Translate this Page

Rating: 3.0/5 (915 votos)



ONLINE
4




Partilhe este Site...

 

 

<

Flag Counter


movimento g12
movimento g12

                              PERIGO LATENTE G 12 E SUAS VARIANTE ---------------

          ANÁLISE DA VISÃO Pilha DE CIRCULAÇÃO DE G-12 E PENHASCOS NA IGREJA 

                 EVANGÉLICA, tirada de pesquisa e entrevistas INTERNET VÁRIOS.


INTRODUÇÃO

Querido irmão valorizado e companheiro na proclamação do Evangelho, apresento este estudo porque estou extremamente preocupado com a estrutura da pirâmide e as consequências para muitas igrejas e indivíduos a criar o chamado Grupo dos 12 ou "G-12", fundado por Dr. César castelhano, que é a roupa e muitas igrejas evangélicas que, inconscientemente, estão forjando um clerical semelhante algumas práticas erradas que minam a doutrina da redenção, arrependimento e expiação estrutura.  Eu vejo os perigos de divisão, e Pior ainda, o surgimento de uma estrutura que pode levar a sérias heresias, porque há coisas para investigar. Discuti este movimento, e outros, tentando estabelecer mega-igreja com características estruturas piramidais, com base em conceitos de negócio. Vendo os ensinamentos do "G-12" descobrir a sua forma e motivação é impressionante, e em algum aspecto mostra uma verdade bíblica, mas dogmas banais dos homens, e no fundo eu vejo uma estrutura emaranhada com a metodologia da New Age , que traz confusão, o desenvolvimento de um poder humano absoluto, e, infelizmente, ressurgem os métodos e as ideias de Inácio de Loyola ea estrutura estabelecidos pela Escrivá, fundador do Opus Dei. É por isso que eu enviar esta pesquisa a partir de várias fontes e ponto matizada por ponto para despertá-lo antes que possamos levar um caos religioso. Devemos ser cautelosos e prudentes em correntes existentes e novos, porque estamos à beira da apostasia, porque a história sempre se repete. Analisar, investigar e, em seguida, fazer um julgamento.

Espero que este material irá ajudá-los.

Rev. Mario E. Fumero

 

   OLHANDO PARA O CRESCIMENTO ACELERADO

     Vimos com nossos próprios olhos como algumas igrejas têm sucumbido divisão e romper com o seu nome para a prática do movimento da Visão Celular, ou mais conhecido como o G-12 foi fundada por Cesar Castellanos. Este princípio de células de discipulado não é nova, tem sido praticada por muitos outros líderes ao longo da história da Igreja, sem cair tanto radicalismo e divisão. Dentro do mundo evangélico que avaliar o sucesso de uma igreja ou ministério, o crescimento da congregação, e em alguns casos crescer qualquer meio é uma idéia convulsiva, porque todo mundo quer demonstrar o sucesso no ministério, mas não devemos ser ingênuos e avaliar o desempenho uma congregação apenas pelo número de seguidores que você tem, ou dos rendimentos auferidos. No mundo espiritual, há muitos outros fatores a considerar, de fato, esses fatores devem ser levados para a luz da Palavra de Deus, para ser provada ou rejeitada como prova de sucesso. Lembre-se que Jesus não era um mega igreja e quando eu chegar a ter descoberto 3.000 vindo por interesse material.

O Governo dos 12 (G-12) traz debaixo do braço um programa que tem como objetivo proporcionar um rápido e mágicas igrejas evangélicas em crescimento global, a introdução de práticas que quebra todas padrão bíblico. Há um desejo desordenado de ver aumentado o número de convertidos em um acelerado E por que não? Nós também queremos ver mais recursos econômicos da igreja local, mas a que preço que conseguiu isso? Tanto em si não tem nada de errado, mas estou preocupado ao ver que os pastores e outras autoridades da Igreja, por ambição, ou ignorância, tomar o proposto pelo plano G-12, ou introduzir costumes estranhos em programas da igreja atraem muitas pessoas, como eles querem crescer rapidamente, quebrando as leis naturais de todo o crescimento. Entendemos investigações, que tal programa aplicado a uma igreja traz mais efeitos nocivos a longo prazo que bênçãos.

Deus usa as nossas unidades de medidas bem sucedidas para se qualificar ou não um pastor ou congregação, pelo simples fato de crescer rapidamente em programas de estilo "fast food". Não ter uma mega-igreja não significa que nós falhamos. Um pastor disse que  "Satanás não tem medo das mega-igrejas, mas teme que punhado de irmãos em oração constante, que são o remanescente."   Tenha cuidado com aqueles irmãos que sutilmente enganar o povo de Deus com astúcia como a Palavra de Deus adverte. ( Romanos 16. 17-18,  Efésios 4:14)

 

As retiradas de San Ignacio de Loyola

Para entender melhor a visão celular do G-12 e seu rápido crescimento, devemos buscar as suas raízes. Era realmente uma visão de Cesar castelhano ou outros movimentos imitativos réplica? Vejamos: A área mais forte dos G-12 mentiras nos encontros pré e reuniões, que é trazer os adeptos a uma espécie de retiro onde metodologias manipulação mental e regressão Encuentristas o programado de acordo com as diretrizes da Visão Celular Cesar castelhano, seu fundador, cancelando até mesmo suas experiências passadas e levá-los para um novo arrependimento, que irá detalhar mais tarde. Toda essa técnica e prática é apenas jogar o método estabelecido pelo fundador dos jesuítas, Inácio de Loyola.

Nesses retiros que procuram Deus é desenvolvido pela mente humana ou da imaginação; seus adeptos manter silêncio absoluto por acordos secretos e realizou um exercício mental liderado por pessoas recém-convertidos, ou neófitos, que lidera o grupo até sua gestação mental para experimentar insegurança e medo por meio de técnicas de andaimes psicológico. Mas quem foi Inácio de Loyola?

A história de San Ignacio de Loyola

 

Inácio de Loyola

Inácio de Loyola nasceu no castelo ancestral que sua família tinha em Azpeitia (Guipúzcoa) Espanha. Young foi uma página na corte de D. Fernando, em 1491, e foi chamado antes de tomar hábitos Inigo Onez e Loyola. Em 1521, defendendo a cidade de Pamplona cerco francês por aquilo que ele sofreu um ferimento de bala no canhão de perna, fato que seria importante na sua vida. Os-dos franceses admirado por sua coragem na batalha, ele foi devolvido para que ela seja curada. Uma vez no castelo, Ignacio, irá sofrer operações excruciantes para recuperar a perna, então ele estava à beira da morte, sendo coxo pelo resto de sua vida.

Entediado durante sua longa convalescença, pediu para dar seus livros, incluindo um sobre a vida de Cristo e outros com histórias das vidas de santos. Lentamente, ele começou a ter sonhos de glória, mas leituras religiosas levaram a uma espiritualidade que deu, como eu digo, paz e tranquilidade. Meditando sobre isso, abandonando suas metas antigas e entrou no serviço do Senhor, e declarar: ". A partir de agora eu vou ser um cavaleiro de Cristo" Uma vez recuperado, ele foi para Barcelona, ​​e de lá para a Terra Santa. No caminho para o Barcelona, ​​parou em uma cidade chamada Manresa, onde permaneceu 10 meses intensamente orando e jejuando em uma caverna. Lá, ele concebeu a revelação dos Exercícios Espirituais, e teve uma visão que o levou a fundar uma ordem religiosa conhecida como "A Companhia de Jesus" ou "jesuíta".

 

Ordem Jesuíta

Ignacio foi dedicado desde então a regular e manter a ordem através de cartas juntos. A Companhia de Jesus cresceu, ea vida passou de oito mil membros, o desenvolvimento de um sistema de aposentadoria ou reuniões para buscar a Deus. Esta metodologia foi expressa em um livro que serviu como um guia para aqueles que se exercitavam com essas práticas mentais. Ele afirmou, com grande precisão, os passos para um encontro eficaz com Deus. O que Loyola descobriu nada mais é que práticas regressivas misturados com o ocultismo, idênticas às exercidas pelos feiticeiros da África ou mentalists Índia, Japão e China, com métodos cristãos de revestimento por que o passado é agitada escondido por confissões coletivas e penitência. Loyola deu uma suposta facilidade de encontrar Deus em todas as coisas (panteísmo). Eles tinham vários fenômenos que acompanharam este retiro: toques místicos e louvor divino, setas, ecstasy, trechos, arroubos de amor, vôo do espírito, levitação, confissões, a estigmatização, dolorosa transformação como no Jardim das Oliveiras etc, medos flamejantes culpa induzida complexo, penitência etc. Qual foi bóxervado Loyola praticado em dúvida pelas autoridades eclesiásticas católicas de seu tempo, mas foi finalmente aprovado pelos papas, incluindo os pontífices do século XX Inácio de Loyola qualificar como uma mente brilhante do cristianismo-romana. Em seu tempo Loyola influenciado muito sobre os cristãos, práticas veio a ser difundida e aceita. Atualmente casas de retiro, onde eles realizaram os Exercícios Espirituais. Os jesuítas têm uma reputação conhecida oculto, isto é, o que eles ensinam para a adesão é apenas uma forma de luz (light) ocultismo.

Loyola teve experiências paranormais, F. Leroy foi mais longe, recolhendo até 250 místicos cristãos capazes de violar a lei da gravidade, esta extensa lista de nomes registrados em San Bernardo, Santo Domingo, San Buena-ventura, Pedro Armengol, San Vicente Ferrer Francisco Suarez, Felipe Neri, Juan de la Cruz, José Oriol, Juan Bosco, Santa Gema Galgani, Teresa Newman, etc. Sabemos que a Igreja Católica estava considerando elevar o status dos homens santos que fizeram o seu sobrenatural, como a levitação e de outros exploits fenômenos parapsicológicos. Não deve ser surpreendido por práticas católicas, porque eles não rejeitam muitas das práticas que os evangélicos são ordem oculta. Ignacio disse o seguinte a respeito dos Exercícios Espirituais :  "E agora, nesta vida, eu não sei como você pode conhecer alguma faísca, que você usar por um mês em Exercícios Espirituais com a pessoa que você nomear [...]. (Os exercícios são) tudo de melhor nesta vida que eu posso pensar, sentir e compreender, e ser capaz de apreender o próprio homem, como a fruição, ajuda e lucro para muitos outros ... "

 

Os retiros E REUNIÕES ESPIRITUAIS

            De acordo com o manual de instruções dos exercícios espirituais de Loyola deve ser realizada em um lugar isolado fora do habitat diária da pessoa e só selecionar pessoas com absoluto sigilo pode participar. Isso coincide com as reuniões realizadas pelo movimento do G-12. Loyola aconselhou que os novatos não têm acesso aos Exercícios Espirituais manuais. Ele aconselhou: "Não colocá-los em contato com o livro sem preparação suficiente. Normalmente tem prevalecido carta sobre o espírito e mais dano do que benefícios ... ". Esta é a recomendação dada na reunião do G-12 Manual em sua página 3 diz: "É expressamente proibida a ler ou manuseio deste Manual por pessoas nem mesmo passou a reunião ". No manual de Loyola, bem como o Manual do G-12, há uma ordem a seguir, com frases e expressões que devem ser mencionados com precisão. " Na Casa de Exercícios Espirituais dos jesuítas em Altavilla Milicia (Palermo, Espanha), o seguinte é praticada ".    

One.        Ele procura flagelação mental culpa pelos pecados do passado, devemos também confessar carnal fraquezas. Nas Assembléias concebidas por Castellanos faz o mesmo.

2.        -O corpo e alma deve experimentar uma separação, isso vem de ocultismo, New Age agora chamado de visualização.

3.        Ele perde o contato com a realidade e culpa exalta tendo os erros do passado.

4.        Ele experimentou sensações paranormais, tais como; regressão, visualização, ecstasy, o vôo do espírito, etc.

5.        participantes -Dá uma sensação única de felicidade, nunca encontrado em sua igreja, uma alegria incomparável e único. Você chegou a confessar que agora se o verdadeiro arrependimento, negando até experiências passadas.

6.        -Motiva pessoas a viver longe dos pecados para os quais você deve manter o grupo ou exibir sua lealdade através de retiros contínuas vida.

. 7        -O temas abordados durante exercícios de Loyola são; reconhecimento do pecado, confissão e avaliação dos erros do passado por meio de regressão e contrição atos e suas conseqüências, se não cumprem ordenada. Caso o participante a reconhecer e se engajar na luta para superar os fatores internos e externos que impedem a livre resposta, para desenvolver a vida de Cristo.

Algumas dessas experiências podem ser bem visto por um cristão, mas a Bíblia adverte contra tais práticas, porque o perdão concedido por Jesus não requer cavar o passado e volta a confessar o que eles já confessar isso a Bíblia chamadas para arrependimento de obras mortas (Hb 6: 1). Sem dúvida, muito da metodologia de "Encontros" do G-12 são cravadas a uma réplica recua práticas ensinadas por Inácio de Loyola há 500 anos.

MODO DE OPUS DEI.

No século XX, houve um outro movimento que utilizando a metodologia de Loyola, aperfeiçoou um plano radical oculta, que se infiltraram todas as áreas da Igreja Católica e da sociedade. Este movimento foi fundado pelo padre José María Escrivá de Balaguer, que surge a partir dos grupos mais radicais do catolicismo espanhol nacional, fundadores da OPUS DEI (média: Obra de Deus). Sua remoção metodologia e manipulação de seus adeptos é idêntica à prática do G-12, e retoma a métodos de Loyola, mas com uma maior penetração e manipulação de seus seguidores. Po-demos afirmar que a metodologia das reuniões do Visão do G-12 é uma réplica exata em versão católica evangélica destas duas correntes. César Castellanos, que afirma ter sido o modelo para o 12 de revelação divina, que jogam técnicas e Opus Dei Loyola, refletindo que faz sentido para copiar e adaptar ambas as idéias com um estilo torção AMWAY ( empresa comercial utilizando incentivos materiais para atrair as pessoas).

NASCIMENTO DO OPUS DEI

Na verdade, o verdadeiro criador da técnica de G-12 foi o espanhol Padre  José Maria Escrivá,  que criou a 02 de outubro de 1928 a organização "Opus Dei", aplicando a metodologia utilizada castelhano. Afirma que Escrivá acreditava que: "Deus se dignou a iluminar e teve uma visão mística do Opus Dei, e que o Senhor queria era" trabalho "é estendida através dos séculos, até o fim dos tempos "   Não foi o início treze clérigos, todos os votos declarados de obediência, castidade e pobreza. No entanto, um renegou esses votos, se casar. Em seguida, a base do governo sobre o grupo aparece no OPUS através de 12 (doze) fiel e companheiros obedientes. O governo dos 12 estão definitivamente formado, sendo o número Escrivá 13, tomando o lugar do Filho de Deus (megalomania). O objectivo deste movimento era ; recrutar leigos proeminentes de diversos setores sociais da Igreja Católica e agendar a retirada grave e escrutínio secreto.

Quando o Opus organiza encontros sigilo é necessária, que eles definiram como "a doutrina da discrição," a mais poderosa arma utilizada pelos jesuítas-da, certifique-se até que a "lealdade absoluta" de seus adeptos.

 

A DOUTRINA DA SIGILO

           Recrutado por Escrivá foram programados para dizer que não havia nenhum segredo; e "manter a discrição sírveselo para provocar a curiosidade." "Quanto mais a curiosidade despertada pela Opus Dei, mais ajudar a divulgar o seu trabalho e do cristianismo." De acordo com o Pr. Onezio as manifestações mais divulgados e difundidos, Opus Dei Escrivá, foram e são "O Cursilho da Cristandade." As pessoas foram removidas de seu ambiente e família e levado para lugares desconhecidos para fazer lavagem cerebral. Ligações com parentes quebrou e comprometeu-se a trabalhar para a Opus Dei como a visão única da Igreja. Durante o pontificado de João Paulo II este movimento controlado do Vaticano. Para se ter uma idéia de inferno psíquico que viveu alguns ex-membros do Opus Dei (primo da metodologia do G-12 evangélico) ver o que diz Raimundo Paniker: "O Opus, diz Paniker,       [1]  quer salvar o mundo -se em nome de Deus, mas em seus próprios termos. Condições Opus, é claro, são idênticas às de seu fundador. Cada graça que leva à salvação vem aos membros do Opus Dei por seu fundador. Pela graça do fundador você é o que você é. Daí o trauma daqueles que partem. Demasiadas vezes acreditam, e os membros do Opus penso assim, que ao deixar esta fonte de graça colocar-se fora desta instituição de inspiração divina e inalteravelmente perfeito, e destinam-se a ser condenado para sempre. "O diabo age rapidamente para sua mãe Janet Gould disse que quando ele explicou por que ele não poderia sair por um curto período, a residência do Opus ir para casa visita- e se eu sair daqui. (Citado em "católica Pictorial", 13 de setembro de 1981. A senhorita Gould já deixou o Opus). O impacto sobre os membros do Opus é previsível. Eles se separaram no início de sua família natural. Eles são ensinados a acreditar que a salvação é impossível agora que são membros da Opus Dei, mas apenas através da organização que você digitou. Supple sua vida familiar, seu ambiente, pelo menos em outra coisa que não a atividade profissional e, em muitos casos, especialmente para as mulheres, também presente. Desapontado quando, portanto, o impacto emocional é esmagadora. Aqueles que querem sair não tem ninguém a quem recorrer, ninguém fora do Opus, que estabeleceu uma relação suficientemente perto para capacitá-los a confiar neles. E eles foram levados a acreditar que a romper seus laços estão cometendo o pecado mais infame. Salvação é transmitida através do Opus. No Opus, o ex-numerários está condenado [2] ". 

Ele continua:  "No trabalho menosprezar Deus e fazê-lo cúmplice de uma aranha incrível apego a manter-nos bem com tais frases enganosas como" infidelidade, quebrar a união com Deus, que é a sepultura "(Escrivá). Há uma armadilha! Olhe-o da seguinte forma: Para Escrivá, deixe o seu trabalho é como ... quebrar o vínculo com Deus! (Quanto orgulho que é preciso para fazer tal afirmação?) ".

Para algumas facções do catolicismo Opus Dei é considerado um cult psicologicamente falando, muito perigoso, se lermos um artigo que diz:  "... há muitos casos de distúrbio psiquiátrico. Deformar a função personalidade de normas de produtos mente doente Escrivá. Opus Dei Bishop Xavier Laurizaca, que prefaciou o livro O Caminho da Escrivá, acabou em um asilo. Padre Arrupe pensei que se Escrivá faz parte da psicanálise, como muitas vezes à tona suas obsessões sexuais. Carmen Tapia, ex-membro e autor do livro "Beyond the Threshold-A Life in Opus Dei ', afirma que Escrivá disse em um membro que secretamente trouxe correspondência:' agora será chicoteado, saia bájenle, quebrar seus calzones, e dar-nos o pompi '. Outra característica da megalomania é comparado com Cristo para recrutar 12 funcionários, como os 12 apóstolos de nosso Senhor para começar a sua "obra de Deus" (Opus Dei), que disse que é divino. Isto significa a blasfêmia, falando produto perverso de sua mente como a obra de Deus. Deve-se notar que Escrivá estava mentalmente doente, cuja demente "doutrina" tem levado a mais de um asilo ou consulta psiquiátrica (como é o caso familiar de Tudela). " Indicações e caracteriza-tan dela Visão Celular do G-12 como uma cópia traçado da primeira desenvolvida pela Loyola, e adaptado para o século XX por Monsenhor José Maria Escrivá. Pastores e líderes cristãos em geral deve investigar estas questões, e olhe cuidadosamente a parte inferior do formulário para a saúde das igrejas evangélicas está em jogo.    "Como eu falo para sensata; julgai vós mesmos o que digo "1 Coríntios 10:15.

 

A ORIGEM DA VISÃO DO G-12

   Na Colômbia há uma igreja tendência carismático ecumênico neopentecostal chamado "Missão Carismática Internacional" fundada por César Castellanos, que tinha uma igreja em um ano cresceu de 30 a 120 pessoas, mas descontente com o resultado numérico, demitiu-se e afastou-se daquela igreja . Em uma ocasião, durante a sua estada em uma praia da Colômbia, recebeu uma visão onde Deus supostamente mostrou-lhe o modelo de Igreja que Ele queria. Foi lá que dogmatized um número, o que lhe deu poderes mágicos, e nasceu o grupo de doze, formando células. Este plano é montado sobre o número e dizem que é o modelo que o próprio Jesus que está sendo imposta na terra, a escolha de 12 homens e discípulo, estes por sua vez, levar o evangelho para as comunidades mundiais impor esse método certamente não mencionado em nenhum lugar do NT

O G-12 propõe estruturar sua organização em número de 12, dizem que o segredo está no número e organização de igrejas, assim, obter um crescimento sobrenatural.

Diante dessa afirmação, temos nossa primeira pergunta; Acredito que há uma confusão generalizada sobre o que um modelo bíblico, uma vez que não há evidências de que os apóstolos seguir um plano semelhante, uma vez que não é registrada ao longo do livro de Atos este método estrutural. Acreditamos que Jesus escolheu 12 pessoas para serem seus discípulos não quer dizer que as igrejas evangélicas deve ser organizada com base em 12 discípulos como um mandato imperativo divino. Notamos, por exemplo, que a primeira necessidade que tinha organizado para servir os necessitados escolheram sete diáconos (Atos 6: 1-7 ) , e Paul quando ele organizou a igreja colocou anciãos (Atos 14:23), e não a determinação do como número mágico. Devemos também observar que há outros eventos "modelos" no livro de Atos que são dificilmente aplicáveis ​​a nosso tempo ou certos países, como a venda da propriedade privada e posse em comum de todas as coisas ( Atos 2: 43- 46  e do  cap. 4: 34-35).

Se realmente o conteúdo de Atos deve ser aplicado como um modelo; Como é que vamos aplicar isso a nossos dias? Finalmente acreditam que Jesus chama 12 para um propósito que vai além do nosso raciocínio imediato, e que o estudo aprofundado sobre este assunto que deve usar ainda mais tempo e espaço nesta edição; No entanto, devemos mencionar o caráter escatológico de muitos eventos bíblicos; o número 12 significa perfeição elementally do governo. 12 é o produto de 3 (o número perfeitamente Divino e celeste) e 4 (o terreno, o número de que é material e orgânica). Demonstrando o governo TRINIDAD (3) no terreno (4). É por meio desse jogo de números em que entender duas coisas à luz da Palavra; primeiro que o governo perfeito só é capaz de Deus, e em segundo lugar; entender o que as pessoas gostam Loyola, Escrivá e Castellanos, está tomando atributos divinos destinadas à criação de estruturas humanas e piramidais.

 

PRINCÍPIOS DO MOVIMENTO G-12?

O mundo de hoje está infestado com milhares de Christian auto-intitulado, mas com enormes desvios doutrinários atuais. A maioria destes iluminados e visionário estão empenhados em criar estruturas piramidais para enfatizar o poder absoluto sobre a igreja para a sua exaltação e bem-estar. Vamos para um papado evangélica. Os teólogos estão empenhados em explorar esses movimentos, atual ou expressões do cristianismo, a descoberta de um sincretismo religioso terrível. Se para os teólogos este é um trabalho árduo, imaginar o que é para manter a ordem na mente e crenças do povo quando invadem uma corrente que afirma ter a verdade absoluta. Em relação ao G-12, estamos envolvidos em um dilema difícil definir o que é ou olhar na esfera eclesiástica, talvez, o objetivo é criar um "Vaticano evangélica" em torno da visão de um homem; César castelhano e nação; Colômbia.

DEFINIÇÃO DO MOVIMENTO G-12

É bom que nós tomamos a definição abaixo transcrito, que foi dada por Onezio Figueiredo, um proeminente teólogo evangélico, sobre o movimento de Visão G-12, que diz:  "Preliminarmente dizer que este é um movimento paraeclesiástica pressupostos interdenominacionais fins de evangelismo e renascimento da natureza carismática, vem-te do Movimento Carismático neopentecostal, suposições missiológicas objetivos. Baseia-se em um sistema de organização muito vasta. Recolha participantes de todas as denominações. O recolhidos na "sala de meditação Segredo" (Encontros), na verdade, tornar-se ,  depois de ter sido trabalhado emocionalmente, membros permanentes das reuniões. "  Ele continua Pr Onezio. "À medida que o movimento eclesiásticos, montarias, inicialmente em uma maneira indefinida para o seguinte: 

 

  • a- Ganhar a simpatia dos membros das igrejas estabelecidas e institucionalizadas, até que eles despertam ou os seus membros são alertados, os agregados e os seus fãs apaixonados são fortes o suficiente para dividir a igreja original em favor do "verdadeiro cristianismo" que " descoberto "através da visão celular, que é a única opção para todos imperativo.
  • Lugar e mantenha b- e encobrir onde quer que agradar e serão questões úteis, óbvios de uma igreja; Família, evangelização e santificação.
  • Tente estabelecer c- dentro de uma igreja, as diferenças entre os membros normais e "melhorado" por parte do G-12. Assim começa uma pressão psicológica para impor sua visão.
  • Previna d-, por tanto tempo quanto possível, o segredo do que é feito na lei reuniões impor "stealth", que impede que a externalização de suas doutrinas e objetivos, o que dificulta a investigação de seu corpo ideológico e filosofia. E não é apenas o furto de suas atividades, mas se contenta discrição, cuidadosamente preservado-do, não há materiais distribuídos aos participantes, de modo nenhum a gravação, filmagem ou visitantes pelos participantes.
  • Remove obediência e- e fidelidade a Cristo, devido aos líderes do G-12 e para os pastores que abraçam a visão em acordo secreto ..
  • f-       sustenta e promove divulgar mentalismo e "fé positiva".

Como você pode ver todos estes confronto étnico com a sã doutrina da Palavra de Deus.

ENSINAMENTOS herética do G-12

  Nesta seção queremos submeter à consideração das coisas estranhas que eles fazem e dizem que os principais líderes do G-12, como César Castellanos, René Terra Nova e Valnice Milhomens além das práticas realizadas em diferentes atividades por esses líderes. O G-12 é apresentado como o grande proposta para o novo milênio, pouco de novo tem esse movimento para-igreja, que é o mais atrativo a facilidade de crescimento, portanto, os seus estados de sucesso, apesar de suas práticas e doutrinas Não há nada de novo para um estudioso dedicado à Palavra. A maioria dos participantes sabem a origem do movimento, as suas propostas e que, basicamente, procurar. Todos estão fascinados com o impacto emocional e o resultado imediato aparente, de modo que os G-12 promotores esperam alcançar a unidade da igreja e de reformas estruturais em torno de sua verdade.

Queremos dar uma atenção especial para as histórias de Castellanos, ele afirma: "Em 1991, nós sentimos que ainda mais o crescimento estava se aproximando, mas algo impediu que ela ocorre em todas as dimensões. Estar em um de meus longos períodos de oração, pedindo a direção de Deus para algumas decisões, apela a uma estratégia que ajudaria a frutificação setenta células que tinham até então, recebi o modelo revelação extraordinária dos doze. Deus me trouxe o véu. Foi então que tive a clareza do modelo que agora revoluciona o mundo da forma mais eficaz para o conceito de multiplicação da igreja: os doze. Desta vez, ouvi o Senhor dizendo: Você vai jogar a visão que eu te dei doze homens, e eles devem fazê-lo em outro doze, e estes, por sua vez, em outros! Quando Deus me mostrou a projeção de crescimento, fiquei maravilhado. " 

Em outra parte em seu livro castelhano diz:  "Eu senti meu espírito derramamento meu corpo. Eu lutei; mas uma força invisível dirigindo minha alma. De repente, me veio à mente a testar o mês anterior e lembrou-se das palavras "não é o momento" I apropriou deles e disse: Senhor, não é possível para você deixar isso a morte não é o tempo, você precisa de mim  na terra dai-me força para voltar ao meu corpo e levantá-lo em seu nome. " Esta história Castellanos mais do que um encontro com Deus é como viagens vivida por Loyola e outros ocultistas que sentem a libertação da alma de seu corpo, é mais semelhante as experiências paranormais de praticantes de Yoga e outras formas de mentalismo a meditação transcendental grave, forte princípio da Nova Era. Que força invisível que realmente fala? Também surpreso com a maneira arrogante ele expressa Deus dizendo que ele precisa dele na terra.

O G-12 coloca a obra redentora de Cristo, sua expiação e perdão dos pecados em questão. Em sessões de regressão, o ministério de Reunião leva Encuentristas rever o seu passado para confessar pecados e personar salvo, e levá-los a procurar aqueles que o fez sofrer em cada faixa etária da sua vida, da infância para a vida adulto. O admi- devem instruir Encuentristas para lembrar os, amargo, momentos traumáticos duros, etc. E confesso, mesmo que anteriormente crente nascido de novo. Les chumbo para perdoar cada pessoa ferida em sua vida passada, e até mesmo a inclusão de Deus. Esta baseia-se no pressuposto de que alguém está com raiva de Deus. Isso ignora a natureza santo e justo de Deus, bem como a sua imutabilidade, e acentua a natureza meritória de sofrimento humano e fórmula expiação. Vamos dizer de outra forma, lembre-se que durante a Idade Média os católicos procuram compensar seus pecados passando por castigo físico e emocional rigorosa? A flagelação muito famoso, fez uso de chicotes e outros objetos para infligir dor a seus corpos com fon para pagar por seus hábitos pecaminosos. Havia mosteiros católicos onde os monges são recrutadas e submetidas a práticas que sacrificaram seus corpos com punições individuais, tentando limpo diante de Deus, mas todos nós sabemos a partir da Escritura que tudo o que fazemos, ou qualquer trabalho de nossa parte, pode pagar por nossos pecados, só a obra redentora de Cristo na cruz é válido para o perdão, e quando nos arrependemos, "as coisas velhas já passaram" (2 Cor 5,17) e as nossas iniqüidades e pecados são subjugar e lançá-los no fundo do mar (Miquéias 7:19). Se assim por que voltar para pegá-los e usá-los para produzir um complexo de culpa e se arrepender de colocar uma nova pergunta a justiça divina e da expiação e perdão de Jesus? Paul nos ordena a tornar-se esquecer tudo isso muito atrás E o que é feito nas reuniões? Digging Up the Past para uso em programação mental por regressão (Filipenses 3:13). Loyola procurado flagelação mental, gemeu e doía por seus pecados e fraquezas carnais, para que o G-12 evangélica propõe que as pessoas gemem por seus pecados em uma mente aberta flagelação gerando um complexo de culpa que em alguns casos pode causar frustração Após a euforia.

O Manual Encounter usado pelos G-12 estados:  o líder deve "condução para cada pessoa a reconhecer que somos pecadores e confessar os pecados que estão ainda a ser confessado, mesmo que tenha sido um crente evangélico." Ele diz mais : " . Promover a destruição com a liberação dos laços do pecado, através da oração "  O Manual da reunião diz:  " Ninguém pode ser recebido na Assembleia se eu não vêm do ministério da primeira noite. Esse fato é expressamente proibida. No caso em que a pessoa não pode ir desde a primeira noite em oração deve aguardar a oportunidade que Deus lhe dará assim você pode fazer toda a reunião. "  ¿ Em que é isso? A esquisitice não é por acaso que o manual do G-12 diz que se uma pessoa, por qualquer motivo, não pode participar da reunião, desde o início, não pode ser ligado a ele, uma vez que começou a encontrar, ¿ por quê? Para tal pessoa não foi submetido a lavagem cerebral que o primeiro dia, e no frio, pode receber o erro de certas práticas. No entanto aqueles que participaram desde o início é que já caíram no "hipnótico muitas vezes"? Qual é o campo evangélico onde eu o proíbo de integrá-lo, mesmo que já começou? Você pode até mesmo ir para o final do evento e ninguém vai dizer-lhe:  " É proibido o fato. "   E o mais questionável: Deve fazer algo escondido e secreto, quando a Bíblia que somos um filho da luz e diz que tudo deve período (2 Coríntios 3: 3, 1 João 1: 7). Por que o mistério? Reunião O Manual diz:  É expressamente proibida a saída de pessoas que não passaram no Pré-Meeting "" É proibida a presença de outras pessoas nas instalações da Assembleia, para que todos possam ter um bom andamento "."  "Por favor, especial cuidado com equipamentos de cozinha. Selecione uma pessoa adequada e entender a questão. Para cozinhar a 100 Encuentristas e 20 assistentes é necessário pelo menos 6 pessoas na cozinha ".  O que indica um segredo até mesmo pessoal.

Isso é o que quer salvar-se? Por que tanto mistério se você apenas falar sobre a Bíblia e suas verdades? Mais de 40 anos nós vamos igrejas evangélicas e nunca viu essas coisas, tudo sempre fez mesmo abertamente antes de os não convertidos, sabendo que nada escondeu, mas agora estes afirmam que você não pode fazer, e tudo segredo envolve um mistério e um perigo.

 

O G-12 em igrejas evangélicas

Os promotores deste sistema de evangelismo quer a Visão Celular é totalmente implementado em todas as igrejas, é para eles a rejeitar a possibilidade de que uma igreja usar apenas parte de seu plano e descartar o resto. Também uma vez dentro do posto deve ir para atender e terminar-se para a Colômbia. Para Meca islâmica é o local de peregrinação para os católicos, o Vaticano, Jerusalém para os judeus e para o G-12 é baseado Bogotá, na Colômbia. É um pacote fechado, a ser aplicado, uma vez que foi concebido, sem a menor variação do modelo original. Isto é como a visão vai pagar efetivamente. Seu objetivo final planejado, impostos e onde Deus tem que trabalhar no capricho dos líderes do crescimento Reuniões.

UM PLANO COM MÁSCARAS diabólico

Parece que Satanás delinear um plano para cativar pouco ambiciosos e preparação povo bíblico. Não podemos negar que, entre as muitas pessoas envolvidas com este movimento ser indivíduos com boas intenções, mas apenas o plano estabelecido aqui eu perdê-lo promove a sã doutrina para não nascer de novo. Neste contexto Satanás vende seu "plano de evangelismo", muitos pastores e líderes ansiosos para crescer a qualquer preço igrejas. O programa em si parece bom, e à primeira vista pode enganar o examinador mais meticulosa. No entanto, para analisar completamente a sua metodologia e técnicas que não podemos deixar de concluir de outra forma; Esta é uma paródia do verdadeiro evangelho. E por que afirmo isso? - Porque, para trazer o Christian para outro arrependimento e confissão faz uma paródia da obra redentora de Cristo, deixou.

- Ele zomba da criatura humana sinceramente buscando a Deus, predando os erros do passado, o que novamente ressuscitar a culpa por minar a esperança do perdão dado por Cristo na cruz do Calvário. Pecado Past -Exalta para produzir nas pessoas um complexo de culpa para levá-lo a depender do grupo e seus encontros metodológicos.

- Elevar o pastor e líderes como uma dimensão exagerada posição na psique dos defensores do G-12 não é mais medo de seus líderes do que Deus. Les exigir economicamente dinheiro, dando uma mensagem de prosperidade, sem dizer a ninguém. Se você não atingir a meta pro-set para a tributação, se tornam rebeldes, míope, covarde, ineptos.

- Criar uma mentalidade com que eles desprezam os cristãos que não estão envolvidos no programa G-12, fazendo com que este grupo em uma seita discriminatória. Se você não é um movimento estiver em falta e má maca.

- Eles zombam da Palavra de Deus e aplicá-lo de uma forma sistemática de reuniões livros manuais e outros que usam, enquadrando a Palavra dentro de margens fixas, por frases de ser repetida mecanicamente, pela congregação, o que que mantras ou chamada ladainha, esse hábito de origem oriental. Muitos textos do Antigo Testamento fora resposta para apoiar alguns de seu foco, como o imperativo do crescimento é usado.

- Nas reuniões, o Manual faz afronta ao Espírito Santo, já que definem as horas, minutos, e onde deve agir, sujeito às ordens do ministério. Tratar Deus como um servo do homem e deve agir rapidamente para receber ordens de seres humanos, prejudicando, assim, a soberania de Deus eo Senhorio de Cristo.

- Afrontas ela é feita para abrir e claro evangelho proclamado na Bíblia por Jesus e apóstolos e outros pregadores, que não escondia nada, e não será regido por idiomas humanos, mas é exposta a Palavra de Deus, obediente, proclamando simplesmente conselhos Deus (Atos 20:27), enquanto o G-12 de todas as escondidas, em segredo.

NOVO prioridades da Igreja .

Quando uma igreja adere à visão do G-12, ou qualquer outro grupo sectário absorvente experimentou sérias mudanças de estrutura e comportamento, cancelando as bases tradicionais, e mesmo condenando seus afastadores. Neste caso particular, quando uma igreja entra na Visão Celular dos G-12 alterações graves ocorrem no trabalho de atividades de adoração e da igreja, aqui estão alguns.

 

  • 1. Na adoração ou veneração ocorrendo semanalmente enfatiza a necessidade de exaustão e obrigação de participar da pré-namoro, namoro e pós-Meetings, criando uma tributação psicológica para que eles não vão
  • 2. As pessoas vão se envolver com palavras encorajadoras e adoçado e se isso não for suficiente, o ego dos irmãos é jogado com frases e versículos bíblicos fora do contexto para aplicar pressão e dizendo coisas como Deus quer corajoso e covardes morrem no deserto, assim desenvolver técnicas de pressão psicológica.
  • 3. Eles pedem que as pessoas se comprometam a prosseguir a visão a todo o custo e os limites de data impostas. Quando alguns não podem encontrá-los rebeldes graduadas, improdutivo, covardes e todos os tipos de difamação.
  • 4. Se restringe acesso directo ao pastor sênior, e deve exaltar o título. Todos devem respeitar quase temerosamente confessar seus líderes e as suas preocupações, problemas e pecados.
  • 5. Metas para as células são fixadas, ganhar uma certa quantidade de novos fãs em um determinado tempo e se a célula tem mudanças de baixo rendimento e as correções são feitas. Métodos empresariais para alcançar um objectivo imperativo usado, eo sucesso ou fracasso é medido pela escala de valores comerciais. A Igreja olha mais como uma empresa de vendas, uma congregação.
  • 6. Na adoração pastores não pregam outra coisa senão o Vision, você tem que trabalhar e produzir Vision, parece que a visão é mais importante do que o próprio Jesus.
  • 7. Outras atividades de uma igreja são cortadas ou cancelado, tais como estudos bíblicos, doutrina, programas para crianças e adolescentes. Real Rangers, Misio-nefitas, acampamentos, retiros, família etc. Outros programas são relegados para segundo ou terceiro lugar. Estudo não é mais relevante em profundidade da Bíblia, a prioridade passa a ser a Visão Celular e a obrigação de ir para as reuniões. O método passa a tomar o primeiro lugar, e não Jesus com o seu fundamento na Bíblia, e aqui vem eventualmente se romper, muitos se aposentar insatisfeito pelo abandono da Palavra de Deus como autoridade e sigilo de atos misturado com manobras de manipulação. Os defensores do G-12 vai dizer que não é, que para eles a Bíblia ainda é importante, mas na prática não é. A negação da Bíblia e Cristo não é verbal, mas prioriza Visão e pré-processados ​​como o Manual do Encontro, que estabelece um processo de textos não naturais de formação espiritual.
  • 8. Outra mudança que notei é a deificação do pastor, que não aceita as críticas em relação à visão; dizer que a visão não pode ser retocada, o que não há alternativa, não há um plano B ou C, deve ser apenas o G-12 e não há mais nada. Todo mundo tem que ir lá para fora à força.
  • 9. É gerado e o conceito de que as igrejas que não abraçam a visão em direção a desaparecer, morrer e não seguir a verdadeira revelação de Deus está instalado.

1.        Todas as actividades e os fundos da igreja local giram em torno do G-12. Nas reuniões são muitas vezes grandes lucros vão para os bolsos daqueles que organizaram, e não a Igreja. Todas as reuniões são pagos mais ofertas são coletadas e também como membros da igreja são obrigados a dar o dízimo. A administração não é clara em alguns casos. É por isso que muitos líderes na cúpula da pirâmide rapidamente tornar-se próspero e brilhante.

Pretende-se que o novo convertido é desenvolvido para o crescimento em tempo recorde, alterando os processos bióticos e naturais. Cerca de três meses já é um líder sem ter estudado a Bíblia. Na sua formação acelerada (fenômeno espiritual) foi bombardeado e programado com os conceitos e regras do G-12, e está pronto para atrair seguidores e reuniões mesmo pré e reuniões que presidem. Que ridículo!, Nós concordamos que um novo convertido a partir do momento que você aceita Jesus pode testemunhar a outros de sua fé, mas não compartilham a visão de que pode levar um grupo até que atingiu a maturidade (Hebreus 5:14). Jesus levou três anos para preparar seus discípulos: Como é possível que o mesmo seja feito em três meses, com cursos de curta duração? Este movimento é tratado como uma indústria em que tão rapidamente passa da infância para a idade adulta sem seguir as diretrizes de crescimento biótico.

FORMAS DE MANIPULAÇÃO

O grupo e seitas similares G-12, que proclamam possuidor absoluto da verdade, se infiltrar, como diz São Pedro, de uma forma desleal de introduzir secretamente heresias destruidoras (2 Pedro 2: 1). Alguns pastores e líderes, impulsionados por um desejo ardente de crescimento, são atraídos pelos fenômenos mágicos de alguns crescimentos em outros lugares, e tentar imitar esses modelos, sem análise prévia de conteúdo substantivo.

IMPAIRMENT outros ministérios

Muitas vezes, pastores ou líderes não explicam para a congregação outras informações importantes Vision, tais como a sua origem, o autor do mesmo, o país de origem e como César Castellanos recebeu o Vision. Às vezes, esses novos líderes julgar os outros pastores e missionários do passado como falhas, dizendo que tais ministérios cometeu erros graves na escolha para o método de evangelismo. Sucesso é usado para humilhar os outros que não experimentam esse crescimento fenomenal em si é anormal. Como podemos estar na doutrina milhares de som de convertidos mas temos professores na Palavra? Você só pode manter um grande grupo que cresce da noite para o dia por métodos de manipulação de coletivos.

O SEGREDO DO ENCONTRO

Por que esse movimento promove o segredo? Eles dizem que é para criar expectativas e motivar outras pessoas a participar nas reuniões, mas isso é apenas outra maneira de mentir, o que eles realmente querem e demonstráveis ​​luzes claras, ninguém opinar de fora, ninguém internalizar e analisar doutrinas e regras do movimento G-12, como o mais prático minar os princípios bíblicos e têm conteúdo ocultista e manipuladora alta. Aqueles que passaram pelo encontro e têm pouca base bíblica são tomadas e retido no Vision, mas aqueles que não se submetem ao processo e analisar ponto por ponto metodologia, eles percebem esquemas e formas do diabo utilizado aberrante. É interessante ver como a regressão, montado ações manipuladoras, como torná-los olhar em um espelho em um caixão, fingir um assalto, faça pregado a uma cruz uma carta com suas confissões passado e no dia seguinte a letra desclavar encontrar o papel com uma mensagem dizendo "você está perdoado. Houve caso de despir uma pessoa ou sentá-la no meio para fazê-lo confessar todas as suas fraquezas e pecados para grupo trauma etc. Todas estas técnicas visam minar psicoterapias bases mentais levam à insegurança e culpa complexa que não depende do grupo.

MOVIMENTO DO ESPÍRITO SANTO

Os G-12 líderes atribuem seu sucesso ao modelo e não o trabalho do Espírito Santo, que é substituído ou manipulados por aqueles que presidirá as reuniões. Segundo eles a adoção de Visão no sucesso plena garantia e restauração, para que estabelecer orientações, horários e formas de agir. As pessoas são ganhas e aderiu ao movimento, mesmo que sejam crentes maduros, mas levá-lo a um ponto de duvidar de sua experiência passada e seu arrependimento anterior, para que a experiência de uma alegria produzida por uma programação psicológica. Em muitos novos seguidores não há verdadeira conversão, muito animado. Há situações pessoa que verdadeiramente aceitam Jesus, caindo logo nas mãos do G-12, e não amadurecidas na Palavra está perdido em uma nuvem confusa de emoções, manipulações psicológicas, regressões e splits que irá levá-lo a um confusão. Células modelos concebidos pelo G-12 não dá a participação de pessoas socialmente marginalizadas, ao invés operar entre a classe média e alta, destacando mais uma vez o interesse econômico, como os princípios da teologia da prosperidade são introduzidos.

A DOUTRINA DOS JOGOS

A atividade mais importante deste movimento são as reuniões, em que usam hotéis ou retiros de férias e cujo custo é geralmente muito elevado. Falta de assistir às reuniões executar ultrapassada e só nessas reuniões é dada rigorosamente Encontro Manual. Isso requer uma implantação econômico significativo, reservar o lugar para quase três dias alimento para mais de 120 pessoas, cozinheiros, espaço para descanso de Encuentristas cartazes promocionais e uma grande quantidade de acessórios que irão facilitar a implementação de psicodinâmica do programação mental e a concentração de novos seguidores. Normalmente estas reuniões são realizadas uma vez por mês.

Às vezes, quando a igreja local é muito determinado a realizar o programa de G-12 usa os recursos de suas reservas financeiras para subsidiar os custos mencionados na esperança de que os membros e os novos membros se comprometem a dízimo e dar. Depois de ambição desperta e essas reuniões se um grande negócio. Uma vez nas mesmas câmeras e gravadores não são permitidos para evitar que alguém registra o que está lá. Mas algumas pessoas desapontadas Encounter dizer em grande detalhe as aberrações bíblicas cometidos lá. Quando eu discutir o tema, muitos ex-participantes do G-12 que me disseram algumas das coisas que a história aqui, e que correm sobre essas desistências.

 

O PERIGO DE REGRESSION

Eu tomei um monte de informações a partir da Internet e frustrado pessoas que vieram de fora desse movimento. Houve casos de pessoas que sofreram danos terríveis como resultado de técnicas de regressão aplicados em reuniões, se suicídios OU NÃO. O método de regressão também é usado pela seita da Cientologia, parapsicólogos e seguidores da Nova Era. Esta técnica vem do hinduísmo e está relacionada com karma (reencarnação) e processos de visualização, forte área do ocultismo moderno. Esta ação praticada pelo G-12 é tão perigoso que é o meu dever de alertar os cristãos em geral, que a aplicação do que é muito perigoso e pertence a um ramo da psicologia clínica e obedece a nenhum ensinamento bíblico. É irresponsável submeter os indivíduos a uma terapia de regressão, sabendo que a maioria dos psicólogos não toleramos essa prática, e muito menos um grupo, e menos ainda quando são feitas por pessoas que não têm direito a esse tratamento. Além disso, esta prática tem influência diabólica.

A ARTE DE REGRESSION

Mas, para entender melhor o que é a regressão perguntar? A enciclopédia define assim:  "Regressão (psicologia), mecanismo de defesa que envolve regressão a modos principais de atuação no desenvolvimento psíquico do indivíduo. Normalmente significa um retorno a modos de comportamento e satisfação das crianças. " É uma prática psicológica em que procede a minar o "eu" da pessoa forçando-o de volta na memória, a exteriorizar trauma, pecados ou experiências negativas para Interno controlar seus impulsos e minar suas bases de auto-estima para criar um complexo de culpa que permite fortalecer a sua relação com o grupo como a única versão alternativa. Se eu desmontado minhas forças espirituais e levantou-se frustrante passado reaparece culpa e medo. Em seguida, montar um drama e manipular as emoções para ganhar uma programação psicológica, por isso fico com a vacilar de minhas experiências passadas. Estas práticas variam de igreja para igreja, no entanto, é uma chamada de despertar. As práticas variam entre as regressões para cerimônias em cemitérios pecados queimando.

Não temos dúvida de que trazendo pecados de memória e traumas do passado são uma contradição com os ensinamentos bíblicos, porque Jesus excluir todos os meus pecados e me fez uma nova criatura. " Eu, eu sou o que apago as tuas transgressões por amor de mim, e Não me lembro de teus pecados. "  Isaías 43:25 

CRIAÇÃO DA PIRÂMIDE 

O outro fator preocupante é a estrutura de controle piramidal a ser estabelecida, criando uma hierarquia. Gerentes das células estão forjando lentamente um andaime causando o mais alto se sentir superior e, eventualmente, o pastor é uma pessoa inacessível, seção, servindo como rei de um sistema em que príncipes e princesas aparecer. Isso contradiz os ensinamentos de Jesus, que disse  : "Quem é o maior entre vós será vosso servo"  (Mateus 23:11, Lucas 22:26). O pastor sempre coexiste com as ovelhas. Infelizmente esta estrutura piramidal envolve abuso de autoridade. Contradizer um líder ou pastor é considerado uma ofensa a Deus, e torna-se rebelde. Estes abusos são aqueles que mostram o engano e quando os irmãos percebem, porque a igreja é prejudicada pelos métodos de manipulação. Eventualmente, muitos cristãos optar por retirar de suas congregações para eles invadiram pelas falsas doutrinas do G-12.

RETIRAR O melhor do pior

            As idéias de células, discipulado, o trabalho da igreja na multiplicação é válido, e deve ser levado deste movimento, e qualquer outro, tudo de bom que é bíblico. Mas não devemos nos apegar a números dogmáticas, métodos ou fórmulas mágicas, nem contar com a visão de uma pessoa. Ter a capacidade de fazer o G-12 os papéis elementos válidos para os nossos costumes e doutrina, mas não radicalicemos o método como um todo, nem permitir que influências humanas e ocultos na prática. É bom a recuar, mas nadar para permanecer em segredo. Bom ter reuniões, mas não manipular mentes. Bom ter visão, mas não transformá-lo em dogma. Finalmente, como São Paulo "Prove tudo dito; retende o que é bom. Abster-se de toda a aparência do mal. (Tessalonicenses 5: 21-22)

 

EPILOGUE

Os comentários e pronunciamentos de outros pastores e organizações.

(Da Internet)

De acordo com Alexandre Pastores Sergio Galante e Viula, autores do texto "G-12: Promove práticas anti-bíblicas e Divida Movimento Igrejas"; O G-12 é basicamente uma variante dos vários modelos de crescimento da igreja que existem no mundo, com ênfase em números. Como os outros, o movimento afirma ser bíblico, e de acordo com a visão do Novo Testamento da igreja de Atos. Neste modelo, os membros potenciais são enviados para uma reunião em um lugar isolado, não para ser servido e confrontados com a nova visão. Pastores Alexandre Galante e Sergio Viula afirmam que o G-12 é um perfil de movimento neopentecostal ter assumido práticas esotéricas e espiritualistas, e regressão psicológica e do perdão de Deus. Fora isso, os conceitos teológicos postuladas pelo G-12, tais como as suas crenças sobre o Apocalipse, o homem diante de Deus, o pecado, a Igreja e outras religiões não são coerentes com os ensinamentos bíblicos.

. O Pr Paulo Lucas Sacramento, atualmente chefe do Ministério Alpha em Miami, diz: "As práticas dos G-12 apresentam fatos que são contra as doutrinas bíblicas, uma regressão tal onde as pessoas vão para o útero, para lembrar seus pecados e pedir perdão pelos crimes que já foram perdoados, momentos de meditação, utilizando a música como uma forma de controle e juramento para não contar o que aconteceu na reunião ". Eu questiono o G-12 e não aceitam o modelo que eles apresentam. No Brasil, muitas pessoas que participaram na reunião e que fizeram reviver o seu passado, perdeu o senso comum e foram desequilibrado, e pastores ministérios foram divididos.

. O Pr Silas Malafaia afirma: " Sem qualquer suposição sobre alguém, sobre a questão do G-12 e as reuniões, eu tenho uma visão macro, não micro, para dizer o seguinte: eu tenho um programa de TV e já recebeu mais de 3.000 Correlação de testemunhos e experiências de pessoas que foram às reuniões, e eu também tenho declarações de pastores qualificados e pessoas de meu círculo de relações que nos trouxe informações preciosas. Fora de tudo isso eu acabei de dizer, sem vaidade, porque eu tenho convicção de que tudo o que eu sou, eu tenho e eu de Deus, eu tenho autoridade científica porque eu sou um psicólogo clínico com especialização na área de adulto psicoterapia, e a maioria destes encontros está fazendo uma verdadeira terapia é técnicas psicoterapêuticas muito perigoso, onde as pessoas sem qualquer experiência ou capacidade para implementá-las, tais como regressão, cura interior, a cura de memórias passadas e etc. estão confundindo a graça de Deus com a psicologia ".

Convenção Geral da Assembleia de Deus NO BRASIL: 

Eles dizem que o que se segue:  "Com o avanço da nova heresia, o que invalida o caráter cristão adquirido através da regeneração em Cristo, com base no auto e movendo conceitos bíblicos, nós, do Conselho da Doutrina Convenção Geral das Assembléias de Deus no Brasil, na pessoa do seu presidente, tornar público o nosso parecer oficial sobre o que eles chamam o G-12. Às vezes ocorrem na movimentos evangélicos cenário eminentemente brasileira algumas características flutuantes. Estes dias, o mais novo deles é o G-12, que, sutilmente, promove um novo estilo de vida cristã, refletida na visão de sucesso rápido e fácil e o crescimento da igreja mágico e milagroso, através de um suposta revelação de Deus recebida pelo líder do G-12, que sonha em ter a maior igreja do mundo, e fazer qualquer coisa para atingir suas intenções auto interdenominacional promovido como um líder mundial, propondo um "novo conceito" religioso, com as mudanças na liturgia, a moral, a doutrina sagrada, no conceito real da igreja de Cristo, na verdadeira linguagem do evangelismo, na conduta cristã, comportamento ético e estético do crente, com uma dose estímulo excessivo à busca frenética para a prosperidade instantânea, auto-libertação, unção mágica e perfeição absoluta, usando des-aconselhados e inocente para espalhar suas heresias. Ao contrário do que muitos imaginam, o G-12 não é um grupo sério evangelisticamente: não funciona para o bem comum do evangelho e não adicionar a outras igrejas existentes. É uma organização herética tentando tirar membros de igrejas já estabelecidas com fins financeiros declaradamente. A exemplo do que estamos a falar é o pedido de doações de todo e qualquer nome para o trabalho faraônico intitulado "Canaan na terra", tipificando as suas reais intenções. 

Associação Batista de Salvador (ABS) 

Repudia as heresias do G-12: Em uma de suas reuniões, o mais movimentado, que contou com mais de 60 igrejas, a ABS definiu a sua posição favorável ao método de multiplicação através de células e rejeição e repudiou Movimento G-12 com suas práticas heréticas. O ABS também definiu a formação de comissões permanentes para questões teológicas e jurídicas, para orientar as igrejas que estão comprometidos com a visão do G-12 e querem corrigir seus erros.

 

Referências

1.        Bíblia -a.

. 2        Encounter -Manual - Terra Nova - Castellanos.

. 3        Sons e ganhar o mundo - César Castellanos.

4.        -Ocultismo e cura de almas - Kurt E. Koch.

. 5        Como compreender e explicar os números na Bíblia - EW Bullinger.

. 6        -História do Cristianismo - Justo L. González.

. 7        -Babylon, Mistério Religião - Ralph Wodorow.

 

FONTE CACP.ORG

WWW.AVIVAMENTONOSUL.BLOGSPOT.COM