Translate this Page

Rating: 3.0/5 (946 votos)



ONLINE
2




Partilhe este Site...

 

 

<

Flag Counter

mmmmmmmmmmm


// ]]>


Charles Spurgeon comentario biblico de Salmos N.13
Charles Spurgeon comentario biblico de Salmos N.13

Tesouro de Davi Salmos 13 

versículos 1-6

 

OCASIÃO. O Salmo não pode ser encaminhado para qualquer evento especial ou período na história de Davi. Todas as tentativas para encontrar um berço são apenas suposições. Foi, sem dúvida, mais do que uma vez que a língua desse homem muito mais tentou de Deus, e se destina a expressar os sentimentos do povo de Deus nesses ensaios sempre que regressam que enfrentarem. Se o leitor ainda não tenha encontrado a oportunidade de usar a linguagem desta breve ode, ele irá fazê-lo dentro em breve, se ele ser um homem segundo o coração do Senhor. Temos sido o costume de chamar isso de "How Long Salmo." Nós tínhamos quase disse o uivo Salmo, a partir da repetição incessante do grito "quanto tempo?"

 

. DIVISÃO Este salmo é muito fácil de ser dividido em três partes: a questão da ansiedade, Salmos 13: 1-2 ; o grito de oração, Salmos 13: 3-4 ; a música da fé, Salmos 13: 5-6 .

 

EXPOSIÇÃO

 

Ver. 1. Quanto tempo? Esta questão é repetido pelo menos quatro vezes. Ele prenuncia muito intenso desejo de libertação, e de grande angústia de coração. E o que se há alguma impaciência misturada com ela; Não é este o mais verdadeiro retrato de nossa própria experiência? Não é fácil para evitar o desejo de degenerar em impaciência. O por graça que, enquanto esperamos em Deus, podemos ser mantido de ceder um espírito murmuração! "Quanto tempo?" Não o grito freqüentemente repetida se tornar um muito HOWLING? E se a dor deve encontrar nenhum outro meio de expressão vocal? Mesmo assim, Deus não está longe de ser a voz do nosso rugindo; pois ele não considera a música de nossas orações, mas o trabalho de seu próprio Espírito neles no desejo emocionante e inflamando as afeições.

 

"Quanto tempo?" Ah! quanto tempo os nossos dias aparecem quando a nossa alma está abatida dentro de nós!

 

"Como cansada os momentos parecem deslizar sobre tristeza! Como o tempo

 

Deleita a ficar em seu vôo! "

 

O tempo voa com asas de pleno direito em nossos dias de verão, mas em nossos invernos ele vibra dolorosamente. Uma semana dentro das prisões é mais de um mês em liberdade. Longo tristeza parece argumentar abundante corrupção; para o ouro que é muito tempo no fogo deve ter tido muita escória a ser consumida, daí a pergunta "quanto tempo?" pode sugerir profundo exame de coração.

 

Quanto tempo tu me esquecer? Ah, David! como como um tolo és tu que falas! Deus pode esquecer? Pode onisciência falha na memória? Acima de tudo, pode o coração de Jeová esquecer o seu próprio filho amado? Ah! irmãos, vamos afastar o pensamento, e ouvir a voz do nosso Deus pacto pela boca do profeta: "Mas Sião diz: O Senhor me desamparou, o meu Senhor se esqueceu de mim. Pode uma mulher esquecer-se do filho de peito, que não se compadeça do filho do seu ventre sim, eles podem esquecer, mas eu não esquecerei de ti Eis que te gravei nas palmas das minhas mãos;?.. teus muros estão continuamente diante de mim "

 

Para sempre? Oh, pensamento escuro! Foi certamente ruim o suficiente para suspeitar de um esquecimento temporário, mas devemos fazer a pergunta indelicada, e imaginar que o Senhor para sempre rejeitou o seu povo? Não, sua raiva pode durar uma noite, mas o seu amor ficará eternamente.

 

Até quando andarás esconder tua face de mim? Esta é uma questão muito mais racional, pois Deus pode esconder o rosto, e ainda assim ele pode se lembrar ainda. A face oculta não é sinal de um coração esquecida. É no amor que seu rosto se retirou; ainda a um verdadeiro filho de Deus, esta ocultação da face de seu Pai é terrível e ele nunca vai estar à vontade, até que, mais uma vez ele tem o sorriso de seu Pai.

 

Notas explicativas e PROVÉRBIOS pitoresca

 

Ver. 1. Quanto tempo tu me esquecer, ó Senhor? Etc. As partidas de Deus de verdadeiros crentes nunca são final; eles podem ser entediante, mas eles são temporários. Como o espírito maligno é dito para partir de Cristo, por uma temporada (Lu 4:13; embora ele deixado essa tentação, ele não deixou seu design, de modo a tentar não mais), de modo que o bom Espírito retira-se aqueles que são de Cristo , por apenas uma temporada, é com um propósito de vir novamente. Quando ele tiver mais evidentemente abandonado, é tão inquestionável que, mais cedo ou mais tarde ele vai voltar; ea felicidade de seu retorno será ricamente recompensa para a tristeza de sua deserção; Isaías 54: 7 , "Por um breve momento te deixei, mas com grandes misericórdias te recolherei;" aqui não é apenas uma reunião depois de um abandono , mas "grande compaixão" para reparar "um pequeno momento." Aquele que tiver contratado para ser o nosso Deus para sempre, não se pode afastar para sempre. Timothy Cruso, 1696.

 

Ver. ? 1. Quanto tempo tu me esquecer, ó Senhor Qualquer que seja a necessidade premente dos seguidores de Cristo em problemas, e sua clivagem constante ao dever de tudo isso; e qualquer que seja o propósito de Cristo de amor para com eles, mas ele vê-lo apto não ofttimes para chegar a eles no início, mas vai deixar o julgamento vá até ele chegou a uma altura, e ser um julgamento de fato, e colocá-los a sério a ele ; para antes que ele chegou, ele permite que eles remar "cerca de vinte e cinco ou trinta estádios" (o último dos quais fazem perto de quatro milhas, oito estádios indo para uma milha); e (Mr 06:48) ele não veio até o quarta vigília da noite, que é o relógio de manhã. Nós estamos realmente muito parco de nós mesmos em apuros, e que em breve começar a pensar que somos baixo e tentou o suficiente e, portanto, seria entregue; mas o nosso sábio Senhor vê que precisamos de mais. George Hutcheson, 1657.

 

Ver. 1. Há quanto tempo, etc. Informe-se sobre as causas da ira de Deus. Ele nunca está zangado, mas quando há grande razão, quando nós forçá-lo a ser assim. O que é que anátema em nossos corações, ou em nossas vidas, para o qual Deus esconde o rosto, e franze a testa em cima de nós? O que especial desobediência aos seus comandos é para o qual ele assumiu a vara? Jó 10: 2 ; "Eu vou dizer a Deus: Não me condenes; mostra-me portanto tu contendes comigo;" como se ele deveria dizer, Senhor, os meus problemas e minhas tristezas são muito bem conhecidos ... Não devemos deixar de ser solícitos para saber quais são os pecados particulares que fizeram-lhe para rasgar-nos pelas raízes, para lançar-nos para baixo como com um turbilhão; o que é que fez dele tanto tempo com raiva de nós, e tanto tempo para atrasar a sua ajuda, que se algum mal estar não descoberto em nossas almas, podemos lamentar-lo com uma dor seasonable, e obter um perdão para ele. Não é o curso comum da providência de Deus para cobrir seus servos com tão espessa uma escuridão como isto é, que o nosso perturbado trabalho almas sob durante o dia, ou melhor, na noite de seu descontentamento; e, portanto, pode-se com o desejo humildade para saber por que ele passa com a gente de uma forma que é tão singular; pois é de alguma forma agradável para a compreensão para perfurar as razões e causas das coisas. Timothy Rogers.

 

Ver. 1. Quanto tempo tu me esquecer, etc. Porque Deus esquecer David, não ligue para ele, ou cuidar dele, é muito! Se seu olho ser nunca tão pouco, uma vez fora de nós, o adversário espiritual está pronto hoje para aproveitar para nós, como o kite na pintainho Se a galinha não olhar com cuidado depois que ele ... Como um pai, por vezes, vai atravessar seu filho para experimentar o disposição da criança, para ver como ele vai levá-lo, se ele vai resmungar e reclamar para ele, e crescer bem-humorado e rebelde, negligência seu dever para com seu pai porque seu pai parece contra a negligenciar-lo, ou fazer oferta para fugir e retirar-se de a obediência de seu pai, porque ele parece contra a realizar-se duramente e mais ou menos para ele, e para provocá-lo para isso; assim o faz Deus da mesma forma ofttimes cruzar seus filhos e parece contra a negligenciá-los, de modo a tentar a sua disposição, o que o metal de que são feitos, como eles estande afetada em direção a ele: se eles vão negligenciar a Deus porque Deus parece contra a negligenciá-los, deixar de servi-lo porque ele parece contra a esquecê-los, deixar de depender dele, porque ele seemeth não para cuidar deles, para fornecer para eles, ou para protegê-los. Como pursuivant de Jorão profano, "Este mal", diz ele, "é do Senhor;? O que eu deveria esperar pelo Senhor por mais tempo" Ou se eles constantemente vai unir a ele, já que parecem não considerá-los, nem ter qualquer cuidado deles; e dizer com Isaías: "Ainda vou esperar em Deus, embora ele encobrem o seu rosto de nós, e eu vou olhar para ele que ele não olhar para nós," para, "Eles são abençoados que servi-lo, e ele vai não falhar em devido tempo a mostrar misericórdia para todos os que o fazem constantemente servi-lo ". Isa 08:17 30:18. Como Samuel lidou com Saul; ele manteve afastado até a última hora, para ver o que Saul faria quando Samuel parecia não manter contato com ele. Assim o faz a Deus com seus santos e com as que estão em aliança com ele; ele lhes retirou-se oft, e continua distante fora por um longo tempo juntos para tentar o que eles vão fazer, e quais os cursos que irão tomar quando Deus parece contra a romper com eles e deixá-los na espuma, como se diz; em meio a muitas dificuldades tanto perplexo, como foi com David no momento. Thomas Gataker, 1637.

 

Ver. 1.

 

  1. Para deserções. Eu acho que eles como pousio da terra magra e fraca por alguns anos, enquanto ele reúne seiva para uma colheita melhor. É possível reunir ouro, onde ele pode ser tido, com luar. Oh, se eu pudesse, mas rastejamento um pé, ou metade de um pé, mais perto para Jesus, em tal noite sombrio como que quando ele está longe, eu acho que a ausência feliz!

 

  1. Se eu soubesse que o Amado única tinham ido para o julgamento, e mais humilhação, e não defumado da casa com novas provocações, eu perdoaria deserções e manter a minha paz em sua ausência. Mas a ausência comprado de Cristo (que eu comprei com o meu pecado), é de dois running ferve ao mesmo tempo, um de cada lado; e de que lado, então eu posso mentir sobre?

 

  1. Sei que, como a noite e as sombras são boas para flores e luar e orvalhos são melhores do que um sol contínua, por isso é falta de uso especial de Cristo, e que tem alguma virtude nutritiva nele, e dá seiva para a humildade, e puser uma vantagem sobre a fome, e fornece um campo justo fé para colocar diante de si mesmo e de exercer os seus dedos na emocionante não vê o quê. Samuel Rutherford, 1600-1661.

 

Ver. 1-2. O que o provérbio francês tem de doença é verdade para todos os males, que eles vêm a cavalo e ir a pé; temos muitas vezes visto que uma queda súbita, ou excesso de uma refeição, foi preso por muitos para suas sepulturas; Considerando prazeres vêm como os bois, lenta e pesadamente, e ir embora como aplicar os seus cavalos, sobre o esporão. Dores, porque eles estão demorando convidados, vou entreter, mas moderadamente, sabendo que quanto mais eles são feitos de quanto mais tempo eles vão continuar, e pelos prazeres, porque não ficar, e fazer, mas chamar para beber na minha porta, vou usar -los como passageiros com ligeira respeito. Ele é seu próprio melhor amigo que faz o menor dos dois. Joseph Hall.

 

Ver. 1-2. QUANTO TEMPO tu me esquecer? QUANTO TEMPO tu esconder o teu rosto de mim? Até quando de cuidados a minha alma? O intenseness da aflição torna tentando nossa fortaleza; mas é pela continuidade do que a paciência é posta à prova. Ele não está sob o mais acentuado, mas os julgamentos mais longos, que estamos mais em perigo de desmaio. No primeiro caso, a alma recolhe toda a sua força, e sente-se em sério de recorrer a ajuda de cima; mas, no passado, a mente relaxa e afunda em desânimo. Quando Jó foi abordado com más notícias em rápida sucessão, ele carregou-a com a tornar-se a fortaleza; mas quando ele podia ver nenhuma final para os seus problemas, ele afundou debaixo delas. Andrew Fuller.

 

Ver. 1-4. Tudo é estranhamente alterado; toda a sua beleza, e beleza, e glória, desaparece quando a vida se foi: a vida é a coisa agradável; É doce e confortável; mas a morte com os seus assistentes pálidos, levanta um horror e aversão a ele em todos os lugares. Os santos de Deus temem a remoção de seu favor, e o esconderijo da sua face; e quando ela está escondida, um desmaio, e uma surpresa frio e medo se apodera cada parte, e eles se sentem amargura estranha, e angústia e tribulação, o que torna suas articulações a tremer, e é a eles como as dores da morte. Timothy Rogers.

 

Ver. 1,5-6. A oração ajuda para o aumento e crescimento da graça, desenhando os hábitos de graça em exercício. Agora, como o exercício traz benefícios para o corpo, o mesmo acontece com a oração para a alma. Exercício Acaso ajudar a digerir ou respirar diante desses humores que entopem os espíritos. Um que mexe pouco vemos crescer ofegante, e logo engasgado com catarro, que exerce claramente limpa o corpo de. A oração é campo de exercício do santo, onde as suas graças são respirados; é como o vento para o ar, ele ilumina a alma; como fole para o fogo, que limpa o carvão dessas cinzas que os sufocam. O cristão, enquanto neste mundo, vive em um clima prejudicial; um tempo, as delícias do que amortecer e maçante seu amor a Cristo; outro, enquanto, o problema que encontra nele amortece sua fé na promessa. Como agora o cristão deveria sair dessas têmperas, se ele não tivesse um trono de graça de recorrer a, onde, se uma vez que sua alma esteja em um quadro de fusão, ele (como um colocado em um suor gentilmente), logo expira a malignidade de sua doença, e entra em seu temperamento certo novamente? Quantas vezes nós encontrar o santo profeta, quando ele se ajoelha para orar, cheia de medos e dúvidas, que, antes de ele terminar a parte dever, cresce em um doce familiaridade com Deus, e repouso em seu próprio espírito! ( Salmos 13: 1 ), ele começa a sua oração, como se ele achava que Deus nunca lhe daria uma espécie olhar mais: "? Até quando andarás esqueça de mim, ó Senhor para sempre" Mas por essa altura ele tinha exercido-se um pouco no dever, sua enfermidade desaparece, as névoas dispersar, e sua fé irrompe como o sol na sua força, Salmos 13: 5-6 : "eu confio na tua benignidade; o meu coração se alegrará na tua salvação eu vou cantar. . ao Senhor " assim, sua fé estabelece o pano, esperando um ere festa muito tempo para ser definido em: aquele que agora questionaram se ele nunca deve ouvir boas notícias do céu, é tão forte na fé, como fazer-se feliz com a esperança de que a misericórdia que lhe seja assegurada virá no passado. Abraham começou com cinquenta anos, mas a sua fé tem terra em Deus a cada passo, até que ele trouxe para baixo o preço de suas vidas para dez. William Gurnall.

 

Ver. . 1,6 Seja qual for desânimos Tu sais ao encontro com na tua presença de Deus em ordenanças, ser como o jet Inglês, disparado por água, e não como nossos fogos comuns, temperados por ele; deixá-los adicionar, não diminui, a tua resolução e coragem; não deixe uma repulsa bater-te ao largo; ser violento, dar uma segunda tempestade para o reino dos céus. Os pais às vezes escondem-se para fazer seus filhos continuam buscando. Aquele que não iria à primeira abrir a boca, nem vouchsafe a mulher de Canaã uma palavra, Acaso, mediante sua petição contínua e fervorosa, enfim abrir a mão e dar-lhe tudo que ela pede: "Ó mulher, seja-te como tu murchar. " Importunação continuou é inegável oratória. E, na verdade, se depois de todas as tuas dores achares Jesus Cristo, não fazer reparações por causa da tua longa paciência? Homens que se aventuram muitas vezes em uma loteria, embora eles tomam espaços em branco vinte vezes, se depois eles obter uma bacia dourada e ewer, ele irá torná-los abundante satisfação. Suponha que deves continuar batendo vinte, ou melhor, quarenta anos, mas se, por fim, embora, mas uma hora antes de tu morres teu coração ser aberto a Cristo, e ele ser recebido na tua alma, e quando tu morres céu se abram para ti, e a tua alma nela recebida, será que não infinitamente retribuir-te por todo o teu trabalho? Oh, pense nisso, e resolver para nunca mais ser mudo enquanto Deus é surdo, para nunca mais deixar de fora a oração até que Deus retornar uma resposta graciosa. E para teu conforto, saber que ele que começou sua Salmo com "Até quando andarás esqueça de mim, ó Senhor? Para sempre? Até quando te esconder tua face de mim?" Vem a concluir com ele, "Cantarei até o Senhor, porquanto ele lidou generosamente comigo. " George Swinnock.

 

DICAS ao pregador VILLAGE

 

Ver. 1. O comprimento aparente de tristeza, apenas aparente. Contraste com dias de alegria, com a miséria eterna e alegria eterna. Impaciência, e outras más paixões, fazer com que o comprimento aparente. Meios de encurtamento, recusando-se a prevenir, ou para queixar depois.

 

Ver. 1. ( segunda cláusula ). Escondendo da face divina. Por que, afinal? Por que de mim? Por que tão demorado?

 

Salmos 13: 2 *

 

EXPOSIÇÃO

 

Ver. 2. Até quando tomam conselho, em minha alma, tendo tristeza no meu coração cada dia? Não está no original a ideia de "acumular" conselhos em seu coração, como se seus dispositivos tornou-se inúmeras, mas inúteis. Aqui temos sido muitas vezes como Davi, porque temos pensado e repensado, dia após dia, mas não descobriram o dispositivo feliz por que para escapar de nosso problema. Essa loja é uma ferida triste. Ruminando sobre problemas é um trabalho amargo. Crianças enchem a boca com amargura quando rebelliously mastigar a pílula que deveria obedientemente ter tomado uma só vez.

 

Até quando o meu inimigo se exaltará sobre mim? Isto é como o absinto em fel, para ver o inimigo mau exultante, enquanto a nossa alma está abatida dentro de nós. O riso de uma grelhas inimigo terrivelmente nas orelhas de tristeza. Para o diabo para fazer a alegria da nossa miséria é a última gota de nossa reclamação, e muito quebra a nossa paciência; portanto, vamos torná-lo um argumento principal na nossa súplica de misericórdia.

 

Assim, o leitor atento vai observar que a pergunta "quanto tempo?" é colocado em quatro formas. Pesar do escritor é visto, como parece ser, como ele é, como ele afeta-se dentro, e os seus inimigos sem. Somos todos propensos a jogar a maioria na pior string. Montamos pedras monumentais sobre os túmulos de nossas alegrias, mas que pensa de erigir monumentos de elogio para misericórdias recebeu? Nós escrever quatro livros de Lamentações e apenas um dos Cânticos, e são muito mais em casa, em pranto um Misere do que em cantar um Te Deum.

 

Notas explicativas e PROVÉRBIOS pitoresca

 

Ver. 1-2. Veja Salmos em " Salmos 13: 1 " para mais informações.

 

Ver. 1-2. QUANTO TEMPO tu me esquecer? QUANTO TEMPO tu esconder o teu rosto de mim? Quanto tempo devo tomar cuidados a minha alma Veja Salmos em " Salmos 13: 1 " para mais informações.

 

Ver. 1-4. Veja Salmos em " Salmos 13: 1 " para mais informações.

 

Ver. 2. Quanto tempo? Há muitas situações do crente nesta vida em que as palavras deste Salmo pode ser um consolo, e ajudar a reavivar afundando fé. Um certo homem estava no tanque de Betesda, que tinha uma enfermidade trinta e oito anos. John 5: 5 . A mulher tinha um espírito de enfermidade de dezoito anos, antes de ela ser "desligado". Lu 13:11. Lázaro toda a sua vida trabalhou sob a doença ea pobreza, até que ele foi lançado pela morte e transferido para o seio de Abraão. Lu 16: 20-22. Portanto, cada um, em seguida, que pode ser tentado a usar as queixas deste Salmo, assegurar o seu coração que Deus não esquece o seu povo, a ajuda virá por fim, e, nesse meio tempo, todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amá-lo. W. Wilson, DD

 

Ver. 2. Quanto tempo terei de cuidados a minha alma, tendo tristeza no meu coração cada dia? Há uma coisa como se debruçar sobre a nossa culpa e miséria, à vista para das nossas maiores misericórdias. Ainda que seja adequada a conhecer os nossos próprios corações, para efeitos de condenação, ainda, se esperamos consolação a partir deste trimestre, nos encontraremos muito desapontados. Tal, por um tempo, parece ter sido o caso de David. Ele parece ter sido em grande angústia; e, como é comum nesses casos, seus pensamentos se voltaram para dentro, lançando em sua mente o que deveria fazer, e qual seria o fim das coisas. Enquanto assim exercido, ele tinha dor em seu coração cada dia: mas, betaking si mesmo a Deus por alívio, ele conseguiu, confiando na sua misericórdia, seu coração se alegrou por sua salvação. Há muitas pessoas que, quando estão em dificuldades, imitam David em o ex-parte desta experiência: Eu gostaria que pode imitá-lo no segundo. Andrew Fuller.

 

Ver 2,4. Até quando o meu inimigo se exaltará sobre mim? É um grande alívio para os miseráveis e aflitos, dignos de pena por outros. É um pouco de alívio quando os outros, embora eles não podem nos ajudar, ainda parecem ser verdadeiramente preocupados com a tristeza do nosso caso; quando pela bondade de suas palavras e de suas ações eles um pouco de suavizar as feridas não podem curar; mas é uma adição indizível para a cruz, quando um homem é abatido sob o sentido do desagrado de Deus, ter homens zombar em sua calamidade, ou insultar-lo, ou para falar mais ou menos; isso inflamar e exasperar a ferida que era grande o suficiente antes; e é uma coisa difícil quando se tem um som terrível em seus ouvidos para que cada amigo para se tornar um filho do trovão. É uma questão pequena para as pessoas que estão à vontade, para lidar severamente com tais como estão aflitos, mas eles pouco sabem como os discursos graves e suas palavras de raiva penetrou-lhes na própria alma. É fácil culpar os outros por reclamando, mas se tal tinha sentido, mas por pouco tempo o que é estar sob o medo da ira de Deus, eles acham que eles não podiam deixar de reclamar. Ele não pode deixar de fazer qualquer pessoa inquieta e desconfortável, quando ele apreende que Deus é seu inimigo. Não é de admirar se ele faz todo o que ele vê, e cada lugar que ele se encontra, uma testemunha da sua dor; mas agora é um conforto em nossas tentações e nos nossos medos, que temos um amigo tão compassivo como Cristo é a quem podemos reparar. "Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer com os sentimentos de nossas enfermidades;. Mas, em tudo foi tentado como nós somos, mas sem pecado" Hebreus 4:15 . Timothy Rogers.

 

DICAS ao pregador VILLAGE

 

Ver. 2. Conselhos para o abatido, ou a alma dirigido a olhar para fora de si mesmo em busca de consolo. A. Fuller.

 

Ver. 2 ( cláusula primeira ). â € " tortura Auto , a sua causa, maldição, o crime ea cura.

 

Ver. 2. tendo tristeza no meu coração cada dia.

 

  1. A causa da dor diária. Grande inimigo, a incredulidade, o pecado, o julgamento, a perda da presença de Jesus, simpatia com os outros, de luto para a ruína humana.

 

  1. A necessidade de tristeza diária. Purgar corrupções, excite graças, levantar desejos para o céu.

 

  1. A cura da dor diária. Boa comida da mesa de Deus, vinho velho das promessas, caminha com Jesus, o exercício em boas obras, a evasão de tudo insalubre.

 

  1. Davies.

 

Ver. 2 ( segunda cláusula ). â € "Time antecipado quando a derrota se converterá em vitória.

 

Salmos 13: 3 *

 

EXPOSIÇÃO

 

Ver. 3. Mas agora oração eleva sua voz, como o vigia que anuncia o amanhecer. Agora vai a maré virar, eo weeper deve secar seus olhos. O propiciatório é a vida de esperança e a morte de desespero. O pensamento sombrio de Deus ter abandonado ele ainda está sobre a alma do salmista, e ele, portanto, chora,

 

Considera e responde-me. Ele se lembra de uma vez a raiz de sua desgraça, e clama que pode ser removido. A ausência final de Deus é fogo de Tofete, e sua ausência temporária traz seu povo para as subúrbios do inferno. Deus está aqui suplicou para ver e ouvir, que assim ele pode ser duplamente levada para a pena. O que devemos fazer se não tivéssemos Deus a quem recorrer na hora da miséria?

 

Observe o grito de fé,

 

O Senhor meu Deus! Não é um fato muito glorioso que nosso interesse em nosso Deus não é destruída por todas as nossas provações e sofrimentos? Podemos perder nossas cabaças, mas não o nosso Deus. O título de propriedade do céu não está escrito na areia, mas em latão eterna.

 

Alumia os meus olhos: isto é, deixar o olho da minha fé ser claro, para que eu possa ver meu Deus no escuro; deixe meu olho de vigilância pode estar aberto, para que eu não ser aprisionado, e deixar que o olho do meu entendimento ser iluminado para ver o caminho certo. Talvez, também, aqui é uma alusão ao que cheering dos espíritos tão frequentemente chamado a iluminação dos olhos, porque ele faz com que o rosto para iluminar, e os olhos a brilhar. Bem podemos usar a oração, "Clarear nossa escuridão, nós te pedimos, Senhor!" pois em muitos aspectos, precisamos de raios que iluminam do Espírito Santo.

 

Que eu não durma o sono da morte. A escuridão gera sono, e desânimo não é lento em fazer os olhos pesados. A partir deste desmaio e penumbra de visão, causada pelo desespero, há apenas um passo para o sono de ferro da morte. David temia que suas provações iria acabar com sua vida, e ele, com razão, utiliza o medo como um argumento com Deus em oração; de profunda aflição tem em si uma espécie de reivindicação sobre a compaixão, não um pedido de direito, mas um fundamento que tem poder com graça. Sob a pressão de tristeza do coração, o salmista não olhar para a frente para o sono da morte com esperança e alegria, como crentes assegurados fazer, mas ele encolhe a partir dele, com medo, a partir do qual temos que reunir os escravidão do medo da morte não é uma coisa nova .

 

Notas explicativas e PROVÉRBIOS pitoresca

 

Ver. 1-4. Veja Salmos em " Salmos 13: 1 " para mais informações.

 

Ver. 3. Aliviar meus olhos para que eu não durma o sono da morte. Com o tempo de doença e sofrimento, os "olhos" são maçantes e pesado; e eles crescem mais e mais que a morte se aproxima, o que lhes fecha em escuridão. Por outro lado, a saúde e alegria tornar os órgãos de visão brilhante e espumante, parecendo, por assim dizer, para transmitir "luz" a eles a partir de dentro. As palavras, portanto, pode ser adequadamente aplicada a uma recuperação do corpo natural e, por conseguinte, do corpo social, a partir das respectivas doenças. Nem eles descrevem de forma menos significativa a restauração da alma a um estado de saúde espiritual e santa alegria, que se manifestam de maneira semelhante, por "os olhos do entendimento sendo iluminados;" e, neste caso, a alma é salva de o sono do pecado, como o corpo está no outro, do sono da morte. George Horne.

 

Ver. 3. Por que fazes tu esconder tua face? Felizmente dirás, Ninguém pode ver o teu rosto e viver. Ah, Senhor, me deixe morrer, para que eu possa ver-te; deixe-me ver-te, para que eu morra: Eu não viveria, mas morrer; para que eu possa ver a Cristo, desejo de morte; para que eu viva com Cristo, eu desprezar a vida. Agostinho.

 

Ver. 3. Quanto tempo tu esconder tua face de mim? Oh, excelente esconderijo, que se tornou a minha perfeição! Meu Deus, tu escondes teu tesouro, para acender o meu desejo! Escondes o teu pérola, para inflamar o candidato; tu delayest para dar, para que possas ensinar-me a importunar; seemest para não ouvir, para me fazer perseverar. John Anselmo, 1034-1109.

 

DICAS ao pregador VILLAGE

 

Ver. 3. Ao acomodar o texto para o crente.

 

  1. O verdadeiro caráter de Satanás, "inimigo".

 

  1. fato notável que este inimigo é exaltado sobre nós.

 

  1. Pressionar pergunta: "Quanto tempo?"

 

  1. Davies.

 

Ver. 3. Aliviar os meus olhos. Um ajuste oração para (1) Todo pecador ignorante. (2) Cada candidato de salvação. (3) Cada aluno na escola de Cristo. (4) Cada tentou crente. (5) Cada santo morrendo. B. Davies.

 

Salmos 13: 4 *

 

EXPOSIÇÃO

 

Ver. 4. Outro argumento é instado no quarto verso, e é aquele que o crente tentou pode lidar bem quando nos joelhos. Nós fazemos uso do nosso arqui-inimigo de uma vez, e obrigá-lo, como Sansão, para moer em nossa fábrica, enquanto nós usamos sua arrogância cruel como um argumento em oração. Não é a vontade do Senhor que o grande inimigo de nossas almas deve superar seus filhos. Este seria desonrar a Deus, e fazer com que o maligno para se vangloriar. É bom para nós que nossa salvação e honra de Deus estão tão intimamente ligados, que se mantêm ou caem juntos.

 

Nossa aliança que Deus vai completar a confusão de todos os nossos inimigos, e se por algum tempo nos tornamos seu escárnio e brincadeira, o dia está chegando quando a vergonha vai mudar de lado, e o desprezo será derramado sobre aqueles a quem é devido.

 

Notas explicativas e PROVÉRBIOS pitoresca

 

Ver. 1-4. Veja Salmos em " Salmos 13: 1 " para mais informações.

 

Ver. 2,4. Até quando o meu inimigo se exaltará sobre mim? Veja Salmos em " Salmos 11: 2 " para obter mais informações.

 

Ver. 4.

 

Ah! você pode suportar o desprezo; a língua venomed Dos que ruína agrada, o desdém afiado, as injúrias lascivas do rebanho patife; Que durante as ações mesmíssimas, se bem sucedida, seria tão grosseiramente pródigo em seu louvor? Para resumir tudo em oneâ € "você pode apoiar os olhares desdenhosos, a alegria maligna, ou mais, detestava pena de um € rivalâ" de um rival triunfante?

 

James Thomson, 1700-1748.

 

Ver. 4. E os meus adversários não se alegrar quando eu sou movido â € "compor comédias fora das minhas tragédias. John Trapp.

 

DICAS ao pregador VILLAGE

 

Ver. 4. Observe a natureza dos maus duas maneiras; ou seja, quanto mais eles prevalecer o mais insolente que são; eles maravilhosamente triunfem sobre os que estão aflitos. T. Wilcocks.

 

Salmos 13: 5 *

 

EXPOSIÇÃO

 

Ver. 5. Que mudança está aqui! Lo, a chuva cessou, e se foi, e o tempo do canto dos pássaros é chegado. O propiciatório tem até refrescado os pobres weeper, que ele limpa a garganta para uma canção. Se temos lamentou com ele, vamos agora dançar com ele. O coração de Davi era mais frequentemente fora do tom de sua harpa, Ele começa muitos dos seus salmos suspirando, e termina-los cantando; e outros, ele começa com alegria e termina na tristeza; "para que se poderia pensar," diz Peter Moulin ", que esses salmos havia sido composta por dois homens de um humor contrário". É digno de ser observado que a alegria é ainda maior por causa da tristeza anterior, tão calmo é ainda mais delicioso no recolhimento da tempestade anterior.

 

"Dores lembradas adoçar presente alegria."

 

Aqui está a sua confissão de sua confiança:

 

Mas eu confio na tua benignidade. Para muitos um ano que tinha sido seu costume de fazer o Senhor seu castelo e torre de defesa, e ele sorri de trás da mesma baluarte ainda. Ele tem certeza de sua fé, e sua fé lhe faz certeza; se ele tivesse duvidado da realidade de sua confiança em Deus, ele teria bloqueado até uma das janelas através das quais o sol do céu deleita a brilhar. Fé está agora em exercício, e, consequentemente, é facilmente descoberto; nunca há uma dúvida em nosso coração sobre a existência da fé enquanto ele está em ação: quando a lebre ou perdiz é calma, vemos que não, mas deixe o mesmo estar em movimento e logo percebemos. Todos os poderes dos seus inimigos não tinha conduzido o salmista de sua fortaleza. Como o marinheiro náufrago se agarra ao mastro, de modo que Davi se agarrar à sua fé; ele não poderia nem iria desistir de sua confiança no Senhor seu Deus. O que nós podemos lucrar com o seu exemplo e segure por nossa fé como pela nossa própria vida! Agora ouve a música que a fé faz em sua alma. Os sinos da mente estão todos tocando,

 

Meu coração se regozija na tua salvação. Há alegria e festa dentro de casa, para um convidado gloriosa veio, eo novilho gordo é morto. Doce é a música que soa das cordas do coração. Mas isso não é tudo, a voz junta-se no trabalho abençoado, ea língua mantém sintonia com a alma, enquanto o escritor declara:

 

Cantarei ao Senhor.

 

"Eu te louvarei cada dia, agora o passado da tua ira afastado;

 

pensamentos confortáveis ​​surgir a partir do sacrifício sangramento ".

 

Notas explicativas e PROVÉRBIOS pitoresca

 

Ver. . 1,5,6 Veja Salmos em " Salmos 13: 1 " para mais informações.

 

Ver. 5. eu confio na tua benignidade; o meu coração se regozija na tua salvação. A fé se alegra em angústia, e triunfos antes da vitória. O paciente é feliz quando ele sente que sua física para trabalhar, apesar de fazê-lo doente durante o tempo; porque ele espera que adquirir saúde. Alegramo-nos com as aflições, não que são de alegria para o presente, mas porque eles devem trabalhar para o nosso bem. Como a fé se alegra, assim que triunfa na garantia de um bom sucesso; pois não vê de acordo com a aparência, mas quando todos os meios falharem, ele guarda a Deus em vista, e vê aquele presente para o nosso socorro. John Ball.

 

Ver. 5. eu confio na tua benignidade; o meu coração se regozija na tua salvação. Embora as paixões possuem nossos corpos, vamos "paciência possuí as nossas almas." A lei de nossa profissão nos liga a uma guerra; patiendo vincimus, nossos problemas devem acabar, a nossa vitória é eterno. Aqui triunfo de David ( Salmos 18: 38-40 ), "eu feri-los, para que não se puderam levantar; caíram debaixo dos meus pés; fizeste abater debaixo de mim aqueles que se levantaram contra mim Tu também me deu.. do pescoço dos meus inimigos ", etc. Eles têm feridas para as suas feridas; e, percorre o caminho para baixo dos pobres são pisada pelos pobres. O Senhor vai subjugar aqueles para nós que nos teria subjugado a si mesmos; e ainda que por um curto período de tempo que andava sobre as nossas cabeças, mas agora, finalmente, será eternamente pisar seus pescoços. Lo, então, a recompensa de paciência humilde e confiante esperança. Speramus et superamus . De 32:31. "Nosso Deus não é como seu Deus, até os nossos inimigos juízes disso." Salmos 20: 7 . "Alguns confiam em carros e outros em cavalos." Mas nenhum carro tem força para se opor, nem rapidez cavalo para fugir, quando Deus persegue. Salmos 20: 8 . "Eles são trazidos para baixo e caído; nós nos erguemos e ficamos de pé." Sua confiança tem enganado-los; -se um cair, e nunca mais se levantar. Nosso Deus nos ajudou; nós nos erguemos, não para um espaço para respirar, mas para ficar de pé para sempre. Thomas Adams.

 

Ver. 5. Nenhum vivo tão facilmente, tão agradavelmente, como aqueles que vivem pela fé. Matthew Henry.

 

Ver. 5. Por isso eu digo de novo, "viver pela fé"; outra vez digo, viver sempre por ela, alegrem-se por meio da fé no Senhor. Atrevo-me a ousadia dizer que é culpa tua e negligência do seu exercício se tu sofrer tanto tua própria humor melancólico ou Satã para interromper a tua alegria e vivacidade espiritual, e para deter ti em lixões e melancolia a qualquer momento. E se você é de uma constituição triste? de uma tez escura? Não é fé capaz de corrigir a natureza? Não é mais forte do que qualquer hellebore? Acaso, não um experiente divina e médico prefere dignamente uma dram dele antes de todas as drogas na loja do boticário para este efeito? Tem a virtude não soberana na mesma, para excerebrate todos os cuidados, expectorar todos os medos e tristezas, evacuar a mente de todos os pensamentos e paixões doentes, para animar todo o homem? Mas que bom doth a qualquer ter uma cordial por ele se ele usá-lo não? Para usar uma espada, soldado como, por seu lado, e não para desenhá-lo para trás em um assalto? Quando um despejo te ultrapassa, se queres dizer a tua alma em uma ou duas palavras, "Soul, por que te inquieta? Conhecer e considerar em quem crês," seria não retornar no momento presente para seu descanso de novo? O Mestre não iria repreender os ventos e tempestades, e acalmar a tua mente perturbada presentemente? Ou não tem cada homem uma coisa ou outra, ele se serve para arrumar lixeiras, para afastar o espírito do mal, como Davi com sua harpa? Alguns com empresa alegre, alguns com uma xícara de saco, a maioria com uma tubulação de tabaco, sem o qual não pode andar ou ir. Se eles perdem-lo um dia, juntos, eles estão preocupados com rheums, dulness dos espíritos. Os que vivem em pântanos e ares doentes não se atrevem a mexer-se sem um projecto manhã de algum licor forte. Pobre, bobo, smoky ajuda, em comparação com o menor gosto (mas para desonrar fé eu diria sopro) ou projecto de fé. Samuel Ward, 1577-1653.

 

DICAS ao pregador VILLAGE

 

Ver. 5. Experiência e perseverança. Eu tenho, o meu coração se.

 

Salmos 13: 6 *

 

EXPOSIÇÃO

 

Ver. 6. O Salmo termina com uma frase que é uma refutação da acusação de esquecimento que David havia dito no primeiro verso,

 

Ele nos trata generosamente comigo. Assim será com nós se esperar algum tempo. A queixa que, em nossa pressa que pronunciamos serão alegria retraído, e vamos testemunhar que o Senhor tem tratado generosamente com a gente.

 

Notas explicativas e PROVÉRBIOS pitoresca

 

Ver. . 1,5,6 Veja Salmos em " Salmos 13: 1 " para mais informações.

 

Ver. . 1,6 Veja Salmos em " Salmos 13: 1 " para mais informações.

 

Ver. 6. Cantarei ao Senhor, porque ele tem tratado generosamente comigo. Fé mantém a alma de afundar sob ensaios pesados, trazendo experiências anteriores do poder, misericórdia e fidelidade de Deus à alma aflita. Nisto foi o salmista apoiado em perigo. Oh, diz fé, lembrar o que Deus tem feito tanto para a tua ida e homem interior; ele não só entregou o teu corpo quando estão em dificuldades, mas ele tem feito grandes coisas para a tua alma; te fez sair de um estado de natureza preto, entrou em uma relação de aliança contigo, fez sua bondade passar diante de ti; ele te ajudou a orar, e muitas vezes ouviu tuas orações e as tuas lágrimas. Hath ele não anteriormente te tirou da cova, e fora do barro de lodo, e colocar uma nova música na tua boca, e te constituí para resolver a nunca ceder a tais pensamentos e medos descrentes de novo? e como impróprio é para ti agora a afundar em problemas? John Willison, 1680-1750.

 

Ver. 6. Cantarei ao Senhor. Mr. John Philpot tendo ficado por algum tempo no bispo da casa de carvão de Londres, o bispo mandou chamá-lo, e, entre outras questões, perguntou-lhe por que eles eram tão alegre na prisão? cantando (como o profeta fala) Exultantes in rebus pessimis, regozijando-se em sua maldade, enquanto você deveria lamentar e se arrepender. Sr. Philpot respondeu: "Meu senhor, a alegria que fazemos é apenas em cantar alguns Salmos, à medida que são comandados por Paul, para se alegrar no Senhor, cantando juntos hinos e salmos, pois estamos em um lugar escuro, sem conforto, e, portanto, nós, assim consolo nos confio, portanto, o seu senhorio não vai ficar com raiva, vendo o apóstolo diz,. , se alguém é de um coração reto, deixá-lo cantar Salmos; e nós, para declarar que somos de uma mente na vertical a Deus, mas estamos na miséria, ainda refrescar-nos com tal cantar. " Depois de algum outro discurso, diz ele, "eu estava levado de volta para a casa de carvão do meu senhor, onde eu, com os meus seis companheiros de prisão, faça Rouze juntos na palha, tão alegremente (agradeço a Deus) como os outros fazem em suas camas de baixo . " E em uma carta a um amigo, ele escreve assim: "Elogiar-me ao Sr. Elsing e sua esposa, e agradecer-lhes por me alguma facilidade na minha prisão, e dizer-lhes que casa de carvão do meu senhor ser muito preto, mas é . mais desejável dos fiéis do que palácio da rainha o mundo pergunta como podemos ser tão feliz sob tais misérias extremas;. mas o nosso Deus é onipotente, que transforma miséria em felicidade Acredite em mim, não existe tal alegria no mundo, como o povo de Deus tem sob a cruz de Cristo: Eu falo por experiência, e, portanto, acredite em mim, e não temer nada que o mundo pode fazer até você, pois quando eles aprisionam nossos corpos, eles definir nossas almas a liberdade de conversar com Deus ; quando eles nos derrubado, o que nos levantar, quando eles nos matam, então eles nos enviar para a vida eterna O maior glória pode haver do que ser feito conforme a nossa Cabeça, Cristo e isso é feito por meio da aflição.?. ? o bom Deus, o que eu sou, sobre os quais deves conceder uma tão grande misericórdia Este é o dia que o Senhor fez; regozijemo-nos e alegremo-nos nele. Este é o caminho, embora seja estreito, que é cheio de a paz de Deus, e as conduz para a felicidade eterna. Oh, como o meu coração salta de alegria que estou tão perto da apreensão dos mesmos! Deus me perdoe a minha ingratidão, e indignidade de tão grande glória. Eu tenho tanta alegria, que, apesar de eu estar em um lugar de trevas e de luto, mas não posso lamentar; mas ambos dia e noite estou tão cheio de alegria como eu nunca foi tão feliz antes; o nome do Senhor seja louvado para sempre. Nossos inimigos se preocupe, fumaça, e rangem os dentes contra ele. O orar imediatamente que esta alegria não pode ser tirado de nós; para ele passa todos os prazeres deste mundo. Esta é a paz de Deus que excede todo o entendimento. Esta paz, mais seu escolhido ser atingidas, mais eles sentem isso, e, portanto, não pode desmaiar nem para o fogo, nem água. " Samuel Clarke de" Mirror ", 1671.

 

Ver. 6. Cantarei ao Senhor. Como muito diferente é o fim deste Salmo desde o começo! John Trapp.

 

Ver. 6. Cantarei ao Senhor, etc. Eu nunca soube o que era para que Deus fique ao meu lado em todos os turnos, e em cada oferta de Satanás para me afligir, etc., como eu tê-lo encontrado desde que vim para cá; para olhar como medos apresentaram-se, por isso, têm apoios e incentivos; sim, quando eu comecei, mesmo que fosse em nada mais do que a minha sombra, mas Deus, como sendo muito suave para mim, não sofreu, tendo-me a ser molestada, mas com uma Escritura ou de outro, fortalece-me contra todos; de sorte que eu tenho dito muitas vezes, Se fosse legal, eu poderia orar por maior problema, para o maior conforto do amor . Eclesiastes 7:14 , 2 Coríntios 1: 5 . John Bunyan, 1628-1688.

 

DICAS ao pregador VILLAGE

 

Ver. 6. O doador generoso eo cantor saudável.

 

Todo o Salmo faria um bom assunto, mostrando as fases do luto para a alegria, habitação, especialmente, sobre o ponto de viragem, a oração. Há dois versos para cada um, de luto, orando, regozijando-se. AG Brown.

fonte www.avivamentonosul.com