Translate this Page

Rating: 3.0/5 (934 votos)



ONLINE
7




Partilhe este Site...

 

 

<

Flag Counter

mmmmmmmmmmm


// ]]>


Estudo e comentario de livro de Zacarias (7)
Estudo e comentario de livro de Zacarias (7)

Comentário Completo de Matthew Henry sobre a Bíblia

 

Zacarias 7

 

Introdução

Temos feito com as visões, mas não com as revelações deste livro, o profeta não vê mais esses sinais como a tinha visto, mas ainda "a palavra do Senhor veio a ele." Neste capítulo temos, I. Um caso de consciência proposto ao profeta pelos filhos do cativeiro em matéria de jejum, se devem continuar seus jejuns solenes que haviam religiosamente observadas durante os setenta anos de cativeiro, Zacarias 7: 1- 3 . II. A resposta a esta questão, que é dada neste e no próximo capítulo e esta resposta não foi dada de uma só vez, mas por peça-refeição, e, deve parecer, à várias vezes, pois aqui estão quatro discursos distintos que têm tudo deles faz referência a este caso, cada um deles prefaciado com "a palavra do Senhor veio", e ch. viii. 1,18. O método deles é muito observável. Neste capítulo, 1. O profeta acentuadamente repreende-los para os mismanagements de seus jejuns, Zacarias 7: 4-7 . 2. Ele exorta-os a reformar suas vidas, o que seria a melhor maneira de jejum, e para tomar cuidado desses pecados que trouxeram esses julgamentos sobre eles, que eles mantiveram esses jejuns na memória de, Zacarias 7: 8-14 . E, em seguida, no capítulo seguinte, depois de ter procurado a ferida, ele se liga-lo, e cura-lo, com garantias graciosas de grande misericórdia, Deus ainda tinha na loja para eles, pelo qual ele iria transformar seus jejuns em festas.

 

versículos 1-7

Investigação sobre o jejum Hipocrisia reprovadas.     BC 520.

1 E sucedeu que, no ano quarto do rei Dario, que a palavra do L ORD veio a Zacarias, no quarto dia do nono mês, mesmo em Quisleu 2Quando tinham enviado para a casa de Deus Sarezer e Regem-Meleque, e os seus homens, para rezar diante do L ORD , 3 e para dizerem aos sacerdotes, que estavam na casa do L ORD dos exércitos, e aos profetas, dizendo: Devo chorar no quinto mês, com jejum, como I ter feito por tantos anos? 4Então veio a palavra do L ORD dos exércitos veio a mim, dizendo: 5 Fala a todo o povo da terra, e aos sacerdotes, dizendo: Quando jejuastes, e pranteastes, no quinto e no sétimo mês, durante estes setenta anos, acaso ye em tudo rápido para mim, até mesmo para mim? 6 Quando, pois, comeu, e quando vos fiz bebida, não comais por si mesmos, e beber por si mesmos? 7 ye Se não ouvir as palavras que o L ORD tem proferiu por intermédio dos profetas antigos, quando Jerusalém estava habitada e em paz , com as suas cidades ao redor dela, quando os homens habitaram o sul ea planície?

 

Este sermão ocasional, o que o profeta pregou, e que é registrado neste e no próximo capítulo, estava acima de dois anos após o primeiro, em que ele lhes deu um relato de suas visões, como parece, comparando a data do presente ( Zacarias 7 : 1 ), no nono mês do quarto ano de Dario, com a data daquele ( Zacarias 1: 1 ), no oitavo mês do segundo ano de Dario não que Zacarias estava ocioso tudo o que ao mesmo tempo (diz-se expressamente que ele e Ageu continuou profetizando até o templo foi terminado no sexto ano de Dario Ezra 6: 14,15 ), mas durante esse tempo, ele não pregou qualquer sermão que foi posteriormente publicada, e deixou em cima do registro, como este é. Deus seja honrado, seu trabalho feito, e seu interesse servido, de boca em boca, bem como por escrito e inculcando e pressionando o que foi ensinado, assim como pelo avanço algo novo. Agora aqui nós temos,

 

  1. Um caso proposto, relativo jejum. Algumas pessoas foram enviou para consultar os sacerdotes e profetas se eles devem continuar a observar seus jejuns anuais, particularmente que, no quinto mês, como haviam feito. É incerto se o caso foi colocado por aqueles que ainda permaneceram na Babilônia, que, sendo privados do benefício das festas solenes que a ordenança de Deus nomeados eles, fez-se a falta pelos jejuns solenes que providências de Deus os chamou para ou por aqueles que havia retornado, mas viveu no país, como alguns em vez inclinar para pensar, porque eles são chamados os povos da terra, Zacarias 7: 5 . Mas, quanto a isso, a resposta dada aos mensageiros dos judeus em cativeiro pode ser dirigida, não apenas a eles, mas para todas as pessoas. Observe-se,

 

  1. Quem eram os que vieram com este enquiry-- Sarezer e Regem-Meleque, pessoas de certa posição e figura, para que eles vieram com os seus homens, e não acho que abaixo deles, ou qualquer menosprezo a eles, para ser enviado em esta incumbência, mas sim um complemento à sua honra de ser, (1.) atendentes na casa de Deus, para ali fazer o dever e receber ordens. A maior parte dos homens são menos do que o mínimo das ordenanças de Jesus Cristo. (2.) Os agentes para o povo de Deus, para negociar os seus assuntos. Homens de propriedades, com mais de lazer do que os homens de negócios, devem empregar seu tempo no serviço do público, e por fazer o bem, fazem-se verdadeiramente grande os mensageiros das igrejas eram a glória de Cristo, 2 Coríntios 8:23 .

 

  1. Qual o recado era sobre a qual eles vieram. Eles foram enviados talvez não com ouro e prata (como aqueles, Zacarias 6: 10,11 ), ou, se fossem, que não é mencionado, mas sobre os dois grandes recados que deve a todos nós trazer para a casa de Deus, ( 1.) para interceder junto a Deus pela sua misericórdia. Eles foram enviados para orar perante o Senhor, e, alguns pensam que (de acordo com o uso, em seguida), para oferecer sacrifícios, com o qual eles ofereceram suas orações. Os judeus, em cativeiro, orou em direção ao templo (como aparece Daniel 6:10 ), mas agora que era de uma forma justa de ser reconstruído eles enviaram seus representantes para rezar nele, lembrando que Deus havia dito que a sua casa deve ser chamado uma casa de oração para todos os povos, Isaías 56: 7 . Na oração, deve definir-se como diante do Senhor, deve ver seu olho em cima de nós e temos nosso olho para ele. (2) Para consultar a Deus a respeito de sua mente. Nota: Quando nós oferecemos nossos pedidos a Deus deve ser com uma prontidão para receber instruções dele para, se nos desviarmos nosso ouvidos de ouvir a lei, não podemos esperar que nossas orações devem ser aceitáveis para ele. Devemos, portanto, o desejo de habitar na casa do Senhor todos os dias da nossa vida para que consultemos lá ( Salmo 27: 4 ), pedindo, não só, Senhor, que queres fazer por mim? mas, Senhor que queres que eu faça?

 

  1. Quem eles consultado. Eles falavam aos sacerdotes, que estavam na casa do Senhor e aos profetas do antigo fosse um oráculo para os casos comuns, esta última para extraordinário que eles foram abençoados com ambos, e iria tentar se qualquer um poderia familiarizá-los com a mente de Deus em este caso. Note-se, Deus ter dado diversidade de dons aos homens, e toda a lucrar com, devemos fazer uso de todos como há ocasião. Eles não estavam tão apegados aos sacerdotes, seus ministros declarados, como a desconfiar dos profetas, que apareceu, pelos dons dado a eles, bem qualificado para servir a igreja nem mesmo eles eram muito encantado com os profetas como a desprezar os sacerdotes, mas eles falaram tanto aos sacerdotes e aos profetas, e, em consulta tanto, deram glória ao Deus de Israel, e que um Espírito que opera tudo em todos. Deus pode falar com eles, quer por urim ou pelos profetas ( 1 Samuel 28: 6 ), e, portanto, eles não negligenciar qualquer um. Os sacerdotes e os profetas não tinham inveja uns dos outros, nem teve qualquer diferença entre eles não deixar o povo em seguida, fazer diferenças entre eles, mas graças a Deus eles tinham ambos. Os profetas de fato reprovar o que estava errado nos sacerdotes, mas, ao mesmo tempo disse ao povo que o lábios do sacerdote devem guardar o conhecimento, e devem perguntar a lei da sua boca, para ele é o mensageiro do Senhor dos exércitos, Malaquias 2: 7 . Nota, Aqueles que conhecer a mente de Deus deve consultar os ministros de Deus, e em caso de dúvida pedir conselhos daqueles cuja actividade especial é para examinar as escrituras.

 

  1. O que o caso era que desejavam satisfação em ( Zacarias 7: 3 ): . Devo chorar no quinto mês, com jejum, como o tenho feito por tantos anos Observe: (1) O que tinha sido a sua prática passada , não só durante os setenta anos do cativeiro, mas a esta altura, que era vinte anos após a liberdade proclamada eles mantiveram-se jejuns solene declarados para humilhação e oração, que eles religiosamente observada, de acordo como as suas oportunidades eram, em seus armários, famílias, ou tais conjuntos de culto como eles tinham. No caso aqui, eles citar apenas uma, a do quinto mês, mas ao que parece, por Zacarias 08:19 , que eles observaram quatro jejuns aniversário, um no quarto mês ( Junho 17), em lembrança do quebra-se do muro de Jerusalém ( Jeremias 52: 6 ), outro no quinto mês ( de Julho de 4), em memória da queima do templo ( Jeremias 52: 12,13 ), outro no sétimo mês ( de Setembro de 3), em memória de o assassinato de Gedalias, que completou sua dispersão, e outro no décimo mês ( de Dezembro de 10), em memória do início do cerco de Jerusalém, 2 Reis 25: 1 . Agora era muito louvável neles para manter os jejuns, assim, a humilhar-se sob essas providências humilhantes, pelo qual Deus os chamou para chorar e prantear, para assim acomodar-se a seus problemas, e se preparam para a libertação. Seria igualmente um meio de possuir seus filhos prontamente com o devido sentido da mão do Senhor se descarregou contra eles. (2.) Qual foi o seu presente dúvida, se devem continuar esses jejuns ou não. O caso é posto como por uma única pessoa: Devo chorar? Mas foi o caso de muitos, e a satisfação de um seria uma satisfação para o resto. Ou talvez muitos deixara-lo, mas o perguntador não será determinado pela prática de outros, se Deus vai tê-lo continuá-lo, ele vai, tudo o que os outros fazem. Seu jejum é descrito por seu choro, separando-se. Um jejum religioso deve ser celebrado, não só pela abstinência, aqui chamado de separar-nos dos confortos legais comuns da vida, mas por uma piedosa tristeza pelo pecado, aqui expressa por choro. "Devo ainda manter esses dias para afligir a alma , como tenho feito por tantos anos? " Diz-se ( Zc 7: 5 ) para ser setenta anos, calculado a partir do último cativeiro, como antes, Zc 01:12 . A investigação sugere uma prontidão para continuá-lo, se Deus assim nomear, embora se trate de uma mortificação para a carne. [1] Algo está a ser dito para a continuação destes jejuns. Jejum e oração são um bom trabalho, a qualquer momento, e fazer o bem, temos sempre tanto causar o suficiente e precisa o suficiente para nos humilhar diante de Deus. Para jogar fora esses jejuns seria uma evidência de seu ser muito seguro, e uma causa de seu ser mais assim. Eles ainda estavam em perigo, e sob os sinais de descontentamento de Deus e não é prudente para o paciente a interromper o seu curso de física enquanto ele é sensível de tais restos de sua enfermidade. Mas, [2] Há algo a ser dito para a queda locação desses jejuns. Deus mudou o método de suas providências a respeito deles, e retornou em formas de misericórdia para com eles e não convinha que, em seguida, para alterar o método das suas funções? Agora que o noivo voltou, por que os filhos da noiva jejuar? Cada coisa é bela em sua temporada. E quanto ao jejum do quinto mês (que é que eles particularmente perguntar sobre), que, sendo mantido em memória da queima do templo, pode parecer a ser substituído em vez de qualquer um dos outros, porque o templo estava agora em uma forma justa de ser reconstruído. Mas, depois de muito tempo manteve-se tão rápido, que não iria deixá-lo fora sem orientação e sem perguntar e saber a mente de Deus no caso. Note, um bom método de serviços religiosos, que temos encontrado benéfico para nós e os outros, e não deve ser alterado sem uma boa razão, e, portanto, não sem deliberação madura.

 

  1. Uma resposta dada a este caso. Deve parecer que, embora a questão parecia bastante plausível, aqueles que propôs não fosse consciente nele, pois eles estavam mais preocupados com a cerimônia do que sobre a substância que parecia se orgulhar de seu jejum, e a censurar a Deus Todo-Poderoso com ele, que ele não tinha mais cedo devolvido em misericórdia para com eles "para nós tê-lo feito por tantos anos. " Como aqueles, Isaías 58: 3 , Por que temos nós jejuado, e tu não atentas para isso? E alguns pensam que incredulidade e desconfiança em relação às promessas de Deus, estavam no fundo do seu inquérito para, se lhes tinha dado o crédito que foi devido a eles, eles precisavam de não duvidar, mas que seus jejuns deve ser posto de lado, agora que a ocasião deles tinha acabado. E, portanto, a primeira resposta à sua pergunta é uma censura muito forte de sua hipocrisia, dirigido, não só para os povos da terra, mas para os sacerdotes, que haviam criado esses jejuns, e talvez alguns deles foram para mantê-los up , para servir a algum propósito do seu próprio. Deixe-os tomar notar que, enquanto eles pensavam que tinham feito muito a Deus seu devedor por esses jejuns, eles eram muito enganado, pois eles não eram aceitáveis para ele, a menos que eles tinham sido observados em uma maneira melhor e para melhor efeito.

 

  1. O que eles fizeram o que era bom não foi feito corretamente ( Zacarias 7: 5 ): . Você jejuou e lamentou Eles não imputáveis com a omissão ou negligência do dever, embora fosse desagradável para o corpo (teus jejuns eram continuamente diante mim, Salmo 50: 8 ), mas eles não tinha conseguido-los corretamente. Nota, Aqueles que vêm para obter informações do seu dever deve estar disposto primeiro a ser informado das suas falhas. E aqueles que parecem zelo pelo lado de fora de um dever deve examinar-se fielmente se eles têm o respeito que deveria ter para o interior do mesmo. (1.) Eles não tinha um olho para Deus em seu jejum: ? Será que você em tudo rápido para mim, até mesmo para mim Ele apela às suas próprias consciências eles vão testemunhar contra os que não tinham sido sincero em que, muito mais vontade Deus, que é maior do que o coração e conhece todas as coisas. Você sabe muito bem que você não fez nada rápido para mim em jejum fez você rápido para mim? Não havia a carcaça e forma do direito, mas nenhum da vida, e alma, e do poder dela. Foi para mim, até mesmo para mim? A repetição sugere que uma grande quantidade de stress é colocado sobre este como o assunto principal, na medida em que e outros santos exercícios, que ser feito para Deus, até mesmo para ele, com um olho para o seu palavra como nossa regra, ea sua glória como o nosso fim, em si, buscando agradá-lo e obter o seu favor, e estudiosa pela sinceridade da nossa intenção de aprovar-nos a ele. Quando isso foi querendo cada rápido era apenas uma brincadeira. Para rápido, e não rápido a Deus, foi a zombar dele e provocá-lo, e não podia ser agradável a ele. Aqueles que fazem o jejum um manto para o pecado, como Jezebel de rápido, ou por ela fazer o seu tribunal para os homens para os aplausos, como os fariseus, ou que o descanso em expressões exteriores de humilhação enquanto seus corações estão unhumbled, como Acabe, eles rápido para Deus, até mesmo para ele? É este o jejum que Deus escolheu? Isaías 58: 5 . Se as solenidades de nosso jejum, embora frequente, longa e severa, não servem para colocar uma vantagem sobre afetos devotos, para acelerar a oração, para aumentar a tristeza segundo Deus, e para alterar o temperamento de nossas mentes e o curso de nossas vidas por o melhor, eles não em tudo responder a intenção, e Deus não vai aceitá-los como realizado para ele, até mesmo para ele. (2.) Eles tinham o mesmo olho para si mesmos em seu jejum que eles tinham em seu comer e beber ( Zacarias 7: 6 ): " Quando você comeu, e quando o fez beber, em outros dias (ou melhor, talvez em seu fast-dia, na observação do que você poderia, quando você viu causa, dispensar-vos e dar uma liberdade para comer e beber), não foi comer para si mesmos e bebeis? você nem sempre feito como você teve uma mente-vos? por que, então agora você fingir um desejo de conhecer a mente de Deus? em suas festas religiosas e ações de graças que você não tinha mais um olho para Deus do que em seus jejuns. " Ou melhor, ele se refere a suas refeições comuns que eles não mais se projetar a honra de Deus no seu jejum e oração do que eles fizeram em seu comer e beber, mas eu ainda era o centro em que as linhas de todas as suas ações, natural, civil e religiosa se encontravam. Eles não precisavam estar em tal cuidado sobre a continuação de seus jejuns, a menos que eles tinham mantido melhor. Nota: Nós perder o nosso fim em comer e beber quando comemos a nós mesmos e beber a nós mesmos, ao passo que devemos comer e beber para a glória de Deus ( 1 Coríntios 10:31 ), que nossos corpos podem estar apto para servir as nossas almas em seu serviço.

 

Desfeita 2. A principal coisa boa eles deveriam ter feito foi deixado ( Zacarias 7: 7 ): " ? Se você não ouvir as palavras que o Senhor proferiu por intermédio dos profetas antigos Sim, que você deveria ter feito em seus dias de jejum-lo não foi suficiente para chorar e apartai-vos em seus dias de jejum, em sinal de sua tristeza para os julgamentos que estavam debaixo, mas você deveria ter procurado as escrituras dos profetas, que você pode ter visto o que era a base da controvérsia de Deus com seus pais, e poderia ter tomado aviso por suas misérias não pisar as pegadas de suas iniqüidades. você pergunta: vamos fazer o que temos feito, em jejum? não, você deve fazer o que você ainda não tenha feito, você deve se arrepender de seus pecados e reformar você vive. Isto é o que hoje chamamos de você, e é o mesmo que os antigos profetas chamados seus pais para. " Para afetar-lhes a mais com o mal que o pecado tinha feito eles, para que pudessem ser levados a arrepender-se, ele coloca-los em mente do antigo estado florescente do seu país: Jerusalém foi então habitada e próspera, que agora está desolado e em perigo. As cidades em redor, que estão agora em ruínas, foram então habitada também e em paz. O país da mesma forma era muito populosa: Homens habitavam o sul da planície, que não foi de todo fortificada, e ainda assim eles viveram em segurança, e que era frutífera, e assim eles viveram abundantemente. Mas então Deus pelos profetas clamou a eles, como um a sério, e importuna com eles, para alterar as suas formas e feitos, ou então a sua prosperidade logo estaria no fim. "Agora", diz o profeta, "você deve ter tomado conhecimento disso, e se inferir que o que era exigido deles para a prevenção dos julgamentos, e que eles não o fizeram, é exigido de você para a remoção dos julgamentos e , se você fizer isso não, todos os seus jejuns, lágrimas significam nada. " Note, As palavras dos profetas posteriores concordam com os da primeira, e, se as pessoas estão na prosperidade ou adversidade, eles devem ser chamados a deixar seus pecados e fazer o seu dever isso ainda deve ser o motivo de cada cântico.

 

versículos 8-14

A desobediência intencional das consequências Israel de desobediência.          BC 520.

8 E a palavra do L ORD veio a Zacarias, dizendo: 9 Assim falou o L ORD dos Exércitos, dizendo: Executai juízo verdadeiro, e misericórdia mostrai e compaixões cada um ao seu irmão: 10 e não oprimais a viúva, nem o órfão , o estrangeiro, nem o pobre e nenhum de vós pense mal contra o seu irmão em seu coração. 11 Mas eles não quiseram escutar, e me deram o ombro, e taparam os ouvidos, para que não ouvissem. 12Yea, fizeram os seus corações como pedra de diamante, para não ouvirem a lei, nem as palavras que o L ORD dos exércitos o enviara pelo seu Espírito mediante os profetas antigos; por isso veio a grande ira do L ORD dos exércitos. 13Therefore é vir a passar, que enquanto ele chorava, e eles não quiseram ouvir que eles clamaram, e eu não ouvi, diz o L ORD dos exércitos: 14Mas os espalhei com um turbilhão por entre todas as nações que eles não conheceram. Assim, a terra foi assolada atrás deles, de sorte que ninguém passava por ela, nem voltava; porquanto fizeram da terra desejada uma desolação.

 

O que foi dito Zacarias 7: 7 , que deveria ter ouvido as palavras dos profetas antigos, é aqui ampliado em cima, para advertir a estes inquiridores hipócritas, que continuaram seus pecados quando perguntaram com grande precisão se devem continuar seus jejuns. Este profeta tinha antes de colocá-los em mente de seus pais 'desobediência aos apelos dos profetas, e qual foi a consequência dela ( Zacarias 1: 4-6 ), e agora aqui novamente para outros "danos devem ser nossos avisos. Juízos de Deus sobre o antigo Israel por seus pecados foram escritas para advertência para nós, cristãos ( 1 Coríntios 10:11 ), eo mesmo uso que deve fazer de providências semelhantes em nossos dias.

 

  1. Este profeta aqui repete as cabeças dos sermões que os antigos profetas pregando aos seus pais ( Zacarias 7: 9,10 ), porque as mesmas coisas foram necessários deles agora. "Assim o Senhor dos Exércitos falar com você agora, e assim ele falou com seus pais, dizendo: Executai juízo verdadeiro. " Os direitos aqui que lhes são exigidas, o que teria sido o alongamento da tranquilidade de seus pais e deve ser o restabelecimento da sua tranquilidade, não estão mantendo jejuns e oferecendo sacrifícios, mas fazendo com justiça e misericórdia amorosa, deveres que eles estavam ligados a pelo a luz ea lei da natureza, embora não tivesse havido profetas enviados a insistir sobre eles, os direitos que tinham uma tendência direta com o bem-estar público e paz, e que eles próprios seriam os ganhadores por, e não Deus. 1. Os magistrados devem administrar a justiça com imparcialidade, de acordo com as máximas da lei e os méritos da causa, sem acepção de pessoas: " juiz julgamento da verdade, e executá-lo quando você julgou-lo." 2. Os vizinhos devem ter uma preocupação concurso para o outro, e não deve apenas fazer um ao outro nada de errado, mas deve estar pronto para fazer uns aos outros todos os bons ofícios que se encontram em seu poder. Eles devem mostrar misericórdia e compaixão cada um para com seu irmão, conforme o caso chamou por ele. As fraquezas dos outros, bem como as suas calamidades, devem ser encarados com compaixão. Hanc veniam petimusque damusque vicissim - Esta bondade pedimos e exercício. 3. Eles não devem apresentar dura sobre aqueles a quem eles têm vantagem contra, e que, sabem, não são capazes de ajudar a si mesmos. Eles não devem, nem no comércio ou em vias de lei, oprimir a viúva, o órfão, o estrangeiro, nem o pobre, Zacarias 07:10 . O mais fraco não deve ser empurrado para a parede, porque eles são mais fracos. Não graças a homens para não negar o direito para aqueles que estão em uma capacidade de exigi-lo e recuperá-lo, mas devemos, não só para a ira, mas também por causa da consciência, dar aqueles seu próprio que não têm poder para forçá-lo a partir de nós . Ou ele dá a entender que o que é, mas a exatidão com os outros é exaction sobre as viúvas e os órfãos ou melhor, que não aliviar e ajudá-los como deveríamos é, com efeito, oprimi-los. 4. Eles devem não só não fazem mal a qualquer, mas eles devem não tanto como desejá-lo, nem pense nisso: " . Que nenhum de vós pense mal contra o seu irmão em seu coração Não projetá-la não gostaria que nay fazer não tanto como agradar a si mesmo com a fantasia de que ". . A lei de Deus estabelece uma restrição sobre o coração, e proíbe o entretenimento, proíbe a admitir, de um pensamento malicioso, maldoso, mal-humorada Deuteronômio 15: 9 , Cuidado que há não ser um pensamento no teu coração Belial com teu irmão .

 

  1. Ele descreve a obstinação e desobediência de seus pais, que persistiram em todos os tipos de maldade e injustiça, não obstante estas exortações e admoestações frequentemente dado a eles em nome de várias expressões de Deus a este significado está aqui amontoados ( Zacarias 7: 11,12 ), estabelecendo diante da teimosia do que a mente carnal que é inimizade contra Deus, e não está em sujeição à lei de Deus, nem mesmo pode estar. Eles foram obstinado e refratário, e persistiu em suas transgressões da lei puramente de um espírito de contradição a lei. 1. Eles não seria, se eles poderiam ajudá-lo, vêm dentro de audição dos profetas, mas manteve a distância ou, se não pudessem evitar ouvir o que eles disseram, mas eles resolveram que não iria dar-lhe atenção: Eles não quiseram escutar, e olhou outra maneira, como se não tivesse sido falado. 2. Se eles fizeram ouvir o que foi dito a eles, e, ao que parecia, inclinado em primeiro lugar para lhe dar cumprimento, mas eles voaram quando ele veio para a configuração para, e, como um novilho ainda não domado, eles puxaram deram o ombro, e não se submeter ao jugo suave eo fardo leve dos mandamentos de Deus. eles deram um ombro retirada (de modo a palavra é) eles pareciam colocar o ombro para o trabalho, mas que actualmente retirou-lo novamente, como aqueles Jeremias 34: 10,11 . Eles eram como um arco enganador, como aquele filho que disse: Eu vou, senhor, mas não foi. 3. . Eles encheram suas próprias mentes com preconceitos contra a palavra de Deus, e tinha alguma objeção ou outra com a qual pronto para fortificar-se contra todos os sermões que ouvi Eles taparam os ouvidos, para que não ouvissem, como a víbora surda ( Salmo 58: 4 ), e nenhum é tão surdo como aqueles que não vai ouvir, que fazem a sua própria orelha pesado, como a palavra é. 4. Eles resolveram que nada que foi dito a eles, para pôr em prática essas liminares, deve fazer qualquer impressão sobre eles: Eles fizeram os seus corações como inflexível-pedra, como um diamante, o mais difícil de pedras a ser feito em cima, ou como um sílex, que o pedreiro não pode talhar em forma quanto ele pode outra pedra da pedreira. Nada é tão difícil, tão unmalleable, de modo inflexível, como o coração de um pecador presunçosa e aqueles cujos corações são difíceis podem agradecer a si mesmos são de seu próprio endurecimento, e é justo para com Deus para dar os entregou a um sentimento perverso, para a dureza e impenitência de seus próprios corações. Estes pecadores obstinados endureceram o coração de propósito para não ouvirem o que Deus disse-lhes pela palavra escrita, pela lei de Moisés, e pelas palavras dos profetas que pregaram a eles que tinham Moisés e os profetas, mas resolveu que seria ouvir nenhum dos dois, nem teriam sido persuadido que um tinha sido enviado a eles dentre os mortos. As palavras do profeta não foram considerados por eles, se fossem palavras que o Senhor dos exércitos enviados e dirigidos a eles, embora ele os enviou de imediato pelo seu Espírito nos profetas para que, em desprezá-los que afrontado o próprio Deus e resistiu a Santa fantasma. Note, A razão por que os homens não são bons é porque eles não serão de modo que não irá considerar, não vai cumprir e, portanto, se tu desprezaste, só tu deverás suportar.

 

III. Ele mostra as consequências fatais de que a seus pais: . Por isso veio grande ira do Senhor dos exércitos Deus estava muito irritado contra eles, e justamente ele exigia nada deles, mas o que era razoável em si mesmo e benéfico para eles e ainda assim eles se recusaram, e de um modo mais insolente demasiado. O mestre podia suportar a ser tão abusada por seu próprio servo? Tal inimizade implacável ao evangelho como esta foi a lei e os profetas foi o que trouxe a ira ao máximo sobre a última geração da igreja judaica, 1 Tessalonicenses 2:16 . Grandes pecados contra o Senhor dos exércitos, cuja autoridade é incontestável, trazem grande ira do Senhor dos exércitos, cujo poder é irresistível. E o efeito foi, 1. Como haviam se fez de surdo à palavra de Deus, assim Deus se fez de surdo às suas orações, Zacarias 07:13 . Como ele gritou para eles em sua prosperidade para deixar os seus pecados, e eles não ouvir, mas persistiu em suas iniqüidades, então eles gritaram com ele no dia da sua angústia para remover os seus juízos, e ele não iria ouvir, mas alongou as suas calamidades. Aqueles que põem a Deus pelo desafio, na altura do seu orgulho, quando as dores veio sobre eles clamaram a ele. Senhor, na angústia te visitado. Mas Deus disse isso, e vai cumpri-la, Aquele que desvia os seus ouvidos de ouvir a lei, até a sua oração será abominação, Provérbios 28: 9 ; Provérbios 1:24 , & c. Iniqüidade, considerado no coração, certamente vai estragar o sucesso de oração, Salmo 66:18 . 2. Como eles voaram de seu dever e fidelidade a Deus, e eram de espíritos inconstantes e instáveis, assim Deus dissipou-los e jogou-os sobre como a palha antes de um turbilhão: Ele espalhou-os entre todas as nações que eles não conheceram, e quem portanto, eles não poderiam esperar receber qualquer bondade de, Zacarias 07:14 . 3. À medida que violou todas as leis da sua terra, Deus tirou todas as glórias do mesmo: . A terra foi assolada atrás deles, e ninguém passava por ela ou devolvidos Tudo o que país que era o reino das duas tribos, depois de a dispersão dos judeus restantes, sobre o abate de Gedalias, foi deixado totalmente desabitada não havia homem, mulher ou criança, nele, até que os judeus voltaram no final do cativeiro de setenta anos 'nay, deve parecer, a própria estradas que estavam por todo o país estavam desertas (nenhuma passou ou repassado), que, como tinha uma intimação da misericórdia nele (embora eles foram expulsos do mesmo, no entanto, foi mantida vazia para o seu regresso), de modo que para o presente que fez o julgamento parecem muito mais sombrio para o que um deserto horrível deve ser uma terra que tinha sido tão muitos anos desabitada! E eles podem agradecer a si mesmos que foram eles que, pela sua própria maldade colocou a terra desejada uma desolação. Ele não era tanto os caldeus que fez isso. Sem eles fizeram por si próprios. As desolações de uma terra são devido à maldade dos seus habitantes, Salmo 107: 34 . Isso veio de sua desobediência voluntária à lei de Deus. E o presente geração viu como o pecado desolado tinha feito aquela terra agradável, e ainda não levaria aviso.

FONTE www.avivamentonosul.com