra o pecado, Satanás, eo mundo, são seus bons soldados; tais são todos os verdadeiros crentes em Cristo, e em particular os ministros da palavra, cujo ministério é uma guerra, e que combater o bom combate da fé; e além disso os inimigos acima, que eles têm em comum com os outros santos, tem a ver com os professores, que são lobos em pele de cordeiro.

 

verso 4

Nenhum homem que warreth , .... que é um soldado, e entrega-se ao serviço militar, no sentido literal: a versão Vulgata Latina, sem qualquer autoridade, acrescenta, "a Deus"; como se o apóstolo estava falando de uma guerra espiritual; considerando que ele está ilustrando uma guerra espiritual por um corpórea um; e observa, que ninguém, que está em um estado militar,

 

se embaraça com negócios desta vida ; com assuntos civis, em distinção de militares. Os soldados romanos pode não seguir qualquer atividade comercial ou industrial de vida, ou seja na criação, ou mercadorias de qualquer espécie em causa, mas eram totalmente para atender a exercícios militares, e às ordens de seu general; para ser empregado em qualquer negócio secular foi contado um emaranhado delas, uma tomada de-los a partir, e um obstáculo para a sua disciplina militar, e por isso o apóstolo sugere que as pessoas de Cristo, seus soldados e, especialmente, seus ministros, não deve ele envolvidos e implicados em assuntos mundanos e cuidados; porque ninguém pode servir a dois senhores, a Deus ea Mamom; mas deve inteiramente desistir de si para o trabalho e serviço para o qual eles são chamados; e estar pronto para participar com todos os prazeres mundanos, e alegremente sofrer a perda de todas as coisas, quando chamado a ele, por causa de Cristo e do seu Evangelho:

 

que ele possa agradar àquele que vos escolheu para ser um soldado ; seu capitão, ou geral, que recrutou ele, inscrito e registrado-lo entre seus soldados; quem agradar deve ser sua principal preocupação; como deveria ser a coisa principal atendido por um soldado cristão, ou um ministro do Evangelho, não para agradar aos homens, nem para agradar a si mesmo, buscando a sua própria vontade e descanso, seus emolumentos mundanos e vantagens, mas para agradar ao Senhor Cristo , em cujo livro o nome dele está escrito.

 

verso 5

E também se um atleta lutar nos jogos públicos , .... Nos Jogos Olímpicos, executando, wrestling, saltando, & c.

 

ainda é que ele não coroado ; com, uma coroa corruptível desvanecimento, uma coroa feita de ervas e folhas de árvores, como salsa, louro, & c.

 

exceto lutar legitimamente ; de acordo com as leis e regras fixas para os exercícios; de forma que nenhum homem que chama a si mesmo um cristão, ministro, ou qualquer outro, pode esperar a coroa da vida, o prêmio da soberana vocação de Deus, a não ser que ele corre a carreira que ele, no caminho certo; olhando para Cristo, a marca, pressionando através de todas as dificuldades, para o prêmio, e detém sobre e fora até o fim.

 

verso 6

O lavrador que trabalha , .... Na adubação sua terra, na lavoura, na semeadura, em capina, em colher, & c.

 

deve ser o primeiro a gozar dos frutos ; do seu trabalho, antes que os outros; eo projeto pode ser para observar que os ministros da palavra deve ser o primeiro a ser participantes da graça de Deus, os frutos do Espírito, e do Evangelho, e com razão e espiritualmente compreendê-lo, antes de pregá-lo aos outros; ou que esse que trabalham na palavra e na doutrina, deveria, em primeiro lugar para ser tomado cuidado de, e têm uma manutenção suficiente, desde para eles, 1 Coríntios 9: 7 ou que, como eles terão, em primeiro lugar algumas focas e frutas do seu ministério, na conversão das almas, assim que deve brilhar no reino dos céus, como o brilho do firmamento, e como as estrelas sempre e eternamente. Embora as palavras podem ser prestados, e que parece mais de acordo com o contexto, e ao argumento do apóstolo, "o lavrador deve primeiro trabalho antes que ele participa dos frutos"; assim que um ministro do Evangelho deve primeiro trabalho e suportar dificuldades nesta vida, antes que ele se senta no reino dos céus, e toma seu descanso, e goza a coroa de glória, que não se desvanece, que o Sumo Pastor dar -lhe.

 

verso 7

Considera o que digo , .... O conselho dado pelo apóstolo a Timóteo, para ser forte na graça de Cristo; para confirmar as doutrinas do Evangelho aos fiéis e homens capazes; e para suportar a dureza para o bem dela: como também os personagens que ele suportou como um soldado, um corredor em uma corrida, ou um lutador, e um lavrador da terra; e, portanto, não deve esperar facilidade e descanso, mas guerra, dificuldades, trabalho, e de trabalho; e da mesma forma sob quais títulos Cristo devia ser considerada; como seu general, e Capitão da salvação, que lhe ordenara; como o justo Juiz, que segurava o prêmio ea coroa para a qual ele estava correndo; eo Pastor chefe, que iria premiar todos os seus trabalhos; e, além disso, a recompensa gloriosa da própria graça, ele poderia esperar, como a vida eterna, quando ele tinha combatido o bom combate a coroa da justiça, quando ele terminou seu curso, ou executar sua raça; e uma coroa de glória que não desaparece, quando o supremo Pastor deve aparecer: e, colocando-o em cima da consideração destas coisas, sugere ele, que eram questões de momento e importância, e seria de grande utilidade para ele na assistência e incentivar a sua fé, em meio a todos os ensaios e exercícios; e que eles foram expressos em termos figurativos, tirada do soldado, o corredor em uma corrida, e o lavrador, eles não podem, à primeira vista ser tão fácil de ser compreendido; e, portanto, queria que se pensa deles, e meditar sobre eles, e pesá-los em sua mente; assim como ele não teria ele tome as coisas sobre a confiança dele, mas analisá-los se eles estavam certos ou não; embora duvidasse não, mas que eles seriam encontrados para ser agradável ao padrão de verdade: portanto, ele reza o seguinte,

 

eo Senhor te dará entendimento em todas as coisas ; em todas as coisas acima, e em todos os outros; em todas as doutrinas e mistérios da graça, e em todas as regras de conduta na vida. Nenhum homem tem de si mesmo uma compreensão nas coisas espirituais; este é o dom de Deus; e em que é dada, há necessidade de um aumento da mesma, e sempre de tal oração para ele. A cópia Alexandrina, Vulgata Latina e versões em árabe, ler, "o Senhor te darei", & c, e assim as palavras são uma promessa, um encorajamento a Timóteo, considerar bem dessas coisas; pois ele pode assegurar-se de que, ao fazê-lo, Deus lhe daria mais compreensão neles.

 

verso 8

Lembre-se que Jesus Cristo da descendência de David , .... Isto é dito ou como um encorajamento para sofrer dureza na causa de Cristo; uma vez que ele, que embora fosse da descendência de David, de sangue real, e herdeiro de sua coroa, mas sofreu e morreu; e considerando que ele ressuscitou dentre os mortos, aqueles que sofrem por causa dele deve subir também, e viver e reinar com ele para sempre, ou então como um modelo do formulário de palavras de som ou das coisas que Timothy tinha ouvido falar do apóstolo; para isso, com o que se segue, é um resumo deles: ser Cristo da descendência de Davi, segundo a carne, ou a natureza humana, é expressivo de sua encarnação; mostra que ele estava realmente veio em carne, e era verdadeiramente homem; e que ele assumiu a natureza humana com todas as suas fragilidades e fraquezas, com exceção do pecado, e foi, como Davi, um homem de dores, e experimentado nos sofrimentos; e inclui toda a sua vida, ea sua justiça, e obediência à lei de obras, e aponta-o como o verdadeiro Messias, que era bem conhecido aos judeus pelo nome do filho de David. E agora o apóstolo coloca Timothy em mente, que ele

 

foi ressuscitado dentre os mortos ; o que implica que ele morreu; e por isso inclui todas as doutrinas relacionadas com a sua morte; como que ele morreu para expiar, expiação e satisfação pelos pecados do seu povo, e para obter a paz para eles, e a remissão completa de todas as suas iniqüidades; e para obter redenção para eles, de pecado, de Satanás, a lei, e suas maldições; assim como ele expressa sua ressurreição dentre os mortos, para a sua justificação: e este ser o seu primeiro passo para a glória, se conectou com ele sua ascensão ao céu, sessão à destra de Deus, intercede pelos santos, e sua segunda vinda a julgamento; e é, portanto, particularmente mencionado, porque é um artigo tão abrangente, e é um direito fundamental e da maior importância para a fé, e foi o que foi atingido na naqueles tempos: o apóstolo acrescenta,

 

segundo o meu evangelho ; o que significa que não é o Evangelho de Lucas, em que há uma clara dada da ressurreição de Cristo, disse a ser escrito por ele, por iniciativa e sob a direção do apóstolo, e publicado com a sua aprovação, como alguns pensam; mas a doutrina do Evangelho, e que ele chama de seu, não porque ele era o autor ou o assunto do mesmo; pois nesses aspectos, é o Evangelho de Deus, e de Cristo; mas porque ele estava comprometido com ele, e ele foi confiada a ele, e totalmente fiel e pregou; e na distinção de outro Evangelho, a dos falsos mestres; e agradavelmente com esta doutrina, que o apóstolo em todos os lugares ensinou, Cristo foi ressuscitado dentre os mortos; assim a versão Etíope torna, "como eu ensinei".

 

verso 9

Pelo qual sofro como um malfeitor , .... Como um malfeitor, como se culpado de algum crime capital; um inimigo da lei de Moisés, uma peste, promotor de sedições em todos os lugares, e chefe da seita dos nazarenos, Atos 24: 5 . A versão Etíope torna, "como um ladrão". O "problema" que ele sofreu foram injúrias, perseguições, chicoteamento, bater, apedrejamento, a prisão, porque ele acrescenta,

 

até prisões ; para ele agora era um prisioneiro, e em cadeias; nem era a primeira vez, ele estava em prisões frequentes; e tudo isso por causa do Evangelho, que ele pregou, a respeito da encarnação, morte e ressurreição de Cristo:

 

mas a palavra de Deus não está presa ; para o apóstolo, enquanto um prisioneiro em Roma, teve a liberdade de habitação por si mesmo, em sua própria casa alugada, embora realizada em cadeias, e guardado por um soldado, e de receber seus amigos, e de pregar o Evangelho a todos quantos viria para ouvi-lo, Atos 28:16 , bem como do envio de cartas às igrejas; para várias de suas epístolas foram escritas por ele quando um prisioneiro, como aqueles aos Efésios, Filipenses e Colossenses; e este a Timóteo, e também que a Filémon: para que o Evangelho não foi contido, ou o apóstolo impedido de publicar, tanto pela palavra da boca, e por escrito; que foi um grande apoio para ele sob as suas angústias. Além disso, o Evangelho era a mais difundida através dos laços do apóstolo, e reuniu-se com grande sucesso; tornou-se conhecido no palácio de César, e foi o meio de conversão de alguns dos seus domésticos; e muitos dos irmãos, através de suas obrigações, tornou-se mais ousado para pregar o Evangelho de Cristo; de modo que ele tinha um curso livre, e foi glorificado: e, por vezes, por isso é, que a perseguição é um meio de maior difusão do Evangelho; que foi um efeito que se seguiu após a perseguição levantada contra a igreja em Jerusalém, após a morte de Estevão, Atos 8: 1 . E, de fato, quando Deus abre uma porta eficaz, ninguém pode fechá-la, apesar de haver muitos adversários; e quando ele dá a palavra uma comissão, não há nenhuma parada dele; quando se trata de poder, ele carrega para baixo tudo à sua frente; ele não pode ser restringida e ligada por homens, embora os homens podem ser agrilhoado que se dirija para o bem dela.

 

verso 10

Por isso, tudo suporto por amor dos eleitos , .... Há um certo número de pessoas que Deus escolheu em Cristo desde a eternidade para a salvação, que certamente será salvo; para estes Jesus Cristo sofreu e morreu; e sobre a sua conta é o Evangelho enviados, pregou, e publicado para o mundo; por amor deles são ministros equipado e qualificado para o seu trabalho, e têm a sua missão e comissão para realizá-la, e sofrer o que eles fazem na execução do mesmo; e desde que foi por causa da tal, a quem Deus havia amado e escolhido, que o apóstolo suportou todas as suas censuras, aflições e perseguições, ele era o mais alegre debaixo delas; e a consideração de que era um suporte a ele;

 

que eles também podem obter ; bem como a si mesmo, e outros vasos escolhidos de salvação, que foram chamados por já graça; para o apóstolo está falando de tais dos eleitos, que eram, até agora, em um estado de natureza:

 

a salvação que está em Cristo Jesus com glória eterna; a salvação é somente por Jesus Cristo, e nele; e este é apenas para os eleitos de Deus; e é publicado no Evangelho, para que pudessem obtê-lo; e em todas as idades, eles não obtê-lo, ou apreciá-lo: a coisa em si é obtida por Cristo para eles, por meio de sua obediência, sofrimentos e morte; e é publicado no evangelho eterno, para que pudessem chegar ao conhecimento dele; e na effectual chamando ele é trazido para perto pelo Espírito de Deus, e aplicou-lhes; e eles têm agora tanto uma iminência para ele, e um direito a ela, e deve desfrutar plenamente no céu; pois tem "glória eterna", ou "glória celeste", como as versões Vulgata Latina e Etíope lê, "a esta anexado"; ou melhor, o pleno gozo dos consistirá em uma glória eterna e celestial, que serão colocados sobre os santos, tanto em corpo e alma, e permanecem por toda a eternidade.

 

verso 11

Ele é uma palavra fiel , .... Isto pode se referir tanto ao que se passa antes, que todas as coisas, todas as censuras e sofrimentos, pelo ministério do Evangelho, são suportados por causa dos eleitos; e que, certamente, obter a salvação em Cristo, e glória eterna, para a qual eles são predestinados: ou para o que se segue, que estar de momento e importância, e difícil de ser acreditado, como que a morte levou a vida e sofrimentos eram o caminho para o Reino; o apóstolo prefacia-lo dessa forma, afirmando a verdade dela, que era segura e certa, e para ser acreditado, e dependia de como tal.

 

Para se já morremos com ele ; com Cristo, como todos os seus povos são, por força da união com ele; eles estão mortos com ele, e eles sendo um, em um sentido legal; quando ele morreu, eles morreram com ele; sendo crucificado com ele, como sua cabeça e representante, seu velho homem, seus pecados, também foram crucificados com ele, sendo imputada a ele, e pôs sobre ele; e através da eficácia de sua morte, tornaram-se mortos para o pecado, tanto ao seu poder condenatório e governar, e por isso são unidos a ele na semelhança da sua morte; de modo que quando ele morreu para o pecado uma vez, e vive novamente para não mais morrer, morrem para o pecado e vivos para Deus e viverá para sempre. Além disso, este, concordando com o que se segue, pode ser entendido dos santos morrem por causa de Cristo e do Evangelho, pelo qual eles estão conformando-me a ele, e sentir a comunhão dos seus sofrimentos, e assim pode ser dito para ser mortos com ele: e tal pode assegurar-se da verdade do que se segue,

 

vamos também com ele viveremos ; quantos haviam sido crucificado com Cristo, e enterrado com ele, levantou-se com-o dos mortos, e foram justificados nele, como sua cabeça e representante; veio a graça sobre eles para justificação de vida; e os que são mortos para o pecado, através da eficácia de sua morte, viver uma vida de santificação, que eles têm dele, e é mantido e apoiado por ele, e é a sua glória; e eles vivem uma vida de comunhão com ele, em cujo favor é a vida; e, ainda que morrer, e por causa dele, eles devem subir novamente; e porque ele vive, estas devem viver também, uma vida de glória, felicidade e prazer sem fim. E isso é parte da palavra fiel, e para ser acreditado, e é acreditado pelos santos: veja Romanos 6: 8 . Além disso, uma vez que a palavra "ele" não está no texto original, e os eleitos são de que fala o verso anterior, e se o sentido deve ser este, esta é a verdadeira doutrina, e uma certa questão de fato, se nós eo eleitos de Deus morrer juntos na mesma causa, e por causa de Cristo e do Evangelho, vamos viver juntos em felicidade eterna e glória?

 

verso 12

Se sofrermos , .... Com ele, com Cristo, como em Romanos 8:17 todos os eleitos sofreram com Cristo quando ele sofreu; eles sofreram nele toda a penalidade da lei, toda a justiça, rigor e gravidade da mesma; e eles são participantes dos benefícios dos seus sofrimentos, como a paz, perdão, justiça, redenção e salvação eterna. E como está sendo chamado pela graça, e tendo feito uma profissão de Cristo, eles sofrem vergonha e opróbrio, perda de crédito e reputação, e às vezes perda de bens e castigo corporal, e até a própria morte, mas que eles fazem, e se eles devem, eles podem ser satisfeitos da veracidade desta,

 

também reinaremos com ele ; eles reinam com ele agora no reino da graça; graça reina em seus corações, onde Cristo, o Rei da glória, entrou, e criou o seu trono, e onde ele habita pela fé, eles sendo feitos reis e sacerdotes para Deus por ele; e eles reinarão com ele em seu reino aqui na terra, pelo espaço de mil anos; e reinarão com Ele na glória por toda a eternidade: isso é certo, para este reino está preparado para eles, que é dado a eles, eles são chamados a ela, e ambos têm um direito até, e iminência para ele; veja Romanos 8:17 ,

 

se o negarmos, ele também nos negará : há uma negação de Cristo em palavras; por isso é negado pelos judeus que Cristo veio em carne e osso, e que Jesus é o Messias; e alguns que tinha o nome Christian, embora muito indignamente, negaram sua verdadeira divindade, sua verdadeira humanidade, filiação adequada e a eficácia do seu sangue, retidão e sacrifício, perdão, justificação e expiação: e há uma negando dele em obras; por isso alguns que professam a conhecê-lo, e fazer possuí-lo em sua pessoa e escritórios, ainda em obras negar-lhe; a conversa não está a tornar-se a sua profissão dele; eles têm a aparência de piedade, mas negam o poder dele: não há um segredo e em silêncio negando dele, quando os homens têm vergonha dele, e não confessá-lo; e há um aberta negar dele, por tal que a sua boca contra os céus, e as suas línguas andam por toda a terra; há uma parcial negando de Cristo, que era o caso de Peter, embora sua fé nele, e amor a ele, não foram perdidos; e há um total negação dele, uma apostasia completa, e da qual não há recuperação; e se há qualquer desses apóstatas entre aqueles que têm chamado o nome de Cristo, ele vai negar-lhes, ele não irá possuí-los por seu outro dia; ele vai colocá-los em sua mão esquerda; ele declarará que ele conhece não, e bani-los da sua presença para sempre. Este é outro ramo da palavra fiel; este será certamente o caso; O próprio Cristo disse que, Mateus 10:33 .

 

verso 13

Se somos infiéis, ele permanece fiel , .... O siríaco e versões Etíope ler, "se não acreditar nele". Isso pode ser entendido, seja de tal que são completamente destituídos de fé, que não acreditam em Cristo em tudo; e, particularmente, não acredito que apenas foi agora disse a respeito de sua negação de tal forma que ele nega, mas simulada e zombam sua vinda, e em um julgamento futuro: essa incredulidade deles não vai fazer nula sua fé ou fidelidade; veja Romanos 3: 3 , ele vai cumprir fiel a sua palavra de ameaçar; eo que ele diz em Marcos 16:16 será encontrado para ser uma verdade eterna: ou ele pode ser entendido de crentes verdadeiros, cuja fé, por vezes, é muito baixa, como para o seu exercício de Cristo, e com referência à sua futura glória e felicidade ; mas Cristo é fiel a todos os seus compromissos, convênio para eles, para trazê-los para a glória, e cada palavra de promessa relativa a sua felicidade, e para todos os ramos dos fiéis dizendo acima indicado; e ele é sempre o mesmo em seu amor a eles, e na eficácia de seu sangue, retidão e sacrifício; e sua salvação é um eterno e imutável um; nem o interesse dos santos na mesma, e de segurança por ela, dependem de seus atos de acreditar, ou seus quadros, mas sobre a firmeza e imutabilidade de Cristo, o objeto da fé.

 

Ele não pode negar a si mesmo ; ele não pode ir contra a sua palavra; isso seria agir contrariamente à sua natureza e perfeições, e seria uma negação de si mesmo, o que não é possível; portanto sua fidelidade nunca falhará, mesmo que, a fé de seu povo faz, como para o seu exercício.

 

verso 14

Destas coisas colocá-los em memória , .... Significado quer seus ouvintes, ou aqueles a quem ele estava a cometer as coisas que ele tinha ouvido falar do apóstolo, e quem deve esperar a sofrer aflições, e suportar dificuldades, por uma questão de Cristo e seu Evangelho; Portanto, para lembrá-los das palavras acima podem ser de uso e conforto para eles. Esta cláusula está querendo na versão árabe.

 

Ordenando-lhes diante do Senhor ; o Deus onisciente, como em sua presença, como eles vão responder a ele outro dia; veja 1 Timóteo 5:21 ,

 

que não tenham contendas de palavras ; tornou-se-lhes para se esforçar e batalhar pela forma de palavras de som, para as sãs palavras ou doutrinas de nosso Senhor Jesus, mas não sobre meras palavras e, especialmente, tal como foram

 

para nenhum lucro ; para nenhuma vantagem para a verdade, nem a si mesmos nem aos outros; não eram para edificação, para edificação espiritual, a edificação de Deus, que consiste na fé:

 

mas para subverter os ouvintes ; a confusão de suas mentes, enganosas seus juízos, e assim pervertem a fé; e, portanto, não eram apenas inútil, mas prejudicial e pernicioso, e por todos os meios a serem evitadas.

 

verso 15

Procura apresentar-te a Deus aprovado , .... A cópia Alexandrina lê, "a Cristo"; veja Romanos 16:10 . Não aos homens, como agradá-los; para tal que estudam para agradar aos homens, não são os servos de Cristo; e às vezes aqueles que são aprovados para e pelos homens, são desaprovou por Deus e Cristo: mas a Deus, mostrando toda a fidelidade e retidão; fala o Evangelho abertamente, e livremente, com toda a sinceridade, como aos olhos de Deus; recomendando-se a ele e à consciência de todo homem, pela manifestação da verdade; e tal vai ouvir: "Muito bem, servo bom e fiel" outro dia.

 

Um obreiro que não tem de que se envergonhar ; o ministério da palavra é um trabalho, e é um bom trabalho; e aqueles que executá-lo corretamente são dignos de honra e estima; e exige que a indústria, diligência e aplicação, e para o qual nenhum homem é suficiente sem a graça de Deus; e aqueles que são empregadas em que são operários, trabalhadores juntamente com Deus, e trabalhadores na sua vinha: e tal que são fiéis e diligentes, "não precisa ter vergonha"; tal não causam vergonha, nem em si mesmos, nem em outros, como os falsos mestres fazem, que espumar as suas próprias torpezas, e ministros como negligentes da palavra, e tal cujas vidas não estão de acordo com as doutrinas que pregam; nem têm qualquer razão para se envergonhar, nem do Evangelho, que eles pregam, nem dos seus sofrimentos, que sofrem por causa dele, nem das suas ministrações verticais da palavra; e, como eles não têm medo de sofrer afrontas por amor a Cristo agora, eles não serão confundidos diante dele na sua vinda.

 

maneja , ou "corte"

 

a palavra da verdade ; isto é, as Escrituras da verdade, Daniel 10:21 que vêm de Deus da verdade, são a respeito de Cristo, que é a verdade, e são ditadas e levou a pelo espírito de verdade, e contêm em si nada mais que a verdade: a dividir a palavra, não é apenas para dividir o texto em suas partes adequadas, embora os cuidados devem ser tomados para que isso seja feito corretamente; e alguns pensam que a alusão é aos versos da Bíblia hebraica, que são chamados פסוקים , as "divisões", seções, ou estacas, da palavra פסק , "cortar" ou "dividir", que está sendo cortado ou dividido uns dos outros ; Assim, aqueles que foram empregados na lei, e foram familiarizados com os escritos sagrados, e é aí exercido, foram chamados פוסקים בתורת , "cortadores", ou "divisores da lei"F5; e assim por בעל פסוק é aquele que é bem versado na Bíblia, e conhece cada parte dela, e prontamente usa-lo, ao falar ou escrever; e tal era Timóteo, 2 Timóteo 3:15 embora eu prefiro pensar que o apóstolo refere-se a uma maneira errada de dividir as Escrituras pelos judeus, ao qual ele se opõe a divisória direita deles. Eles haviam usado não só para tirar uma carta de uma palavra, e adicioná-lo para outro, e assim expor o texto, mas para remover palavras-lo e fazer o que foi antes de ir para trás, e o que estava por trás de vai antes; e isso que eles chamam de uma faca afiada, que חותך ומפסיק הכתוב , "cortes e divide as Escrituras"F6: Mas desta forma, que seus compatriotas utilizado, o apóstolo não teria Timothy, e outros ministros do Evangelho, fazer uso de; para isso não é razão para dividir, mas para mangle e rasgar em pedaços a palavra da verdade. Além disso, para dividir a palavra da verdade, ou para cortá-la, é cortá-lo aberto, e dissecar as suas várias partes, e de busca e olhar para o interior e na parte inferior do mesmo, para descobrir toda a verdade contida nele, e se deitou -los abrir para os outros; e pode ser, como alguns pensavam, uma alusão ao corte abrir os sacrifícios, e estabelece as peças de los corretamente, e de forma decente: a que pode ser adicionado, que, desde ministros do Evangelho são mordomos, e que, quando sábio e fiel, dar a todos da família a sua porção de carne na época devida; a metáfora pode ser tomada a partir de tal, e dos mestres e os governadores das famílias, que cortar os alimentos, e distribuí-la a cada um, de acordo com sua idade e apetite; e por isso os ministros do Evangelho são para distribuir o alimento espiritual da palavra para crianças em Cristo, e para os cristãos adultos, de acordo com as suas capacidades, e adequada aos seus casos e circunstâncias, dividindo a todos o que é apropriado para ele: em suma , que divide a palavra da verdade, com razão, é, como a versão Vulgata Latina torna, aquele que "justamente lida"; ou, como a versão Siríaca, que "justamente prega a palavra da verdade"; que dá o verdadeiro sentido da Escritura, não perverter e arrancá-lo, e tomar a partir dele, ou acrescentá-la; que aponta a verdade nele, e mostra aos homens o caminho da salvação, e claramente e fielmente prega o Evangelho nela contida, sem manter volta tudo o que é rentável, mas declara todo o conselho de Deus. Essa mesma palavra grega é usada pela Septuaginta em Provérbios 3: 6 , onde ele responde com a palavra hebraica ישר , o que significa para dirigir o caminho, e deixar claro; e podem aqui projetar uma interpretação simples e aberta da palavra de Deus, e para responder a estas várias personagens no texto devem ser a preocupação estudiosa de cada ministro Evangelho; e estudo é para isso necessário; ele requer muito cuidado para que um homem tomar cuidado para si mesmo e à sua doutrina; e grande indústria, diligência e aplicação, e muita leitura, meditação e oração.

 

verso 16

Mas evita os falatórios profanos , .... O ministério dos falsos mestres é mera tagarelice; uma voz, e nada mais, como o homem disse de sua rouxinol; um som de palavras, mas não importa sólida neles; palavras arrogantes de vaidade, como grandes bolhas de água, olhar grande, e fazem um grande barulho, mas não têm nada neles; contêm nada, mas coisas vão, vazio, ocioso, e insignificante; o que é pouco rentável e pouco edificante, sim, o que é profano, contrário à natureza e perfeições de Deus, e não agradável para a doutrina que é segundo a piedade; e sendo espalmou sobre as Sagradas Escrituras, é uma profanação deles. E toda essa prate mau e vazio, e balbuciando, deve ser evitado, evitada, e desanimado, recusou, e rejeitado; e, tanto quanto pode ser, um ponto deve ser colocado para ele, tanto pelos ministros e ouvintes da palavra.

 

Para eles a impiedade ainda maior significado quer que tais falatórios, se usado e incentivou, vai crescer mais e mais profano e perverso; ou as pessoas que os utilizam, os locutores indisciplinados e vãs, vai crescer mais ousado, arrojado; e insolente, vai encerar cada vez pior, e de um erro irá prosseguir para outro, para tal raramente paramos; e ter abusado de uma passagem da Escritura, vai continuar a atacar outro, e não cessarão, até que o tenham arrancado toda a Escritura para sua própria destruição, e que dos outros.

 

verso 17

E a palavra comer como o faz um câncer , .... Ou "gangrena", que corrói e se alimenta da carne, inflama e mortifica em que vai, e se espalha rapidamente, e põe em perigo todo o corpo; e é, portanto, de ser tomadas rapidamente aviso de, e parou. É melhor traduzida como "gangrena", como na leitura marginal, do que "câncer".

 

"A palavra" gangrena "é gregoF7, E é derivado por alguns autores da "Gangra" Paphlagonian, uma cabra; sendo o caráter de uma cabra para navegar na grama ao redor, sem deslocamento. É mais correto, talvez, fazê-lo derivar da palavra grega γραω , γραινω , "Manduco", "consumo", eu como, eu consumir. O "gangrena" é uma doença na carne da parte que ele corrompe, consome, e fica preto, espalhando e aproveitando-se das partes adjacentes, e raramente é curada sem amputação. Ao microscópio, uma gangrena foi descoberto para conter um número infinito de pequenos vermes engendradas na carne mórbida; e que continuamente produzindo novas ninhadas, eles enxame, e invadido as partes adjacentes: se a gangrena proceder a uma sphacelation absoluta (ou mortificação), e se sentar em qualquer dos membros, ou partes extremas, deve recorrer-se à operação de amputação'

 

E assim os erros e heresias dos professores falsos verme e propagação, e alimentação para as almas dos homens, e comer as vísceras de religião, ou o que parecia ser tal, e até mesmo destruir a própria forma de piedade; e trazer destruição e morte, onde quer que eles vêm; e quando eles entram em igrejas cristãs, ameaçam a ruína deles; e, por conseguinte, estão a ser combatida com o tempo, e os infectados com eles para ser cortado.

 

Os quais são Himeneu e Fileto ; estes foram alguns dos principais entre os falsos mestres, os principais autores e espalhadores de erro e heresia: a primeira delas é mencionado antes em 1 Timóteo 1:20 , juntamente com Alexander, como culpado de blasfêmia, e que entregue a Satanás para isto. Fileto é um nome grego, bem como o outro, embora às vezes é encontrado em inscrições romanasF8: É muito provável que estes eram tanto na Ásia, e provavelmente em Éfeso, ou próximo a ela, uma vez que o apóstolo menciona pelo nome a Timóteo, que ele poderia tomar cuidado com eles.

 

verso 18

Os quais se desviaram da verdade , .... Ou seja, as duas pessoas que acabamos de mencionar; eles caíram da verdade, apareceu e afastou-se dele; eles não manter as Escrituras da verdade, mas desviaram-los; eles perderam essa marca, e desviaram-se em erros grosseiros e erros; rejeitou o Evangelho, a palavra da verdade, em geral, e particularmente em

 

dizendo que a ressurreição é já passada ; e nenhum outro é para ser esperado; ou que não havia futura ressurreição dos mortos: seu erro foi, como alguns pensam, que não há nenhuma outra ressurreição do que a dos pais em seus filhos, que, embora eles morrem, vivem em sua posteridade; ou que a ressurreição de Cristo e dos santos, que se levantaram ao mesmo tempo; ou melhor, que não há nenhuma outra ressurreição do que o espiritual, ou regeneração, que é uma aceleração dos pecadores mortos, ou a ressurreição deles a partir da morte do pecado, para a vida da graça; que parece ser a conta mais verdadeira de seu princípio, vendo isto é o que foi recebido e propagado por outros desde então; embora alguns tenham pensado que eles deram para a palingenesia dos pitagóricos, que supunham que quando os homens morrem, suas almas vão para outros organismos; e que estes homens imaginado, que tudo isso é a ressurreição que será: e outros foram de opinião que a sua ideia era que enquanto que a libertação dos judeus do cativeiro babilônico é representado por uma ressurreição deles, em Ezequiel 37: 1 que esta é a ressurreição significava foi passado, e nenhum outro a ser procurado; mas o que foi corrigido em cima parece ser a conta mais verdadeiro:

 

e pervertem a fé a alguns ; a versão Etíope lê, "de muitos"; isto é, de professores nominais de religião; não de verdadeiros crentes, pois a verdadeira fé não pode ser derrubado. Daqui se segue,

 

verso 19

No entanto, o fundamento de Deus fica firme , .... Que a fé, que é a fé dos eleitos de Deus, é a operação de Deus, e é o dom da sua graça, e do qual Cristo é o autor e consumador, é firme e inabalável como uma fundação; é sólida e substancial; é a substância das coisas que se esperam; e é permanente e duradouro; ele está certo, sendo apoiado pelo poder de Deus, e mediação prevalente de Jesus Cristo; e por isso não pode ser derrubado por falsos mestres, quando uma fé histórica, ou a fé dos crentes temporários podem: ou a doutrina da ressurreição dos mortos é aqui significava, que se dizia ser passado pelos falsos mestres acima; que é uma doutrina fundamental do Evangelho, sem a qual a pregação é vã, e a fé é vã; e que é uma doutrina de Deus, de pura revelação; e isso vai ser efectuada pelo seu poder: isto está certo sobre o testemunho dos patriarcas, profetas, e de Cristo e seus apóstolos; com a palavra certa e escritos tanto do Antigo e do Novo Testamento; e vai defender o seu chão contra toda a oposição, e terá o seu certo efeito; pois o Senhor Jesus sabe quem é seu distintamente e perfeitamente; nem ele vai perdê-los, nem qualquer coisa que pertença a eles; não os seus corpos, mais do que as suas almas, nem qualquer poeira deles, mas o ressuscite no último dia. Ou então a doutrina da eleição eterna pode ser aqui concebido; que é o fundamento de todas as bênçãos espirituais, de fé e de santidade, de alegria e conforto aqui, e felicidade futura, e até mesmo da salvação completa e eterna; e é de colocação de Deus, e é devido à sua vontade soberana e rica graça livre; e está certo, não no pé das obras, mas sobre a vontade imutável e unfrustrable de Deus; e isso assegura a partir de um engano final total e por falsos mestres, e também na conta podem ser adoptadas as pessoas de Deus de eleger a si mesmos; que são da fundação de Deus, e são tão imóvel quanto o fundamento mais firme que seja, assim como rochas e montanhas, e estar certo sobre a rocha de idades, Cristo Jesus, e jamais perecerão; nem podem ser enganados por falsos cristos e falsos profetas, mas continuará a ser seguro e sadio, quando a fé de sempre tão muitos é subvertida por eles.

 

Tendo este selo: O Senhor conhece os que são seus : a fé é selado e seguro para os eleitos de Deus, pela sua presciência e predestinação deles; de modo que eles certamente tê-lo, e nunca perdê-la, e sua eleição é de acordo com a presciência de-los de Deus; que projeta e não uma previsão de sua fé, santidade e boas obras, assim como os motivos de sua escolha deles; nem uma presciência nua de suas pessoas; mas tal presciência quanto inclui o amor especial para eles, que é distintiva, imutável e eterno; e sendo este um selo aposto a todos os eleitos, mostra a graça de Deus distinguir em sua eleição, o segredo dela, e sua firmeza e irrevocableness, e também a segurança dos escolhidos; coisas que estão sendo seladas, para distinguir uma coisa da outra, e para manter as coisas em segredo, ou para torná-los firme e autêntica. Assim, entre os judeus, os selos foram usados na compra e venda, que poderia ser conhecido o que foi comprado, e para confirmar a compraF9. A inferência a partir desta doutrina confortável é,

 

e deixar todo mundo que profere o nome de Cristo ; "ou do Senhor", como a cópia Alexandrina, e outros, a edição Complutense, a Vulgata Latina, siríaco, e versões árabe ler; isto é, quem quer são chamados pelo nome de Cristo, ou cristãos, ou quem quer que invocai o seu nome: deixá-los

 

partem de iniqüidade ; ambos da iniqüidade doutrinária, os erros e heresias dos falsos mestres acima, o que aumentou a impiedade, e comeu como uma gangrena, e foram a subversão da fé de alguns; e de toda a iniqüidade prática, que esses homens e seus seguidores, especialmente os gnósticos, eram culpados de; e, em geral, quando os homens fazem naufrágio da fé, tiraram uma boa consciência, e o apóstolo também pode significar, que toda essa deve afastar os homens iníquos, de homens se de maus princípios ou práticas, ou ambos, e não têm comunhão com eles, sendo indignos do nome pelo qual eles foram chamados. Alguns referência parece ter-se em Números 16: 5 e assim os falsos professores, e seus seguidores, pode ser comparado a Corá, e sua empresa, e os eleitos de Deus a Moisés, e o povo do Senhor, que foram licitados afastar-se das tendas desses homens ímpios; e quem se manteve firme, claro e seguro, quando a terra se abriu e engoliu as outras.

 

verso 20

Mas, numa grande casa , .... Este simile o apóstolo faz uso de, para mostrar que ele não precisa parecer estranho, nem deve ser angustiante para a mente de ninguém, ao ouvir que os homens de tais princípios e práticas perversas deve estar na igreja de Deus, que estão antes mencionados; uma vez que em cada grande casa ou um palácio, a casa de um nobre, ou o palácio de um rei, há uma variedade de vasos de matéria diferente, e para diferentes usos, e alguns são média, desprezível, e desonrosa; e por isso é na igreja de Deus, porque por esta grande casa, na aplicação do simile, não significou o mundo, como alguns pensam; pois, embora isto é uma casa construída por Deus, que construiu todas as coisas; e é um muito grande e cheio de habitantes, comparável aos navios; e há nele boas e más, como sempre tem sido; no entanto, não é uma coisa surpreendente para qualquer homem, que não deve haver homens maus na mesma; sim a maravilha é, que não deve haver qualquer bom; mas por esta casa destina-se a igreja do Deus vivo, coluna e baluarte da verdade, 1 Timóteo 3:15 ; veja Gill em 1 Timóteo 3:15 .

 

Não há somente utensílios de ouro e de prata ; pessoas que são membros da igreja visível, que são comparáveis a ouro e prata, para o seu valor e valor, e preciosidade aos olhos de Cristo, que lhes suas jóias contas, e tesouro peculiar; e por sua excelência e utilidade na igreja, por causa dessas diferentes dons concedidos a eles; e por seu brilho e pureza, tanto da doutrina e da vida; e para a sua solidez e duração:

 

mas também de madeira e de terra : há outros em um estado igreja visível, que são como a madeira seca, privados da graça de Deus, e são assunto apto para Satanás trabalhar em cima, e por eles levantar e aumentar as chamas de discórdia e divisão, e será o combustível adequado para fogo eterno; e há outros que são sensual e carnal, e mundano, que importam em terra, e as coisas terrenas, e não têm espiritualidade, nem espírito espiritual neles:

 

e outros para honrar ; que são projetados para o serviço honrado, e se comportar honradamente, e são dignos de honra na igreja; são oficiais honoráveis, ou membros na mesma; e são para a honra de Cristo e do Evangelho; e deve, finalmente, desfrutar de honra, glória, imortalidade e vida eterna.

 

E alguns para a desonra ; que estão ao descrédito da igreja, a desonra de religião, e o escândalo do Evangelho; por elas Deus é desonrado, os seus caminhos mal falado, suas doutrinas blasfemado, e seu nome difamado; e quem são eles próprios desonrosa entre os homens agora, e será coberto de vergonha e desprezo eterno seguir.

 

verso 21

Se, pois, alguém se purificar destas coisas , .... Ou seja, se um homem limpa a si mesmo, e mantém-se claro a partir homens como Himeneu e Fileto, que são comparáveis aos navios de madeira e de barro, e que são os infames; se ele evita sua empresa contaminando, e os princípios poluentes; se ele se mantém afastado de suas heresias, e não se empolgue com os erros desses homens ímpios, e não é desenhada de lado pela los em práticas imorais, mas permanece firme na fé, e se afasta da iniqüidade:

 

ele será vaso para honra ; ele vai se manifestar, e parecem ser um vaso escolhido para honrar; e será um membro honorário da igreja aqui, e será homenageado por Cristo a seguir:

 

santificados : ele parece ser um que é separado por Deus, o Pai, e cujos pecados são removidos pelo sangue de Cristo, e quem é santificado internamente pelo Espírito de Deus; de santidade externa brota da santidade interior, e é, uma prova de que:

 

e idôneo para uso do Senhor : o uso e serviço de Cristo, que é o dono da casa; quer para o ministério da palavra, a administração de ordenanças, ou por algum serviço ou de outra, que ele chama ele, e emprega-lo entrar.

 

E preparado para toda boa obra ; que um homem não regenerado não é; ele é todo bom réprobos trabalho; ele não é capaz de realizar boas obras; ele não está preparado para eles, nem pronto para eles; mas um verdadeiro crente, que é regenerado, e santificados pelo Espírito de Deus, ele é criado em Cristo Jesus para boas obras; e tem no desempenho deles certos princípios, objectivos e fins, bem como uma fonte de graça, pelo qual ele está habilitado a fazê-las.

 

verso 22

Foge também das paixões da mocidade , .... significado não concupiscências de impureza, lascívia, e da imundícia; nem qualquer dessas loucuras e vaidades que a idade juvenil normalmente paixões e desejos, depois, para o qual Timothy não estava inclinado; mas tais desejos como estão aptos a prevalecer com jovens ministros do Evangelho, como a glória vã, aplauso popular, procurando ter a preeminência, contendas com, e desprezo dos outros, e assim por diante.

 

E segue a justiça ; a justiça de Cristo; ou fazendo o que é apenas entre homem e homem, e como um só homem iria escolher outro deve fazer com ele; ou melhor, integridade e fidelidade, no ministério da palavra, sem buscar honra dos homens:

 

fé ; tanto como uma doutrina e graça; ou veracidade e verdade na pregação do Evangelho, esforçando-se para isso, e não por meio de ambição e para a preeminência:

 

caridade ; ou amor, a Deus e de Cristo, e ao seu povo; sem o qual todos os presentes e obras são inúteis; e que irá envolver o homem suportar muito, e espero e acredito todas as coisas:

 

a paz com os que invocam o Senhor com um coração puro ; a paz tem de ser prosseguido e seguiu depois com todos os homens, tanto quanto possível, mas especialmente com os santos, os verdadeiros adoradores de Deus; que aproxime-se a ele com corações verdadeiros, e invocam na sinceridade de suas almas: um grande cuidado deve ser tomado para que a paz seja mantida com eles; pois eles têm grande interesse junto ao trono da graça; e Deus está próximo a eles, e ouve suas orações. A cópia Alexandrina lê, "com tudo o que amam o Senhor".

 

verso 23

Mas questões tolas e ignorantes evitar , .... Como não têm sabedoria sólida neles, e são estrangeiros a partir do Evangelho, a sabedoria de Deus em mistério, e não são úteis e pouco edificante; tal deve ser evitado, públicas e privadas; eles não devem ser iniciados no ministério público, nem cumpriram em conversa privada; como sendo indigno de aviso de um ministro do Evangelho sábios e cultos, e inútil para a igreja, e aos seus ouvintes.

 

Sabendo que eles fazem conflitos de gênero ; sobre as palavras, e contendas, que quebram a paz de igrejas, e impedem o lucro das almas, eo progresso do Evangelho.

 

verso 24

E o servo do Senhor não convém contender , .... Por "servo do Senhor" não significa qualquer crente em comum, mas um ministro da palavra, como Timothy era; tal não deveria contendas de palavras, que para nada aproveitam, cerca de meras palavras, e de um modo litigioso, briguenta, e por domínio e não a verdade; embora ele pode, e deve esforçar-se para a fé do Evangelho; este é louvável nele:

 

mas sim ser brando para com todos ; não só para mentes perturbadas e consciências feridas, fornecendo-lhes as promessas e verdades do Evangelho preciosos; e apóstatas, restaurando-os em um espírito de mansidão; mas mesmo para aqueles que contradizem a verdade, ea si mesmos, por instruções leves e amáveis.

 

Apto para ensinar , mostrando uma vontade de instruir o uso ignorante e obstinado, e fazendo de habilidades dadas para o efeito, não obstante todos os desânimos; para que se segue,

 

paciente , ou "tendo o mal"; não só as fraquezas dos fracos irmãos na igreja, e as censuras e perseguições dos homens profanos no mundo; mas também as contradições e oposições dos adversários da verdade, de modo a não ser irritado e provocado, ou para ser desencorajado, e desistir da defesa do Evangelho.

 

verso 25

Instruindo com mansidão os que resistem , .... Para a verdade; resisti-la e negá-lo; ou contradizer algumas outras doutrinas e princípios de deles, ou as Escrituras, que eles se permitiram ser a palavra de Deus, e a regra de fé e prática, e assim são auto-convencido e auto-condenado. Estes estão a ser instruídos, sendo ignorante, e de uma forma suave e gentil, embora muito perversa e obstinada.

 

Se porventura Deus lhes dará arrependimento para conhecerem a verdade : o arrependimento aqui projeta um arrependimento dos erros, em princípio, uma mudança de mente após a condenação, e como as questões em uma confissão livre e ingênua, e o reconhecimento da verdade antes de opostos; e tal arrependimento é dom de Deus: é aquele que abre os olhos do entendimento, e trabalha convicção na mente, e conduz a toda a verdade, como é em Jesus; e induz os homens a se arrependerem de seus erros, confessar seus erros, e possui a verdade; assim como o arrependimento de práticas malignas não é devido ao poder dos homens, nem à influência nua de meios, mas com a graça eficaz de Deus, sendo uma subvenção dele. E, embora isso não seja certo, que Deus vai dar o arrependimento a esses contraditores e blasfemos do seu Evangelho; ainda como é a sua vontade, que todos os seus escolhidos cheguem ao arrependimento, e que alguns de todos os tipos devem ser salvos e cheguem ao conhecimento da verdade; e vendo estas coisas têm sido provocada por baixo e pelo ministério da palavra, é um incentivo para os ministros do Evangelho para continuar suas instruções na forma aqui indicado.

 

verso 26

E que eles podem recuperar-se , .... Ou "acordado", e chegar a si mesmos, e parecem ser sóbrio, e em sã consciência: a metáfora é tirada de homens bêbados, que são cobrados em excesso, e não estão em sua sentidos, e sendo queda stupified dormindo; e como estes são pessoas intoxicadas com erros e heresias, que, quando suas mentes são iluminados, e eles estão convencidos de seus princípios do mal, arrependa-se deles, vir a si mesmos, e reconhecer a verdade, e assim escapar

 

fora do laço do diabo ; para tão desejos carnais e prazeres são os laços e redes, em que Satanás, que pode ser comparado a um passarinheiro, trava algum; assim erros e heresias são aqueles com os quais ele enreda outros: "que são levados cativos", ou "vivo",

 

por ele à sua vontade ; tais são tomadas em suas redes e armadilhas, como criaturas são tomadas vivo, por passarinheiros e caçadores; e eles são mantidos rápido, e tornar-se seus cativos, e seus escravos, e fazer a sua vontade, sendo levado por ele para tudo o que lhe agrada; ele trabalha poderosamente neles, e eles prontamente cumprir com ele, e obedecer aos seus desejos. Embora alguns entendem isso, não da vontade do diabo, mas da vontade de Deus; e que o sentido é que essas pessoas são mantidos em cativeiro por Satanás, contanto que é o prazer de Deus, e não mais; quando a presa é tomada a partir do poderoso, eo cativeiro legal é entregue; e por isso é um incentivo para os ministros da palavra para ir em instruir, esperando que este pode ser o caso. Outros ligar esta frase, "a sua vontade" ou "segundo a sua vontade", como eles de forma diferente torná-lo, com a palavra, "recuperação": e então o significado é que tais, arrependendo-se de seus erros, pode escapar de a armadilha de Satanás, em que foram levados vivos; que para que eles possam fazer a vontade de Deus, com a profissão e retendo suas verdades; ou que o seu arrependimento, recuperação, e escapam da armadilha e cativeiro de Satanás, estão de acordo com a vontade de Deus, e sua boa vontade soberana.

fonte www.avivamentonosul.com