Translate this Page

Rating: 3.0/5 (902 votos)



ONLINE
6




Partilhe este Site...

 

 

<

Flag Counter


parabolas de Jesus o tesouro escondido
parabolas de Jesus o tesouro escondido

O tesouro escondido


 

Mateus 13:44 
"O reino dos céus é semelhante a um tesouro escondido num campo. Quando um homem encontrou, ele escondeu-o de novo, e, em seguida, em sua alegria foi, vendeu tudo que tinha e comprou aquele campo! "
 

Há não são menos do que sete parábolas neste décimo terceiro capítulo de Mateus. Eles se agrupam como estrelas em uma constelação, formando, no firmamento da verdade, a Pleiades parabólicas. Os quatro primeiros foram ditas na presença da multidão na praia do mar. Mas depois que Jesus despediu o povo, e "entrou na casa:" Ele em primeiro lugar, a pedido de seus discípulos imediatos, desdobrou a parábola do joio do campo e, em seguida, passou a falar mais três parábolas, dos quais que sob consideração foi a primeira.

Nas parábolas anteriores, nosso Senhor tinha falado do cristianismo em seus gerais aspectos e efeitos.Ele agora traz até os pessoais necessidades de cada indivíduo, mostrando que ele não é apenas para ser observado e admirado à distância; que não é uma coisa sobre a qual nós pode ou não estar interessado, sem envolver quaisquer consequências morais - mas é, pelo contrário, uma questão de intensa importância pessoal - o que cada um deve possuir ou perder sua alma.

"O reino dos Céus", diz nosso Senhor, "é como um tesouro escondido num campo." O valor do Evangelho de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo não está em cima da superfície . Na verdade, é um tesouro de grande valor, mesmo quando considerado apenas em seu histórico ou seu aspecto literário;como ilustra maneiras e costumes antigos, como fazer respeitar certos preceitos morais, como exibindo muita elegância e poder retórico. Assim, nós encontramos frequentemente a Bíblia premiado e elogiado por aqueles que não são animados pelo seu espírito. Poetas, filósofos, estadistas, heróis, magistrados do maior nome, tornaram profundo louvor aos escritos inspirados, que, no entanto, "não receberam a verdade no amor dela ", e não se tornaram" novas criaturas em Cristo Jesus. "

A razão da sua recomendação é óbvia. Há na Bíblia. . . 
tais páginas da história, 
essas estirpes de poesia, 
tais ensinamentos da sabedoria, 
tais máximas de política de Estado, 
tais atos ilustres valentes, 
tais princípios profundos da lei eterna e universal - 
que até mesmo o infiel prejudicado foi forçado a admitir o seu mérito; de modo que toda a cristandade a Bíblia estabeleceu-se, não só como o grande moral clássica do mundo - mas Art encontra em suas cenas de seus temas mais sublimes e Ciência reconhece como seu padrão mais elevado.

Tudo isso, no entanto, não é o valor especial aqui aludida. O Evangelho tem um profundo vale do que o que é, assim, patente e geralmente reconhecido; sua verdadeira preciosidade está em suas bênçãos espirituais, pelas quais venha a oferecer para a alma "riquezas duráveis ​​e honra."

A bem-aventurança de sua  , pela qual a alma se une a Jesus Cristo, 
a paz ", que passa toda a compreensão", que ele transmite para o coração; 
o " alegria indescritível "com que arrebata o homem interior; 
a " esperança que faz não me envergonho ", apontando o espírito inclinação à sua herança brilhante no céu; 
os suprimentos abundantes de graça através dos múltiplos dons do Espírito Santo, que são concedidos sobre os candidatos a oração pela graça divina 
 - estas são algumas das bênçãos inestimáveis ​​que constituem as riquezas do "tesouro escondido num campo." Ele admira que a Bíblia por causa de suas excelências externas, admira, na verdade, um caixão mais raro e caro - mas ele não sabe nada do que o caixão contém! É apenas o homem de fé, que, com achave de oração , desbloqueia esta caixão - que verdadeiramente contempla o tesouro, e entende o seu valor.

Houve, portanto, grande propriedade em Cristo tornando este tesouro para mentir escondido em um campo; e isso ele poderia o mais naturalmente fazer, porque em países orientais, onde não há bancos ou lugares seguros de depósito público, e em que, devido ao despotismo dos governantes, ou o estado relaxado da sociedade, a propriedade não é seguro - ele Não é incomum para as pessoas a fazer depósitos de seus tesouros na terra , a seleção de lugares obscuros e pouco atraentes, e não escondê-los embora. E como, nas convulsões que tantas vezes abalar as nações orientais, o proprietário de um tal tesouro pode ser cortado antes que ele pudesse ter tempo para designar a sua localização aos seus amigos ou familiares - assim, morrendo o segredo com ele, seria talvez uma longo tempo continuar lá até por acidente, foi descoberto.

A parábola coloca diante de nós apenas neste caso. Uma pessoa tem por acaso descoberto escondido tesouro; ele vê o suficiente para saber que ele está lá, e que é muito valioso; mas ainda assim, respeitar a lei que fez tudo o que estava na terra de propriedade de seu proprietário - ele pretende comprar o campo pelo seu valor assumido, mantendo ao mesmo tempo o segredo para si mesmo, como um pedaço de conhecimento para que ele teve exclusivo direito em virtude da sua descoberta exclusiva. Pagar para o proprietário do campo o preço total que ele pede, o finder "vende tudo o que tem", e compra o campo, sabendo que o tesouro escondido lá remunerará todos os seus gastos, e torná-lo rico para a vida.

Dois pontos devem ser notado aqui:

Em primeiro lugar, A descoberta desse tesouro. O homem que encontrou foi não esperam oubuscando -lo. Ele não sabia de sua existência; foi por mero acidente que ele tropeçou em cima dele; ele pode ter vindo a analisar a campo com o objetivo de verificar a qualidade do seu solo, a natureza de sua situação, ou as suas capacidades agrícolas e, enquanto assim ocupado, algum evento fortuito levou-o para o local de ocultação e dirigiu-o à sua tesouro escondido.

Aqui, nós pensamos, encontra-se a distinção entre esta parábola ea seguinte. Nesse, o comerciante foi em busca de boas pérolas; era seu objetivo conjunto e de negócios; aqui, no entanto, não foi em busca de um tesouro escondido até acaso trouxe ao seu conhecimento.

Assim é, muitas vezes, com os homens em assuntos espirituais. A partir da força do hábito cedo, ou por causa do decoro da coisa, ou por motivos de um personagem literário ou secular, alguns podem ser diária leitura da Palavra de Deus, com a intenção de dar amplitude e vigor de suas mentes - mas não solicitarão nem cuidar de seu tesouro enterrado. Eles estão olhando para a Bíblia em todas as luzes, mas a sua verdadeira, e buscando nele todas as bênçãos, mas o que é espiritual. Enquanto assim ocupado, o Espírito Santo abre os olhos de seu entendimento para perceber que, o que, por natureza, eles não podem saber, e eis! eis que vislumbres de um tesouro escondido, que ao mesmo tempo despertar alegria e excitar aumento desejos depois de uma mais profunda e mais conhecimento experimental da bendita Palavra de Deus. Quando a alma é, assim, forjado pelo Espírito Santo - tudo mudou. O campo da Escritura, na qual este tesouro precioso tanto tempo tem sido escondida, agora torna-se, em sua opinião, de valor infinito . É isso. . . 
o que o coloca na posse de salvação e vida eterna , 
que lhe faz um herdeiro de Deus , e 
que lhe dá as riquezas da graça divina para o tempo e para a eternidade!

Para a descoberta deste, ele não está em dívida com a pesquisa ou perspicácia de seus próprios poderes - para por nenhum esforço intelectual poderiam estes tesouros escondidos ser trazido à luz, mas ao Espírito Santo, que lhe deu aquele discernimento espiritual eo gosto espiritual, por que ele foi habilitado a descobrir e apreciar as bênçãos peculiares de graça como eles mentem escondido do olho natural e da mente carnal. Essa é a causa do homem de descobrir o tesouro.

Isso nos leva ao segundo ponto, a saber - O valor que ele coloca sobre este tesouro.

Na parábola que se diz, que, "em sua alegria , "o homem" vai, vende tudo o que tem, e compra aquele campo. " Este é precisamente o sentimento do localizador da graça divina. Na alegria de sua descoberta, ele está pronto a renunciar a tudo de uma natureza terrena que está em conflito com sua possuí-lo, e estaria disposta a parte com o que o mundo mais altamente estima, para que possa ganhá-la como sua.

Tal era o sentimento de Paul. Como um membro da comunidade judaica, e observando rigidamente suas observâncias levitas, que tinha, ao mesmo tempo, usar a sua própria língua, grande "confiança na carne", isto é, grande confiança na sua própria justiça, uma confiança para a salvação de seu farisaísmo rígida; mas, quando ele foi preso em sua jornada perseguindo, e fez ver a verdade como ela é em Jesus, quando a balança tinha caído de seus olhos, e ele viu o tesouro há muito escondido antes dele - então ele rapidamente abandonou tudo o que ele era mais caro, dizendo: "Mas o que para mim era lucro -, passei a considerar perda, por causa de Cristo que é mais, eu considero tudo como perda -. comparado com a suprema grandeza do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor, por quem eu perdi todas as coisas que eu considero como esterco -..! que eu possa ganhar a Cristo e ser encontrado nele Quero conhecer a Cristo "

Este é o próprio espírito do homem encontrar o tesouro escondido. Ele coloca em cima dela, seu verdadeiro valor; ele estima tudo quanto comparativamente sem valor; ele sente a força da afirmação do Salvador, "Quem ama seu pai ou sua mãe mais do que a mim - não é digno de mim;" e que, se quisermos ser Seus discípulos, temos de "abandonar tudo e segui-lo." E, no espírito dessas liminares, ele está pronto para desistir de tudo o que impede o seu progresso na vida divina, ou que os conflitos com sua posse recebendo destes tesouros escondidos do Evangelho.

O primeiro objetivo da vida, agora, é ser "rico para com Deus"; para obter essa alma-riqueza que consiste na fé, e amor, e alegria e paz no Senhor Jesus; para receber dentro de si mesmo "o penhor de sua herança." O que quer que busca anteriormente absortos sua mente - agora está abandonado, ou fez subserviente ao seu novo objetivo. Quaisquer que sejam as paixões decidiu em sua alma, e levaram cativo - estão agora dominado ou feito para fazer o serviço disposto a seu Redentor. Ele já não "vive para si próprio", mas para aquele que o amou, e se entregou por ele!

É impossível colocar muito alto uma estimativa sobre este tesouro do Evangelho. Em qualquer luz nós consideramos isto, seja em si mesmo, como uma emanação de Deus; ou nos seus efeitos, como a renovação da alma, e torná-lo apto para a herança dos santos na luz - é de valor inestimável!

Em comparação com ele, as coisas que a maioria dos prêmios mundiais, e após o qual a maioria dos homens se esforçam - são escória como inútil! Eles perderam o seu lugar de costume em seus pensamentos. Ele encontrou riquezas mais nobres; e ele vai participar com tudo o que a terra pode dar a ele, apesar de que poderia multiplicar os seus presentes em milhares de vezes, que ele pode ganhar este tesouro inestimável - a salvação de sua alma.

Nós nunca podemos estimar bênçãos espirituais acima do seu valor real. Na verdade, nunca podemos dar-lhes o seu verdadeiro valor - nós sempre subestimar-lhes, porque não fazer e não podem agora ver a bem-aventurança plena e glória que eles contêm. Tanto de felicidade do cristão reside no mundo eterno, e assim grande parte dele é revelado sob figuras que a mente dificilmente pode compreender - que falham completamente em estimar o seu valor.

Os prazeres do mundo que sempre largados em um número demasiado elevado; eles sempre aparecem em inflado magnitude e importância irreal. Mas os prazeres da verdadeira religião são sempre muito baixa. O mundo, a carne eo diabo visam depreciar seu valor, por. . . 
distorcendo seu caráter, 
difamar a sua influência, 
e pervertendo seu poder.

Mas tudo será em vão, para quem tem realmente encontrado Cristo. Para todos esses "Cristo é precioso", "o primeiro entre dez mil, ea totalmente desejável um." Sua alma encontra a sua plena alegria e prazer nele. Cristo é formado dentro dele, como a esperança da glória; seu coração tornou-se um templo do Espírito Santo; sua vida está escondida com Cristo em Deus; e, caminhando na fé, alegres na esperança, pacientes na tribulação, perseverantes na oração - ele se move através da vida sem medo do futuro, sabendo que, quando a casa terrena de seu tabernáculo é dissolvido ", ele tem um edifício de Deus , uma casa não feita por mãos, eterna nos céus! "

fonte William Bacon Stevens, 1857   www.avivamentonosul.blogspot.com