Translate this Page

Rating: 3.0/5 (931 votos)



ONLINE
7




Partilhe este Site...

 

 

<

Flag Counter

mmmmmmmmmmm


// ]]>


Estudo e comentario do livro de Ester (1)
Estudo e comentario do livro de Ester (1)

Comentário Completo de Matthew Henry sobre a Bíblia 

Esther 1

 

Introdução

Várias coisas neste capítulo em si são muito instrutivo e de grande utilidade, mas o projeto de gravar a história de que é para mostrar como caminho foi feito para Esther à coroa, a fim de ela ser instrumental para derrotar plano de Haman, e isso muito antes de o enredo foi colocada, para que possamos observar e admirar a visão e vastas extensões de Providence. "Conhecidas por Deus são todas as suas obras" antes de-mão. Rei Assuero, I. Em sua altura festeja todos os seus grandes, Esther 1: 1-9 . II. Em seu calor que se divorcia de sua rainha, porque ela não viria a ele quando ele enviou para ela, Esther 1: 10-22 . Isso mostra como Deus serve a seus próprios fins, mesmo pelos pecados e loucuras dos homens, que ele não permitiria que se ele não sabem como trazer o bem deles.

 

versículos 1-9

A festa de Assuero.      BC 519.

1 Ora, sucedeu que, nos dias de Assuero, (isto é Assuero que reinou desde a Índia até a Etiópia, sobre cento e vinte e seis províncias :) 2 Esse naqueles dias, quando o rei Assuero assentado no trono de o seu reino, que estava na fortaleza de Susã, 3 no terceiro ano de seu reinado, deu um banquete a todos os seus príncipes e seus servos o poder da Pérsia e da Média, os nobres e os oficiais das províncias, sendo antes dele: 4 quando ele mostrou as riquezas do seu glorioso reino, eo esplendor da sua excelente grandeza, por muitos dias, até cento e oitenta dias. 5 E quando aqueles dias, deu o rei um banquete a todo o povo que se achava em Susã, a capital, tanto a grandes como a pequenos, por sete dias, no pátio do jardim do palácio do rei 6 Onde estavam branco, verde e azul, cortinas, atadas com cordões de linho fino e de púrpura a argola de prata ea colunas de mármore; os leitos eram de ouro e prata, sobre um pavimento de vermelho e azul, e branco, e preto, mármore. 7 E deram -lhes de beber em copos de ouro, (os quais eram diferentes uns dos outros,) e vinho real em abundância, segundo a generosidade do rei. 8 E bebiam como estava de acordo com a lei nenhum fez obrigar: pois o rei tinha ordenado a todos os oficiais da sua casa, que fizessem conforme a vontade de cada um. 9 Também a rainha Vasti deu um banquete às mulheres na casa real, que pertenciam ao rei Assuero.

 

Qual dos reis da Pérsia este Assuero foi o aprendidas não estão de acordo. Mordecai se diz ter sido um daqueles que foram realizados cativo de Jerusalém ( Ester 2: 5 , 6 ), portanto parece que este Assuero foi um dos primeiros reis de que o império. Dr. Lightfoot pensa que ele foi que Artaxerxes que dificultou a construção do templo, que é chamado também Assuero ( Esdras 4: 6 , 7 ), depois de seu bisavô dos medos, Daniel 9: 1 . Temos aqui uma conta,

 

  1. da vasta extensão do seu domínio. No tempo de Darius e Cyrus havia somente 120 príncipes Dan. vi. 1) agora havia 127, da Índia à Etiópia, Esther 1: 1 . Tornou-se um reino-over crescido, que por sua vez iria afundar com o seu próprio peso e, como de costume, perderiam suas províncias tão rápido como ele conseguiu. Se tal vasto poder ser colocado em um lado ruim, é capaz de fazer muito mais mal, mas, se em uma boa mão, ele é capaz de fazer muito mais bom. O reino de Cristo é, ou deve ser, muito maior do que isso, quando os reinos do mundo se todos se tornam o seu e ela será eterna.

 

  1. Do grande pompa e magnificência de sua corte. Quando ele encontrou-se fixo no seu trono, o orgulho de seu coração subindo com a grandeza do seu reino, ele fez uma festa mais extravagante, em que ele colocou-se a vasta despesa e dificuldade única para mostrar as riquezas do seu glorioso reino, eo esplendor da sua excelente grandeza, Esther 1: 4 . Esta foi a glória vã, uma afeição de pompa sem nenhum propósito em tudo para nenhum questionou as riquezas do seu reino, nem ofereceram a disputar com ele por honra. Se ele tivesse mostrado as riquezas do seu reino, eo esplendor da sua majestade, como alguns de seus sucessores fizeram, em contribuir em grande medida para a construção do templo e da manutenção do serviço do templo ( Esdras 6: 8 , 7 : 22 ), que teria virou-se para uma conta muito melhor. Duas festas Assuero feitas: - 1. Um para seus nobres e príncipes, que durou cento e oitenta dias, Esther 1: 3 , 4 . Não que ele festejava as mesmas pessoas todos os dias durante todo esse tempo, mas talvez os nobres e os oficiais de uma província, um dia, de outra província outro dia, enquanto que, assim, ele e seus assistentes constantes regalava esplendidamente todos os dias. O paraphrast Chaldee (que é muito ousado em suas adições à história deste livro) diz que houve uma rebelião entre seus súditos e que esta festa foi mantida pela alegria de a anulação do mesmo. 2. Outra foi feita para todas as pessoas, grandes e pequenas, que durou sete dias, cerca de um dia e alguns outros e, porque nenhuma casa iria segurá-los, eles foram recebidos no pátio do jardim, Esther 1: 5 . As cortinas com que os vários apartamentos foram divididas ou as tendas que estavam lá armou para a empresa, foram muito fina e rica por isso foram as camas ou bancos em que se sentou, e o pavimento sob seus pés, Esther 1: 6 . Melhor é um prato de hortaliça, com tranquilidade, e o gozo de si mesmo e um amigo, que este banquete do vinho com todo o barulho e tumulto que terão de tomar parte nele.

 

III. Da boa ordem, que em alguns aspectos foi mantido lá, não obstante. Nós não encontrar este como festa de Belsazar, na qual monturo-deuses foram elogiados e os utensílios do santuário profanado, Daniel 5: 3 , 4 . No entanto, a paráfrase Caldeu diz que os vasos do santuário foram utilizados nesta festa, para grande desgosto dos judeus piedosos. Não era como festa de Herodes, que reservava a cabeça de um profeta para o último prato. Duas coisas que são louváveis podemos reunir a partir da conta dada aqui desta festa: - 1. Que não havia forçando da healths, nem insistência deles: A bebida estava de acordo com a lei, provavelmente alguma lei recentemente fez nenhum fez obrigar , não, não, propondo contínua do mesmo (como Josephus explica que) eles não enviar o vidro sobre, mas cada homem bebeu o que quisesse ( Ester 1: 8 ), de modo que, se havia algum que bebe em excesso era sua culpa, uma falha que poucos se comprometeriam quando a ordem do rei pôr honra sobre a sobriedade. Essa cautela de um príncipe pagão, mesmo quando ele iria mostrar a sua generosidade, pode vergonha muitos que são chamados cristãos, que pensam que não são suficientes para mostrar a sua boa arrumação, nem lance os seus amigos bem-vindos, a menos que fazê-los bêbado, e, sob o pretexto de enviar a rodada saúde, enviar o pecado rodada, e a morte com ele. Há um ai daqueles que para deixá-los lê-lo e tremer, Habacuque 2:15 , 16 . Ele está roubando os homens de sua razão, sua jóia mais rica, e tornando-os tolos, o maior mal que pode ser. 2. Que não havia nenhuma dança misto, para os senhores e senhoras foram entretidos em pedaços, não como na festa de Belsazar, cujas esposas e concubinas bebiam com ele ( Daniel 5: 2 ), ou o de Herodes, cuja filha dançou diante dele. Vashti festejaram as mulheres em seu próprio apartamento não abertamente no pátio do jardim, mas na casa real, Esther 1: 9 . Assim, enquanto o rei mostrou a honra de sua majestade, ela e suas damas mostrou a honra de sua modéstia, o que é verdadeiramente a majestade do belo sexo.

 

versículos 10-22

Recusa de Vashti para aparecer Vashti Divorciado.  BC 519.

10 No sétimo dia, quando o coração do rei alegre do vinho, mandou a Meumã, Bizta, Harbona, e Abagtha, Zetar e Carcas, os sete eunucos que serviam na presença do rei Assuero, 11 Para trazer a rainha Vasti diante do rei com a coroa real, para mostrar aos povos e aos príncipes a sua beleza, porque era formosa à vista. 12 Mas a rainha Vasti recusou atender à ordem do rei dada por seus eunucos; pelo que o rei muito se enfureceu, e seu inflamou de ira. 13 Então disse o rei aos sábios que conheciam os tempos (pois assim era maneira do rei para com todos os que sabiam a lei eo direito; 14 E o próximo a ele foi Carshena, Setar, Admata, Társis, Meres, Marsena, e Memucã, os sete príncipes da Pérsia e da Média, que viam o rosto do rei, e se assentavam como principais no reino) 15 o que vamos fazer até a rainha Vasti acordo com a lei, porque ela não haver cumprido a ordem do rei Assuero, por meio os eunucos? 16 E Memucã respondeu perante o rei e os príncipes, a rainha Vasti que não fez errado ao rei apenas, mas também a todos os príncipes, ea todas as pessoas que estão em todas as províncias do rei Assuero. 17 Por isso que a rainha fez chegará ao conhecimento de todas as mulheres, de modo que eles devem desprezar seus maridos em seus olhos, quando se disser: O rei Assuero mandou que a rainha Vasti que ser trazidos antes dele, mas ela não veio. 18 Da mesma forma devem as senhoras da Pérsia e da Média dizer neste dia a todos os príncipes do rei, que têm ouvido da escritura da rainha. Assim deve surgem muito desprezo e indignação. 19 Se bem parecer ao rei, saia da sua parte um edito real dele, e escreva-se entre as leis dos persas e dos medos, para que não seja alterado, que Vasti não entre mais na presença do rei Assuero, e dê o rei seus direitos de rainha a outra que seja melhor do que ela. 20 E quando o decreto do rei, que ele fará será publicado em todo o seu império, (porque é grande), todas as mulheres darão honra a seus maridos, tanto para grandes e pequenos. 21 E o conselho ao rei e os príncipes eo rei fez conforme a palavra de Memucã: 22 Para ele enviou cartas a todas as províncias do rei, a cada província segundo a sua escrita, ea cada povo segundo a sua língua, que cada homem fosse senhor em sua própria casa, e que ele deve ser publicado de acordo com a língua de cada povo.

 

Temos aqui uma úmido para toda a alegria da festa de Assuero que terminou em tristeza, não como festa das crianças de Jó por um vento do deserto, e não como Belsazar de por uma mão-escrita na parede, mas é própria loucura. Uma infeliz caindo lá fora, foi, no final da festa, entre o rei ea rainha, que quebrou da festa abruptamente, e enviou os hóspedes longe em silêncio e vergonha.

 

  1. Foi certamente fraqueza do rei para enviar para Vashti à sua presença quando estava bêbado, e na companhia com abundância de cavalheiros, muitos dos quais, é provável, estavam na mesma condição. Quando o seu coração alegre do vinho nada iria servi-lo, mas Vashti deve vir, bem vestida como estava, com a coroa na cabeça, que os príncipes e as pessoas podem ver o que uma mulher bonita ela era, Esther 1:10 , 11 . Por este meio, 1. Ele desonrou a si mesmo como um marido, que deveriam proteger, mas não significa expor, a modéstia de sua esposa, que deveria ser para ela um véu dos olhos ( Gênesis 20:16 ), e não para descobri-los . 2. Ele diminuiu a si mesmo como um rei, no comando que a partir de sua esposa que ela poderia recusar, para a honra de sua virtude. Foi contra o costume dos persas para as mulheres de aparecer em público, e ele colocou um grande sofrimento em cima dela quando ele não o fez tribunal, mas comandar a ela para fazer uma coisa tão rude, e torná-la um show. Se ele não tivesse sido expulso da posse de si mesmo por beber em excesso, ele não teria feito tal coisa, mas teria ficado com raiva a qualquer um que deveria ter mencionado isso. Quando o vinho está na sagacidade está fora, e a razão dos homens afasta-los.

 

  1. No entanto, talvez não fosse sua sabedoria para negar-lhe. Ela se recusou a vir ( Esther 1:12 ) que ele enviou o seu comando por sete mensageiros honrosas, e publicamente, e Josephus diz que enviou uma e outra vez, mas ela persistiu em sua negação. Se ela tivesse vindo, embora fosse evidente que ela fez isso em pura obediência, ele teria havido reflexão sobre sua modéstia, nem um mau exemplo. A coisa não estava em si pecaminosa, e, portanto, para obedecer teria sido mais sua honra do que ser tão preciso. Talvez ela se recusou de forma arrogante, e então era certamente o mal que ela desprezada atender à ordem do rei. Que mortificação era isso para ele! Enquanto ele estava mostrando a glória do seu reino, ele mostrou a reprovação de sua família, que ele tinha uma esposa que iria fazer o que quisesse. Contendas entre jugo-bolsistas são ruins o suficiente, a qualquer momento, mas antes que empresa eles são muito escandaloso, e ocasião corando e mal-estar.

 

III. O rei logo a seguir cresceu ultrajante. Ele que tinha regra mais de 127 províncias não tinha domínio sobre seu próprio espírito, mas sua inflamou de ira, Esther 1:12 . Ele teria consultado o seu próprio conforto e de crédito mais se tivesse sufocado seu ressentimento, tinha passado pela afronta sua esposa lhe deu, e desligou-o com uma brincadeira.

 

  1. Embora ele estava muito irritado, ele não faria qualquer coisa sobre este assunto até que ele aconselhou com seus pudendas-conselheiros como ele tinha sete eunucos para executar suas ordens, que são nomeados ( Esther 1:10 ), então ele tinha sete conselheiros para dirigir suas ordens. O maior poder um homem tem a maior necessidade que ele tem de conselho, que ele não pode abusar do seu poder. Destes conselheiros é dito que eles foram aprendidas homens, pois eles sabiam a lei e julgamento, que eram sábios, porque conhecia os tempos, e que o rei colocou uma grande confiança neles e honra sobre eles, pois viu o rei enfrentar e sentou-se em primeiro lugar no reino, Ester 1:13 , 14 . Na multidão de tais conselheiros há segurança. Ora aqui está,

 

  1. A questão proposta a este gabinete-council ( Esther 1:15 ): ? O que vamos fazer à rainha Vasti acordo com a lei Observe: (1) Apesar de ter sido a rainha que era culpado, a lei deve ter seu curso. (2.) Embora o rei ficou muito zangado, mas ele não faria nada, mas o que ele foi aconselhado estava de acordo com a lei.

 

  1. A proposta, que Memucã feita, que Vasti deveria ser divorciado por sua desobediência. Alguns sugerem que ele deu este conselho grave, eo resto concordou com ele, porque sabia que iria agradar o rei, iria satisfazer tanto a sua paixão agora e seu apetite depois. Mas Josephus diz que, pelo contrário, ele teve uma forte afeição por Vasti, e não teria colocado a ir por esse delito se ele poderia legalmente ter passado por e, em seguida, devemos supor Memucã, em seu conselho, ter tido um sincero respeito à justiça e ao bem público. (1.) Ele mostra o que seriam os maus conseqüências da desobediência da rainha a seu marido, se fosse por onde passaram e não animadverted em cima, que iria encorajar outras mulheres, tanto a desobedecer seus maridos e dominar sobre eles. Teve esta infeliz caindo entre o rei e sua esposa, em que ela era conquistador, foi privada, o erro teria permanecido com eles mesmos e a discussão poderia ter sido resolvido de forma privada entre si, mas passando a ser pública, e talvez as senhoras que estavam agora se deleitando com a rainha, tendo-se mostrado satisfeito com sua recusa, o seu mau exemplo seria susceptível de ter uma má influência sobre todas as famílias do reino. Se a rainha deve ter o seu humor, eo rei devem apresentar a ele (uma vez que as casas de particulares comumente tomar as suas medidas de cortes de príncipes), as esposas seria altiva e imperiosa e seria desprezar a obedecer seus maridos, eo pobres maridos desprezados pode preocupe para ele, mas não podia deixar-se para as rixas da mulher são uma goteira contínua, Provérbios 19:13 , 27 : 15 e ver Provérbios 21: 9 , 25 : 24 . Quando esposas desprezar seus maridos, a quem eles deveriam reverenciar ( Efésios 5:33 ), e disputam o domínio sobre aqueles a quem eles devem estar em sujeição ( 1 Pedro 3: 1 ), não pode deixar de ser culpa contínua e tristeza, confusão e toda a obra perversa. E grandes deve tomar cuidado de definir cópias deste tipo, Esther 1: 16-18 . (2.) Ele mostra o que seria a boa conseqüência de um decreto contra Vashti que ela deveria ser divorciada. Podemos supor que antes passaram a essa extremidade enviaram para Vashti saber se ela ainda iria apresentar, chorar Peccavi - Eu tenho feito de errado, e pedir o perdão do rei, e que, se ela tivesse feito isso, a maldade de seu exemplo teria sido efetivamente impedido, eo processo teria sido hospedaram, mas é provável que ela continuou obstinado, e insistiu para ela como sua prerrogativa de fazer o que quisesse, se é do agrado do rei, ou não, e, portanto, eles deram esse julgamento contra ela , que vêm não mais diante do rei, e este julgamento tão ratificado como para nunca mais ser revertida, Esther 1:19 . A consequência disto, esperava-se, seria a de que as esposas daria honra a seus maridos, mesmo as esposas do grande, não obstante a sua própria grandeza, e as esposas do pequeno, não obstante mesquinhez do marido ( Esther 1:20 ) e, assim, cada homem teria senhor em sua própria casa, como deveria fazer, e, as mulheres são submetidas, as crianças e os agentes seria assim também. É do interesse dos Estados e reinos prever que a boa ordem ser mantidos em famílias privadas.

 

  1. O edital que passou de acordo com esta proposta, o que significa que a rainha estava divorciado por contumácia, de acordo com a lei, e que, se outras mulheres foram de igual modo undutiful a seus maridos, eles devem esperar para ser da mesma maneira desonrado ( Esther 1:21 , 22 ): eles foram melhores do que a rainha? Se era a paixão ou a política do rei que foi servido por este edital, a providência de Deus servido o seu próprio propósito por ela, o que era para abrir caminho para Esther à coroa.

 

 

Comentário Completo de Matthew Henry sobre a Bíblia

 

Esther 2

 

 

Introdução

Duas coisas estão registrados neste capítulo, que estavam trabalhando para a libertação dos judeus da conspiração de Hamã: - I. O avanço da Ester para ser rainha em lugar de Vasti. Muitos outros eram candidatos para a honra ( Ester 2: 1-4 ), mas Ester, órfã, um cativo-judia ( Esther 2: 5-7 ), recomenda-se a camareiro do rei primeiro ( Ester 2: 8-11 ) e em seguida, para o rei ( Ester 2: 12-17 ), que fez rainha, Ester 2: 18-20 . II. O bom serviço que Mardoqueu fez para o rei na descoberta de uma conspiração contra sua vida, Esther 2: 21-23 .

 

versículos 1-20

Escolhido Rainha Avanço Esther de Esther.      BC 514.

1 Depois destas coisas, quando a ira do rei Assuero foi apaziguado, lembrou-se de Vasti, do que ela fizera e do que se decretara a seu respeito. 2 Então disseram os servos do rei que o serviam, Haja moças virgens e formosas procurados para o rei: 3 E ponha o rei oficiais em todas as províncias do seu reino oficiais que ajuntem todas as moças virgens justas até Shushan o palácio, à casa das mulheres, para a custódia de Hege camareiro do rei, guarda das mulheres e deixe suas coisas para a purificação de ser dada los: 4 e a donzela que agradar ao rei seja rainha em lugar de Vasti. E a coisa do rei e ele fez isso. 5 Agora, na fortaleza de Susã havia um certo judeu, cujo nome era Mardoqueu, filho de Jair, filho de Simei, filho de Quis, filho de Benjamim 6 Quem tinha sido levado de Jerusalém com os cativos que foram levados com Jeconias, rei de Judá, a quem Nabucodonosor, rei de Babilônia, transportara. 7 E fez subir Hadassah, que é, Ester, filha de seu tio, pois não tinha ela nem pai nem mãe, e a empregada era justo e bonito quais Mordecai, quando seu pai e sua mãe estavam mortos, levou para sua própria filha. 8 Então aconteceu que, quando a ordem do rei eo seu edito, e quando muitas donzelas reuniram-se a Susã, a capital, sob a custódia de Hegai, que Ester foi levada também à casa do rei, à custódia de Hegai , guarda das mulheres. 9 E a donzela agradou-lhe, e ela alcançou graça perante ele, e ele rapidamente deu-lhe suas coisas para a purificação, com as coisas que pertenciam a ela, e sete donzelas, que estavam se encontram a ser dado a ela, fora da casa do rei; e ele preferiu ela e suas criadas, até a melhor lugar da casa das mulheres. 10 Ester não tinha mostrado seu povo nem a sua parentela, pois Mardoqueu lhe tinha ordenado que ela não deveria mostrar isso. 11 E cada dia Mardoqueu passeava diante do pátio da casa das mulheres, para lhe informar como Ester passava e do que lhe sucedia. 12 Agora, quando a vez de cada donzela vir para ir ao rei Assuero, depois que ela tinha sido doze meses, de acordo com o costume das mulheres, (por isso foram os dias de seus preparativos realizados, a saber, seis meses com óleo de mirra, e seis meses com especiarias, e com outras coisas para a purificação das mulheres) 13 Então veio, assim, cada donzela ao rei tudo o que ela desejava era dado a ela para ir com ela para fora da casa das mulheres à casa do rei . 14 à tarde ela entrava, e pela manhã voltava para a segunda casa das mulheres, sob a custódia de Saasgaz, camareiro do rei, guarda das concubinas: ela veio ter com o rei nada mais, exceto o rei desejasse ela, e que ela foi chamada pelo nome. 15 Ora, quando chegou a vez de Ester, filha de Abiail, tio de Mordecai, que a tomara por sua filha, chegou a ir ter com o rei, ela precisou de nada, mas Chamberlain o que Hegai do rei, guarda das mulheres, nomeado. Mas Ester alcançava graça aos olhos de todos os que viam. 16 Ester foi levada ao rei Assuero, à sua casa real, no décimo mês, que é o mês de tebete, no sétimo ano do seu reinado. 17 E o rei amou a Ester todas as mulheres, e ela alcançou graça e favor diante dele mais do que todas as virgens sorte que lhe pôs a coroa real na sua cabeça, ea fez rainha em lugar de Vasti. 18 Então o rei deu um grande banquete a todos os seus príncipes e seus servos, mesmo banquete de Ester e deu alívio às províncias, e fez presentes, de acordo com o estado do rei. 19 E quando as virgens foram reunidos pela segunda vez, Mardoqueu estava sentado à porta do rei. 20 Ester não tinha ainda mostrou a sua parentela nem o seu povo, como Mardoqueu lhe tinha ordenado: para Ester cumpria o mandado de Mardoqueu, como quando estava sendo criada em casa dele.

 

Como é que Deus colocou um que era alto e poderoso de seu assento lemos no capítulo anterior, e estão agora a ser dito como ele exaltou um de baixo grau, como a Virgem Maria observa em sua canção ( Lucas 01:52 ) e Hannah antes dela, 1 Samuel 2: 4-8 . Vashti ser humilhado por sua altura, Esther é avançado para a sua humildade. Observar,

 

  1. O curso extravagante que foi levado para agradar o rei com outra mulher em lugar de Vasti. Josephus diz que, quando a sua ira estava sobre ele era muito se entristeceu que o assunto foi realizado até agora, e teria sido reconciliado com Vasti, mas que, pela constituição do governo, a decisão era irrevogável - que, portanto, fazê-lo esquecer -la, eles inventado como entreter-lo primeiro com uma grande variedade de concubinas, e depois para corrigi-lo para o mais agradável de todos eles por uma mulher em lugar de Vasti. Os casamentos de príncipes são feitos geralmente pela política e interesse, para a ampliação dos seus domínios e ao fortalecimento de suas alianças, mas isso deve ser feito, em parte, pela afabilidade da pessoa a fantasia do rei, se era rico ou pobre, nobre ou ignóbil. O que as dores foram levados para humor o rei! Como se o seu poder e riqueza foram-lhe dado por nenhuma outra extremidade do que ele poderia ter todos os prazeres do sentido de feridas até a altura de pleasurableness e primorosamente refinado, embora com o melhor que eles são como escória e os resíduos em comparação com o divino e prazeres espirituais. 1. Todas as províncias do seu reino deve ser procurado jovens virgens justas, e os oficiais nomeados para escolhê-los, Esther 2: 3 . 2. Uma casa (a seraglio) foi preparado de propósito para eles, e uma pessoa designada para ter a carga deles, para ver que eles estavam bem previstas. 3. Não menos de 12 meses foi permitido-los para a sua purificação, alguns deles, pelo menos, que foram levados para fora do país, para que pudessem ser muito limpo e perfumado, Esther 2:12 . Mesmo aqueles que foram as obras-primas da natureza ainda deve ter toda essa ajuda da arte para recomendá-los a uma mente vã e carnal. 4. Depois que o rei já havia levado a sua cama, eles foram feitos recluses para sempre, a não ser o rei o prazer a qualquer momento para enviar para eles ( Esther 2:14 ) eles eram vistos como esposas secundárias, foram mantidas pelo rei em conformidade, e pode não se casar. Podemos ver, por este exemplo, para que práticas absurdas aqueles vieram que estavam destituídos da revelação divina, e que, como punição por sua idolatria, foram dadas até paixões infames. Tendo rompido por aquela lei da criação que resultou da tomada de um homem de Deus, eles quebraram através de outra lei, que foi fundada sobre a sua tomada de um homem e uma mulher. Veja o que precisa lá foi do evangelho de Cristo para purificar os homens a partir dos desejos da carne e para reduzi-los à instituição de origem. Aqueles que aprenderam Cristo vai pensar que uma vergonha até mesmo para falar de coisas como estas que foram feitas por eles, não só em segredo, mas declaradamente, Efésios 5:12 .

 

  1. A providência de Deus trazendo assim Esther para ser rainha. Ela tinha sido recomendado para Assuero para uma mulher, ele teria rejeitado a proposta com desdém, mas quando ela veio por sua vez, depois de vários outros, e verificou-se que, embora muitos deles eram engenhosos e discreto, elegante e agradável, ainda Esther destacou-los todos, maneira foi feito para ela, até mesmo por seus rivais, em afeições do rei e as honras consequente logo a seguir. É certo, como bispo Patrick diz que aqueles que sugerem que ela cometeu um grande pecado para vir a esta dignidade não consideram o costume daqueles tempos e países. Todo aquele que o rei tomou a sua cama era casada com ele, e era sua esposa de uma classificação mais baixa, como Hagar foi Abraham de modo que, se Esther não tinha sido feita rainha, os filhos de Jacó não precisa dizer que ele lidou com a sua irmã como a uma prostituta. No que diz respeito Esther devemos observar,

 

  1. Sua original e carácter. (1.) Ela era um dos filhos do cativeiro, uma judia e um compartilhador com as pessoas em seu cativeiro. Daniel e seus companheiros foram avançados na terra onde eles estavam cativos pois eram daqueles a quem Deus enviou para lá para o seu bem, Jeremias 24: 5 . (2.) Ela era um órfão o pai ea mãe estavam mortos ( Esther 2: 7 ), mas, quando eles tinham abandonado aqui, então o Senhor levou-a para cima, Salmo 27:10 . Quando aqueles cuja infelicidade é para ser, assim, privado de seus pais na infância ainda mais tarde vir a ser eminentemente piedoso e próspero, devemos tomar nota dele para a glória de Deus, e as sua graça e providência, que tem tomado Entre os títulos de sua honra de ser um Pai de órfãos. (3.) ela era uma beleza, justo de forma, bem do rosto por isso é na margem, Esther 2: 7 . Sua sabedoria e virtude eram a sua maior beleza, mas é uma vantagem para ser um diamante de ser bem definido. (4.) Mordecai, seu primo-alemão, foi seu tutor, trouxe-a para cima, e levou-a para sua própria filha. A LXX. diz que ele projetou para fazê-la sua esposa, se fosse assim, ele era digno de ser louvado que ele não opôs-la melhor preferment. Deixe Deus ser reconhecido em levantar-se amigos ao órfão e sem mãe deixá-lo ser um incentivo para essa instância piedosa de caridade que muitos que têm tido o cuidado da educação dos órfãos ter vivido para ver o bom fruto do seu cuidado e dores, abundantemente aos seu conforto. Dr. Lightfoot pensa que este Mordecai é o mesmo com o mencionado no Ezra 2: 2 , que subiu a Jerusalém com o primeiro, e ajudou a avançar a resolução de seu povo até que a construção do templo foi parado, e depois voltou para corte persa, para ver o serviço que ele poderia fazê-las lá. Mordecai sendo do tutor ou pró-mãe Esther, nos é dito, [1] Como concurso ele era dela, como se ela tivesse sido o seu próprio filho ( Esther 2:11 ): ele andou diante de sua porta todos os dias, para saber como ela fez, e qual o interesse que ela tinha. Que aqueles cujas relações são assim atirou sobre eles pela Providência divina ser assim, cordialmente a eles e solícito para eles. [2] Como respeitosa ela estava com ele. Embora em relação era igual a ele, ainda, estar em idade e dependência seu inferior, ela honrou-o como seu father-- fez o seu mandamento, Esther 2:20 . Este é um exemplo para órfãos se cair nas mãos daqueles que os amam e cuidar deles, deixá-los fazer retornos adequados de dever e afeição. Os menos obrigadas seus tutores estavam no dever de fornecer para eles o mais obrigados eles estão em gratidão a honrar e obedecer seus tutores. Aqui está um exemplo de subserviência de Esther t Mordecai, que ela não mostrar suas pessoas de sua parentela, porque Mardoqueu lhe tinha ordenado que ela não deveria, Esther 2:10 . Ele não ofereceu seu negar seu país, nem dizer uma mentira para esconder sua filiação se ele tinha dito a ela para fazê-lo, ela não deve ter feito isso. Mas ele só lhe disse para não anunciar seu país. Todas as verdades não estão a ser falado em todos os momentos, apesar de uma inverdade não é para ser falado a qualquer momento. Ela nascendo em Shushan, e seus pais serem mortos, todos a levou a ser de extração persa, e ela não era obrigado a desiludi-los.

 

  1. Sua nomeação. Quem teria pensado que uma judia, um cativo, e órfã, nasceu para ser uma rainha, uma imperatriz! Ainda assim foi. Providence, por vezes, ressuscita os pobres do pó, para definir entre os príncipes, 1 Samuel 2: 8 . (1.) camareiro do rei honrou ( Esther 2: 9 ), e estava pronto para servi-la. A sabedoria ea virtude vai ganhar respeito. Aqueles que certifique-se do favor de Deus achar graça com o homem também na medida em que é bom para eles. Tudo o que olhou para Esther admirava ( Esther 2:15 ) e concluiu que ela era a senhora que iria ganhar o prêmio, e ela o fez ganhar. (2.) O próprio rei se apaixonou por ela. Ela não era solícito, como o resto das donzelas eram, para definir-se fora com a beleza artificial que ela necessário nada , mas apenas o que foi nomeado para ela ( Esther 2:15 ) e ainda assim ela era mais aceitável. A beleza mais natural é o mais agradável. O rei amou a Ester todas as mulheres, Esther 2:17 . Agora ele precisava não fazer quaisquer novos ensaios, ou tomar tempo para deliberar, ele é logo determinado a definir a coroa real na sua cabeça, e fazê-la rainha, Ester 2:17 . Isso foi feito em seu sétimo ano ( Esther 2:16 ) e Vasti se divorciou em seu terceiro ano ( Ester 1: 3 ) de modo que ele tinha quatro anos sem uma rainha. Aviso é tomada, [1] das honras do rei colocadas sobre Esther. Ele enfeitou a solenidade de sua coroação com um banquete real ( Esther 2:18 ), em que, talvez, Esther, em conformidade com o rei, fez uma aparição pública, que Vasti se recusou a fazer, que ela poderia ter o louvor de obediência em a mesma instância em que o outro incorreu na blot de desobediência. Ele também concedeu um alívio às províncias, ou uma remessa de impostos em atraso ou um ato de graça para os criminosos, como Pilatos, na festa, lançou um prisioneiro. Este foi adicionar t a alegria. [2] É a deferência Esther continuou a pagar ao seu antigo tutor. Ela ainda cumpria o mandado de Mardoqueu, como quando estava sendo criada em casa dele, Esther 2:20 . Mordecai dizer na porta do rei , que estava no auge de sua nomeação: ele era um dos porteiros ou porteiros do tribunal. Se ele tinha este lugar antes, ou se Esther obtido por ele, que não é dito, mas sentou-se ali, satisfeito, e apontou nenhuma Esther superior e ainda que foi avançada ao trono estava atento dele. Essa foi uma prova de uma disposição humilde e grato, que ela tinha um senso de seus ex-bondade e à sua sabedoria continuado. É um grande ornamento para aqueles que são avançadas, e muito a seu louvor, para lembrar seus benfeitores, para reter as impressões de sua boa educação, para ser desconfiado de si mesmos, dispostos a aceitar conselhos e grato por isso.

 

versículos 21-23

Descoberta de Mordecai de um lote.        BC 510.

21 Naqueles dias, estando Mardoqueu sentado à porta do rei, dois eunucos do rei, Bigthan e Teres, os guardas da porta, se indignaram e procuravam lançar mão do rei Assuero. 22 E a coisa era conhecido por Mardoqueu, que revelou que à rainha Ester e Ester o rei dos mesmos em nome de Mardoqueu. 23 E quando inquisição foi feito da matéria, verificou-se, portanto, ambos foram enforcados; e isso foi escrito no livro das crônicas perante o rei.

 

Este bom serviço que Mordecai fez ao governo, na descoberta de um complô contra a vida do rei, é aqui registrado, porque a menção de que voltará a ocorrer a seu favor. Nenhum passo é ainda tomada no sentido de design de Hamã de destruição dos judeus, mas vários passos são tomados no sentido de design de seu livramento de Deus, e isso para um. Deus agora dá Mordecai uma oportunidade de fazer o rei uma boa volta, para que pudesse ter a oportunidade mais justo depois de fazer os judeus uma boa volta. 1. Um projeto foi colocado contra o rei por dois dos seus servos, que buscavam impor as mãos sobre ele, não só para fazer dele um prisioneiro, mas para tirar-lhe a vida, Esther 2:21 . Provavelmente eles se ressentiam alguma afronta que eles pensaram que ele lhes tinha dado, ou alguma lesão que ele lhes tinha feito. Quem seria ótimo, para ser tanto o objeto de inveja? Quem seria arbitrária, ser tanto o objeto de má vontade? Princes, acima de quaisquer mortais, têm suas almas continuamente em suas mãos, e muitas vezes ir para baixo morto à cova, especialmente aqueles que causaram terror na terra dos viventes. 2. Mordecai tem conhecimento de sua traição, e, por meio de Ester, descobriu-se ao rei, vem confirmando-a em e recomendando-se a favor do rei. Como ele veio para o conhecimento dele não aparece. Se ele ouviu seu discurso, ou se ofereceu para atraí-lo com eles, foi assim que a coisa era conhecida a ele. Esta deveria ser uma advertência contra todas as práticas traidores e sediciosos: embora os homens abusar de sigilo, um pássaro do ar levarão a voz. Mordecai, assim que ele percebesse, causou a ser dado a conhecer ao rei, que deveria para ser uma instrução e exemplo para todos que seria encontrado bons assuntos para não esconder qualquer má concepção eles sabem de contra o príncipe ou a paz pública, pois está fazendo uma confederação com inimigos públicos. 3. Os traidores foram enforcados, como mereciam, mas não até sua traição foi, sobre a pesquisa, totalmente provado contra eles ( Esther 2:23 ), e toda a questão foi gravado em revistas do rei, com uma observação especial, que Mordecai era o homem que descobriu a traição. Ele não foi recompensado hoje, mas um livro de recordações foi escrito. Assim, no que diz respeito a quem servir a Cristo, embora a sua recompensa está suspensa até a ressurreição dos justos, mas uma conta é mantida de sua obra de fé e trabalho de amor, que Deus não é injusto para se esquecer, Hebreus 6:10 .

fonte www.avivamentonosul.com