Translate this Page

Rating: 3.0/5 (931 votos)



ONLINE
4




Partilhe este Site...

 

 

<

Flag Counter

mmmmmmmmmmm


// ]]>


escola dominical metodos de ensino
escola dominical metodos de ensino

 

                                                        Ensino de Discussão 

 

Discussão ensino difere da pergunta e resposta de ensino, principalmente, pelo tipo de questões utilizadas. Em discussão, é o nosso propósito de fazer os alunos a refletir sobre as questões em vez de verbalizar dados memorizados ou repetir respostas certas. Na maioria das vezes Estará em discussão a solução para um problema ou, talvez, a interpretação de um versículo da Bíblia. A discussão também pode ser pensado como uma tentativa de interagir com os outros em direção a chegar a uma solução com base em pensamentos e idéias expressas pelos membros do grupo.

 Na sala de aula cristã, pensamentos e idéias não são meramente opiniões baseadas na experiência pessoal ou talvez preconceito. Pelo contrário, são entendimentos do significado dessas porções da Escritura que têm uma influência sobre o problema em questão. AU esses significados são feitas mais claro para os debatedores pelo ministério do Espírito Santo ("Ele vos guiará a toda a verdade", João 16:13 ).

 Básico para uma boa discussão é um problema que está claramente definido. O problema deve ser limitado no seu âmbito de modo que possa ser compreendido pelos membros do grupo e tratados de modo satisfatório no tempo designado. Quando utilizado como um método de ensino, a discussão não é conduzida para o benefício da terapia, mas sim por uma questão de localizar respostas e soluções.

 Como o grupo se aproxima do problema (s) em mãos, os membros procuram analisar as questões envolvidas, à luz da evidência bíblica *. Possíveis soluções podem ser apresentadas pelos membros do grupo como eles pesar e considerar idéias e pontos de vista. Através deste processo, a linha de raciocínio ou pensamento lógico deveria surgir e levar a uma ou mais soluções para o problema.

 

Estas soluções são examinados para determinar sua validade e implicações. Lembre-se que a discussão não é debater. Não é o objetivo da classe de "ganhar" um argumento ou para estabelecer uma maneira de pensar. Professores e alunos estão engajados em um esforço cooperativo de buscar a verdade, sabendo de antemão que a verdade ea sua aplicação à vida pode ser encontrada na Palavra de Deus.

 

Valores do Método Discussão

 

Ensinar através de discussão utiliza um dos melhores princípios do processo de aprendizagem, ou seja, o envolvimento dos alunos na participação ativa na experiência de aprendizagem. Uma boa discussão vai ajudar os alunos a se expressar verbalmente, cristalizar o seu pensamento em conjunto com o pensamento de seus pares, e desenvolver uma tolerância para aqueles com quem eles podem discordar.

 Pesquisa de gestão nos ensina que as pessoas mudam mais rápida e completamente na proporção da quantidade de interação que eles têm com outras pessoas. As pessoas que tendem a isolar-se física ou mentalmente ficará definido nos seus caminhos e resistir a inovação em suas vidas ou padrões de pensamento. Por outro lado, as pessoas que se envolvem em troca aberta de idéias com outras pessoas vão aprender tanto a existência e validade de outros pontos de vista e mais facilmente moderada, ou talvez até mesmo mudar drasticamente, suas próprias idéias.

 Ensinar através de discussão é uma técnica de motivação, que incentiva o aluno a pensar por meio de conceitos que têm sido nebuloso. Conclusões erradas podem ser corrigidas através da influência do grupo, em vez de as ações unilaterais do professor. Técnicas de resolução de problemas são aprendidas que podem ser aplicadas não só na busca de conhecimento, mas em todos os aspectos da vida. O pensamento criativo também pode ser estimulada.

 A definição discussão também proporciona uma atmosfera que pode aumentar o rapport grupo e camaradagem. A informalidade da situação (quando bem conduzido) permite que os membros do grupo para sentir como as outras pessoas se sentem, e identificação com o grupo começa a emergir. Em uma boa sessão de discussão, logo se descobre que as perguntas que foram incomodando não são únicos, mas são problemas enfrentados por muitos de seus amigos. A humanidade e preocupação do professor vem através de muito mais claramente em uma discussão do que pode em uma palestra.

 Um dos fatores essenciais no processo de comunicação é a obtenção de feedback. Em palestras ou contar histórias do professor depende de feedback não-verbal (a menos que ele pode combinar esses métodos com técnicas dialógicas de apoio). Em discussão, no entanto, se o professor está fazendo as perguntas certas e solicitando pensamento genuíno e expressão honesta por parte da classe, ele vai aprender mais rápido se eles entendem do assunto ou esclarecimento adicional é necessária. Boas perguntas para discussão irá capturar uma mente que pode vagar para mais atraentes pastagens mentais durante uma forma monológica do ensino.

 

Problemas do Processo de Discussão

 

Estudo em grupo pequeno é muito popular na igreja hoje. No entanto, ele retira os nossos propósitos, quando se torna um substituto para , em vez de um suplemento para a proclamação da Palavra de Deus. Alguns querem evitar uma tendência tão perigosa, orientando longe de ensino dialógico completamente. Mas um balanço tão reacionário do pêndulo, também é lamentável. Ensino discussão não tem a degenerar para uma mistura de ignorância. Somente duas coisas são necessárias para evitar este problema: um guia do professor que realmente sabe como usar a Bíblia; e um compromisso por parte dos membros do grupo de pesquisa para respostas bíblicas ao invés de opiniões experienciais para os problemas.

 Outra desvantagem possível para ensinar por discussão é a quantidade de tempo necessário para cobrir qualquer dada quantidade de material. Vai levar mais tempo para ensinar o mesmo material pelo método de discussão do que pelo método expositivo. Por outro lado, os alunos estarão aprendendo a técnica , bem como o conteúdo, e tanto a retenção e níveis de compreensão pode estar significativamente aumentada por causa da participação na interação. Mas a discussão não ter tempo, e o professor que tem a intenção de "ficar sobre a lição" não será tão comprometida com o ensino de discussão como o professor que quer "começar a aula acabou."

 Às vezes, os alunos reticentes ou tímidas podem ser constrangido em uma situação de discussão. Isso pode ser verdade de uma classe inteira de vez em quando se essa classe não teve oportunidade de experimentar técnicas pedagógicas dialógicas. Os professores devem ter cuidado para não humilhar publicamente um estudante, pedindo uma questão extraordinariamente difícil ou forçando seu envolvimento quando ele claramente não desejam participar.

 Divagar ou vagando de o assunto em pauta é outro problema comum em muitas situações de discussão. Aqui, novamente, a liderança do professor é essencial. Às vezes, momentos de ensino irão surgir, e o professor vai deliberadamente permitir a discussão para passear em um bypath que pode parecer rentável para a aprendizagem. Geralmente, no entanto, ele vai manter o grupo sejam desviados.

 Alguns professores se sentem mais seguras com o método expositivo. Se um professor tem apenas um conhecimento superficial do assunto ou tem preparado de forma inadequada, ele será ameaçado pela possibilidade de que os alunos podem fazer perguntas que ele não pode responder. Muitos professores sentem-se inseguros em suas situações de sala de aula e encontrar segurança em um tipo de ensino que lhes permite cumprir rigorosamente "o script" e evitar ter que pensar em seus pés. A maioria dos professores temem discussão, no entanto, porque eles simplesmente não sabem como empregar as técnicas.

 

Uma classe deve ser relativamente pequena, a fim de usar o método de discussão. Para envolver toda a classe com o maior número. possível participação em uma determinada hora, de 20 a 25 alunos é, provavelmente, o número máximo de eficácia. No entanto, existem várias subcategorias de ensino discussão que podem ser utilizados com muito maior número. Estes serão discutidos como métodos de ensino separados neste livro.

 

Princípios para o Ensino discussão efetiva

 

Provavelmente, um dos fatores mais importantes para assegurar uma boa discussão é enquadrar o problema ou questão. Basta levar as pessoas a falar não garante que uma situação de aprendizagem pela discussão genuína está em vigor. Aplicação da verdade bíblica é essencial. As perguntas devem ser formuladas-se para produzir pensou em vez de resposta factual. Muitas boas perguntas do tipo discussão começa com as palavras por que ou como.

 O arranjo da sala é um fator significativo na discussão. Embora seja possível ter discussão eficaz com os participantes em linhas ou bancos, a dinâmica necessárias grupo são mais susceptíveis de ser alcançada através da utilização de um círculo. O professor deve fazer parte do círculo, de estar com os alunos a exercer "a busca cooperativa da verdade."

 Atitudes são muito importantes no ensino discussão. O professor deve ter a disposição de um co-aluno e não o de um professor ou um erudito. Ele deve ser um aguilhão e orientar, em vez de um contador e um transmissor. A atitude de todos os membros do grupo deve ser um dos receptividade e abertura para novas idéias. Eles não devem ter medo de compartilhar idéias, confiante de que ninguém vai rir de suas contribuições ou criticar duramente as suas conclusões.

 Cerca de 10 anos atrás, eu estava realizando uma Conferência de Educação Cristã em uma igreja em downstate Illinois. No último minuto, me pediram para ensinar um adulto jovem de classe da Escola Dominical. Eu decidi tentar uma abordagem dialógica, apenas para ver o que aconteceria. A minha primeira pergunta, "O que você tem de estudar neste trimestre?" Trouxe nenhuma resposta qualquer que seja a partir dos 20 adultos jovens. Eu, então, perguntou: "Será que no Antigo Testamento ou no Novo Testamento?" Eu ainda não obteve resposta. Depois de mais duas ou três perguntas uma senhora na fila de trás timidamente levantou a mão e ofereceu um pedaço de informação. 

Essa classe me comunicava suas idéias do que a Escola Dominical deve ser. Era claramente um lugar onde os alunos se sentou e ouviu enquanto o professor falava. Classes como esta não mudar suas atitudes facilmente nem rapidamente.

 Será essencial para lidar com certos problemas que surgem em situações de discussão. O membro silencioso devem ser encorajados a contribuir. O monopolizador arrogante deve ser limitada em seus esforços para dominar o grupo. Resolver este problema pode exigir algum aconselhamento pessoal fora da própria classtime. Tensão e conflito no grupo pode não ser sempre ruim. Às vezes, esses elementos ajudam a estimular o pensamento.

 Não se esqueça de avaliação. No final do tempo de discussão, o grupo deve medir coletivamente a sua eficácia em alcançar soluções bíblicas para os problemas levantados no início.

 

A técnica em si devem ser avaliados, buscando maneiras em que os procedimentos podem ser melhorados na próxima vez. Às vezes é útil para os membros do grupo para falar sobre como se sentiram quando certas idéias foram introduzidas ou certas conclusões tiradas pelo grupo.

 

 A igreja moderna que emprega o pequeno grupo de discussão na sua organização instrucional vai longe no sentido de estabelecer o tipo de vida em grupo, pessoalmente, focado que deu o Evangelho o seu início no mundo. Educação cristã tem sido eficaz, onde o pequeno grupo foi vitalizado por uma personalidade cristã capaz de comunicar a verdade bíblica para os outros com o calor do espírito e da profundidade de insight.

fonte bible.org

Postado por mauricio berwald