Translate this Page

Rating: 3.0/5 (946 votos)



ONLINE
3




Partilhe este Site...

 

 

<

Flag Counter

mmmmmmmmmmm


// ]]>


lideres no evangelismo na igreja primitiva
lideres no evangelismo na igreja primitiva

          OS LIDERES E O EVANGELISMO NA IGREJA PRIMITIVA

       OS LIDERES E  O EVANGELISMO NA IGREJA PRIMITIVA

 GREGORY THAUMATURGUS

(C. 210-260)  "O trabalhador maravilha"

P arents hoje, por vezes, se preocupam que seus filhos vão para a faculdade e voltar como se converte em uma nova religião estranha. Isso é exatamente o que aconteceu há 1.700 anos a Gregory do Ponto, apenas a nova religião estranha era o Cristianismo.

Nascido em uma família pagã afluente em Neocaesarea (Turquia moderna), Gregory estudou Direito e do grego tradicional e clássicos romanos. Em seguida, ele e seu irmão foram enviados para um estudo mais aprofundado para Cesaréia na Palestina, onde se matriculou na escola do grande pensador cristão Orígenes. Seu professor converteu-o (e seu irmão, Athenodorus) ao cristianismo.

Quando Gregory voltou para casa, ele encontrou uma comunidade cristã de 17 pessoas esperando por ele. Logo depois, Gregório foi eleito bispo. Apesar de sua formação foi em teologia especulativa, o trabalho pastoral de Gregory estava preocupado com aplicações práticas da fé. Suas habilidades pastorais foram de tal forma que alguns de seu rebanho em breve atribuídos milagres para ele, daí o seu apelido, "O Trabalhador Wonder."

Uma lenda (de uma geração posterior) descreveu a Virgem Maria dirigindo o apóstolo João para instruir Gregory sobre a Trindade para que o bispo poderia ensinar seus catecúmenos. Outra lenda conta como dois irmãos brigaram pela posse de um lago e pediu Gregory para arbitrar entre eles: Gregory disse ter dividido o lago em dois corpos de água, dando um para cada irmão.

Legends ou não, a liderança de Gregory deve ter sido ótimo, porque durante o seu ministério a maioria da cidade de Pontus convertido ao cristianismo.

Conflitos doutrinários o obrigou a participar de vários conselhos da igreja que condenavam falso ensino. Em 253 e 254, ele assistiu godos saquear sua cidade natal amado. Domínio romano sobreviveu por apenas mais um século, mas a igreja Gregory construído continua até hoje.

CIPRIOTA

(C. 200-258)  pagão Desesperada, bispo sensata

T ele conversão de Thascius Cyprianus foi uma das melhores coisas a acontecer com a igreja e para a igreja cristã do Norte Africano como um todo.

Ele nasceu na classe alta romana no norte da África. Como um orador talentoso, ele era profundamente versado na literatura pagã da época romana tardia. Mas Cipriano fez amizade com um padre idoso chamado Cecílio, que saudou o jovem aristocrata e apresentou-o à sua família e ao cristianismo.

Enquanto Cipriano aceitou o Deus cristão como verdadeiro, ele encontrou a moral cristã difícil. À luz da teimosia da natureza humana e maus hábitos, ele se perguntou: "Como é essa conversão possível?" Em particular, ele questionou se ele poderia fazer sem honrarias públicas e vinho.

Cipriano finalmente convertido, e ele descobriu durante seu batismo que o poder de Deus, e não de seus próprios esforços, fez a vida cristã possível:

"De uma maneira maravilhosa, coisas duvidosas de uma vez começou a assegurar-se em mim, coisas ocultas para ser revelado, as coisas escuras para ser iluminado, eo que antes parecia difícil começaram a sugerir um meio de realização, e que tinha sido pensado impossível, ser capaz de ser alcançada. "

Com o zelo de um convertido, Cipriano rapidamente dominou as Escrituras cristãs e os escritos de teólogos cristãos. Dois anos depois de sua conversão, ele foi ordenado sacerdote, e apesar de sua própria resistência, foi então escolhido para ser bispo de Cartago.

Dentro de alguns meses de sua eleição, o Imperador Décio começou a perseguir os cristãos no norte da África, e o novo bispo foi obrigado a fugir.Quando ele voltou, ele encontrou sua congregação em farrapos. Alguns tinham decorrido a partir da fé fazendo sacrifícios aos deuses pagãos.Outros ainda tinha mantido sua fé em Cristo, mas tinha entregue cópias preciosas das Escrituras e vasos sagrados para as autoridades romanas.Outros ainda tinha deixado a comunhão da igreja para se juntar à Igreja cismática de Novatian, uma seita rigorista que desdenhava cristãos que eram demasiado tolerante em perdoar aqueles que tinham decorrido sob a pressão da perseguição.

Políticas de Cipriano foram moderada e sensata, o que lhe valeu um lugar permanente na história da igreja. Contra os Novatianists, ele governou o transcorrer poderia de fato ser restaurado para a igreja. Mas para que a igreja se tornam negligentes, ele também declarou que o lapso deve observar o momento adequado de penitência por sua falta de coragem.Quanto àqueles que entregou bens eclesiásticos, ele governou cada caso deveria ser decidido por seus próprios méritos. Em todas essas disputas, Cipriano defendeu a importância da igreja, pois, como ele era famoso por dizer, "Não há salvação fora da igreja."

Seu ministério foi interrompida pela perseguição iniciada pelo imperador Valeriano em 258, durante o qual Cipriano foi preso e decapitado.

ARNOBIUS

(C morreu. 327)  O Voltaire Christian

T ele bispo de Sicca em Numibia, África do século IV, estava acostumado a ser ridicularizado por sua fé cristã. Mas a surpresa não poderia ter sido maior, quando um de seus maiores críticos, Arnobius, apareceu diante dele para pedir humildemente permissão para receber instrução na fé.

Arnobius tinha sido dedicada aos deuses antigos, a ponto de superstição grosseira. Mas depois de testemunhar os martírios corajosas de alguns cristãos, e que tem um sonho no qual ele foi informado de se converter, ele tentou se tornar um noviço.

Em surpresa, e talvez porque ele ainda não confiava Arnobius-o bispo perguntou o jovem filósofo se ele faria uma renúncia pública de paganismo.Arnobius respondeu que ele não gostaria de nada melhor e começou a trabalhar em seu multivolumed  contra as nações , que refutou a acusação de que o cristianismo era responsável por muitas pragas que se alastraram pelo império. Depois de terminar os dois primeiros livros da sua obra, Arnobius foi batizado. Em seguida, ele escreveu mais cinco.

Floreio literário favorito de Arnobius foi a pergunta retórica, que ele colocou para cada reivindicação pagão que ele poderia imaginar. Para o argumento de que o paganismo era superior porque era mais velho, respondeu secamente Arnobius, "Existe alguma coisa mais velha que ele [Deus]?"

Quando os filósofos pagãos disse que teria sido carnal para um Deus transcendente para nascer como um homem, Arnobius página listada após página das façanhas carnais fontes pagãs atribuídas a Júpiter, Saturno, e os outros deuses.

No entanto, seus piores incriminações ele levantadas contra si mesmo para sempre terem acreditado em deuses pagãos: "O cegueira que eu adorava imagens apenas trazidas das fornalhas, deuses feitos em bigornas e forjados com martelos, os ossos de elefantes, pinturas, grinaldas em árvores com idades; sempre que eu avistou uma pedra ungido. . . Eu me dirigi a ele e pediu as bênçãos de um estoque sem sentido ".

Por causa da sátira e invectiva de Arnobius contra o paganismo, um historiador chamou de "Voltaire do lado dos anjos."

LACTANTIUS

(C. 250-c. 325)  Defender de esperança e de vida

O ne dos maiores presentes de Arnóbio para a igreja cristã foi seu aluno Lucius Caecilius Firmianus, conhecido por nós como Lactantius. Tal como o seu mestre, Lactantius era um filósofo tão talentoso muito para que ele foi feito um retórico público na cidade imperial de Nicomédia.

Não está claro exatamente o que levou Lactantius para converter (c. 300), mas depois que ele abraçou o cristianismo, ele era ao mesmo tempo um apologista e historiador para a fé. Ele continuou no cargo até que a grande perseguição de Diocleciano em 303. Ele escapou à prisão e tortura, mas não a pobreza ea fome.

Ao contrário de seu mestre, Arnóbio, que usou suas habilidades para ridicularizar paganismo, Lactantius tentou promover o cristianismo entre as classes aprendidas por meticulosamente explicando o que os cristãos acreditavam. Sua  The Institutes Divina  é a primeira tentativa em larga escala em comum Latina para definir doutrina cristã diante de uma forma detalhada e sistemática. Ele assegurou a seus leitores que iria "falar de esperança, de vida, de salvação, de imortalidade, e de Deus, para que possamos pôr fim a superstições mortais e erros mais vergonhosos".

Em sua  obra de Deus , Lactantius tentou provar a existência de Deus a partir das maravilhas do corpo humano. Em seu tratado  A Ira de Deus , ele argumentou contra filósofos que haviam criticado as Escrituras com o fundamento de que um Deus sublime não pode ser movido para a raiva.Lactantius respondeu que Deus é mais do que sublime ou impassível, ele é o mestre do universo, que é capaz de ação direta no tempo.

Para os leitores menos sofisticados, ele escreveu  as mortes dos perseguidores , uma história popular que contou em detalhe macabro as mortes horríveis que vieram aos imperadores e outros malfeitores que perseguia os cristãos.

Lactantius, como seu mentor Arnobius, mais tarde foi comparada a um grande escritor secular. Alguns humanistas do Renascimento chamou de "o Cicero cristã".

TERTULIANO

(160-225)  apologista Pugnacious

W hile alguns apologistas tentou conciliar cristianismo e filosofia, Tertuliano tentou estabelecer uma distinção nítida entre a fé cristã e do mundo.

Quintus Septimus Florens Tertuliano foi levantada em Cartago no Norte de África, educado na literatura clássica, e disse ter treinado para ser um advogado. Mas algum tempo em torno ad 197, ele se converteu ao cristianismo e pode ter se tornado um padre. Tertuliano não deixou um registro de sua conversão, mas muitos estudiosos acreditam que o heroísmo dos mártires cristãos causou uma profunda impressão sobre ele.

Tertuliano declarou que a igreja não precisa nem mesmo discutir com essas pessoas: ". Você vai perder nada, mas sua respiração e não ganha nada, mas vexame de sua blasfêmia". A sua primeira obra conhecida é uma carta de consolo e encorajamento para os cristãos presos que aguardam execução.Pouco tempo depois, ele enviou uma longa carta para as autoridades romanas zombando suas tentativas de suprimir o cristianismo.

"Nós somos de ontem", ele escreveu, "mas nós ter preenchido todos os lugares entre você-cidades, ilhas, fortalezas, cidades, mercados, o próprio acampamento, tribos, empresas, palácio, o senado, forum-nos resta nada para você, mas os templos de seus deuses. "

Tertuliano é mais comumente lembrado por seus escritos e apologéticas para sua navalha afiada wit-em defesa da fé cristã. Para o mundo pagão, intervalos de Tertuliano afirmou que os cristãos não representava nenhuma ameaça para o império e eram cidadãos leais; assim os cristãos devem ser tolerados.

Em seus escritos, para os cristãos, Tertuliano advertiu que a separação de cultura pagã foi necessária para evitar a corrupção moral e doutrinária. O teatro, banquetes pagãos, assembléias públicas, e, acima de tudo, os jogos de gladiadores eram incompatíveis com a fé cristã. "Com essas guloseimas", escreveu ele, "deixe os convidados do diabo ser festejaram."

Tertuliano nivelou sua crítica mais profunda para aqueles que tentaram alterar ou modificar a fé cristã. Deus, ele insistiu, foi o mesmo Deus amoroso e misericordioso, tanto no Antigo Testamento e do Novo; Cristo era Deus encarnado e o cumprimento de tudo profetiza messiânico, ea igreja sozinho realizada na fé legítima recebida dos apóstolos.

Gnósticos, hereges, cismáticos, e pagãos, disse ele, eram simplesmente errado. Eles não tinham o direito de citar as Escrituras, que não pertencem a eles de qualquer maneira.

Tertuliano declarou que a igreja não precisa nem mesmo discutir com essas pessoas: "Você vai perder nada, mas sua respiração e não ganha nada, mas vexame de sua blasfêmia."

Mas com os cristãos que se discutem, no livro após livro. Ele não gostava de batismo infantil, acreditava que o retorno de Cristo estava em minhas mãos, e teve pouco tempo para o clero, que eram (na sua opinião) branda sobre a imoralidade sexual. Ele acreditava que o Espírito Santo ainda falou através dos crentes de sua época, e ele segurou essa crença tão fortemente, ele terminou seus dias entre os Montanists, um movimento acabou condenado pela igreja.

No entanto, a sua aprendizagem e da escrita lhe renderam um legado duradouro como um dos grandes Padres africanos da igreja. 

 

 

CRONOLOGIA DA IGREJA PRIMITIVA

AS DÉCADAS DE EXPLOSÃO 

c. 30  A morte e ressurreição de Jesus; vinda do Espírito Santo

c. 40-65  Missões de Paul e associados, em especial para os gentios

c. 40  A palavra  cristãos  usado pela primeira vez para descrever os crentes em Antioquia

c. 50-95  Livros do Novo Testamento escrito

70  Separação do cristianismo do judaísmo alarga após a captura de Jerusalém

c. 100-150  Escritos de pais apostólicos mostram uma preocupação com a unidade e boa ordem das igrejas

c. 112  Plínio, governador da Bitínia, consulta imperador Trajano sobre como lidar com os acusados ​​como cristãos

140  Justin funda escola de filosofia cristã em Roma

165  martírio de Justin

c. 170  Celsus escreve  Verdadeira Palavra , o primeiro livro de oposição cristianismo

180-200  Irineu de Lyon prega aos celtas na Gália, refutando gnosticismo

180  Clement dirige a escola de "verdadeiro gnosticismo" em Alexandria

197  Tertuliano começa a escrever apologética em Carthage, Afica

c. 200  Primeira menção de cristãos na Grã-Bretanha

203  Martírio de Perpétua e Felicitas em Carthage

212  Orígenes começa viajando, elogiando o cristianismo para altos funcionários em todo o império

c. 215  Hipólito de Roma compila a  Tradição Apostólica , descrevendo como são convertidos para ser discipulado

231  Orígenes funda escola em Cesaréia (Palestina)

c. 240  Gregory "o trabalhador da maravilha" bispo nomeado de Pontus (no norte da Ásia Menor)

248  Cipriano nomeado bispo de Cartago, a maior igreja na África, apenas dois anos depois de sua conversão Orígenes defende o cristianismo em Contra Celso

250  Imperador Décio começa o primeiro, apesar de breve perseguição, geral dos cristãos

c. 260-305  Porfírio, um filósofo neoplatônico, escreve vários volumes contra os cristãos

270  Monasticism começa a se espalhar no Egito e na Síria, promover o cristianismo em áreas rurais

303  Diocleciano implementa Grande Perseguição

312  Conversão de Constantino

313  Edito de Milão oferece tolerância oficial para os cristãos

c. 314  Gregório, o Iluminador funda igreja arménia

c. 315  Eusébio, o primeiro historiador da igreja e eulogist depois de Constantino, nomeado bispo de Cesareia

325  Concílio de Nicéia

c. 330  Nino converte família real georgiana

c. 340  legislação romana começa a favorecer o cristianismo e paganismo penalizar

c. 350  Frumentius converte a realeza de Axum, na Etiópia

362  Mário Vitorino, um dos retóricos mais famosas de Roma, converte, causando muita emoção pública

c. 371  Martin, evangelista para os pagãos da Gália central, é eleito bispo de Tours

c. 380  Ulphilas, bispo missionário Arian entre godos e tradutor da Bíblia Gothic, morre

 

380  imperador Teodósio torna o cristianismo ortodoxo a religião oficial do império

fonte www.christianhistoryinstitutte.org

Postado por GOSPEL GOSPEL BRASIL