Translate this Page

Rating: 3.0/5 (931 votos)



ONLINE
1




Partilhe este Site...

 

 

<

Flag Counter

mmmmmmmmmmm


// ]]>


escola dominical exelencia do ensino
escola dominical exelencia do ensino

                                     A EXCELENCIA DO ENSINO BIBLICO 

 

SINÔNIMOS

( ΔΙΔΑΧΉ , ΔΙΔΑΣΚΑΛΊΑ ) 

O LUGAR E FUNÇÃO DE ENSINAR  NO ESTABELECIMENTO DO CRISTIANISMO SÃO FATOS DE GRANDE INTERESSE HISTÓRICO E IMPORTÂNCIA PRÁTICA. QUE A SUA EFICÁCIA, COMO UM INSTRUMENTO PARA A DIFUSÃO DA RELIGIÃO CRISTÃ, FOI RECONHECIDO PELOS DIRIGENTES JUDEUS RESULTA DAS PROIBIÇÕES E PERSEGUIÇÕES COM QUE PROCUROU IMPEDIR QUE OS APÓSTOLOS ENSINAM ING "EM NOME DE JESUS" ( ATOS 4:18 ; ATOS 5:28 ). COMO NO MINISTÉRIO DE JESUS ENSINAM ING OCUPADO UM LUGAR DE DESTAQUE (EM CONJUNTO COM A PREGAÇÃO E CURA), ASSIM TAMBÉM COM OS SEUS SEGUIDORES, FOI UMA DAS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DE SEU TRABALHO EVANGÉLICO. FOI UM INSTRUMENTO ESCOLHIDO PARA A PROPAGAÇÃO DA NOVA RELIGIÃO, E ISSO TENDE A REDUZIR GRADUALMENTE AS VERDADES QUE EXPRIMEM A FÉ DA IGREJA PRIMITIVA DE UM ORGANISMO RECONHECIDO DE DOUTRINA.

A DISTINÇÃO DEVE SER FEITA ENTRE O PROCESSO DE ENSINO  E O OBJECTO DE TEACH ING. PARA FALAR DO " ENSINO DE SÃO PAULO ", POR EXEMPLO, É AMBÍGUA, UMA VEZ QUE" ENSINAR ING "PODE ​​SIGNIFICAR TANTO" INSTRUÇÃO "(O ATO DE TRANSMITIR A VERDADE) OU" DOUTRINA "(O CORPO DA VERDADE TRANSMITIDA). ÀS VEZES, NA VERDADE, O USO BÍBLICO INCLUI AMBOS OS SIGNIFICADOS. O NT EMPREGA DOIS TERMOS PARA ' ENSINAR ING ', VIZ. ΔΙΔΑΧΉ E ΔΙΔΑΣΚΑΛΊΑ . 

DE UM MODO GERAL, O EX-SIGNIFICA O ATO E ESTE ÚLTIMO A SUBSTÂNCIA DO ENSINO ING. ESTA DISTINÇÃO NÃO É FEITA DE MODO APARENTE NA VERSÃO AUTORIZADA , ONDE AMBOS ΔΙΔΑΧΉ E ΔΙΔΑΣΚΑΛΊΑ SÃO GERALMENTE TRADUZIDA COMO 'DOUTRINA', AO PASSO QUE, NA VERSÃO REVISTA ΔΙΔΑΧΉ (QUE OCORRE 16 VEZES) SEMPRE É TRADUZIDA COMO ' ENSINAR ING "( ROMANOS 16:17 VERSÃO REVISADA MARGEM), E ΔΙΔΑΣΚΑΛΊΑ (OCORRENDO 17 VEZES) É PROCESSADO "DOUTRINA" (11 VEZES), " ENSINAR ING "(5 VEZES), E" APRENDIZAGEM "(UMA VEZ). PARA RENDERIZAR ΔΙΔΑΧΉ PELA PALAVRA UM TANTO AMBÍGUA ' ENSINAM ING 'É CONVENIENTE, COMO ELE SEMPRE SIGNIFICA O ATO E, EM MUITOS CASOS O ATO E O CONTEÚDO DA INSTRUÇÃO CRISTÃ, ENQUANTO ΔΙΔΑΣΚΑΛΊΑ MAIS FREQÜENTEMENTE DENOTA O CONTEÚDO SOZINHO, E ESTÁ BEM EXPRESSA POR ' DOUTRINA. " LITERALMENTE ΔΙΔΑΣΚΑΛΊΑ SIGNIFICA "AQUILO QUE PERTENCE A UMA TEACH ER '( ΔΙΔΆΣΚΑΛΟΣ ), E, NO JULGAMENTO DO H. CREMER ( BIBL.-THEOL. LEX. DO NT GREGO 3 , EDIMBURGO, 1880, P. 182), É USADO ' EM SUA MAIOR PARTE NO OBJETIVO, E, PORTANTO, SENTIDO PASSIVO, O QUE É ENSINADO, A DOUTRINA ". QUE O CONTEÚDO DO ENSINO ING É SUGERIDO POR ESTE TERMO RESULTA DO FRASES COMO "PRECEITOS E DOUTRINAS" ( COLOSSENSES 2:22 ), "SÃ DOUTRINA" ( 1 TIMÓTEO 1:10 , 2 TIMÓTEO 4: 3 , TITO 1: 9 ), E ABSOLUTAMENTE "A DOUTRINA" ( 1 TIMÓTEO 6: 1 ; 1 TIMÓTEO 6: 3 , TITO 2:10 ).

1. O TRABALHO DE ENSINAR .

 -A CAPACIDADE DE TRANSMITIR A VERDADE CRISTÃ FOI ENCARADO PELOS MEMBROS DA IGREJA PRIMITIVA COMO UM DOM ESPIRITUAL DA GRAÇA DIVINA. ENSINE ING, PORTANTO, FOI CONTADO ENTRE OS CARISMAS ( ΧΑΡΊΣΜΑΤΑ ) QUE RESULTOU DA AUTO-OUTORGA DE DO ESPÍRITO SANTO, E QUE INCLUIU TAIS PRESENTES COMO PROFECIA, CURA, OPERAÇÃO DE MILAGRES, E "LÍNGUAS" ( ROMANOS 12: 6 , 1 CORÍNTIOS 0:10 E SEG.).

(1) ENSINE ING E PREGAÇÃO

 .-WHILE MENCIONADO EM ESTREITA ASSOCIAÇÃO COM A PREGAÇÃO, O DOM DE ENSINAR ING FOI CONSIDERADO COMO CONFERINDO AO SEU BENEFICIÁRIO UMA FUNÇÃO DISTINTA NO MINISTÉRIO DA PALAVRA. COMO NOS EVANGELHOS NOSSO SENHOR É DESCRITO PELA PRIMEIRA VEZ COMO 'PREGAÇÃO' AS BOAS NOVAS DO REINO ( MARCOS 1:14 ) E DEPOIS COMO ' ENSINAR ING 'SEUS DISCÍPULOS O SIGNIFICADO INTERNO E OS PRINCÍPIOS DO EVANGELHO ( MARCOS 4: 1 ), DE MODO , NO INÍCIO DA IGREJA, PREGANDO UMA COISA E ENSINAR ING OUTRO, EMBORA EM AMBOS OS CASOS, ELES FORAM MUITAS VEZES COMBINADOS ( MATEUS 04:23 , ATOS 05:42 ; ATOS 28:31 ). A PREGAÇÃO FOI PRINCIPALMENTE A PROCLAMAÇÃO DAS BOAS NOVAS DA SALVAÇÃO ATRAVÉS DE JESUS CRISTO, AO PASSO QUE ENSINAM ING FOI A INSTRUÇÃO MAIS CALMO E MAIS SISTEMÁTICA NOS DETALHES DA VERDADE CRISTÃ E DEVER QUE SE SEGUIRAM A CONVOCAÇÃO AO ARREPENDIMENTO E À FÉ SALVADORA. ENQUANTO PREGAVA E ENSINAM ERAM DISTINTOS COMO FUNÇÕES, ELES PODEM, EM ALGUNS CASOS, PELO MENOS, ESTAR UNIDOS NO MINISTÉRIO DE UMA PESSOA ( 1 TIMÓTEO 2: 7 , 2 TIMÓTEO 1:11 ), TANTO MAIS QUE O CONTEÚDO TANTO DA PREGAÇÃO E DA INSTRUÇÃO MAIS ELABORADA FOI NECESSARIAMENTE MUITAS VEZES O MESMO ( ATOS 05:42 ; ATOS 15:35 , COLOSSENSES 1:28 ).

(2) A POSIÇÃO DE ENSINAR  .

NOS MAIS DUAS LISTAS FORMAIS DO DOTADO ESPIRITUALMENTE, DADA PELO ST. PAUL, ' ENSINAR 'ERS SÃO MENCIONADOS DEPOIS DE APÓSTOLOS E PROFETAS ( 1 CORÍNTIOS 12:28 F., EFÉSIOS 4:11 ), E EM UMA LISTA MENOS FORMAL DE FUNÇÕES ESPIRITUAIS " TEACH ING 'É MENCIONADO DEPOIS DE "PROFECIA" ( ROMANOS 12: 6 . F), AO PASSO QUE EM 1 CORÍNTIOS. A "PALAVRA DE SABEDORIA" EA "PALAVRA DE CONHECIMENTO", QUE, JUNTOS, CONSTITUÍRAM CARISMÁTICO ,ENSINO SÃO COLOCADOS ANTES DA PROFECIA ( 1 CORÍNTIOS 12: 8 ; 1 CORÍNTIOS 0:10 ), E 'UM TEACH ING "VEM ANTES DE" UMA REVELAÇÃO "( 1 CORÍNTIOS 14:26 ). PROFECIA ERA UMA FORMA ESPECIALIZADA DE TEACH ING. "A DIFERENÇA ENTRE OS DOIS", DIZ AC MCGIFFERT, "RESIDE NO FATO DE QUE, ENQUANTO A PROFECIA ERA A PRONUNCIAÇÃO DE UMA REVELAÇÃO RECEBIDA DIRETAMENTE DE DEUS, ENSINA ING, ESPECIFICAMENTE CHAMADO, FOI O ENUNCIADO DO QUE UM TINHA GANHADO, PENSAMENTO E REFLEXÃO. O ENSINO PODE SER CONDUZIDO E GUIADO PELO ESPÍRITO, -INDEED, ELE DEVE SER, SE FOSSE PARA SER UM VERDADEIRO TEACH ER E SUA TEACH ING VERDADEIRAMENTE ESPIRITUAL, -MAS O QUE ELE DISSE FOI EM UM SENTIDO REAL A SUA PRÓPRIA "( HISTÓRIA DO CRISTIANISMO NA IDADE APOSTÓLICA , EDIMBURGO, 1897, P. 529). 

ALGUNS PROFETAS FORAM CAPAZES TAMBÉM PARA ENSINAR , MAS NEM TODOS ENSINAM ERS FORAM CAPAZES DE PROFETIZAR. OS APÓSTOLOS TAMBÉM PODE ENSINAR . SÃO PAULO FALA DE SI MESMO COMO NOMEADO PARA SER UM APÓSTOLO E UM ENSINO ( 1 TIMÓTEO 2: 7 , 2 TIMÓTEO 1:11 ). ENSINE , COMO APÓSTOLOS E PROFETAS, VIAJOU CERCA DE UM LUGAR PARA OUTRO, SENDO MUITO HONRADO ( FEZ. IV. 1) E TENDO O DIREITO DE ESPERAR DE APOIO ( IB. XIII. 1-3). ELES NÃO ERAM FUNCIONÁRIOS NOMEADOS POR QUALQUER ÓRGÃO ECLESIÁSTICO. ENSINO  NÃO ERA UM ESCRITÓRIO CLERICAL, POIS ATÉ TÃO TARDE COMO O QUINTO CENTO. LEIGOS SÃO MENCIONADOS COMO ENSINAR ERS ( CONSTITUIÇÕES APOSTÓLICAS , VIII. XXXII.). MAS CONGREGAÇÕES LOCAIS TESTADOS TANTO A MENSAGEM QUANTO O CARÁTER MORAL DESSES INSTRUTORES VISITAM. ENSINE ERS ERAM MAIS PROPENSOS DO QUE OS APÓSTOLOS E PROFETAS PARA SE ESTABELECER EM UM LUGAR, E A REFERÊNCIA A 'PASTORES E ENSINAR ERS "( EFÉSIOS 4:11 ) MOSTRA ESTE TENDÊNCIA NO TRABALHO. NUMA FASE POSTERIOR, FOI UMA DAS QUALIFICAÇÕES DE UM BISPO QUE ELE DEVERIA SER "APTO PARA ENSINAR "( 1 TIMÓTEO 3: 2 ). 

(3) AS LIMITAÇÕES E PERIGOS .

AS MULHERES NÃO TINHAM PERMISSÃO PARA ENSINAR ( 1 TIMÓTEO 2:12 ) -PELO MENOS EM PÚBLICO, EMBORA, APARENTEMENTE, EM HARMONIA COM A 'SAUDÁVEL DE ST. PAUL TEACH ING "( TITO 2: 1 ), FOI ADMISSÍVEL PARA MULHERES COM IDADE PARA DAR INSTRUÇÃO MORAL (EM PARTICULAR, AO QUE PARECE), COMO PARTE DA FORMAÇÃO CRISTÃ DOS JOVENS MULHERES EM TAIS DEVERES COMO O AMOR DE MARIDO E FILHOS, A SOBRIEDADE, A CASTIDADE, E BONDADE ( TITO 2: 4 . F). ADVERTÊNCIAS CONTRA "FALSOS ENSINANOS 'OCORREM COM FREQÜÊNCIA NOS TEMPOS APOSTÓLICOS E SUB-APOSTÓLICOS. DESDE O INÍCIO, JUDAIZANTES PERSEGUIDO OS PASSOS DOS APÓSTOLOS ( ATOS 15: 1 ; ATOS 21:27 F,. GÁLATAS 1: 7 ) PARA PERVERTER O TEACH ING DO EVANGELHO. EM SEGUIDA, A EXISTÊNCIA DE "MUITOS ENSINAM ERS "DENTRO DA IGREJA ( TIAGO 3: 1 ) PROMOVEU UM ESPÍRITO SAUDÁVEL DE RIVALIDADE E FACÇÃO QUE SÓ PODERIA SER ELIMINADO POR UMA DEMANDA POR UMA "BOA VIDA" EM ALGUÉM QUE PROFESSA, COMO ENSINAM ER , A SER "SÁBIOS E ENTENDIDOS" ( TIAGO 3:13 ). EM SEGUIDA, "ESTRANHO ENSINAR SERES 'COMEÇARAM A SE MULTIPLICAR ( HEBREUS 13: 9 ). FALSOS ENSINAR ERS SURGIU, INCENTIVANDO "CONCUPISCÊNCIA DA CARNE" ( 2 PEDRO 2: 2 ; 2 PEDRO 2:18 ), "FORNICAÇÃO" ( APOCALIPSE 2:14 ; APOCALIPSE 02:20 ), "FALSA DOUTRINA" ( 1 JOÃO 2: 28 F., 1 JOÃO 4: 1 . F, 1 TIMÓTEO 1: 3 , 2 TIMÓTEO 4: 3 . F), QUE ESTÁ SENDO SOLICITADO, COM MUITA FREQÜÊNCIA, POR UM AMOR COBIÇOSO DE GANHO ( 2 PEDRO 2: 3 ; 2 PEDRO 2: 14 , TITO 1:11 ).

(4) OS MÉTODOS DE ENSINO  .

INSTRUÇÃO FOI DADA FREQUENTEMENTE COLETIVAMENTE, EM PÚBLICO OU EM PRIVADO, "NO TEMPLO E EM CASA" ( ATOS 05:42 ), NA CONGREGAÇÃO CRISTÃ ( ATOS 11:26 ) E, MAIS GENERICAMENTE NA REUNIÃO PARA EDIFICAÇÃO, COMO ST. PAUL DESCREVE EM DETALHES (1 CORÍNTIOS 14). NESTE ÚLTIMO O TEACH ING VEIO ENTRE O "SALMO" (OU HINO DE LOUVOR) E DA "REVELAÇÃO" PROFÉTICO ( 1 CORÍNTIOS 14:26 ). COMPLEMENTAR TEACH ING FOI DADA PARTICULAR 'DE CASA EM CASA "( ATOS 20:20 ) OU A INDIVÍDUOS ( ATOS 18:26 ). A TRANSMISSÃO DA VERDADE CRISTÃ AOS CATECÚMENOS, QUE ESTAVAM A CONTRIBUIR PARA O APOIO DE SUA ENSINO ( GÁLATAS 6: 6 ), DESENVOLVIDOS NAS IGREJAS MAIS ESTABELECIDOS DE CIDADES E ATÉ MESMO ALDEIAS (EUSÉBIO, HISTÓRIA ECLESIÁSTICA (EUSÉBIO, ETC.) VII. XXIV. 6). MUITAS IGREJAS PASSARAM A TER ESCOLAS REGULARES DE ENSINO ING DOS CATECÚMENOS, O DE ALEXANDRIA SENDO ESPECIALMENTE FAMOSO EM TEMPOS POSTERIORES.

O ENSINO ERA ORAL, COMO REGRA, MAS PODE SER TRANSMITIDA POR MEIO DE EPÍSTOLAS DIDÁTICOS, TAIS COMO AS CONTIDAS NO NT OU AQUELES DE CLEMENTE DE ROMA E INÁCIO, OU FUNCIONA COMO A DIDAQUÉ EO PASTOR DE HERMAS . ALÉM DE UM RECITAL DOS FATOS RELATIVOS À VIDA, MORTE E RESSURREIÇÃO DE JESUS CRISTO ( ROMANOS 1: 3 , F. 1 CORÍNTIOS 15: 1 FF,. GÁLATAS 4: 4 . F), NÃO HAVERIA EXPLICAÇÕES DOUTRINÁRIAS DESSES FATOS, TAIS COMO AS CONTIDAS EM ATOS E AS EPÍSTOLAS. EM SEGUIDA, HOUVE REGISTROS CONFIÁVEIS ​​DE INSTITUIÇÕES COMO O SACRAMENTO CRISTÃO ( 1 CORÍNTIOS 11:23 F.). INSTRUÇÃO TAMBÉM FOI TRANSMITIDA EM 'HINOS E CÂNTICOS ESPIRITUAIS "( COLOSSENSES 3:16 ) E INCLUIRIA "ADMOESTAÇÃO" ( COLOSSENSES 1:28 ), EXORTAÇÃO ( 1 TIMÓTEO 4:13 ; 1 TIMÓTEO 6: 2 ), E ATÉ MESMO A REPREENSÃO E CENSURA ( 2 TIMÓTEO 4: 2 ), CUJA ADMINISTRAÇÃO PEDIU PACIÊNCIA E LONGANIMIDADE, POR PARTE DO ENSINO.

 

(5) DESENVOLVIMENTO HISTÓRICO 

.O LUGAR DE ENSINAR ING NO INÍCIO DA IGREJA SOFREU MODIFICAÇÕES NO DECORRER DO TEMPO. NO ESTÁGIO INICIAL FOI UM POUCO OFUSCADA PELOS DONS SOBRENATURAIS DE PROFECIA E LÍNGUAS. PARA O OUVINTE COMUM, A PRESENÇA E INFLUÊNCIA DO ESPÍRITO FORAM MAIS EVIDENTES NAS REVELAÇÕES DE PROFECIA OU AS EXPRESSÕES DE ÊXTASE DE LÍNGUAS DO QUE NO DISCURSO MAIS CALMO DE ENSINO. CONTRA A TENDÊNCIA DE ATRIBUIR INDEVIDAMENTE, IMPORTÂNCIA PARA A GLOSSOLALIA . PAULO TINHA CEDO PARA FAZER PROTESTO NO INTERESSE DA PROFECIA (1 CORÍNTIOS 14). A SEGUNDA ETAPA FOI ALCANÇADA QUANDO O ENTUSIASMO INICIAL DESPERTADO PELO DISCURSO PROFÉTICO E ÊXTASE ARREFECIDO E FOI DADA MAIOR ATENÇÃO AO ENUNCIADO MAIS SISTEMÁTICA DO ENSINO . O DOM PROFÉTICO FOI ESPORÁDICA, O DE ENSINAR ING FOI CONTÍNUA; O ANTIGO VEIO POR INSPIRAÇÃO MOMENTÂNEA, O ÚLTIMO FOI O RESULTADO DE UMA LONGA EXPERIÊNCIA; E, A LONGO PRAZO ENSINAM ING GANHOU O DIA.

 O EFEITO DA MAIS ESTRITA SUPERVISÃO E ORGANIZAÇÃO COMPLETER TENDIAM (ATÉ CERTO PONTO) PARA INCENTIVÁ-LO. AS MESMAS INSTRUÇÕES DADAS POR SÃO PAULO AOS CORÍNTIOS PARA A REALIZAÇÃO ORDEIRA DAS SUAS REUNIÕES EDIFICAÇÃO DEU PARA ENSINAR ING UMA IMPORTÂNCIA CRESCENTE NO PROCESSO DE EDIFICAÇÃO ESPIRITUAL. NA TERCEIRA ETAPA (PERCEPTÍVEL NO 2º CENT.) A FUNÇÃO DE ENSINAR ING FOI ABSORVIDA NO ESCRITÓRIO DE ADMINISTRAÇÃO E LIDERANÇA. O TEACH ER SUPEROU TANTO O APÓSTOLO E PROFETA, MAS ACABOU POR SER SUBORDINADO AO BISPO, QUE COMBINOU EM SEU ESCRITÓRIO AS FUNÇÕES DE DECISÃO E ENSINAM ING. NOS TEMPOS ANTIGOS, OS APÓSTOLOS, PROFETAS E ENSINAR ERS TINHA AUTORIDADE, PORQUE ELES POSSUÍAM DONS DE DISCERNIMENTO E CONHECIMENTO QUALIFICÁ-LOS PARA DAR ORIENTAÇÕES EM CRENÇA E PRÁTICA. MAS, COMO A NECESSIDADE DE ORGANIZAÇÃO E DISCIPLINA AUMENTO PARI PASSU COM O DECLÍNIO DA EXPRESSÃO INSPIRADA, ENSINAR ING, NUM PRIMEIRO MOMENTO OFUSCADO POR PROFECIA, AGORA PASSOU A SER ABSORVIDA PELA LIDERANÇA, EMBORA TENHA PERMANECIDO UMA FUNÇÃO PERMANENTE NA IGREJA.

2. O CONTEÚDO DA CRISTÃO DO ENSINO. 

O NT EPÍSTOLAS E OS ESPÉCIMES DE INSTRUÇÃO PRESERVADOS EM ATOS INCORPORAR O CONTEÚDO DE CHRISTIAN ENSINAM  DURANTE O PRIMEIRO SÉCULO. A AMPLIAÇÃO E MODIFICAÇÃO DESTA NORMA PRIMITIVA DE CRENÇA E PRÁTICA PODE SER RASTREADA NA DIDAQUÉ , AS EPÍSTOLAS DE CLEMENTE E INÁCIO, E O PASTOR DE HERMAS , NOS ANOS IMEDIATAMENTE SEGUINTES.

A EXPOSIÇÃO DETALHADA E CO-ORDENAÇÃO DO CONTEÚDO DE CHRISTIAN TEACH ING SERÁ ENCONTRADA NOS VÁRIOS ARTIGOS QUE TRATAM DOS ASSUNTOS EM CAUSA. TUDO O QUE PODE SER TENTADO AQUI É CARACTERIZAR AMPLAMENTE A CRISTÃ PRIMITIVA ENSINO COMO UM CORPO DE VERDADE. EM COMPARAÇÃO COM A LITERATURA VARIADA DO MUNDO ANTIGO ERA EXCLUSIVAMENTE DE CARÁTER RELIGIOSO, E EM CONTRASTE COM AS ESPECULAÇÕES FILOSÓFICAS DOS GREGOS E ESCOLAS HELENÍSTICAS QUE ALEGOU SER UM CORPO DE VERDADE REVELADA. 

O CRISTÃO ENSINAM NÃO TANTO DESDOBRAR UMA FILOSOFIA DA RELIGIÃO COMO EXPOR E APLICAR AS VERDADES CORPORIFICADAS E REVELADO EM CRISTO. ELE ENSINOU "EM NOME DE JESUS" ( ATOS 04:18 ; ATOS 5:28 ), ELE USOU AS DOUTRINAS DO A.T, NA MEDIDA EM QUE DEU TESTEMUNHO DE CRISTO, ELE REPETIU O ENSINO DADA POR CRISTO COM A FÓRMULA "LEMBRE-SE DO PALAVRAS DO SENHOR JESUS "( ATOS 20:35 ), ELE CONTINUOU 'EM "DOUTRINA" DOS APÓSTOLOS ( ATOS 2:42 ), E COMO SURGIU OCASIÃO ELE APLICOU OS PRINCÍPIOS SUBJACENTES AO ENSINO ING DE JESUS PARA OS PROBLEMAS DOUTRINAIS E ÉTICOS QUE SURGIU DENTRO DA IGREJA. NAS EPÍSTOLAS MAIS TARDE UMA TENDÊNCIA CONSERVADORA É PERCEPTÍVEL. O CONTEÚDO CHRISTIÃO DO ENSINO VEIO A SER FIXADA E AUTORITÁRIA. ELE FOI CHAMADO DE "O ENSINO "( 1 TIMÓTEO 6: 1 , 2 JOÃO 1: 9 ; CF. APOCALIPSE 22:18 F.) OU A "SÃ DOUTRINA" ( 2 TIMÓTEO 4: 3 ). ST. PAUL CEDO PRONUNCIA UMA ADVERTÊNCIA PARA OS ROMANOS CONTRA PARTIDA 'A DOUTRINA QUE APRENDEU "( ROMANOS 16:17 ), E MAIS TARDE TIMOTIO É CHAMADO DE UM BOM MINISTRO, PORQUE ELE TINHA SIDO "ALIMENTADA NAS PALAVRAS DA FÉ E DA A BOA DOUTRINA "( 1 TIMÓTEO 4: 6 ), E NA QUAL ELE TINHA CONTINUADO.

O CARÁTER GERAL DO CONTEÚDO DO ENSINO ING PODE SER INFERIDA A PARTIR DO FATO DE QUE ELE É DESCRITO ( 1 CORÍNTIOS 12: 8 ) COMO A "PALAVRA DE SABEDORIA" ( ΛΌΓΟΣ ΣΟΦΊΑΣ ) E COMO A "PALAVRA DE CONHECIMENTO" ( ΛΌΓΟΣ ΓΝΏΣΕΩΣ ) . A MENSAGEM DO TEACH ER CONSISTIU DE UM DISCURSO EM QUE OU "SABEDORIA" OU "CONHECIMENTO" ( ΓΝΩ͂ΣΙΣ ) PREDOMINARIA DE ACORDO COM A NATUREZA ESPECIAL DO DOM DE ENSINAR ING AGRACIADO. A DIFERENÇA É DE NOTAR ENTRE A SABEDORIA EA GNOSE. O PRIMEIRO CONSISTIU EM UM CONHECIDO COM "SABEDORIA DE DEUS" ( 1 CORÍNTIOS 1:21 ), OU O PLANO DIVINO DA REDENÇÃO, QUE SÃO PAULO CHAMA EM OUTROS LUGARES "O MISTÉRIO DE DEUS" ( 1 CORÍNTIOS 2: 1 ).

O. PFLEIDERER DESCREVE-O COMO "O CONHECIMENTO DAS VERDADES CRISTÃS ELEMENTARES NA FORMA MAIS SIMPLES E DIRETA DE VERDADE '( PAULINISM , ENG. DE TRADUÇÃO , 2 VOLS., LONDRES, 1877, I. 235). POR OUTRO LADO, O CONHECIMENTO (GNOSIS) VEIO POR INTUIÇÃO E CONSISTIU DE UMA VISÃO SOBRE A VERDADE ATRAVÉS DA ILUMINAÇÃO ESPIRITUAL. EM SABEDORIA CRISTÃ A VERDADE FOI QUE CHEGOU O ENSINO PODERES DO  DE OBSERVAÇÃO E RACIOCÍNIO; NA GNOSE CRISTÃ A VERDADE FOI DADO COMO UM PRESENTE IMEDIATO DO ESPÍRITO. A PRIMEIRA PERMITIU AO ENSINO ER PARA EXPLICAR A VERDADE, O ÚLTIMO QUALIFICOU-O PARA INTERPRETÁ-LA. O CONHECIMENTO DO ENSINO FOI EM GRANDE PARTE UM CONHECIMENTO EXPERIMENTAL COM O PROCESSO DE REDENÇÃO HUMANA ATRAVÉS DE CRISTO ( FILIPENSES 3:10 ). 

A CONTINUIDADE DO NT COM AT O ENSINO NÃO DEVE SER ESQUECIDA. O TEACH ER COMEÇOU COM TAIS VERDADES COMO ERAM COMUNS AO JUDAÍSMO E CRISTIANISMO. A DOUTRINA FUNDAMENTAL DA EXISTÊNCIA, A UNIDADE EA SANTIDADE DE DEUS QUE ELE PODERIA APRENDER COM O AT. ELE SE APROPRIOU DAS CRENÇAS JUDAICAS QUANTO À CRIAÇÃO DO MUNDO E DA NATUREZA E PECAMINOSIDADE DO HOMEM. ELE INSISTIU NAS PRINCIPAIS EXIGÊNCIAS DA LEI MORAL. 

DEPOIS DE DEIXAR PARA O QUE FOI RETOMADO DAS AT E INCORPORADA NO NT, O OBJECTO REMANESCENTE DE ESPECIFICAMENTE CRISTÃO ENSINO CONSISTE EM DOIS ELEMENTOS-DOUTRINÁRIAS E ÉTICAS. 

(1) CONTEÚDO DOUTRINÁRIO .

O ASSUNTO EXCEPCIONAL E SEMPRE RECORRENTE NA INSTRUÇÃO CRISTÃ ERA A PESSOA E OBRA DE CRISTO. DECLARAÇÃO DE SÃO PAULO AOS CORÍNTIOS QUE ELE DETERMINADO A NÃO SABER NADA ENTRE ELES "SENÃO A JESUS CRISTO E ESTE CRUCIFICADO" ( 1 CORÍNTIOS 2: 2 ) ERA VERDADE DE SI MESMO, NÃO SÓ COMO UM PREGADOR, MAS TAMBÉM COMO UM TEACH ER. O ENSINO ÇÃO DE TEMPOS APOSTÓLICOS, SE SOTERIOLOGICAL, ESCATOLÓGICA, OU PRÁTICO, ERA ESSENCIALMENTE CRISTOCÊNTRICA. ENQUANTO O PREGADOR, COMO UM ARAUTO ( ΚΗ͂ΡΥΞ ), FEZ A SUA PROCLAMAÇÃO DE QUE JESUS ERA O CRISTO DE DEUS, E O SALVADOR DA HUMANIDADE, O ENSINO, NA REUNIÃO PARA A EDIFICAÇÃO OU PARA OUVINTES INDIVIDUAIS, TEVE QUE SE DESDOBRAR E EXPLICAR AS VERDADES PROFUNDAS ENVOLVIDO NESTE FATO IMPORTANTE 

A HISTÓRIA DOS ACONTECIMENTOS DA VIDA TERRENA DE JESUS, JUNTAMENTE COM UMA CONTA DE SEU CARÁTER SEM PECADO E SUA MORTE E RESSURREIÇÃO, TIVERAM DE SER DITO ( 1 CORÍNTIOS 15: 1 . FF, 2 CORÍNTIOS 8: 9 , GÁLATAS 4: 4 F .) MUITO DA MESMA FORMA COMO TEM SIDO PRESERVADO PARA NÓS NOS QUATRO EVANGELHOS. MAS AS IMPLICAÇÕES DOUTRINAIS E TEOLÓGICOS DESSES FATOS HISTÓRICOS TIVERAM QUE SER EXPLICITADO PELO APELO TANTO À ESCRITURA E À EXPERIÊNCIA ESPIRITUAL. O EVANGELHO A RESPEITO DE JESUS CRISTO PRECISAVA MUITO EXPOSIÇÃO. A FIM DE QUE OS HOMENS DEVEM INTELIGÊNCIA ACREDITAM QUE JESUS ERA O CRISTO PROMETIDO, TAL COMO COMPROVADO POR SUA RESSURREIÇÃO ', SEGUNDO AS ESCRITURAS "( 1 CORÍNTIOS 15: 4 ), QUE ELE ERA O SALVADOR DOS HOMENS PECADORES ATRAVÉS DA SUA MORTE EXPIATÓRIA NA CRUZ ( ROMANOS 5: 6 ; ROMANOS 5: 8 , 2 CORÍNTIOS 5:18 ; 2 CORÍNTIOS 5:21 ), QUE ELE ERA O CHEFE REDENTOR DA RAÇA HUMANA ( ROMANOS 5:15 , 1 CORÍNTIOS 15:22 ), QUE, ALÉM DISSO, ELE ERA O FILHO ETERNO DE DEUS EO IDEAL CRIATIVO DE TODO O UNIVERSO ( EFÉSIOS 1:10 , COLOSSENSES 1:16 F,. COLOSSENSES 2: 9 ), FOI NECESSÁRIO TEMPO, E OS MÉTODOS DE EXPLICAÇÃO QUE NÃO ESTAVAM À DISPOSIÇÃO DO PREGADOR . PARA O ENSINOER FOI ATRIBUÍDO A IMPORTANTE TAREFA DE EXPOR E COORDENAR AS VERDADES PROCLAMADAS NA PREGAÇÃO DO EVANGELHO. 

AS EXPERIÊNCIAS DE SALVAÇÃO, QUE VEIO AOS CRENTES ATRAVÉS DA SUA FÉ EM CRISTO, EXIGIA A ANÁLISE REFLEXIVA; DAÍ O DESTAQUE DADO NA CHRISTIAN ENSINAM ING COM A DOUTRINA DO ESPÍRITO SANTO. O PRESENTE HISTÓRICO DO DIA DE PENTECOSTES MOSTROU-SE TAMBÉM O PRINCÍPIO DA HABITAÇÃO DO NOVO VIDA DIVINA EM HOMENS REMIDOS ( ROMANOS 5: 5 ; ROMANOS 8:14 , 1 CORÍNTIOS 02:12 , GÁLATAS 4: 5 , EFÉSIOS 3:16 ) . EMBORA O DOGMA DA TRINDADE DIVINA FOI O RESULTADO DE MUITA REFLEXÃO MAIS TARDE, OS ELEMENTOS DE UMA DOUTRINA DA NATUREZA TRÍPLICE DA EXISTÊNCIA DIVINA SURGIU NO TEACH ING DO PRIMEIRO SÉCULO.

O PREGADOR QUE TEM HOMENS CONVOCADOS PARA O ARREPENDIMENTO E FÉ SALVADORA EM CRISTO, O TEACH ER EXIBIU O ESTADO RESULTANTE DA SALVAÇÃO EM MUITOS ASPECTOS. O ASPECTO LEGAL EXIGIDO O ENSINO ER PARA APRESENTAR A VERDADE COMO JUSTIFICAÇÃO EVANGÉLICA; SEUS RESULTADOS REGENERATIVOS LHE PERMITIU FALAR DELE COMO UMA "NOVA CRIAÇÃO". A VIDA FAMILIAR ILUSTROU A BÊNÇÃO COMO ADOÇÃO E POSSE DE CONSCIÊNCIA FILIAL. A DISPENSAÇÃO JUDAICA FORNECIDO TAIS IDÉIAS COMO A "NOVA ALIANÇA" E "SACERDÓCIO REAL", ATRAVÉS DA QUAL NOVA RELAÇÃO DO CRISTÃO COM DEUS PODERIA SER COMPREENDIDO. OBSERVÂNCIAS RELIGIOSAS E CERIMONIAIS NO MUNDO ANTIGO PROPORCIONOU A BASE PARA UMA CONCEPÇÃO NOVA E MAIS ÉTICA DE SALVAÇÃO COMO UNIÃO MÍSTICA COM UMA MORTE E RESSUSCITADO SALVADOR OU COMO SANTIFICAÇÃO ATRAVÉS DO ESPÍRITO SANTO QUE HABITA.

ALÉM DISSO, "AS COISAS QUE ESTÃO POR VIR" OCUPOU UM LUGAR GRANDE, NÃO SÓ NO ENSINO ING DE JESUS, MAS NA DOUTRINA MAIS DESENVOLVIDO DOS APÓSTOLOS. O PREGADOR ANUNCIAVA UMA PARUSIA IMINENTE; ELE EXORTOU SEUS OUVINTES AO ARREPENDIMENTO EM VISTA A CERTA ABORDAGEM DE CRISTO COMO JUIZ; ELE PROCLAMOU A ESPERANÇA DA RESSURREIÇÃO CERTO E DETERMINADO. O ENSINO, POR OUTRO LADO, ENQUANTO INCLUINDO ESTAS GRANDES VERDADES EM SUA INSTRUÇÃO DOUTRINAL, TINHA MUITAS PERGUNTAS PARA ENFRENTAR, TENDO EM CONTA AS FANTASIAS APOCALÍPTICAS E ESPERA TÃO COMUM NO JUDAÍSMO CONTEMPORÂNEO E AS ESPECULAÇÕES GREGAS SOBRE A IMORTALIDADE TÃO AMPLAMENTE PROPAGADA ATRAVÉS DAS ESCOLAS HELENÍSTICAS DE FILOSOFIA RELIGIOSA.

 O PRÓPRIO LAPSO DE TEMPO TROUXE SEUS PROBLEMAS. A ESPERANÇA E FÉ DA IGREJA PRIMITIVA QUE CRISTO ERA IMEDIATAMENTE APAREÇA PEDIU EXPLICAÇÃO EM VISTA DO QUE PARECE ALGUNS UM ADIAMENTO DECEPCIONANTE. ISSO FEZ COM QUE O ENSINE ER UMA INTERPRETAÇÃO MAIS PROFUNDA E ESPIRITUAL DA VERDADE ESCATOLÓGICA. 2 TESSALONICENSES MOSTRA  PAULO, COMO ENSINAM , CORRIGINDO AS ESPERANÇAS DESPERTOU EM SEUS OUVINTES PELA MENSAGEM ESCATOLÓGICA DE SÃO PAULO, COMO PREGADOR ( ATOS 17: 3 , 1 TESSALONICENSES 1:10 ; 1 TESSALONICENSES 4:13 . F). NO CORINTHIANS O APÓSTOLO LIDA COM PROBLEMAS DE IMORTALIDADE INDIVIDUAL LEVANTADA PELO FATO SOMBRIO DE MORTE ENTRE OS CRENTES. EM SEU MAIS TARDE EPÍSTOLAS O ASPECTO CÓSMICO DE "COISAS POR VIR 'SURGE COMO IMPLICADO EM SUA MAIS MADURO E ÚLTIMA ENSINO A RESPEITO DE CRISTO COMO O FILHO ETERNO DE DEUS, QUE EXISTIA ANTES DO UNIVERSO VISÍVEL E EM QUEM TODAS AS COISAS CRIADAS SÃO RECAPITULADAS ( EFÉSIOS 1: 10 F.) E VAI ENCONTRAR SUA CONSUMAÇÃO FINAL NA GLÓRIA ( FILIPENSES 3:20 F., COLOSSENSES 1:13 E SS.). 

 

(2) CONTEÚDO ÉTICO .

AO FALAR DO ' ENSINAR ING DE JESUS "OU" APÓSTOLOS " ENSINAM, 'GERALMENTE É O CONTEÚDO DOUTRINÁRIO OU TEOLÓGICO QUE É PENSADO PRINCIPALMENTE DE, COM A EXCLUSÃO DA PRÁTICA E MORAL. MAS UM ESTUDO CUIDADOSO DOS REGISTROS E AMOSTRAS DE INSTRUÇÃO DE NOSSO SENHOR E DE SEUS SEGUIDORES MOSTRA QUE A PROPORÇÃO DE ÉTICA ENSINO ING É MUITO GRANDE. O INTERESSE HISTÓRICO NA DOUTRINA APOSTÓLICA DESPERTADO ATRAVÉS DE SÉCULOS DE CONTROVÉRSIA TEM OFUSCADO A MORAL ENSINO. EMBORA POSSA ESTAR FORÇANDO AS SUTILEZAS DA TERMINOLOGIA FILOSÓFICA PARA FALAR DAS "ÉTICA DO NT 'COMO SE FOSSE CONSTITUÍDO UM SISTEMA DE PRINCÍPIOS MORAIS E PRECEITOS BASEADOS NA RAZÃO HUMANA, MAS NINGUÉM PODE SER CEGO PARA O CORPO SUBSTANCIAL DE ÉTICA ENSINO  CONTIDA NO NT. NA LITERATURA APOSTÓLICA E SUB-APOSTÓLICA ESTE ENSINO RECEBE EXPOSIÇÃO COMPLETA E EXPLÍCITA. NEM MAIS UMA VEZ QUALQUER UM PODE DESPREZAR A INFLUÊNCIA DE TAL MORAL ENSINO SOBRE OS DESENVOLVIMENTOS POSTERIORES DA CIVILIZAÇÃO HUMANA. 

OENSINO ER NOS TEMPOS APOSTÓLICOS BASEOU SEUS MANDAMENTOS MORAIS COMO CONDUZIR-SE NOS REQUISITOS DA LEI MORAL. MAS HAVIA UM "CAMINHO" DISTINTAMENTE CRISTÃ ( ATOS 9: 2 ) OU O MODO DE VIDA, O QUE FOI ENSINADO E APLICADO PELA CHRISTIAN ENSINO MUITO, DA MESMA FORMA QUE OS RABINOS JUDEUS TRATADOS SUA HALACHÁ. A NORMA AUTORIZADA DE TAL ENSINO  FOI A MORAL ENSINO DE JESUS COMO SENHOR.

 DAÍ  PAULO FALA DE "MEUS CAMINHOS QUE ESTÁ EM CRISTO, ASSIM COMO EU ENSINAR EM TODOS OS LUGARES EM CADA IGREJA "( 1 CORÍNTIOS 04:17 ). EM AVISO AOS EFÉSIOS CONTRA SEUS ANTIGOS VÍCIOS GENTIOS, O APÓSTOLO DIZ: 'VÓS NÃO ME, ASSIM, APRENDER CRISTO; SE É QUE TENDES OUVIDO DELE, E FORAM ENSINADOS NELE "( EFÉSIOS 4:20 ). OS VÁRIOS PRECEITOS, NO ENTANTO, FORAM TODAS AS APLICAÇÕES DO PRINCÍPIO CENTRAL DO AMOR, PORTANTO, "QUE CUMPREM A LEI DE CRISTO" ( GÁLATAS 5:14 ; GÁLATAS 6: 2 ). NEGATIVAMENTE, A ÉTICA CRISTÃ PROIBIDA VICE-ABERTO, COMO A FORNICAÇÃO E EMBRIAGUEZ; EXPÔS A PECAMINOSIDADE DE ERROS ESPIRITUAIS, TAIS COMO ORGULHO E AVAREZA; POSITIVAMENTE, ELE INTIMOU PUREZA, AUTO-CONTROLE, HUMILDADE E ACIMA DE TUDO O AMOR CRISTÃO ( ἈΓΆΠΗ ). O FIM SUPREMO DA PERFEIÇÃO MORAL, DE SANTIDADE, FOI ESTABELECIDO ANTES CRENTES PELOS APÓSTOLOS E ENSINAR ERS, QUE VEMOS NÃO SÓ INSTRUIR CONVERTIDOS EM DOUTRINA, MAS TAMBÉM "ADMOESTANDO A TODO HOMEM E ENSINAM ING TODO HOMEM EM TODA A SABEDORIA, PARA QUE APRESENTEMOS TODO HOMEM PERFEITO EM CRISTO "( COLOSSENSES 1:28 ).

LITERATURE.-ALÉM DAS OBRAS CITADAS ACIMA, VEJA WF ADENEY, ARTIGO ' ENSINE ER, ENSINA- ING, 'EM DICIONÁRIO DE HASTING DA BÍBLIA (5 VOLS) ; TM LINDSAY, A IGREJA E DO MINISTÉRIO NOS PRIMEIROS SÉCULOS 2 , LONDRES, 1903; E. VON DOBSCHÜTZ, VIDA CRISTÃ NA IGREJA PRIMITIVA , ENG. TRADUÇÃO , FAZER DE 1904.; C. VON WEIZSÄCKER, A ERA APOSTÓLICA DA IGREJA CRISTÃ 2 , FAÇA., 1897-1899.

 

FONTE DICIONÁRIO HASTINGS 'DO NOVO TESTAMENTO

mauricio berwald