Translate this Page

Rating: 3.0/5 (905 votos)



ONLINE
2




Partilhe este Site...

 

 

<

Flag Counter


História dos manuscritos Hebraicos
História dos manuscritos Hebraicos

                                                    Manuscritos, Hebraico 

 

Manuscritos, Hebrew que o hebraico MSS. existia em um momento muito precoce pode ser visto a partir da seguinte passagem na Mishná (soferins, 6: 4): "R. Simon ben-Lakish diz, três códices (do Pentateuco) foram encontrados no pátio do templo, um dos quais tinha a leitura מעוֹן, o outro ז - עִטוּטֵי, e o terceiro diferiam no número de passagens, em que היא é lida com um iode. Assim, no códice um que foi escrito מעוֹן, habitação ( de 33:27 ), enquanto o outros dois códices teve מעוֹנָה; a leitura dos dois foi, portanto, declarado válido, enquanto que de uma era inválida no segundo códice, ז - עִטוּטֵי foi encontrado (. Ex 24:11 ), enquanto os outros dois códices teve אֵתאּנ - עִרֵי ; a leitura em que os dois códices concordou foi declarada válida, e que, por um inválido no terceiro códice havia apenas nove passagens que tinha היא escritas com um. yod (como é geralmente escrito הוא com um vav), enquanto o outros dois tinham onze passagens; as leituras dos dois foram declarados válidos, e aqueles de um inválido ". As prescrições minuto estabelecidas no Talmud sobre os materiais, cores, letras, instrumentos de escrita, etc., para os manuscritos, apenas provam o fato de que tais manuscritos existia, caso contrário, St. Jerome não poderia ter escrito "Veterum librorum fides de Hebraicis voluminibus examinanda est " (Epist. ad Luciniun). O maior cuidado foi exibido por escrito da MSS., e três erros foram suficientes para fazer uma cópia sem valor (Menachoth, fol. 29, col. 2).

Quando o estudo do Talmud não era mais atraente em meio à desordem e fechamento freqüente, academias da Babilónia, e desenvolvimento ulterior das tradições se esgotou, a atenção estava mais voltada às Escrituras. O número de MSS. aumentou, e para eles os vários sistemas de vogal-pontos e acentos, juntamente com os primeiros elementos da gramática, foram anexados. Mas nem todos estes MSS. estão agora existentes, alguns são conhecidos apenas a partir das citações feitas a partir deles por diferentes escritores. No tratamento, portanto, dos diferentes MSS., Teremos de falar de dois tipos de tais como são perdidos, e dos que nos são existentes.

  1. PERDIDO manuscritos.
  2. O Codex Hillel (qv). 
  3. O Codex Sanbuki (qv). 
  4. O Jericó Pentateuco. Em relação a este יריחי חומש Elias Levita escreve assim: "O Pentateuco de Jericó é, sem dúvida, um códice correta do Pentateuco derivado de Jericho Discute a. Plene e defectives como הִתּוֹעֵבוֹת," as abominações "( Le 18:27 ), que é, neste Pentateuco sem a segunda vav. Assim também ילַידֵי, que ocorre duas vezes no mesmo capítulo ( Nu 13:13 , 22 ), dos quais o primeiro é Plene (escrito no códice Jericho), eo segundo com defeito. "

 

  1. O Codex Sinai (qv). 
  2. O Codex Ben-Naftali. Moses Ben-David Naftali, um contemporâneo de Ben-Asher, viveu por volta de 900-960 AD. Ele se distinguiu pela sua edição de um texto revisto das Escrituras Hebraicas em oposição ao Ben Asher, no qual ele não teve grande sucesso, na medida em que as diferentes leituras que ele recolhidos e. proposto são muito insignificante, e são quase totalmente confinada à vogal pontos e acentos. O códice em si está perdido, mas muitas de suas leituras são preservados, por exemplo, por Kimchi em sua gramática e léxico, enquanto uma lista completa dessas diferentes leituras é anexado ao Bomberg de e Buxtorfs rabínica, e Bíblia Poliglota de Walton. Em primeiro lugar, na sua concordância, página 137, sec. 48, também deu as variações entre estes dois estudiosos. 

A diferença mais importante entre Ben-Naftali e Ben-Asher é a leitura da שלהבת יה, Cântico dos Cânticos, 8: 6, como duas palavras, enquanto Ben Asher lê-lo como uma palavra, שלהבתיה, ambas as leituras que têm o mesmo significado. Em uma forma muito conveniente essas variações são dadas por Bar and Delitzsch em sua edição das diferentes partes do Antigo Test., Em Gênesis, página 81, Job, página 59, Salmos, página 136, Provérbios, página 55, Isaías, página 90, Profetas menores, página 90, Esdras, Neemias, e Daniel, páginas 91, 126, Ezequiel, página 112. 

Nossos edições impressas têm em sua maior parte o rasgar de Ben-Asher; Raramente, porém, que de Ben Naftali é encontrado, com exceção desses códices como ter o sistema babilônico de pontuação, e que sempre seguir Ben-Naftali. As edições em que a leitura שלהבת יה (ou seja, de Ben-Naftali) é encontrado são: rabínico de Bomberg (1517), e sua edição in-quarto (1518), de Stephen (1543), Munster do (15461, Hutter (1587), Poliglota de Antuérpia (1571 ), a Bíblia de Bragadin hebraico (1614), Simoni da (1767-1828), Jahn de (1806), Bagster de (1839), edição de Basileia (1827), Hahn- Rosenmiiller de (1868).

 

  1. manuscritos existentes. 
  2. A fim de ter uma opinião correta dos códices existentes, os seguintes pontos devem ser observados: 
  3. Se o MS. foi escrito para uso público ou privado. Aqueles escrito para uso público, comumente chamado de "rolos sinagoga" ou "cópias sagrados", foram preparadas com que cuidado e minúcia dos quais prescrições são dadas no Talmud, enquanto os outros foram menos cuidadosamente feitas. Eles são escritos por vezes, no quadrado, em outros no rabínica personagem. Seu tamanho é completamente arbitrária. Eles estão em folio, quarto, oitavo e duodécimo. Daqueles escrito no quadrado caracteres, o maior número estão em pergaminhos, alguns em papel. Quanto à natureza quadrada empregue na MSS., Tem variedades. Os judeus se distinguem no rolo sinagoga (1) a Tam carta, com cantos afiados e coronulse perpendicular, usados ​​entre os judeus alemães e polacos: (2) a Velshe carta, mais moderna do que a Tam, e mais redondo, com coronulse, particularmente encontrado nas cópias sagrados dos judeus espanhóis e orientais. 
  4. Se o copista, por escrito e corrigindo o MS., Teve em conta alguma versão ou não. Que tal era, por vezes, o caso pode ser visto de uma MS. contendo os Salmos, e pertencente ao século 15, conhecido como Scaliger 8 (porque Scaliger já teve), e preservado em the.Academy de Leyden (comp Heidenheim, na sua. Deutsche Vierteljahrsschrift, 2: 466- 468). 
  5. Qual a sua data é. Os judeus empregado datas diferentes em seu MSS. Alguns usaram a era "Seleucidic" ou "Greek" (חשבון היונים), também chamado aera Contractuum (מנין שטרות), que foi utilizado até o século 11, e deixou completamente no ano AD 1511. Outra computação foi o acerto de contas da destruição de Jerusalém (SOU 3828, AD 68). Um terceiro computação foi o soro da criação (לבריאת עולם, לבריאה), e foi introduzido por transcribers Europeias. Quando se tornou mais geral, após o ano do mundo 4000, os 4000 anos foram gradualmente omitido. Este sistema de mencionar apenas as centenas e os números mais baixos foi chamado de "o pequeno aera" (לפרט קטן, abreviado לפ 8 8 ק), em contraposição a partir da numeração completa (פרט גדול). 

A fim de descobrir a que AD ano um dos anos do Seleucidic ou soros grega ou da computação judaica, a partir da criação ou da destruição, corresponde, deve-se ter em mente que o calendário civil judaico começa com o mês de Tishrei, תשרי, correspondente ao nosso setembro ou outubro, e os soros Seleucidic com o primeiro de outubro, 312 aC Assim, por exemplo, o ano 283 da Erae Seleucidic seria o ano 329 aC, ou seja, 312-283 = 29 , permitindo, no entanto, alguns meses por causa da diferença no calendário 30-29. Em MSS judaica. nós encontramos frequentemente o pequeno soros ou לפרט קטן. Assim cod. 2 de Kennicott tem uma epígrafe que afirma que ele foi escrito no ano de 64, que é 5064. Ao acrescentar a este número o número 240 (ou seja, a diferença entre o cálculo judaica e cristã), obtemos 5304; deduz-se dela de 4000 (ou seja, o tempo desde a criação até o nascimento de Cristo), obtemos o ano AD 1304; ou a mesma data podem ser tido por adição à anos 64 o número 240 = 304, combinado com a quinta mil = 1,304. A data de acordo com a época da destruição de Jerusalém é encontrado através da adição de 68 a partir da data indicada: assim, no ano 900 depois da destruição seria 900 + 68 = 968, ou AI). 1885 seria o ano 1817 após a destruição (ou seja, 1885- 68 = 1817). 

  1. Sempre que os códices foram escritos, como há uma diferença entre o espanhol eo alemão, o códices orientais e ocidentais. 

(a) Quanto aos códices espanhóis e alemães, há uma grande diversidade de opiniões. Kennicott e De 'Rossi falar do alemão muito bem, enquanto as autoridades judaicas preferem os códices espanhóis. Assim Elias Levita nos diz: "A maioria dos códices corretas eu encontrei para ser espanhol, e é sobre estes que eu confiei, e é o seu método que eu segui .... Os códices espanhóis são mais correto do que todos os outros exemplares. " 

(b) Quanto à códices orientais e ocidentais. No início da era cristã havia duas academias rivais, um na Palestina e outro na Babilônia. Ambos tiveram a sua Talmud (qv), respectivamente conhecido como o Talmud palestino e na Babilônia, mas também os seus códices, em que diferem umas das outras. E assim nós encontramos em Rabínico, bem como em códices bíblicos notas marginais, dando as passagens onde o orientais e ocidentais diferem umas das outras. Assim, por exemplo, o bacalhau. Kennic. 516 (Florent. 13, Laur. 3, 3, scr. An. 1291), "Os Westerns ou palestinos ler עשריה, os orientais ou babilônios עשיריה. '" Estas variações foram coletados pela primeira vez por Jacob ben-Chayim na Bíblia Rabínica ( Veneza, 1526), ​​sob o título, המקרא שבין בניארוֹ ישראל ובן בני בבל חלו Š. O Chayim não dá a fonte de onde ele tirou essas variações, mas Morinus (Exercitt. Biblic. Página 409, Paris, 1669 fol.) Testemunha que viu uma lista dessas variações em alguns MSS.

 

Quanto ao leituras orientais e ocidentais, que foram publicadas por Chayim, devemos observar 

(1) que nenhum ocorre no Pentateuco; 

(2) que estas leituras se referem apenas às letras e palavras (com duas excepções, viz. Jer 6: 6 , onde a gravação Oriente עצהּ מפיק, ou seja, עצה com um mappik, e Am 3: 6 , onde notam עשהּ מפיק, ou seja, com um עשה mappik); 

(3) eles raramente mudar o sentido, como para a maior parte, eles dizem respeito à omissão ou adição ou permutação ou transposição, de cartas de repouso ( La 5:21 , יהוה é lido pelo ocidentais, enquanto os orientais têm אדני); 

(4) existem duzentos e dezesseis várias leituras na Bíblia de Chayim (e em todas as Bíblias rabínicos que se seguiram a de Chayim), viz. Joshua 11: Juízes 8; Samuel 10; Reis 21; Isa 18; Jer 34; Eze 22; Profetas Menores, 13; Crônicas 11; Salmo 8; Job, 12; Provérbios 8; Ruth, 7; Cântico dos Cânticos, 2; Eccles. 6; Lamen. 6; Es 4; Da 8; Ezra, 7. 

(5) Os judeus europeus ou ocidentais siga a leitura da Western (מערבאי), e assim acontece que no um ou outro códice encontramos uma outra leitura da dos códices orientais. Assim, em 2Rs 18:29 , Norzi (qv) comenta sobre a leitura להציל אתכם מידו, que esses códices que lêem מידי seguir o babilônico (כבני בבל), mas os códices palestinos, que nós seguimos, dá na lista de variações מידו . 

  1. Após estas preliminares, vamos falar dos códices existentes. 
  2. O Codex de Asher. "Veja Asher Manuscrito. 
  3. O Codex de Cahira. Este códice contém os profetas, e é preservada a Cahira, na sinagoga do Karaites. Ele foi escrito no ano 827 após a destruição do templo, ou no ano 4656 da criação = 895 dC. 
  4. Codex Kennic. 126. Este códice contém os profetas posteriores, e é preservada no Museu Britânico (Sloane, 4708). Veja Sloane Codex. 
  5. Os códices de Damasco e Guber. O ex-codex o falecido Dr.Moses Margoliouth viu em Damasco, que pertencem à família Farrhi. É considerado muito sagrado, e os próprios judeus só estão autorizados a vê-lo uma vez por ano, ou seja, na festa de שמחת תורה, ou seja, "a alegria da Lei", que tem lugar no encerramento da Festa dos Tabernáculos. Dr. Margoliouth, que viu, diz que este códice "merece a palma da mão para a beleza e execução." De acordo com um aviso adicionado mais tarde na página de rosto, ele deve pertencer ao século 3d. Outra códice, Dr. Margoliouth estados, está em Guber ou Juber, perto de Damasco. "Há uma sinagoga naquele pequeno lugar que é considerado o mais antigo do mundo, e, além disso, escritores hebreus afirmam que ela é construída sobre a caverna de Elijah O MS não é de forma alguma tão bem uma obra-prima como o.. Damasco um, mas é certamente muito mais velhos a mais terrível anátema está escrito na capa, contra qualquer um em vendas ou roubá-lo ". (Peregrinação à terra de meus pais, 1: 257).

 

  1. Códices Kennicottiani. Destes enumeramos o seguinte: 

(1) Cod. 590 - contendo os profetas, e Hagiographa, escrito sobre 1018 ou 1019, agora na Biblioteca Imperial em Viena.

 

(2) Cod. 536 - contendo o Pentateuco, Haphtaroth e Megilloth [ie, Cântico dos Cânticos, Ruth, Lamentações, Eclesiastes e Ester] (Cesense Bibl Malatest Patrum D. Franc Convento plut 29: bacalhau 2......), Do final do século 11. Ele começa com Ge 02:13 . (3) Cod. 162 - Josué, Juízes, Samuel (... Florentiae Biblioth Laurent parte 1, pars 2, bacalhau 45.), Do início do século 12. 

(4) Cod. 154 - Profetas, com ambos os Targums (Carlsruhe, Biblioth publ..), AD 1106. Este é o famoso Código Reuchlinianus, que tem a epígrafe: "No ano de 4866 AM e 1038 desde a destruição do Templo." O Targum, de acordo com este códice, foi publicada por Lagarde, Leipsic, 1872.

 

Além destes, podemos citar: 

(5) Cod. 193 - Pentateuco, sem pontos (Mediolani Bibl Ambros G. 2..), AD 1287, ou um pouco mais cedo. De várias leituras, os seguintes são marcados por De 'Rossi: Ex 00:31 , ויקרא פרעה, assim também setembro, Vulg, Syr.. Le 12: 7 , עליה הכהן, Samuel, de setembro de Syr. 25:35, ָוחי אחי, Samuel, setembro 

(6) Cod. 201 - Profetas e Hagiographa, do século 12 (Norimb Biblioth Ebner..). Jeremiah segue o livro de Samuel, e 1 Reis, Ezequiel e Isaías segue Jeremias. 

(7) Cod. 210 - Bíblia do século 12 (Parisiis Biblioth Reg 10..). 

(8) Cod. 224 - Profetas e Hagiographa, do século 12 (Regiomonti Biblioth Reg..). 

(9) Cod. 366 - Profetas, em grande 4to, do século 12 (Parisiis San- Alemão. 2). Jer 29:19 a 38: 2 e Ho 4: 4 para Am 06:12 está querendo. 

(10) Cod. 293 - Pentateuco, com o Megilloth e Masorah no fol, AD 1144 (Toleti ap Bayerum.).. A epígrafe lê, "Escrito כֹוֹֹדֹ, ou seja, 4904 AM" De 07:13 , יהוה נשבע para נשבע, confirmando a leitura do Samuel e setembro 

(11) Cod. 531 -. Profetas e Hagiographa, com o Masorah e Targum, fol, 2 volumes, AD 1193 (Boonoisa, Biblioth S. Salvatoris Canon Reg 646, 647...). A epígrafe tem a data 953 (+240) = 1193. 

(12) Cod. 326 - Hagiographa, Josué, Juízes, Samuel, 4to, AD 1198 (Parisiis Bibl Regian 48..). 

  1. Códices de De 'Rossi. Destes que particularizam o seguinte: 

(1) Cod. 634 - fragmentos de Levítico e Números, 4to, século 8, Contendo Le 21:24 para Nu 01:50 . Le 22: 4 ​​, ואיש, de modo setembro 

(2) Cod. 503 - Pentateuco, em 4to, 9 ou 10 do século, começando com Ge 42:14 para De 15:12 ; Ex 21:20 , בשבט for omitida, como em Samuel 22: 9, אוכל הבהמה, Samuel, de setembro de Syr. , árabe. 23:23, והחתי והגרגשי, Samuel, setembro 24:12, האבנים, Samuel 13, ויעל משה ויהושע, ἀνέβησαν setembro 37: 5, לשאת את הארן בהם, Samuel, árabe. 39:33, ובריחו, Syr, árabe.. Le 1: 2 , מן הצאן, Samuel 7: 6, יאכל omitido, vulg. 

(3) Cod. 262 - Pentateuco, Megilloth, Haphtaroth, em fol. 11º ou do século 12. Le 04:14 , אלפתח אהל, setembro, vulg. 5: 8, והקריב הכהן, Compe, sx de setembro, 40, יכבס בגדיו ורחוֹ במים, setembro (mas não a Complut e Aldine.). 19:27, ולא, Samuel, vulg., Árabe. De 01:40 , פנו וסעו לכם, Samuel 3:14, ויאיר, Samuel, setembro, sírio, árabe., Targ., Jonathan. הארגב, Samuel 6: 2, ָובני, setembro, vulg. 34: 2, כלארוֹ נפתלי, setembro, Syr. 

(4) Cod. 274 - Pentateuco, com pontos, 4to, 11o ou 12o século: ele termina com De 32:51 , e tem as finalis Masorah. 

Ge 31:35 , ותאמר רחל אל אביה, Syr. Nu 29:11 , ונסכה, 27 de setembro de כמשפטם, setembro, Syr. 

  1. O Odessa MSS. No ano de 1845 EM Primer publicou seu Prospecto der der Odessaer Gesellschaft fur Geschichte und Alterthumer gehorenden altesten tund rabbinischen Manuscripte, no qual um número de MSS. tornou-se conhecido no mundo literário. Eles foram comprados em 1863, e estão agora na Biblioteca Imperial em St. Petersburg. Um catálogo muito preciso deles foi publicado pela Harkavy e Strack (Leipsic e São Petersburgo, 1875). Desses códices apenas duas são de grande importância, a saber ,, um contendo os profetas posteriores, datada AD 916, e outro contendo um teste de Old completa. tanto com Masorahs, em 491 folhas, que dizem ser uma cópia do códice de Asher (?). É datado Destes últimos, Bar AD 1009. e Delitzsch recorreram em sua edição Hebraico-Latim dos Salmos e na edição de Jó, onde também é dado um fac-símile do que codex. O primeiro foi publicado por HL Strack (Prophetarum Posteriorum Codex babylonicus de Petersburgo, Lipsiae, 1876) em fac-símile, por meio de foto-litografia, à custa do imperador Alexandre II da Rússia. Todo o trabalho foi feito em três anos, e é um monumento ao editor e seu patrono imperial. O texto, cercado com notas Massorético, e decorados com o chamado sistema babilônico da vocalização, ocupa 449 páginas fólio. O prefácio Latina dá a história do códice, e as anotações críticas, que seguem o texto, destinam-se a ajudar o aluno na leitura do mesmo. A lista de várias leituras "seguir não afeta os pontos de vogal, mas apenas as consoantes A leitura. Van der Hooght é dada em primeiro lugar: 

Isa 1: 7 ., עריכם - ועריכם, e tantos codd, Syr, árabe.. 22, לסגים - לסיגים, dessa forma algumas edições mais antigas e modernas, como Miinaster, Hutter, Michaelis, Hahn-Rosenmuller, Letteris, Bar-Delitzsch. 03:23, הגלינים - והגלינים, tão grandes . Muitos codd, todas as versões, Rashi, Kimchi, Ibn- Esdras 4: 1 , ושמלתנו - ושמלתינו, de modo algum Codd, setembro, Syr, árabe, vulg.... 07:14, עמנואל - עמנו até, portanto, muitas Codd. e edições, como Munster, Hutter, Clodius-Birkelin, Michaelis, Reineccius, Simonis, Hahn- Rosenmiller, Stier e Poliglota de Theile, a Bíblia Rabínica Varsóvia. 10:16, אדני - יהוה, tantas Codd. e edições. 15: 2, כל - גדועה וכל - גרועה, tantos codd, e edições de Athias, Clodius, Opitz, Michaelis, Reineccius, Simonis, Letteris, Bar-Delitzsch.. 

4, נפשו - ונפשו. 16: 7, חרשֹת - חרשׁת. 10, לא ירעע -. ולא ירעע, o ולא é encontrado em muitos codd, setembro, Syr, Targ, Vulg, árabe.... seis, 13, והתעו -... התעו, muitas codd, Vulg, Targ, Norzi, e um grande número de edições. 20: 2, ָרגל - ָרגלי, codd, setembro, Syr, Vulg, árabe... 21:12, אתא- אתה, tantas Codd. 18: 2, לאדני - ליהוה, por isso muitos Codd. 29:19, ואביוני - ואביני. 23, ימעשה - מעשה . 30: 6, עורים, Kethib, עירים, Keri - עירים, Kethib e Keri. 33: 1, ָבגדו ב - בגדו בו. 34:13, קמושׁ- קמושֹ. 35: 9, לא יהיה - ולא יהיה. 36: 2, רבשקה - רב שקה. 15, לא - ולא. 37: 9, על - אל. 17, ָעינ - ָעיני, setembro, Syr, vulg.. 3S, אסר הדן - אסרהדן. 38:11, חדל - חלד. 14, יהוה - - אדני. 18, לא ישברו-ולא ישברו 39: 6, לא יותר - - ולא יותר. 43:19, עתה- ועתה. 44:24, מיאתי - מי אתי. 45:21, יועצו - נועצו, mas por um יועצו mão mais tarde. 49: 9, לאשר - ולאשר, muitos coddo, setembro, Vulg, Syr, Targ... 51: 9, רננו - ורננו. 54: 9, כי מי - כימי. 56: 1, אל יהוה - - על יהוה. 63:11, רעה -. רעי, tantas codd, Vulg, D. Kimchi, Abarbanel, Solomon ben-Melech.. 64: 3, לא האזינו - ולא האזינו, tantos codd, 65:20, לא יהיה - ולא יהיה. 22, לא יטעו - ולא יטעו. 66: 2, על דברי - אל דברי. 17 , אחד, Kethib, אחת, Keri - אחת, Kethib e Keri. Esta lista muito incompleta do profeta Isaías (espaço proíbe nosso dar leituras dos outros profetas) é suficiente para mostrar a grande importância deste códice. 

  1. O Firkowitsch MSS. Esta coleção famosa da Karaite Abraham Firkowitsch (qv) foi comprado pela Biblioteca Imperial em St. Petersburg no ano de 1862, e também é descrito por Harkavy e Strack em seu catálogo. No total, esta coleção contém 146 MSS ., dos quais 47 são sinagoga rolos (1-5 em couro, 6-47 em pergaminho), três dos quais contêm apenas todo o Pentateuco (No. 10, datada de AD 940, 19, datado de 920 dC, e nº 47) , eo resto manuscritos em forma de livro (ou seja, No. 48-146;. dos quais 48.123 estão sem tradução, 124-146, com tradução, as traduções são tanto árabe, tártaro, ou persa). Nas várias partes do teste velho. editada por Bar and Delitzsch, os prelaces também contêm anúncios relativos manuscritos utilizados pelos editores. 

(fonte  enci.Strong).

fontewww.mauricioberwaldoficial.blogspot.com