Translate this Page

Rating: 3.0/5 (902 votos)



ONLINE
1




Partilhe este Site...

 

 

<

Flag Counter


Bible comentary comentario biblico 1 Timótio (3)
Bible comentary comentario biblico 1 Timótio (3)

Comentário Completo de Matthew Henry sobre a Bíblia 

1 Timóteo 3 

Introdução

 

Neste capítulo nossos apóstolo trata de igreja-oficiais. Ele especifica, I. As qualificações de uma pessoa para ser admitido para o escritório de um bispo ( 1 Timóteo 3: 1-71 Timóteo 3: 1-7 ). II. As qualificações dos diáconos ( 1 Timóteo 3: 8-101 Timóteo 3: 8-10 ), e de suas mulheres ( 1 Timóteo 3:111 Timóteo 3:11 ), novamente dos diáconos ( 1 Timóteo 3:121 Timóteo 3:12 , 1 Timóteo 3:131 Timóteo 3:13 ). III. As razões de sua escrita a Timóteo, ao que ele fala da igreja e da fundação-verdade professada nele ( 1 Timóteo 3:141 Timóteo 3:14 para o final).

 

versículos 1-7

As duas epístolas a Timóteo, e que a Tito, contêm uma escritura de plano de igreja-governo, ou uma direção para ministros. Timothy, supomos, foi um evangelista que foi deixado em Éfeso, para cuidar daqueles a quem o Espírito Santo tinha feito bispos lá, isto é, os presbíteros, como parece pelo {cf11ul Act 20:28As duas epístolas a Timóteo, e que a Tito, contêm uma escritura de plano de igreja-governo, ou uma direção para ministros. Timothy, supomos, foi um evangelista que foi deixado em Éfeso, para cuidar daqueles a quem o Espírito Santo tinha feito bispos lá, isto é, os presbíteros, como parece pelo {Act cf11ul 20:28}, onde o cuidado da igreja estava comprometido com os presbíteros, e eles foram chamados bispos. Parece que eles foram muito relutante em participar com Paul, especialmente porque ele lhes disse que eles devem ver o seu rosto não mais ({Act cf11ul 20:38}); para a sua igreja era, mas recém-plantada, eles estavam com medo de realizar o cuidado com ele, e, portanto, Paul deixou Timóteo com eles para colocá-las em ordem. E aqui temos o caráter de um ministro do evangelho, cujo ofício é, como bispo, para presidir em uma congregação em particular dos cristãos: Se um homem deseja o episcopado, ele deseja um bom trabalho, {cf11ul 1 Timóteo 3: 1}. Observar,({cf11ul Act 20:38{cf11ul 1 Timóteo 3: 1

 

  1. O ministério é um trabalho. No entanto, o escritório de um bispo pode ser pensado agora uma boa preferment, então, pensava-se um bom trabalho. 1. A estância de uma escritura-bispo é um escritório de nomeação divina, e não da invenção humana. O ministério não é uma criatura do Estado, e é uma pena que o ministro deve ser a qualquer momento a ferramenta do estado. O escritório do ministério foi na igreja perante o magistrado countenanced Cristianismo, para este cargo é um dos grandes dons que Cristo derramou na igreja, {cf11ul Ef 4: 8-11 }. 2. Este escritório de um bispo cristão é um trabalho que exige dedicação e aplicação: o apóstolo representa-a com a noção e caráter de uma obra; não da grande honra e proveito, para os ministros deve sempre olhar mais para o seu trabalho do que a honra ea vantagem de seu escritório. 3. É um bom trabalho, um trabalho da maior importância, e projetado para o bem maior: o ministério é versado sobre quaisquer preocupações mais baixas do que a vida ea felicidade de almas imortais; é um bom trabalho, porque projetado para ilustrar as perfeições divinas em trazendo muitos filhos à glória; o ministério está nomeado para abrir os olhos dos homens, e transformá-los das trevas à luz, e do poder de Satanás a Deus, etc., {cf11ul Act 26:18I. O ministério é um trabalho. No entanto, o escritório de um bispo pode ser pensado agora uma boa preferment, então, pensava-se um bom trabalho. 1. A estância de uma escritura-bispo é um escritório de nomeação divina, e não da invenção humana. O ministério não é uma criatura do Estado, e é uma pena que o ministro deve ser a qualquer momento a ferramenta do estado. O escritório do ministério foi na igreja perante o magistrado countenanced Cristianismo, para este cargo é um dos grandes dons que Cristo derramou na igreja, {cf11ul Ef 4: 8-11}. 2. Este escritório de um bispo cristão é um trabalho que exige dedicação e aplicação: o apóstolo representa-a com a noção e caráter de uma obra; não da grande honra e proveito, para os ministros deve sempre olhar mais para o seu trabalho do que a honra ea vantagem de seu escritório. 3. É um bom trabalho, um trabalho da maior importância, e projetado para o bem maior: o ministério é versado sobre quaisquer preocupações mais baixas do que a vida ea felicidade de almas imortais; é um bom trabalho, porque projetado para ilustrar as perfeições divinas em trazendo muitos filhos à glória; o ministério está nomeado para abrir os olhos dos homens, e transformá-los das trevas à luz, e do poder de Satanás a Deus, etc., {Act cf11ul 26:18}. 4. Deve haver um desejo sincero do escritório em quem seria colocar nele; se um homem desejo, ele deve sinceramente desejo-lo para a perspectiva que ele tem de trazer maior glória a Deus, e de fazer o maior bem para as almas dos homens, por este meio. Esta é a pergunta proposta para aqueles que se oferecem ao ministério da igreja de Inglaterra: ldblquote Você acha que são movidos pelo Espírito Santo a tomar sobre vós este escritório? dblquote

 

  1. A fim de descarga deste escritório, o fazer deste trabalho, o trabalhador deve ser qualificado. 1. Um ministro deve ser inocente, ele não deve situar-se em qualquer escândalo; ele deve dar tão pouco ocasião para culpa como pode ser, porque isso seria um prejuízo de seu ministério e refletiria opróbrio sobre seu escritório. 2. Ele deve ser o marido de uma mulher; não ter dado uma carta de divórcio a um, e depois levado outra, ou não ter muitas esposas de uma vez, como naquela época era muito comum tanto entre judeus e gentios, especialmente entre os gentios. 3. Ele deve ser vigilante e vigilante contra Satanás, o inimigo sutil; ele deve cuidar de si mesmo, e as almas daqueles que estão comprometidos com seu cargo, dos quais ter tomado a supervisão, ele deve melhorar todas as oportunidades de fazer-lhes o bem. Um ministro deveria estar vigilante, porque o nosso adversário, o Diabo vai sobre como um leão que ruge, buscando a quem possa tragar, {cf11ul 1Pe 5: 8}. 4. Ele deve ser sóbrio, temperado, moderado em todas as suas ações, e no uso de todas as criatura confortos. Sobriedade e vigilância são muitas vezes nas escrituras juntos, porque eles mutuamente amizade com um outro: Sede sóbrios e vigilantes. 5. Ele deve ser de bom comportamento, composto e sólida, e não de luz, vão, e espumoso. 6. Ele deve ser dado à hospitalidade, open-handed com estranhos, e pronto para entretê-los de acordo com sua capacidade, como alguém que não colocou seu coração sobre a riqueza do mundo e que é um verdadeiro amante de seus irmãos. 7. apto para ensinar. Portanto, este é um bispo pregar a quem Paulo descreve, aquele que é capaz e disposto a comunicar aos outros o conhecimento que Deus lhe deu, aquele que está apto para ensinar e pronto para assumir todas as oportunidades de dar instruções, que é o próprio bem instruídos nas coisas do reino dos céus, e é comunicativa do que sabe para os outros. 8. Nenhum bêbado, não dado ao vinho. Os sacerdotes não deveriam beber vinho quando iam para o ministério ({Lev cf11ul 10: 8}, {Lev cf11ul 10: 9}), para que não se deve beber e perverter a lei. 9. Nenhum atacante; aquele que não é briguento, nem apto a usar a violência para qualquer, mas faz cada coisa com brandura, amor e gentileza. O servo do Senhor não convém contender, mas sim ser brando para com todos, etc., {cf11ul 2 Timóteo 2:24}. 10. Aquele que não é cobiçoso de torpe ganância, que não faz seu ministério para sujeitar a qualquer projeto secular ou interesse, que não usa média, base, formas sórdidas de conseguir dinheiro, que está morto para a riqueza deste mundo, vidas acima dela, e faz com que pareça que ele é Song of Solomon 11 . ele deve ser paciente, e não um brawler, de uma disposição suave. Cristo, o grande Pastor e Bispo das almas, é assim. Não apto a ser irritado ou briguentos; como não um atacante com as mãos, não um brawler com a língua; de como os homens devem ensinar os outros a governar suas línguas que não fazem consciência de mantê-los sob um bom governo a si mesmos? 12. Não cobiçoso. A cobiça é ruim em qualquer, mas é pior em um ministro, cuja vocação leva-o a conversar tanto com um outro mundo. 13. Ele deve ser alguém que mantém sua família em boa ordem: Que regras bem a sua própria casa, para que ele possa dar um bom exemplo para outros chefes de família a fazer o mesmo, e que ele pode, assim, dar uma prova de sua capacidade de cuidar da igreja de Deus: Pois, se um alguém não sabe governar a sua própria casa, como cuidará da igreja de Deus. Observe, as famílias dos ministros devem ser exemplos de bom a todos os outros famílias. Ministros devem ter seus filhos em sujeição; então é dever dos filhos dos ministros se submeter às instruções que são dadas eles. - . Com toda a gravidade A melhor maneira de manter inferiores em sujeição, é ser sério com eles. Não tendo seus filhos em sujeição, com toda a austeridade, mas com toda a gravidade. 14. Ele não deve ser um iniciante, não um recém-trazido para a religião cristã, ou não aquele que é, mas mesquinhamente instruído em-lo, quem sabe não mais da religião do que a superfície da mesma, para tal pessoa está apta a ser levantada -se com orgulho: os homens mais ignorantes são os mais orgulhosos são: . para que, sendo levantada com orgulho, ele cair na condenação do diabo os demônios caiu pelo orgulho, que é uma boa razão para que devemos tomar cuidado de orgulho , porque é um pecado que transformou anjos em demônios. 15. Ele deve ser de boa reputação entre os seus vizinhos, e sob nenhuma reprovação do ex conversação; para o diabo vai fazer uso dessa para iludir os outros, e trabalhar neles uma aversão à doutrina de Cristo pregada por aqueles que não tiveram um bom relatório.ele deve melhorar todas as oportunidades de fazer-lhes o bem. Um ministro deve estar vigilante, porque o nosso adversário, o Diabo vai sobre como um leão que ruge, buscando a quem possa tragar, {cf11ul 1Pe 5: 8Os sacerdotes não deveriam beber vinho quando iam para o ministério ({cf11ul Lev 10: 8 }, {cf11ul Lev 10: 9 }), para que não se deve beber e perverter a lei. 9. Nenhum atacante; aquele que não é briguento, nem apto a usar a violência para qualquer, mas faz cada coisa com brandura, amor e gentileza. O servo do Senhor não convém contender, mas sim ser brando para com todos, etc., {cf11ul 2 Timóteo 2:24

 

III. No todo, tendo brevemente passou por as qualificações de um evangelho-bispo, podemos inferir, 1. Que grande razão pela qual temos de gritar, como Paulo faz, Quem é suficiente para estas coisas? {Cf11ul 2Co 2:16}. trabalho Hic, opuscf0 hoc - Este é um trabalho de fato. o que a piedade, o que a prudência, que zelo, que coragem, que a fidelidade, o que vigilância sobre nós mesmos, nossas concupiscências, apetites e paixões, e sobre aqueles sob o nosso comando; Eu digo, o santo vigilância é necessária neste trabalho! 2. Não temos o melhor qualificados e os ministros mais fiéis e conscientes apenas motivo para reclamar contra si mesmos, que tanto é necessária por meio da qualificação, e muito trabalho é necessário para ser feito? E, infelizmente! quão longe curta fazer o melhor vir do que deveria ser eo que eles devem fazer! 3. No entanto, deixar que aqueles bendizer a Deus, e ser grato a quem o Senhor permitiu, e contou fiel, pondo-os para o ministério: se Deus tem o prazer de fazer qualquer em algum grau, capaz e fiel, deixá-lo ter o louvor e glória de isto. 4. Para o incentivo de todos os ministros fiéis, temos a palavra da graça de Cristo da promessa, eis que estou convosco todos os dias até a consumação do mundo, {Mat cf11ul 28:20}. E, se ele estar conosco, ele vai caber-nos para o nosso trabalho, em certa medida, nos levará através das dificuldades dele com conforto, graciosamente perdoar nossas imperfeições, e recompensar nossa fidelidade com uma coroa de glória imarcescível, { cf11ul 1Pe 5: 4}{cf11ul 2Co 2:16{cf11ul Mat 28:20 }. E, se ele estar conosco, ele vai caber-nos para o nosso trabalho, em certa medida, nos levará através das dificuldades dele com conforto, graciosamente perdoar nossas imperfeições, e recompensar nossa fidelidade com uma coroa de glória imarcescível, { cf11ul 1Pe 5: 4

 

versículos 8-13

Temos aqui o caráter de diáconos: estes tiveram o cuidado das preocupações temporais da Igreja, isto é, a manutenção dos ministros e provisão para os pobres: eles serviram mesas, enquanto os ministros ou bispos entregaram-se apenas para o ministério da a palavra e oração, {cf11ul Act 6: 2 }, {cf11ul Act 6: 4 }. Da instituição do referido gabinete, com o que deu ocasião para isso, você tem uma conta na {cf11ul Act 6: 1-7Temos aqui o caráter de diáconos: estes tiveram o cuidado das preocupações temporais da Igreja, isto é, a manutenção dos ministros e provisão para os pobres: eles serviram mesas, enquanto os ministros ou bispos entregaram-se apenas para o ministério da a palavra e oração, {Act cf11ul 6: 2}, {cf11ul Act 6: 4}. Da instituição do referido gabinete, com o que deu ocasião para isso, você tem uma conta na {Act cf11ul 6: 1-7}. Agora era requisito que os diáconos devem ter um bom caráter, porque eles eram assistentes dos ministros, apareceu e agiu publicamente, e tinha uma grande confiança depositada neles. Eles devem ser . Sepultura . A gravidade torna-se todos os cristãos, mas especialmente aqueles que estão no escritório na igreja não dobraram de língua; que dizer uma coisa para um e outro lado para o outro, conforme os seus interesses leva-los: a língua de casal vem de um coração duplo; bajuladores e caluniadores são de língua dobre. Não dado a muito vinho; para isso é um grande menosprezo a qualquer homem, especialmente para um cristão, e um no escritório, incapacita os homens de negócios, abre a porta a muitas tentações. Não cobiçosos de sujo lucre; este seria especialmente ruim nos diáconos, que foram encarregados de dinheiro da igreja, e, se eles eram gananciosos e cobiçosos de torpe ganância, seria tentado a desviar-lo e convertê-lo em seu próprio uso que foi destinado ao serviço público. guardando o mistério da fé numa consciência pura, {cf11ul 1Tm 3: 9}. Note, o mistério da fé é melhor realizada em uma consciência pura. O amor prática da verdade é o mais poderoso conservante do erro e da ilusão. Se mantivermos uma consciência pura (tome cuidado de cada coisa que debocha consciência, e nos afasta de Deus), este irá preservar em nossas almas o mistério da fé. Vamos também estes sejam primeiro provados, {cf11ul 1 Timóteo 3:10}. Não é razoável que o público confie deve ser entregue nas mãos de qualquer, até que eles foram primeiro à prova, e considerados próprios para o negócio que estão encarregadas de; a solidez de seus julgamentos, seu zelo por Cristo, ea inocência da conversa, deve ser provado. Suas esposas da mesma forma deve ter um bom caráter ({cf11ul 1 Timóteo 3:11}); eles devem ser de um comportamento honestas, não maldizentes, conto-portadores, levando histórias para fazer o mal e semear a discórdia; eles devem estar sóbrio e fiel em todas as coisas, não dado a qualquer excesso, mas fiel em tudo o que está comprometida com eles. Todos os que estão relacionados com ministros deve dobrar seu cuidado a andar como se torna o evangelho de Cristo, para que, se em qualquer coisa que andam desordenadamente, o ministério ser responsabilizado. Como ele disse, antes de os bispos ou ministros, então aqui dos diáconos, eles devem ser o marido de uma mulher, como não tinha arrumar suas esposas, ao desagrado, e outros casados; eles devem governar seus filhos e suas próprias casas; as famílias dos diáconos devem ser exemplos para outras famílias. E a razão pela qual os diáconos deve ser assim qualificado é ({cf11ul 1 Timóteo 3:13}), pois, embora o ofício de diácono ser de um grau inferior, no entanto, é um passo para o grau mais elevado; e aqueles que tinham servido mesas bem a igreja pode ver a causa depois de descarregar a partir desse serviço, e preferem para servir na pregação da Palavra e na oração. Ou pode ser significado da boa reputação que um homem ganharia por sua fidelidade neste escritório: . Eles vão comprar para si muita confiança na fé que há em Cristo Jesus Observe, 1. Na igreja primitiva havia somente duas ordens de ministros ou oficiais, bispos e diáconos, {cf11ul Phi 1: 1}. Depois de-idades ter inventado o resto. O escritório do bispo, presbítero, pastor, ou ministro, foi confinado à oração e ao ministério da palavra; eo escritório do diácono foi confinado a, ou pelo menos principalmente versado sobre, servindo mesas. Clemens Romanus, em sua epístola aos cristãos ( cap. 42,44), fala muito completa e claramente para o efeito, que os apóstolos, pré-conhecimento, por nosso Senhor Jesus Cristo, de que surjam, na igreja cristã uma controvérsia sobre a nomear episcopado, nomeou os pedidos supracitados, bispos e diáconos. 2. emprego principal é a Escritura-diácono era servir mesas, e não para pregar ou batizar. É verdade, de fato, que Philip fez pregar e batizar em Samaria ( Atos 8 ), mas você leu que ele era um evangelista ({Act cf11ul 21: 8}), e ele pode pregar e batizar e realizar qualquer outra parte do escritório ministerial, em que o personagem; mas ainda o projeto do escritório do diácono foi à mente as preocupações temporais da igreja, tais como os salários dos ministros e fornecendo para os pobres. 3. Várias qualificações eram muito necessário, mesmo para esses oficiais inferiores: Os diáconos devem ser graves, etc. 4. Alguns julgamento deve ser feita das qualificações das pessoas antes de serem admitidos no cargo na igreja, ou ter qualquer confiança que lhes são cometidas: também estes sejam primeiro provados. 5. A integridade ea retidão em um escritório inferior são o caminho a ser preferível a uma estação mais alta na igreja: . Eles adquirirão para si um bom grau 6. Isso também irá dar a um homem muita confiança na fé, ao passo que uma falta de integridade e retidão fará um homem tímido, e pronto para tremer com sua própria sombra. A foge ímpios, sem que ninguém os persiga, mas os justos são ousados como o leão , {cf11ul Pro 28: 1}{cf11ul 1Tm 3: 9{cf11ul 1 Timóteo 3:10 }. Não é razoável que o público confie deve ser entregue nas mãos de qualquer, até que eles foram primeiro à prova, e considerados próprios para o negócio que estão encarregadas de; a solidez de seus julgamentos, seu zelo por Cristo, ea inocência da conversa, deve ser provado. Suas esposas da mesma forma deve ter um bom caráter ({cf11ul 1 Timóteo 3:11as famílias dos diáconos devem ser exemplos para outras famílias. E a razão pela qual os diáconos deve ser assim qualificado é ({cf11ul 1 Timóteo 3:13), Mas você leu que ele era um evangelista ({cf11ul Act 21: 8{cf11ul Pro 28: 1

 

versículos 14-16

Ele conclui o capítulo com uma determinada direção a Timóteo. Ele esperava pouco para chegar a ele, para lhe dar mais orientações e assistência em seu trabalho, e ver que o cristianismo foi bem plantada, e tomou raiz bem, em Éfeso; portanto, ele escreveu o mais brevemente com ele. Mas ele escreveu que ele não deve tardar, Timothy poderia saber como se comportar na casa de Deus, como se conduzir como se tornou um evangelista, e substituto do apóstolo. Observar,

 

  1. Aqueles que estão empregados na casa de Deus deve fazer com que eles se comportam-se bem, para que eles trazem opróbrio sobre a casa de Deus, e o bom nome pelo qual são chamados. Ministros devem se comportar-se bem, e olhar não só para a sua oração e pregação, mas para o seu comportamento: seu escritório se liga-los ao seu bom comportamento, para qualquer comportamento não vai fazer neste caso. Timothy deve saber como se comportar-se, não só na Igreja particular, onde foi agora nomeado para residir por algum tempo, mas ser um evangelista, e substituto do apóstolo, ele deve aprender a se comportar em outras igrejas, onde ele deve, em semelhantemente ser nomeado para residir por algum tempo; e, portanto, não é a igreja de Éfeso, mas a Igreja Católica, que é aqui chamado a casa de Deus, que é a igreja do Deus vivo. Observe aqui, 1. Deus é o Deus vivo; Ele é a fonte da vida, ele é a vida em si mesmo, e ele dá vida, respiração e todas as coisas para as suas criaturas; nele vivemos, e nos movemos, e existimos, Atos 17:25Atos 17:25 , Atos 17:28Atos 17:28 . 2 . A igreja é a casa de Deus, que habita ali; o Senhor escolheu a Sião, para habitar ali. ldblquote Este é o meu descanso, aqui vai habito, pois eu o escolhi; dblquote não podemos ver o poder ea glória de Deus, Salmo 63: 2Salmo 63: 2 .

 

  1. É o grande apoio da igreja, que é a igreja dos vivos Deus, o verdadeiro Deus em oposição aos falsos deuses, mudos e ídolos mortos.

 

  1. Como a igreja de Deus, é a coluna e firmeza da verdade, ou seja, qualquer um, (1.) A igreja em si é a coluna e firmeza da verdade. Não que a autoridade das escrituras depende a da igreja, como os papistas fingir, pois a verdade é a coluna e base da igreja; mas a igreja detém diante na Escritura e na doutrina de Cristo, como o pilar para o qual um anúncio é aposta segura diante da proclamação. Mesmo com os principados e potestades nos lugares celestiais é dado a conhecer pela igreja, a multiforme sabedoria de Deus, Efésios 3 : 10 . (2.) Outros compreendê-lo de Timóteo. Ele, ele não apenas a si mesmo, mas ele como um evangelista, ele e outros ministros fiéis, são os pilares e fundamento da verdade; que é o seu negócio para manter, realizar-se, e publicar, as verdades de Cristo na igreja. Diz-se dos apóstolos que eles pareciam ser as colunas, Gálatas 2: 9 . [1] Vamos ser diligente e imparcial nas nossas próprias investigações depois de verdade; vamos comprar a verdade de qualquer forma, e não pensar muito de qualquer esforço para descobri-lo. [2] Vamos ter cuidado para manter e preservá-lo. ldblquote Compra a verdade, e não a vendas ( Provérbios 23:23 ), não parte com ele em qualquer consideração. dblquote [3] Vamos ter o cuidado de publicá-la e transmiti-la segura e não corrompido até a posteridade. [4] Quando a igreja deixa de ser a coluna e fundamento da verdade, podemos e devemos abandonar ela; para a nossa conta a verdade deve ser maior do que a nossa relação com a igreja; já não são obrigados a continuar na igreja do que ela continua a ser a coluna e fundamento da verdade. Efésios 3:10 Gálatas 2: 9Provérbios 23:23

 

  1. Mas o que é a verdade que as igrejas e ministros são os pilares e fundamentos de? Ele nos diz ( 1 Timóteo 3:161 Timóteo 3:16 ), que sem controvérsia grande é o mistério da piedade. O aprendeu Camero junta isso com o que vem antes e depois ele é executado assim: ldblquote O pilar eo fundamento da verdade, e sem controvérsia grande é o mistério da piedade. dblquote Ele supõe este mistério a ser o pilar, etc. Observe,

 

(1.) O cristianismo é um mistério, um mistério que não poderia ter sido descoberto pela razão ou a luz da natureza, e que não pode ser compreendido pela razão, porque é acima da razão, ao mesmo embora não contrário. É um mistério, não da filosofia ou especulação; mas de piedade, destinada a promover a piedade; e aqui ela ultrapassa todos os mistérios dos gentios. Ele também é um mistério revelado, não fechou e selou; e não deixa de ser um mistério, porque agora, em parte revelado. Mas,

 

(2.) O que é o mistério da piedade? É Cristo; e aqui estão seis coisas a respeito de Cristo, que compõem o mistério da piedade. [1] que Ele é Deus manifestado na carne: Deus foi manifestado na carne. Isso prova que ele é Deus, o Verbo eterno, que se fez carne e foi manifestado na carne. Quando Deus estava a ser manifestada ao homem que estava satisfeito em se manifestar na encarnação do seu próprio Filho: O Verbo se fez carne, João 1:14 . [2] Ele é justificado em espírito. Considerando que ele foi difamado como um pecador, e condenado à morte como um malfeitor, ele foi levantada de novo pelo Espírito, e assim foi justificado de todas as calúnias com a qual ele foi carregado. Ele foi feito pecado por nós, e foi entregue por nossos pecados; mas, sendo levantada de novo, ele foi justificado no Espírito; ou seja, ele foi feito para parecer que seu sacrifício foi aceito, e assim ele ressuscitou para nossa justificação, como ele foi entregue por nossas ofensas, Romanos 4:25 . Ele foi condenado à morte na carne, mas vivificado pelo Espírito, 1 Pedro 3:18 . [3] Ele foi visto dos anjos. Eles adoraram-no ( Hebreus 1: 6 ); que participou da sua encarnação, sua tentação, sua agonia, sua morte, sua ressurreição, sua ascensão; este é muito a sua honra, e mostra o que um interesse poderoso que ele tinha no mundo superior, que os anjos o serviam, pois ele é o Senhor dos anjos. [4] Ele é . Pregado aos gentios Esta é uma grande parte do mistério da piedade, que Cristo foi oferecido aos gentios um Redentor e Salvador; que, enquanto, antes, a salvação era dos judeus, a partição-parede foi agora retirado, e os gentios foram tiradas em. Eu te pus para luz dos gentios, Atos 13:47 . [5.] Que ele foi crido no mundo, para que ele não foi pregado em vão. Muitos dos gentios acolheu o evangelho que os judeus rejeitaram. Quem teria pensado que o mundo, que ficava na maldade, iria acreditar no Filho de Deus, iria levá-lo para ser seu Salvador que foi o próprio crucificado em Jerusalém? Mas, apesar de todos os preconceitos que trabalharam sob, ele foi acreditado em, etc. [6] Ele foi recebido na glória, na sua ascensão. Este fato foi antes de ele se acreditava no mundo; mas é colocado por último, porque era a coroa de sua exaltação, e porque não é apenas a sua ascensão que se destina, mas o seu sentado à direita de Deus, onde ele vive sempre, fazendo intercessão, e tem todo o poder, tanto no céu e da terra, e porque, na apostasia da qual ele trata no capítulo seguinte, sua permanência no céu seria negado por aqueles que pretendem derrubá-lo sobre os seus altares nas bolachas consagradas. Observe-se, primeiro, Aquele que foi manifestado na carne era Deus, realmente e verdadeiramente Deus, Deus por natureza, e não só por isso, escritório, pois isso faz com que ele seja um mistério. Em segundo lugar, Deus se manifestou em carne, carne real. Forasmuch como os filhos participam da carne e do sangue, também ele participou das mesmas, Hebreus 2:14 . E, o que é mais surpreendente, foi manifestado na carne após toda a carne havia corrompido o seu caminho, embora ele próprio era santo desde o ventre. Em terceiro lugar, a piedade é um mistério em todas as suas peças e ramos, desde o início até o fim, da encarnação de Cristo até sua ascensão. em quarto lugar, sendo um grande mistério, devemos sim humildemente adorá-lo, e piedosamente acreditar, do que erguer curiosamente para ele, ou ser muito positiva em nossas explicações do mesmo e determinações sobre ele, mais do que o santas escrituras revelam-nos João 1:14Romanos 4:251 Pedro 3:18Hebreus 1: 6 Atos 13:47 Hebreus 2:14

fonte www.avivamentonosul.com