Translate this Page

Rating: 3.0/5 (902 votos)



ONLINE
5




Partilhe este Site...

 

 

<

Flag Counter


Escola dominical crescer no conhecimento
Escola dominical crescer no conhecimento

         

            ESCOLA DOMINICAL(CRESCER NO CONHECIMENTO)


Originaria dos tempos do Antigo Testamento, evidentemente com uma didática e condições totalmente diferente da nossa, a Escola Dominical subsiste em nossos tempos não com o valor que deveria ser dado, porém mesmo não tendo a abrangência merecida ainda resiste graças ao empenho de líderes que investem nessa área. Também como não poderíamos deixar de mencionar a dedicação de muitos professores que se esforçam para manter acesa essa chama didática tão importante para a Igreja.


É lamentável saber que muitas Igrejas não investem nessa área de ensino e principalmente os líderes das igrejas neopentecostais que ao invés de implantarem a Escola Dominical em suas igrejas, preferem fazer cultos de campanhas que não oferecem qualquer conhecimento bíblico para o povo. Muitos líderes de várias denominações proíbem o povo de estudar teologia, porque na visão deles é melhor manter o povo cego ao conhecimento verdadeiro das Escrituras, pois assim é mais fácil de ser manipulado.


Foi assim com a igreja católica que desde o início do papado e a inquisição eles entenderam que era melhor manter o povo na ignorância das escrituras, e qualquer que fosse pego com um fragmento desta, era condenado a morte. Também os sacerdotes ministravam a missa em latin para que o povo só participasse sem entender nada. As igrejas que levam a sério as coisas do reino de Deus têm Escola Dominical e as que não têm Escola Dominical devem ser vistas com reservas.


       O COMPORTAMENTO DO CRENTE QUE AMA A ESCOLA DOMINICAL


Ele não ignora a convocação ao ensino da palavra - Neemias 8.1 E CHEGADO o sétimo mês, e estando os filhos de Israel nas suas cidades, todo o povo se ajuntou como um só homem, na praça, diante da porta das águas; e disseram a Esdras, o escriba, que trouxesse o livro da lei de Moisés, que o Senhor tinha ordenado a Israel. = Provérbios 15.32 O que rejeita a instrução menospreza a própria alma, mas o que escuta a repreensão adquire entendimento.


Após a conclusão das muralhas de Jerusalém sob a liderança de Neemias, deu-se inicio a outra obra, que era o ensinamento da Palavra. Neemias juntamente com Esdras se uniram vendo a grande necessidade que o povo tinha de voltar a aprender as escrituras. Todo esforço empreendido na reconstrução e organização do templo como também as muralhas reconstruídas, seria totalmente inútil se o povo não voltasse a participar das cerimônias anuais estabelecidas pela lei mosaica. Partindo daí, eles fizeram uma convocação geral para o povo que prontamente atendeu a convocação e se reuniram na praça diante da porta das águas em Jerusalém a fim de receberem o ensino da palavra de Deus.


Em nossos dias infelizmente o povo não é tão unânime em atender a convocação para a Escola Dominical. No domingo pela manhã ao passarmos em frente uma Igreja católica a vemos lotada e não tem estudo é só a missa, nas igrejas neopentecostais também logo cedo está lotada e é culto de campanha dos exploradores da fé e nas igrejas serias que tem a Escola Dominical é só um pouquinho de gente.


Essa é uma das razões que a bíblia diz que os filhos das trevas são mais prudentes que os filhos da luz. É difícil fazer o povo entender que a principal coisa na vida do crente é obter o conhecimento da palavra e aquele que recusa a fazê-lo despreza a si mesmo e negligencia os seus melhores interesses. Todo crente lúcido espiritualmente sempre dará ouvidos às instruções da palavra de Deus para assim caminhar com entendimento pelo caminho da justiça divina. O crente que é consciente e temente a Deus desenvolve coração sensível às instruções divinas.


Ele tem o desejo de ouvir e aprender a palavra - Neemias 8.2 E Esdras, o sacerdote, trouxe a lei perante a congregação, tanto de homens como de mulheres, e todos os que podiam ouvir com entendimento, no primeiro dia do sétimo mês. = Salmos 119.105 Lâmpada para os meus pés é tua palavra, e luz para o meu caminho.


O ensino da palavra não tem exclusividade, ele abrange a todas as idades tanto a homens como a mulheres. Todos se juntaram organizadamente e mostraram uma expectativa desejosa de ouvir as instruções que seriam ministradas. É nesse espírito que o povo deve vir para os cultos de instrução e mais precisamente a escola dominical. Deus é luz, ou seja, a sua palavra fornece essa luz e torna-se ilustradamente uma lâmpada para os nossos pés. Significa que é a palavra que nos dá a direção certa para que a nossa jornada seja bem sucedida. Todos os caminhos da justiça divina e ações serviçais são recomendados pela palavra de Deus. A palavra fornece luz para cada atitude, para cada passo, para cada decisão para que andemos sempre na direção certa.


Ele não mede esforços em ser instruído na palavra - Neemias 8.3 E leu no livro diante da praça, que está diante da porta das águas, desde a alva até ao meio dia, perante homens e mulheres, e os que podiam entender; e os ouvidos de todo o povo estavam atentos ao livro da lei. = 2 Timóteo 3.17 Para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra.É interessante ressaltar o esforço desse povo para ouvir as instruções da lei. Foram cerca de seis horas de ensino bíblico a qual podemos observar que ninguém murmurou quanto à longa duração da reunião.


Também nota-se que todos estavam atentos às instruções do livro da lei. O comportamento desse povo é um grande exemplo para os crentes dos nossos dias. Todos atenderam a convocação, chegaram no horário, se organizaram, não reclamaram do tempo da instrução e não ficaram conversando quando a palavra era ministrada. É preciso entender que a escritura é uma regra perfeita de fé e sua prática foi designada para o homem de Deus, porque é proveitosa para ensinar. Se seguirmos suas orientações visto que foi dada pela inspiração divina alcançaremos uma proveitosa evolução espiritual. A escritura satisfaz a todos esses fins e propósitos. Por isso devemos amar a instrução e valorizar aqueles que se dedicam a esse ministério de ensino.


      O COMPORTAMENTO DO LÍDER QUE AMA A ESCOLA DOMINICAL


Ele procura auxiliares capacitados no manejo da palavra. Neemias 8.4 E Esdras, o escriba, estava sobre um púlpito de madeira, que fizeram para aquele fim; e estava em pé junto a ele, à sua mão direita, Matitias, Sema, Anaías, Urias, Hilquias e Maaséias; e à sua mão esquerda, Pedaías, Misael, Melquias, Hasum, Hasbadana, Zacarias e Mesulão. = 2 Timóteo 2.2 E o que de mim, entre muitas testemunhas, ouviste, confia-o a homens fiéis, que sejam idôneos para também ensinarem os outros.


Esdras escolheu homens capacitados na palavra para estarem cooperando com ele durante a ministração da palavra. Pessoas que são escolhidas para a área de ensino devem obrigatoriamente ter um conhecimento teológico para exercerem essa função. É comum e muito errado separar pessoas a revelia simplesmente para preencher uma função. Se o pastor não tem pessoas que atendam esses requisitos é ele que tem essa incumbência. É lamentável dizer que tem pastor incapaz de dar uma aula de Escola Dominical.


Essa é uma realidade que vivenciamos nos dias de hoje onde qualquer um está abrindo igreja e se intitulando pastor. Pastor que não passou por uma faculdade teológica, está muito longe de ser um pastor. Todo pastor que se preza deve ser capaz de ensinar outros e ser apto para isso. Quem ensina tem grandes responsabilidades diante de Deus, pois vai dar conta a Ele de tudo o que ensinou. A palavra de Deus deve ser transmitida de maneira pura e incorrupta a outros.


Quando há condições de organizar a escola dominical com ensinadores, estes devem ser fiéis, confiáveis e idôneos para ensinar a outros. Existem alguns casos de irmãos que estudam muito a palavra de Deus e desenvolvem uma capacidade superior de ensino, e, é com esses que acontecem algumas injustiças e perseguições. E, isso motivado por ciumeiras de pastor que não quer alguém ensinando a palavra com sabedoria com medo do povo se inclinar para o lado deste, ou de ter que ralar em buscar conhecimento para não ficar para trás.


Ele procura trazer ao povo o conhecimento puro da palavra - Neemias 8.5 E Esdras abriu o livro perante à vista de todo o povo; porque estava acima de todo o povo; e, abrindo-o ele, todo o povo se pôs em pé. = Colossenses 2.8 Tende cuidado, para que ninguém vos faça presa sua, por meio de filosofias e vãs sutilezas, segundo a tradição dos homens, segundo os rudimentos do mundo, e não segundo Cristo;o rolo da escritura foi aberto à vista de todos, para mostrar que o ensinamento seria exclusivamente extraído de algo autêntico.


O povo ficou aproximadamente durante seis horas ouvindo os ensinamentos ministrados por Esdras e seus auxiliares, pois sabiam que o que estavam aprendendo era a pura verdade sem manipulações. Em toda ministração não se pode enfatizar a sabedoria do homem em concorrência com a sabedoria de Deus. O apóstolo Paulo diz que a doutrina do homem é maligna, pois é cheia de fantasias que acabam destruindo a fé; com especulações ou curiosidades que podem até prender a atenção, porém não trazem qualquer benefício para os ouvintes.
Ele procura levar a reunião de ensino com louvor e adoração - Neemias 8.6 E Esdras louvou ao Senhor, o grande Deus; e todo o povo respondeu: Amém, Amém! levantando as suas mãos; e inclinaram suas cabeças, e adoraram ao Senhor, com os rostos em terra. = 2 Pedro 3.18 Antes crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo. A ele seja dada a glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém.


Em uma reunião de ensino também se envolve a adoração ao Senhor e foi isso que Esdras fez. É importante que a reunião de ensino se transforme em uma reunião de bênçãos, louvor e adoração que é algo importante antes da ministração didática, pois não se trata de ensino secular e sim de ensinamentos espirituais. Tem crente que vem para uma reunião de ensino, e não é capaz de dobrar o joelho em oração, como também muitos menos o faz na ministração do louvor e adoração. O caminho estreito que conduz a vida é condicional a obediência de muitos preceitos estabelecidos por Deus

.
É preciso uma submissão a autoridade ensinadora antes de podermos receber de coração todas as verdades do evangelho; e a não submissão implica também em rejeitar a verdade. Se formos afastados da verdade, estaremos afastados do caminho da verdadeira benção, e aí estamos no caminho que conduz a destruição. Precisamos nos aplicar no conhecimento do Senhor e nos esforçar com mais amplitude em conhecê-lo cada vez mais, pois isso nos fará mais semelhantes a Ele.
Ele procura organizar a didática com o melhor para o povo - Neemias 8.7 E Jesuá, Bani, Serebias, Jamim, Acube, Sabetai, Hodias, Maaséias, Quelita, Azarias, Jozabade, Hanã, Pelaías, e os levitas ensinavam o povo na lei; e o povo estava no seu lugar. = Romanos 12.7 Se é ministério, seja em ministrar; se é ensinar, haja dedicação ao ensino.


Esdras colocou ensinadores em grupos para ministrarem ao povo. Isso porque a grande multidão que se ajuntou não teria como ouvir o que era passado do púlpito. Assim também deve ser nas igrejas que comporta grande numero de pessoas. A distribuição do trabalho didático deve ser feita criteriosamente sempre escolhendo pessoas aptas para a área de ensino. Aquele que ensina deve colocar toda a sua fé no trabalho, para gravar as verdades que ensina no seu próprio coração em primeiro lugar.
O grande cuidado de todo aquele que ensina é ministrar a sã doutrina, de acordo com o modelo das sãs palavras. Quem tem habilidade de ensinar e tem se encarregado desse campo apegue-se a ele. Seja regular, constante e diligente no ensino; e permaneça nessa que é a sua função. Se o pastor dividiu o trabalho te dando essa responsabilidade procure se entregar e dedicar a isso para fazê-lo, mas fazê-lo bem.

 MAIS ASSUNTOS:WWW.MAURICIOBERWALDOFICIAL.BLOGSPOT.COM