Translate this Page

Rating: 3.0/5 (889 votos)



ONLINE
6




Partilhe este Site...

 

 

<

Flag Counter

A Book for Her pdf free, download pdf, download pdf, this site, The Adobe Photoshop CC Book for Digital Photographers 2017 pdf free, fee epub, pdf free, site 969919, this link, link 561655,

Charles Spurgeon comentario biblico de Salmos N.15
Charles Spurgeon comentario biblico de Salmos N.15

Tesouro de Davi Salmos 15 

versículos 1-5

 

ASSUNTO , & c. Este Salmo de Davi não tem qualquer título dedicatória em tudo indicativo da ocasião em que foi escrita, mas é muitíssimo provável que, juntamente com o vigésimo quarto Salmo, a que carrega uma semelhança impressionante, a sua composição foi de algum modo ligado com a remoção da arca ao santo monte de Sião. Quem deve participar sobre a arca era uma questão de não pequena consequência, por causa de pessoas não autorizadas tinham invadido o escritório, David não conseguiu na primeira ocasião para completar o seu propósito de trazer a arca para Sião. Na segunda tentativa, ele é mais cuidadoso, não só para colocar o trabalho de carregar a arca aos levitas designados por Deus ( 1 Crônicas 15: 21 Crônicas 15: 2 ), mas também para deixá-lo no comando do homem cuja casa do Senhor o havia abençoado, mesmo Obede, que, com seus muitos filhos, ministrou na casa do Senhor. ( 1 Crônicas 26: 81 Crônicas 26: 8 ; 1 Crônicas 26:121 Crônicas 26:12 .) Espiritualmente nós temos aqui uma descrição do homem que é uma criança em casa na Igreja de Deus na terra, e quem vai morar na casa do Senhor para sempre acima . Ele é principalmente Jesus, o homem perfeito, e em todos os que através da graça são conformes à sua imagem dele.

 

. DIVISION O primeiro verso ( Salmos 15: 1Salmos 15: 1 ) faz a pergunta; o resto dos versos ( Salmos 15: 2-5Salmos 15: 2-5 ) respondê-la. Vamos chamar o Salmo de perguntas e respostas.

 

EXPOSIÇÃO

 

Ver. 1. A questão. Jeová. Tu alto e santo One, que serão autorizadas a ter comunhão contigo? Os céus não são puros diante de ti, e tu chargest teus anjos com loucura, que, em seguida, de molde mortal se morar contigo, teme fogo consumidor? Um sentido da glória do Senhor e da santidade que se torna sua casa, o seu serviço, e seus assistentes, excita a mente humilde para fazer a pergunta solene diante de nós. Onde os anjos arco com faces veladas, como deve o homem ser capaz de adorar em tudo? O muitos impensado imagina que seja uma questão muito fácil de se aproximar do Altíssimo, e quando declaradamente envolvido em seu culto eles não têm questionamentos de coração quanto à sua idoneidade para ele; mas as almas verdadeiramente humilhado geralmente encolhe sob um senso de indignidade absoluta, e não se atreveria a se aproximar do trono do Deus de santidade se não fosse por ele, nosso Senhor, nosso advogado, que pode habitar no templo celestial, porque a sua justiça dura para sempre.

 

Quem habitará no teu tabernáculo? Quem será admitido para ser um dos da casa de Deus, para peregrinar sob o seu teto e desfrutar de comunhão com Ele?

 

Quem habitará no teu santo monte? Quem deve ser cidadão de Sião, e um habitante da Jerusalém celeste? A questão é levantada, porque é uma pergunta. Todos os homens não têm esse privilégio, ou melhor, até mesmo entre os professores existem separados da comunidade, que não têm relação sexual secreta com Deus. Em razão da Lei n mero homem pode habitar com Deus, pois não há uma sobre a terra que responde às justas exigências mencionadas nos versos seguintes. As perguntas no texto são convidados do Senhor, como se nada mas a Mente Infinita poderia respondê-las de modo a satisfazer a consciência inquieta. Devemos saber do Senhor da tenda quais são as qualificações para o seu serviço, e quando nós fomos ensinados dele, veremos claramente que só a nossa impecável Senhor Jesus, e aqueles que estão conformando-me a sua imagem, nunca pode ficar com aceitação diante da Majestade nas alturas.

 

impertinente curiosidade frequentemente deseja saber quem e quantos serão salvos; se aqueles que, portanto, a pergunta: "Quem habitará no teu santo monte?" tornaria a procura da alma inquérito em referência a si mesmos que iriam agir muito mais sabiamente. Os membros da igreja visível, que é o tabernáculo de Deus de adoração, e colina de eminência, deve diligentemente ver a ele, que eles têm a preparação de coração que se encaixa-los a ser presos da casa de Deus. Sem o vestido de casamento da justiça em Cristo Jesus, não temos o direito de sentar-se no banquete de comunhão. Sem retidão de caminhada que não estão aptos para a igreja imperfeita na terra, e, certamente, não devemos esperar para entrar na igreja perfeita acima.

 

Notas explicativas e PROVÉRBIOS pitoresca

 

Ver. 1. Senhor, quem habitará no teu tabernáculo? Em que a igreja de Cristo sobre a terra é um tabernáculo, podemos notar, que nem a própria igreja, nem os membros desta organização, ter qualquer fixo ou assento firme de habitação neste mundo : "Levanta-te, partir, pois este não é o seu descanso." Miquéias 2:10Micah 2:10 . "Não temos aqui continuando cidade, mas buscamos a futura." Hebreus 13:14Hebreus 13:14 . Tabernáculo de Deus, sendo um templo móvel, vagou cima e para baixo, às vezes no deserto, às vezes em Shiloh, às vezes entre os filisteus, por vezes em Cariatiarim, e nunca encontrou qualquer lugar estabelecida até que foi traduzido para o monte de Deus, mesmo assim o igreja de Deus vagueia como um vagabundo e um estranho no deserto deste mundo, sendo destituídos, atormentadas, e oprimido por todos os lados, perseguido a partir desta cidade para que, e nunca desfrutar qualquer habitação constante de som e com certeza restante até ser traduzido até santo monte de Deus. o verbo (Heb.) gur (como aqueles que aprendem na nota hebraico) significa habitar como um estranho, ou um estrangeiro, importações que um cidadão do céu é um peregrino na terra ... em que a igreja é uma tenda, podemos ver que não é um forte, rodeados de todas as paredes fortes, armados com todas as forças humanas; e ainda aqueles que guardam em seu interior são defendidas de calor do sol, e ferir das tempestades. Sua força não é aqui, mas a partir de cima, por Cristo, Cabeça está em todos os seus problemas de uma ajuda presente, um refúgio contra a tempestade, uma sombra contra o calor. Isaías 35: 4Isaías 35: 4 . A igreja na terra é de fato uma tenda, mas é de Deus tenda, onde ele habita como em sua casa; "Senhor, quem habitará no teu tabernáculo?" pois para isto, o Senhor ordenou a tenda a ser feito, para que pudesse habitar no meio deles, o apóstolo abençoado interpreta-lo do seu lugar entre eles. 2 Coríntios 6:162 Coríntios 6:16 . "Você é", diz ele, "o templo do Deus vivo, como Deus disse, eu vou morar neles, e caminhar em si." Para o mesmo fim, Deus é dito em outros lugares para habitar em Sion, e andar no meio dos sete candelabros de ouro, isto é, no meio das sete igrejas, no meio da sua cidade ( Salmos 46: 5Salmos 46: 5 ), . no meio do seu povo Isaías 12: 6Isaías 12: 6 . John meninos, DD, decano de Canterbury, 1571-1625.

 

Ver. 1. Senhor, quem habitará , etc. Se David, um homem dotado de uma excelente e divino espírito, aquele em quem a sabedoria singular, conhecimento raro, e compreensão profunda dos segredos escondidos apareceu, que está sendo ensinados por Deus nas coisas celestiais, superou e ultrapassou em sabedoria todos os seus professores e conselheiros, não obstante desejo de conhecer as ovelhas dos cabritos, o bom do mau, os santos dos hipócritas, os verdadeiros adoradores de Deus de dissimuladores, os verdadeiros habitantes do santo tabernáculo de os intrusos do ímpio, para que nele deveria ser enganado; como grande causa temos, em quem nem o espírito como, nem tal sabedoria, nem conhecimento igual, nem inteligência comparável, por muitos graus appeareth, a temer nossa própria fraqueza, a duvidar dos nossos próprios julgamentos, para confessar nossa própria enfermidade, e a suspeitar das sleights sutis e pretextos coloridas dos homens; e para obter mais conhecimento na escondidas, profundas, e as coisas secretas, com David para exigir e fazer esta pergunta: "Senhor, quem habitará no teu tabernáculo que habitará no teu santo monte? ? "... Onde Davi diz:" Quem ficará no teu santo monte? " ele nos dá a entender que não existe uma verdadeira e som descanso, mas na colina sagrada do Senhor, que é a igreja. Em seguida, os maus e ímpios que não são da casa de Deus, do seu santo monte, da igreja, não têm tranquila, descanso, nem paz som; mas eles estão em perplexidade contínua, tormento contínuo, desassossego contínua de suas mentes. Richard Turnbull, 1606.

 

Ver. 1. Permanecei no tabernáculo, etc. Os adoradores do átrio exterior só vai ficar a sua morada eterna, sem entre os cães, os feiticeiros, etc; mas os que devem ser habitantes do céu, vem ainda mais em, mesmo perante a tenda própria: suas almas são alimentadas à sua mesa, eles acham o cheiro de suas roupas como de mirra, aloés e cássia; e se perder a qualquer momento, é a tristeza de suas almas, e eles nunca estão em repouso até que recuperá-lo novamente. Thomas Boston.

 

Ver. 1. Quem habitará, etc.

 

"Agora quem é ele? Dizer, se puder, que assim deve ganhar a morada da empresa?

 

Pilatos dirá: Eis o homem! ' E João: Eis o Cordeiro de Deus! ' "

 

John Barclay, citado pela AA Bonar, em loc.

 

Ver. 1. santo monte. O céu é apropriadamente comparado a um monte, o inferno para um buraco. Agora, quem subirá até o monte santo? Nenhum, mas aqueles a quem esta montagem desce até, que têm doce comunhão com Deus nesta vida presente, cuja conversa está no céu, embora sua commoration ser por algum tempo sobre a terra, que fazem aqui comer e beber e dormir, a vida eterna. John Trapp.

 

Ver. 1-2. A dissimulação e à contrafacção de hipócritas de todas as idades, ocasionada por acaso esta consulta: pois, como Paulo fala, "nem todos são de Israel são Israel," um grande número de estar na igreja não são da igreja, de acordo a dos médicos sobre este lugar, vários sunt corpore qui non sunt fide, multi nomine qui non sunt nomine. por isso, David, aqui perceber que as pessoas diversos foram embaralhada no tabernáculo de Deus como cabras entre as ovelhas, e joio no meio do trigo, sendo judeus exteriormente, mas não interiormente, enganando os outros muitas vezes, e, às vezes, eles próprios, também, com uma profissão nua de religião e opinião falsa da verdadeira piedade, vem a Deus (como para o usuário e Trier dos corações dos homens, familiarizado com todos os segredos, e melhor compreensão de quem são dele), dizendo-lhe: Senhor, forsomuch como há muito insalubridade e da hipocrisia reinante entre aqueles que habitam em tua tenda, professando a tua palavra, e frequentando os lugares do teu culto; Peço-te humildemente, para declarar a teu povo algumas fichas e cognizances pelo qual um verdadeiro sujeito do teu reino podem ser discernidos dos filhos deste mundo. Aqui, então, observar que uma profissão externa da fé e da comunhão para fora com a igreja de Deus, não é suficiente para a salvação, a não ser que levar um correspondente da vida incorrupta para o mesmo, fazendo a coisa que é certo, e falando a verdade em nosso coração. E, portanto, o papista bobo é extremamente enganado em confiar tanto em cima do lado de fora da igreja, a saber, sobre a sucessão de bispos romanos, após a multidão de católicos romanos, sobre o poder ea pompa da sinagoga romana, chorando como os judeus nos dias antigos, "o templo do Senhor, templo do Senhor," nossa igreja é o templo do Senhor. O evangelista carnal e descuidado é enganado também, colocando toda a sua religião na observação formal do serviço exterior, para um mero Christian verbal é um ateu real, de acordo com a de Paulo ( Tito 1:16Tito 1:16 ) ", na palavra Confessam que conhecer a Deus, mas em suas obras o negam ", e tantos que parecem permanecer no tabernáculo de Deus por um tempo, nunca descansará sobre o seu santo monte, e esta afirmação é expressamente confirmada pelo próprio Cristo:" Nem todo o (diz ele), que disse-me: Senhor, Senhor, entrará no reino dos céus;. mas aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós ??? em teu nome e em teu nome não expelimos demônios, e em teu nome não fizemos muitas maravilhas e, então, eu professo-lhes: Nunca vos conheci: afastar-me, vós que praticais a iniqüidade ". Mateus 7: 21-23Mateus 7: 21- 23 . Considere isto, vós todos os que são cristãos no lábio única, mas não na vida, fazer uma máscara da religião, ou melhor, um muito vizard, com olhos e boca e nariz, bastante pintado e proporcionado a todos os pretextos e propósitos. O pensar sobre isto, vós todos os que se esquecem de Deus, aquele que habita nas alturas, e contempla as coisas aqui em baixo, sofre nenhum para descansar sobre o seu monte santo , mas como andam na retidão, fazendo o que é justo, e falando o que é verdade. John Boys.

 

DICAS ao pregador VILLAGE

 

Ver. 1. As qualificações para membros da igreja na terra e no céu. Um assunto para auto-exame.

 

Ver. 1.

 

  1. . A comparação da igreja para o tabernáculo presença de Deus se manifesta, sacrifício oferecido, e os vasos de graça preservada na mesma; significa externamente, gloriosa por dentro.

 

  1. Comparação de sua posição dupla ao do tabernáculo. Movendo-se no deserto, e fixado no morro.

 

  1. Informe-se na qualificação para o ingresso em igreja e tabernáculo. Paralelo com os sacerdotes, etc.

 

Ver. 1. A grande questão. Perguntado por curiosidade, desespero, temor piedoso, inquiridor sincero, alma perturbada por quedas dos outros, santa fé. Dar resposta a cada um.

 

Ver. 1. O cidadão de Sião descrito. Sermões de Thomas Boston.

 

Ver. 1. A ansiedade de saber os verdadeiros santos, até que ponto legal e rentável.

 

Ver. 1. Deus a única apta para discernir infalível de verdadeiros santos.

 

Trabalha sobre o salmo DÉCIMA QUINTA

 

Fower Sermões e duas perguntas, como foram proferidas e disputadas por que aprendeu francês, PETER BARO. 1560.

 

Palestras sobre o XV. Psalme lidos na Igreja Catedral de St. Paul, em Londres. Por George DOWNAME. Doutor em Divinitie, em Londres.

 

  1. 4to.

 

Quatro Sermões, por meio de Exposição de Salmos 15: 1-5Salmos 15: 1-5 ., Por RICHARD TURNBULL, são encontrados no final do 4to idade contendo sua Exposição das Epístolas de Tiago e Judas. Não existe uma página título separado para a Exposição do Salmo; a data do livro é 1.606.

 

As obras de John Meninos, DD, Deane de Canterburie, 1629, folio, contém Expositions de Salmos 2: 1-12Salmos 2: 1-12 ; Salmos 9: 1-20Salmos 9: 1-20 ; Salmos 15: 1-5Salmos 15: 1-5 . (A edição fólio de Obras Boys 'consiste de Exposições das Escrituras utilizados na Liturgia.)

 

Um comentário prático e polêmicos, ou exposição em todo o Salmo XV, em que o texto é learnedly e frutuosa explicou, algumas controvérsias discutido, casos diversos de consciência são apagadas; mais especialmente a de USURIE. Por Christopher Cartwright, ministro atrasado de Saint Martin, na cidade de York. 1658. 4to.

 

Salmos 15: 2Salmos 15: 2 *

 

EXPOSIÇÃO

 

Ver. 2. A RESPOSTA. O Senhor, em resposta à pergunta informa-nos pelo seu Espírito Santo do caráter do homem que sozinho pode habitar em seu santo monte. Na perfeição essa santidade é encontrada apenas no Homem das Dores, mas em uma medida que se operou em todo o seu povo pelo Espírito Santo. Fé e as graças do Espírito não são mencionados, porque esta é uma descrição do personagem para fora, e onde as frutas são encontrados a raiz não pode ser visto, mas é certamente lá. Observe o homem aceitou a pé, trabalho e palavra .

 

Aquele que anda sinceramente, ele mantém-se ereto como aqueles que atravessam fazer cordas altas; se inclinar de um lado ao longo eles devem ir, ou como aqueles que carregam mercadorias precioso, mas frágil em cestas em suas cabeças, que perdem tudo, se eles perdem a sua perpendicular. Os verdadeiros crentes não se encolher como aduladores, contorcer como as serpentes, dupla curvatura como grubbers terra, ou cajado de um lado como aqueles que têm objetivos sinistros; eles têm a espinha dorsal forte do princípio vital de tolerância dentro, e ser-se na posição vertical, eles são capazes de andar em retidão. Andar a pé é muito mais importante do que falar. Ele só é certo que é até mesmo em pé e para baixo à direita na honestidade.

 

E pratica a justiça. A sua fé mostra-se pelas boas obras, e, portanto, não é uma fé morta. A casa de Deus é um ramo para os trabalhadores, e não um ninho para drones. Os que se alegram que tudo é feito para eles por outro, o Senhor Jesus, e, portanto, odeio legalidade, são os melhores praticantes do mundo sobre os princípios do evangelho. Se não estamos servindo positivamente o Senhor, e fazer sua santa vontade com o melhor de nosso poder, podemos debater seriamente o nosso interesse em coisas divinas, por árvores que não produzem frutos deve ser cortada e lançada no fogo.

 

E fala a verdade no seu coração. O tolo no último salmo falou falsamente em seu coração; observar, tanto aqui como em outros lugares nos dois salmos, o contraste marcante. Santos não só o desejo de amar e falar a verdade com os lábios, mas eles pretendem ser verdade dentro; eles não vou mentir, mesmo no armário de seus corações, pois Deus está lá para ouvir; eles desprezam duplo sentido, evasões, equívocos, mentiras brancas, lisonjas e enganos. Embora verdades, como rosas, tem espinhos sobre eles, bons homens usá-los em seus peitos. Nosso coração deve ser o santuário e refúgio da verdade, deveria ser banido de todo o mundo, ao lado, e caçado dentre os homens; em todo o risco que deve entreter o anjo de verdade, pois a verdade é filha de Deus. Devemos ter cuidado para que o coração está realmente fixo e estabeleceu-se, em princípio, para a ternura de consciência para com veracidade, como a flor de um pêssego, necessite de um tratamento suave, e uma vez perdida fosse difícil de recuperá-la. Jesus era o espelho da sinceridade e da santidade. Oh, para ser mais e mais moda após sua semelhança!

 

Notas explicativas e PROVÉRBIOS pitoresca

 

Ver. 1-2. Veja Salmos em " Salmos 15: 1Salmos 15: 1 " para mais informações.

 

Ver. 2. Aquele que anda sinceramente, etc. Se nem a razão de ouro de excelência nos pode, nem a razão de prata do lucro fascínio mover-nos, em seguida, deve a razão de ferro da necessidade impor-nos a integridade e retidão de coração. Para o primeiro, tal é a necessidade de tal modificação, que, sem a integridade melhor enfeita parece que temos são falsificados, e, portanto, mas pecados gloriosos; o melhor culto podemos realizar é apenas hipocrisia, e, portanto, abominável aos olhos de Deus. Para retidão é a solidez de toda a graça e as virtudes, como também de toda religião e de culto de Deus, sem a qual eles são ineficientes e nada vale a pena. E em primeiro lugar, como tocar graças, se eles não se juntar com retidão de coração, eles são pecados sob as máscaras ou vizards de virtude, sim, como pode parecer, pecados duplos: para diz como Agostinho, simulata aequitas est duplex iniquitas, quia et inquitas est, et similatio: . equidade simulada é o dobro iniqüidade, tanto porque é a iniqüidade, e porque ele está fingindo George Downame, DD, 1604.

 

Ver. 2. Aquele que anda irrepreensivelmente. Aqui duas questões são movidas; Primeiro. Por David descreve um membro de som da igreja, e herdeiro do céu, por obras e não por fé, vendo o reino dos céus é prometido para a fé, e a profissão dos mesmos, também faz nascer um membro da igreja visível? Em segundo lugar. Por que, entre todos os frutos da fé, quase inumeráveis, ele faz a escolha dos seus deveres que dizem respeito especialmente os nossos vizinhos? Para o primeiro, a resposta pode ser, que, neste e em todos os outros lugares na Sagrada Escritura, onde as boas obras são ordenados ou elogiado em todo, a fé é sempre pressuposta, de acordo com aquela máxima apostólica, "Tudo o que não é de fé é pecado ";" Sem mim, "diz nosso bendito Salvador," nada podeis fazer "( João 15: 5Jo 15: 5 ); e sem fé nele é impossível agradar a Deus ( Hebreus 11: 6Hebreus 11: 6 ); fides est operum fomes, como Paulino espirituosamente: "A fé (como a nossa igreja fala), é o ninho de boas obras; ainda que os nossos pássaros ser nunca tão bela , embora por acaso que fazer o que é certo, e fala o que é verdade, mas tudo isso será perdido, exceto que ser trazido à luz em uma crença verdadeira. " Aristides era então apenas em seu governo que ele não iria pisar errado para qualquer respeito ao amigo ou inimigo, apesar de. Pomponius é dito ter sido tão verdadeiro, que ele nunca fez deitar-se, nem sofreu uma mentira na outra. Curtius em Roma, Menaeceus em Tebas, Codrus em Atenas, expôs-se até a morte voluntária, para o bem de seus vizinhos e país: ainda, porque eles queriam que o resto da verdadeira fé em Salvador do mundo, onde reclinar os seus jovens, não podemos (se falamos com nosso profeta aqui do oráculo de Deus), dizer que eles jamais descansar sobre seu santo monte. Outra resposta pode ser, que a fé é uma graça interna e escondido, e muitos se e outros iludir com uma profissão falsa da mesma, e, portanto, o Espírito Santo terá a fé de cada um para ser julgado e conhecido pelos seus frutos, e de algum modo, a vida eterna ser prometido à fé e condenação eterna ser ameaçado contra a infidelidade, mas a sentença de salvação e da condenação será pronunciada acordo com as obras, como a evidência mais clara de ambos. É verdadeiramente disse, fora de Bernard, que, apesar de nossas boas obras não são causa regnandi, ainda que seja através regni, a calçada em que, embora não seja a causa por, devemos ascender santo monte de Deus. Para a segunda demanda, porque as funções logo que pertence a Deus, não são mencionados aqui, mas apenas como preocupação o nosso irmão? Resposta é feita, que esta questão é proposta de tais como, vivendo na igreja visível, professar abertamente a fé, e parece ser devoto, ouvir a palavra de Deus, e chamando o seu nome; porque dos tais como são ateus profanas, e assim não tanto como fazer uma aparência de santidade, não há dúvida de que ser feito, para, sem qualquer dúvida, não pode haver lugar de descanso para tal no reino dos céus. Agora que podemos discernir corretamente que aqueles que professam a religião são sólidos e que doentio; as marcas não estão a ser tomadas a partir de uma audiência para fora da palavra, ou a recepção dos sacramentos, e muito menos a partir de uma observação formal das tradições humanas em tabernáculo de Deus (porque todas essas coisas hipócritas costumam fazer), mas dos deveres de justiça , dando a cada um o seu vencimento, porque a pedra de toque da piedade para com Deus é caridade para com o irmão. "Aqui," diz John, "são os filhos de Deus conhecidos, e os filhos do diabo: qualquer que não a justiça não é de Deus, nem o que não ama a seu irmão." John Boys.

 

Ver. 2. Não há determinar a qualidade de uma árvore, mas pelos seus frutos. Quando as rodas de um relógio se movem dentro, a mão no mostrador vai passar sem. Quando o coração de um homem é o som na conversão, em seguida, a vida vai ser justo na profissão. Quando a conduta é murado em, como havemos de julgar da primavera, mas pelas águas que correm através das tubulações? William Secker.

 

Ver. 2. E pratica a justiça. Um homem deve primeiro ser justo antes que ele possa trabalhar justiça de vida. ". Aquele que pratica a justiça é justo, assim como ele é justo" 1 João 3: 71 João 3: 7 . A árvore faz com que a fruta e não o fruto da árvore; e, portanto, a árvore deve ser bom antes que o fruto pode ser bom. Matthew 07:18Mateus 07:18 . O justo pode fazer uma boa obra, mas nenhum trabalho de um homem injusto pode fazê-lo justo. Agora nós nos tornamos justos somente pela fé, através da justiça de Cristo imputada a nós. Romanos 5: 1Romanos 5: 1 ... Pelo que, os homens trabalham como eles vão, se não se verdadeiros crentes em Cristo, eles não são os trabalhadores da justiça; e, consequentemente, eles não serão moradores do céu. Ye deve, em seguida, fechar com Cristo, em primeiro lugar, e pela fé receber o dom da justiça imputada, ou não nunca vai realmente ter esse caráter de um cidadão de Sião. Um homem deve, logo forçar fruto de um ramo quebrado a partir da árvore e murcha, como justiça trabalho sem acreditar, e unir-se com Cristo. Estas são duas coisas pelo qual aqueles que ouvem o evangelho estão em ruínas. Thomas Boston.

 

Ver. 2. pratica a justiça. Escada de Jacob tinha escadas, sobre a qual ele viu nenhum ficar parado, mas todos quer ascendente, descendente ou então por ele. Ascend você igualmente ao topo da escada, para o céu, e lá você deve ouvir um dizer: "Meu pai a trabalhar agora, e eu trabalho também." Ao que Basil observa que o rei Davi tendo primeiro disse, "Senhor, quem habitará no teu tabernáculo?" Acrescenta então, não que ele até então justiça que tenha feito o, mas aquele que faz agora trabalhar a justiça, assim como Cristo disse: "Meu pai a agora trabalhar, e eu trabalho também. " Thomas Playfere.

 

Ver. 2. Mas aqui observar, David diz, que opera a justiça, não que fala sobre, pensa ou ouve falar de, a justiça; porque, "não os que ouvem a lei, mas os que praticam a lei, serão justificados". O que, então devemos aos outros? O que Cristo diz ( Mateus 7:12Mateus 7:12 ), "Tudo o que vós quereis que os homens vos façam, fazei vós também a eles", até a seus inimigos: isto é, para ferir ninguém, para socorrer aqueles que sofrem lesão, e fazer o bem a todos os homens. Mas essas coisas, eu digo, são faladas especialmente àqueles que têm acepção de pessoas; como se disse, Não é porque tu és um sacerdote, nem porque és de uma ordem religiosa, não porque orares muito, nem porque fazes milagres, nem porque ensinas excelentemente, nem porque és digno, com o título do pai, nem porque és o fazedor de qualquer trabalho (exceto a justiça), que o descanso tu na colina sagrada do Senhor; pois se tu ser destituídos das obras de justiça, nem todas as tuas boas obras, nem os teus indulgências, nem os teus votos e sufrágios, nem os teus intercessões, deve aproveitar-te nada. Portanto, a verdade é firme; que é o caminhante sem mancha, eo executor da justiça, para que repousem nas moradas do Senhor. No entanto, quantos estão lá, que constroem, aumento e adornar igrejas, mosteiros, altares, vasos, vestuário, etc., que, ao mesmo tempo, nunca tanto como pensar nas obras de justiça; ou melhor, que trilham a justiça sob o pé para que possam trabalhar essas suas próprias obras, e por causa deles esperam ganhar o perdão de sua injustiça, enquanto milhares são enganados por estes meios! Assim, no último dia, Cristo diz: "Tive fome, tive sede, estava nu, eu estava na prisão, eu era um estranho." Ele não vai dizer uma palavra sobre essas obras que são feitas e admiradas no dia de hoje. E, por outro lado, é de nenhuma conta contra ti que és um leigo, ou seja quem for pobre, ou enfermo, ou desprezível, ou como vil tu, se você trabalhar a justiça, você será salvo. O único trabalho que devemos esperar serão considerados e representaram de, é a obra de justiça: todos os outros trabalhos que ou desejo ou seduzir-nos no sob uma demonstração de piedade, são uma coisa do nada. Martin Luther.

 

Ver. 2. E fala a verdade no seu coração. Anatomists observaram que a língua no homem é amarrado com uma corda dupla para o coração. E assim, na verdade falada não é necessário um duplo acordo de nossas palavras. 1. Com o nosso coração. Ou seja, ao falar da verdade, é necessário nossas palavras concordam com a nossa mente e pensamentos sobre a coisa. Devemos falar como nós pensamos, e nossas línguas deve ser fiéis intérpretes da nossa mente: caso contrário, mentir, não falar como nós pensamos. Então, o que é verdade em si pode ser falado por um homem, e ele ainda ser um mentiroso; ou seja, se ele não pensa como ele fala. 2. Com a coisa como é em si mesmo. Embora eu pense que uma coisa é assim, que não é assim, mentimos, quando afirmamos que; porque não é como nós dizemos, embora realmente acho que é assim. Para nossas noções equivocadas de coisas nunca pode carimbar mentiras para passar a corrente de verdades. 2 Tessalonicenses 2:112 Tessalonicenses 2:11 . Thomas Boston.

 

Ver. 2. eu hoje ouviu um sermão de Salmos 15: 2Salmos 15: 2 , e fala a verdade no seu coração. ... Ó minha alma, receber a advertência de que foi dado a ti! Estudar a verdade no íntimo; A integridade ea verdade sempre acompanhar-te, e preservar a ti: falar a verdade em teu coração. Sou grato por qualquer convicção e sentido que do mal de mentir; Senhor, aumenta a minha aversão a ele: como um mais assistência e ajuda contra este meio, sórdido, vício pernicioso, eu iria se esforçar, e resolver, em busca das direções definidas antes de nós no sermão, a mortificar as paixões e corrupções de onde este pecado de mentir mais ordinariamente flui, e que são a principal ocasião da mesma, como "fora do coração procedem os maus pensamentos" ( Matthew 15:19Mateus 15:19 ); Assim, a partir da mesma fonte proceder palavras mal. E eu, com o maior zelo, me colocado contra tais corrupções como na observação I encontrar mais comumente trair-me para esta maldade: orgulho, muitas vezes indites nosso discurso, e as moedas muitos uma mentira; assim inveja, cobiça, maldade, etc. gostaria de se esforçar para me purificar de toda essa imundícia: nunca haverá uma língua mortificada enquanto há um coração não mortificado. Se eu amo o mundo desordenadamente, é um mil a um I será muitas vezes esticar um ponto de promover um interesse mundano; e se eu odeio meu irmão, é as mesmas chances I deve censurá-lo. Senhor, ajuda-me a limpar a fonte, e, em seguida, os fluxos serão puros. Quando a mola de um relógio, e todos os movimentos estão certos, a mão vai dar certo; e por isso é aqui. A língua segue a inclinação para dentro. Eu resolver fazer nada que pode precisar de uma mentira. Se a cobiça de Geazi não tinha vergonha dele, ele não queria uma mentira para desculpá-lo, "Aquele que anda rectamente, anda seguro" e com segurança neste, bem como outros aspectos. Provérbios 10: 9Provérbios 10: 9 . Posso não fazer nada que é desonroso e média, nada que não possa suportar a luz, e depois terei pouco tentação de mentir. Eu iria se esforçar para um vivo sentido do olho de Deus sobre mim, agindo e falando em sua presença. Senhor, eu desejo para te sempre diante de mim; tu entendes o meu pensamento tão perfeitamente como os outros fazem as minhas palavras. Eu consideraria antes de eu falar, e não falar muito ou precipitadamente. Provérbios 29:20Provérbios 29:20 . Muitas vezes eu ia pensar na gravidade de um futuro julgamento, quando todos os segredos se manifestará, e o hipócrita e mentiroso exposta antes de anjos e homens. Por último, gostaria freqüentemente pedir ajuda divina aqui. Salmos 119: 29Salmos 119: 29 , Provérbios 30: 8Provérbios 30: 8 . Ó meu Deus, me ajude na minha conduta futura, retire de mim o caminho da falsidade; pode a lei da bondade e verdade estar em minha língua; posso tomar cuidado os meus caminhos para não pecar com a minha língua. I lamentar os meus erros passados, a este respeito, e fugir a tua misericórdia, por meio do sangue de Cristo; abençoe-me as instruções que têm sido neste dia me deu; não deixe nenhum iniqüidade prevalecerá contra mim; "Guarda o teu servo de pecados de presunção, e purifica-me são ocultos". Entrego meus pensamentos, desejos e língua, a tua conduta e governo; posso pensar e agir em teu temor, e sempre falar a verdade em meu coração. Benjamin Bennet "Oratório cristã", 1728.

 

Ver. . 2,5 Como a águia lança fora seu bico, e assim por renova sua juventude, e as tiras de serpentes fora de sua pele velha, e assim por si mesma faz lisa: mesmo assim ele que vai entrar no gozo de Deus, e descansar sobre o seu santo montanha, deve, como diz a Escritura fala, adiar o velho e colocar o novo, que, depois de Deus, é criado em verdadeira justiça e santidade, arrependendo-se verdadeiramente rapidamente, de forma constante. Robert Cawdray.

 

DICAS ao pregador VILLAGE

 

Ver. 2. Aquele que anda sinceramente.

 

  1. O que ele deve ser. Ele deve ser retos de coração. Um homem se dobrado não pode andar em retidão.

 

  1. Como ele deve agir. Nem por impulso, a ambição, o ganho, medo ou bajulação. Ele não deve ser deformada em qualquer direção, mas ficar perpendicularmente.

 

  1. O que ele deve esperar. Armadilhas, etc., para derrubá-lo.

 

  1. Sempre que ele deve andar. Caminho do dever, o único em que ele pode andar em retidão.

 

  1. Sempre que ele deve olhar. Acima, à direita, e, em seguida, ele vai estar na posição vertical.

 

Ver. 2. fala a verdade no seu coração. Assunto: â € "a falsidade do coração e da verdade do coração.

 

Ver. 2. ( cláusula primeira ). O cidadão de Sião, um andarilho na posição vertical.

 

Ver. 2. ( cláusula de média ). O cidadão de Sião, um trabalhador da justiça.

 

Ver. 2. ( última cláusula ). O cidadão de Sião, um alto-falante da verdade. Quatro Sermões nas obras de Thomas Boston.

 

Salmos 15: 3Salmos 15: 3 *

 

EXPOSIÇÃO

 

Ver. 3. Após o positivo vem o negativo.

 

Aquele que não difama com a sua língua. Há uma maneira pecaminosa de calúnias com o coração quando pensamos muito pouco de um vizinho, mas é a língua que faz o mal. Línguas de alguns homens mordem mais do que seus dentes. A língua não é de aço, mas ele corta, e é feridas são muito difíceis de curar; suas piores feridas não estão com sua borda para a nossa cara, mas com a sua volta quando nossa cabeça está voltada. Segundo a lei, um falcão noite foi uma ave imunda, e sua imagem humana é abominável em todos os lugares. Todos os caluniadores são foles do diabo para explodir disputa, mas esses são o pior que sopram na parte de trás do fogo.

 

Nem faz mal ao seu próximo. Quem refreia a sua língua não vai dar uma licença para sua mão. Amar o próximo como a nós mesmos nos fará inveja de seu bom nome, cuidado para não ferir sua propriedade, ou por exemplo doente para corromper seu caráter.

 

Nem aceita nenhuma afronta contra o seu próximo. Ele é um tolo se não um patife que pega bens roubados e abriga-los; em calúnia, bem como roubo, o receptor é tão mau como o ladrão. Se não houvesse ouvintes gratificadas de relatórios de doentes, haveria um fim do comércio de espalhá-los. Trapp diz que "o portador conto a traz o diabo em sua língua, e o ouvinte conto carrega o diabo em seu ouvido." O original pode ser traduzido, "perseverar;" o que implica que é um pecado para aguentar ou tolerar portadores conto. "Mostra que o homem para fora!" devemos dizer de um bêbado, mas é muito questionável se o seu comportamento viril vai nos fazer muito mal, como os portadores do conto insinuantes história. "Chamada para um policial!" dizemos se vemos um ladrão em seu negócio; devemos nos sentir nenhuma indignação quando ouvimos uma fofoca em seu trabalho? Cachorro Louco! Cachorro Louco!! é um terrível clamor, mas há poucos curs cuja mordida é tão perigoso como a língua de um intrometido. Fogo! fogo!! é uma nota alarmante, mas a língua do portador conto é inflamada pelo inferno, e aqueles que se entregam é melhor que emendar suas maneiras, ou eles podem achar que há fogo no inferno por línguas desenfreadas. Nosso Senhor falou mal de ninguém, mas respirei uma oração por seus inimigos; devemos ser como ele, ou nunca estarão com ele.

 

Notas explicativas e PROVÉRBIOS pitoresca

 

Ver. 3. Aquele que não difama com a sua língua, nem faz mal ao seu próximo. Lamentação sobre a negligência grosseira desse dever, ou a Comissão freqüente desse pecado. Que lágrimas são suficientes para lamentar isso? Como espesso, censuras e reprovações voar em todos os lugares, em todas as mesas, em todas as convenções! E este fosse o mais tolerável, se fosse apenas a falha dos homens ímpios, de estranhos e inimigos da religião; por tanto diz o provérbio, "procede Maldade dos ímpios." Quando o coração de um homem é cheio de inferno, não é razoável esperar que a língua deve ser definido no fogo do inferno; e não é nenhuma maravilha de ouvir essas pessoas censurar bons homens, sim, até mesmo para sua bondade. Mas, infelizmente! a doença não Acaso descansar aqui, essa praga não é apenas entre os egípcios, mas também israelitas. É muito triste para considerar como professores afiar suas línguas como espadas contra professores; e um bom homem censura e insulta o outro, e um ministro traduces outra; e quem pode dizer: "Eu estou limpo deste pecado?" O que eu poderia mover sua pena neste caso! Porque vós mesmos pena causa do Senhor, e não poluem e ferir suas consciências com este crime. Pity seus irmãos; basta-nos que os ministros piedosos e os cristãos são carregados com repreensões por menâ ímpios € "não há necessidade de que você deve combinar com eles neste trabalho diabólico. Você deve apoiar e fortalecer as mãos contra as censuras do mundo ímpio, e não acrescentar aflição aos aflitos. O coitado do mundo, e piedade da igreja que Cristo comprou com seu próprio sangue, que eu acho que evidencia você com estas palavras ", tem piedade de mim, tem piedade de mim, ó meus amigos, pois a mão de Deus tocou me. " Job 19:21Jó 19:21 . Pena o mundo louco e miserável, e ajudá-lo contra este pecado; parar o problema sangrenta; coibir essa prática perversa entre os homens, tanto quanto, possivelmente, você pode, e lamentar-lo diante de Deus, e para que você não pode fazer-se, dar a Deus sem descanso até que ele será mais agradável para trabalhar uma cura. Matthew Poole, 1624-1679.

 

Ver. 3. Aquele que não difama, etc. Maledicência ou calúnia não é de ânimo leve a ser preterido, porque nós tão facilmente falhar neste ponto. Para o bom nome de um homem, como diz Solomon, é uma coisa preciosa para cada um, e deve ser dada preferência antes de um grande tesouro, de modo que não é menos doloroso para ferir um homem com a língua do que com uma espada: ou melhor, ofttimes o curso de uma língua é mais grave do que a ferida de uma lança, como é no provérbio francês. E, portanto, a língua deve ser freado, para que não ferir de algum modo o bom nome do nosso próximo; mas preservá-lo a ele são e salvo, tanto quanto em nós se deitar. O que ele acrescenta doutrina tocar mal ou lesão não deve ser feita a nosso próximo, é semelhante ao que já vimos a respeito do trabalho ou exercício da justiça. Ele teria, pois, de modo a exercer toda a negociação na posição vertical, para que possamos estar longe de fazer qualquer dano ou errado aos nossos vizinhos. E pelo nome do próximo, destina-se a cada homem e mulher, como está claro e evidente. Pois somos todos criados de Deus, e colocado neste mundo para que pudéssemos viver retamente e sinceramente juntos. E, portanto, ele quebra a lei da sociedade humana (pois estamos todos amarrados e ligados por esta lei da natureza), que vos ferir ou lesão para outra. O terceiro membro deste versículo é, nem que afronta o outro, ou, que mantém não um relatório falso dar uns contra os outros; que partículas último Parece ser o melhor, já que ele tinha falado antes expressamente, tocando o bom nome de outro, para não ser magoado ou ofendido com a nossa língua. Para o que falta é próxima em grau, com o qual estamos muito sobrecarregados, e que escassos reconhecem ser uma falha, quando mais e manter as calúnias concebidas e fora dado por um outro contra um homem, seja por ouvi-los ou dizer -los adiante para outras pessoas, como ouvimos eles. Porque? Ele seemeth em sua maior parte a ser suficiente para nós se podemos dizer, que não fingir isso ou aquilo, nem torná-lo das nossas próprias cabeças, mas apenas dizer que fora, como ouvimos dos outros, sem acrescentar nada de próprio cérebro. Mas todas as vezes que fazemos isso nós falhamos em nosso dever fazer, ao não prever crédito do nosso vizinho, assim como requisito para as coisas, que sendo proferidas por outros deveria ser passado em silêncio e estão mortos, vamos reunir-se, e, dizendo-lhes para trás, dispersá-los no exterior, que seja um pecado ou não, quando, como devemos por todos os meios possíveis para desejar e fazer bem aos nossos vizinhos, todos os homens vêem. E, portanto, que a viagem rumo à vida eterna, deve não só não elaborar relatórios falsos e calúnias contra outros homens, mas também não tanto como tê-los na tua boca a ser desenvolvido por outros, nem por qualquer meio auxiliar ou mantê-las em caluniar; mas por todos os meios honestos e legais, prever a crédito e estimativa do teu próximo, tanto como em ti se deitar. Peter Baro, DD, 1560.

 

Ver. 3. Aquele que não difama com a sua língua. A palavra hebraica (LGR) signifieth para jogar o espião, e por uma metáfora, para caluniar ou calúnia, por caluniadores e whisperers, à maneira de espiões, subir e descer dissimular sua malícia , para que possam espiar as falhas e defeitos dos outros, de que eles podem fazer uma relação mal-intencionado, como dará ouvidos às suas calúnias. Assim que maledicência é uma difamação maliciosa de um homem por trás das costas ... E que o cidadão do céu Acaso e deve abominar de maledicência, a maldade horrível deste pecado Acaso evidenciar. Para o primeiro, Levítico 19:16Levítico 19:16 , onde é diretamente proibida, o "portador conto" é comparado a um mascate: "Tu não caminhar cerca de contos e calúnias, como se fosse um mascate entre o teu povo." Tanto (lykr) signifieth. Porque, assim como o mascate ter comprado suas mercadorias de alguns um ou mais saía de casa em casa para que ele possa vender o mesmo para os outros; assim maledicentes e portadores conto, reunindo contos e rumores, por assim dizer mercadorias, ir de um a outro, que tais mercadorias como eles mesmos inventaram, ou se reuniram pelo relatório, eles podem proferir, na ausência de seu vizinho para sua infâmia e desgraça. Da mesma forma Salmos 50:20Salmos 50:20 , é condenado como um crime notável, que Deus não permitirá que fique impune; Ezequiel 22: 9Ezequiel 22: 9 , ele é contado entre as abominações de Jerusalém, para as quais a destruição de denúncia contra ela; e Romanos 1: 29-30Romanos 1: 29-30 , entre os crimes das nações, entregou à um sentimento perverso, este é colocado: eram "whisperers e caluniadores." George Downame.

 

Ver. 3. Aquele que difama não. Aquele que é culpado de maledicência, que fala mal de outro atrás das costas, se o que ele fala é falsa, é culpado de mentir, o que é prejudicial para a salvação. Se o que ele fala é verdade, mas ele é nula de caridade na tentativa de difamar o outro. Porque, como Solomon observa, "o amor cobre todas as transgressões." Provérbios 10:12Provérbios 10:12 . Onde há amor e caridade, haverá uma cobertura e ocultação de pecados dos homens, tanto quanto pode ser. Agora, onde a caridade é querer, a sua salvação não é de se esperar. 1 Coríntios 13: 11 Coríntios 13: 1 , etc .; 1 João 3: 14-151 João 3: 14-15 . Christopher Cartwright, 1602-1658.

 

Ver. . 3. difama não Esse crime é uma conjugação de males, e é produtiva de males infinitos; que compromete a paz, e solapa as bases da amizade; ele destrói famílias, e rasga em pedaços o coração e vísceras de caridade; faz um partido o homem mau, e testemunha e juiz e carrasco de inocentes. Bispo Taylor.

 

Ver. . 3. difama O escorpião fere ninguém, mas, como ele toca com a ponta de sua cauda; eo crocodilo e basilisco matar ninguém, mas, como quer a força de sua visão, ou a força de seu alcance respiração. A víbora fere ninguém, mas como o seu fim morderá; as ervas venenosas ou raízes matar ninguém, mas como gosto, ou manipular, ou cheirá-los, e assim chegarão a eles; mas o veneno das línguas caluniosas é muito mais posto e mortal; para que fere e mata, fere e mata, não só perto, mas longe; não só na mão, mas pela distância do lugar removidos; não só em casa, mas no exterior; não só na nossa própria nação, mas em países estrangeiros; e poupa nem rápido morta. Richard Turnbull.

 

Ver. . 3. difama A palavra aqui usada vem de uma raiz que significa pé, e denota uma pessoa que vai de casa em casa, falando coisas que não deveria ( 1 Timóteo 5:131 Timóteo 5:13 ); e uma palavra a partir desta raiz significa espiões; ea frase aqui podem apontar para as pessoas que se introduzem pelas casas, intrometer-se nos segredos de famílias, divulgá-los e, muitas vezes representá-los em uma falsa luz. Tais são classificados entre os piores dos homens, e são muito impróprios para estar na sociedade de santos, ou na Igreja de Cristo. Ver Romanos 1:30Romanos 1:30 . John Gill.

 

Ver. 3. Também não aceita nenhuma afronta contra o seu próximo. Os santos de Deus não deve ser muito leve da audição, muito menos de acreditar todos os contos, rumores e relatos de seus irmãos; e da caridade pede conta que não só param e ficar-los, mas que examiná-las antes de acreditar neles. Saul, o rei, muito clara da crença neste ponto, acreditava que os relatórios difamatórias e falsas dos inimigos de Davi, que colocou na cabeça de Saul que Davi imaginou o mal contra ele. Sim, o próprio Davi mostrou sua grande enfermidade em que, que sem o devido exame e prova da matéria, ele acreditava que o relatório falso de Ziba, contra a Mefibosete, filho de Jônatas; dos quais ao rei Davi, perseguido por Absalão, seu filho, Ziba informou falsamente, que ele deveria dizer: "Este dia será a casa de Israel restaurar a mim no reino de meu pai." O exemplo de cuja enfermidade nas Escrituras reprovado, não devemos seguir; mas vamos em vez abraçar a verdade de que a doutrina celeste, que, através do Espírito de Deus, aqui está ele prega, que acreditamos não relatórios falsos contra nossos vizinhos. Richard Turnbull.

 

Ver. 3. Não desprezeis teu próximo, mas acho-te como ruim um pecador, e que os defeitos, como pode acontecer-te. Se tu não podes desculpar obra dele, desculpem sua intenção que pode ser bom; ou se a escritura seja mau, acho que foi feito de ignorância; se puderes nenhuma maneira desculpá-lo, acho que alguma grande tentação se abateu sobre ele, e que sejas pior se a tentação semelhante a ti sobreveio; e dar graças a Deus que a como ainda não te acontecido. Não desprezeis um homem ser um pecador, para que ele seja mau hoje, ele pode se transformar amanhã. William Perkins, 1558-1602.

 

Ver. 3-5. Os que choram baixo honestidade moral, chorar por esse que é uma grande parte da religião, o meu dever para com Deus, eo meu dever para com o homem. Quais os cuidados que ver um homem correr após um sermão, se ele Cozens e fraudes, assim que ele chega em casa? Por outro lado, a moralidade não deve ser sem religião, pois se assim for, pode mudar à medida que eu vejo conveniência. A religião deve governá-lo. Aquele que não tem religião para governar sua moral, não é uma dram melhor do que o meu cão mastiff; contanto que você acariciá-lo e agradá-lo, e não beliscá-lo, ele vai jogar com você tão finamente quanto pode ser, ele é um muito bom mastiff moral; mas se você machucá-lo, ele vai voar em seu rosto, e arrancar sua garganta. John Seldon, 1584-1654.

 

DICAS ao pregador VILLAGE

 

Ver. 3. Os males da detração. Ela afeta três pessoas aqui mencionadas: a Mordecostas, o próximo que sofre, e tomador, até do opróbrio.

 

Ver. 3. Também não aceita nenhuma afronta. O pecado de ser muito pronto para acreditar relatórios doentes. Comum, cruel, insensato, prejudicial, mau.

 

Salmos 15: 4Salmos 15: 4 *

 

EXPOSIÇÃO

 

Ver. 4. A cujos olhos o réprobo é desprezado; mas que honra os que temem ao Senhor. Temos que ser o mais honesto no pagamento de respeito como em pagar nossas contas. Honra a quem honra é devida. Para todos os homens bons temos uma dívida de honra, e não temos o direito de entregar o que lhes é devido ao vil pessoas que por acaso são em lugares altos. Quando os homens de base estão no escritório, é o nosso dever de respeitar a cargo; mas não podemos de modo violar a nossa consciência como para fazer o contrário do que desprezar os homens; e, por outro lado, quando os verdadeiros santos estão na pobreza e sofrimento, devemos simpatizar com suas aflições e honrar a homens nenhum menos. Podemos honrar o gabinete mais áspero por causa das jóias, mas não devemos prêmio falsas pedras preciosas por causa de sua configuração. Um pecador em uma corrente de ouro e mantos de seda há mais nada a ser comparado com um santo em trapos do que uma luz corrida em um castiçal de prata com o sol atrás de uma nuvem. O provérbio diz que "mulheres feias, finamente vestidos, são o mais feio para ele," e os homens tão médios em alta imobiliária são a mais significa por causa disso.

 

. Ele que jura com dano seu, não muda santos bíblicos sob o domínio do Novo Testamento "não jurem de forma alguma", mas sua palavra é tão bom quanto um juramento: aqueles homens de Deus que pensam que direito de juro, são cuidadosa e orante para que não parecem mesmo ultrapassar a marca. Quando compromissos foram assumidos, que acabam por ser inúteis ", os santos são homens de honra ainda." O nosso Fiador abençoado jurou o seu próprio dano, mas como ele estava gloriosamente à sua fiança! o que é um conforto para nós que ele muda não, eo que um exemplo para nós para ser escrupulosamente e com precisão exata no cumprimento de nossos convênios com os outros! O comerciante mais longe vendo pode entrar em compromissos que acabam por ser graves perdas, mas qualquer outra coisa que ele perde, se ele mantém a sua honra, suas perdas será suportável; se isso se perder tudo está perdido.

 

Notas explicativas e PROVÉRBIOS pitoresca

 

Ver. 3-5. Veja Salmos em " Salmos 15: 3Salmos 15: 3 " para mais informações.

 

Ver. 4. A cujos olhos o réprobo é desprezado, etc. Quando maus Jorão, rei de Israel, veio a Eliseu, o profeta, para pedir conselho do Senhor, e suplicar para as águas, tendo em companhia Josafá, rei de Judá, ser virtuoso; o profeta showeth seu desprezo a uma, sendo maus, e sua reverência para o outro, sendo piedoso, fiel e virtuosa, disse: "Como o Senhor dos exércitos vive, em cuja presença estou, se não fosse que eu respeitasse a presença de Josafá, rei de Judá, não olharia para ti nem te veria. " 2 Reis 3:142 Reis 3:14 . Assim foi o vil ímpios, na sua visão; assim que ele não bajular os ímpios. Da mesma maneira piedosa Mordecai, o judeu, tendo Haman o ambicioso e orgulhoso Agagite por desacato, seria de modo algum dobrar os joelhos até ele em sinal de honra, como o resto das pessoas fez; por esta causa ele foi extremamente odiado, ameaçada e molestada de Hamã orgulhosos e iníquos. Piscar para sua maldade, para mantê-las em sua iniqüidade, para bajular sobre eles e lisonjear-los, para elogiá-los quando eles merecem apenas a repreensão, é, por assim dizer, uma homenagem deles; para que, como a um pecado mais grave, o profeta denuncia uma maldição mais amarga: "Ai dos que ao mal chamam bem, e ao bem mal; que fazem da escuridade luz e da luz, escuridão; e fazem do amargo doce, e doce por amargo! " Isaías 5:20Isaías 5:20 . Richard Turnbull.

 

Ver. 4. A cujos olhos o réprobo é desprezado. Para desprezar os ímpios e honrar os piedosos, são opostos um ao outro. Mas o ex pode parecer não ser suficientemente conveniente para um homem de Deus. Pois, por que ele deveria desprezar ou desprezar os outros, que é comandada por todos os meios para cuidar do crédito dos outros, como ouvimos até agora? Nay, um homem de Deus, deixando os outros ir, deve procurar dentro de si mesmo, e a acusar a si mesmo, mas não de julgar os outros. Mas esta palavra do profeta é para ser entendido, em vez das falhas do que da pessoa. Portanto, assim como todo homem é ser amado, por isso são as falhas de cada um para a ne odiados dos piedosos. Porque assim é o próprio Deus, a quem desejamos ser como até, para que possamos habitar com ele, afetada e eliminados. Porque? ele odeia a nenhum homem, ou melhor, ele detesta absolutamente nada neste mundo todo universal, mas só pecado. Pois ele é o autor e preservador de todas as coisas que são; e, portanto, faz o bem e wisheth bem a todos; só pecado que ele não é o autor, mas a vontade livre e irrestrita do homem e Satanás. Não obstante Deus assim muito odiar o pecado, que por essa razão ele faz, por vezes, a negligência e abandonar os homens, sim, e tê-los por desacato. Então, em seguida, um homem de Deus, nem despreza qualquer; mas que ainda não obstante ele não gosta pecado em homens pecadores, e que ele sticketh não deixá-los perceber quer por repreendê-los, ou omitir a sua empresa, ou fazendo de alguma outra coisa, que lhes permite saber que estão misliked de bons homens por suas enormidades , e veja-se a ser desprezado dos outros para a sua vida maus e os ímpios. Um bom homem, portanto, não deve lisonjear o ímpio em suas tentativas desagradável, mas deve declarar abertamente que ele não permite o seu curso e conversação. Peter Baro.

 

Ver. . 4. A cujos olhos o réprobo é desprezado Agostinho, como Posidonius writeth, mostrando o que o ódio que ele tinha que portadores do conto e falsos repórteres dos outros, tinha dois versos escritos sobre sua mesa; por tradução estes:

 

"Aquele que faz amor com o discurso amargo do ausente para difamar, certamente deve saber que neste bordo nenhum lugar é para o mesmo."

 

Richard Turnbull.

 

Ver. 4. A cujos olhos o réprobo é desprezado. O cidadão da Nova Jerusalém, reprobos reprobat, et PROBOS probat; ele não pode embelezar qualquer homem, nem de fantasia tais como em quem ele não acha aliquid Christi, algo da imagem de Deus. A Colossos de ouro, cheio de lixo, ele não pode se inclinar para, mas que honra os que temem o Senhor, como os únicos anjos terrestres, embora nunca tão má e desprezível aos olhos do mundo. Mr. Fox, que está sendo perguntado se ele não se lembrava de um pobre servo tal de Deus, que havia recebido socorro dele no tempo da angústia? respondeu: "Eu lembro bem dele; eu vos digo, que eu esqueça os senhores e senhoras, para lembrar tal." John Trapp.

 

Ver. 4. Ele honra os que temem o Senhor. Embora os piedosos alguma forma ou de outra ser prejudicial a nós, devemos, no entanto, para honrar e não desprezá-los. Assim fez José Maria, que ele deveria ela ter tratado injuriously com ele; e ela tinha feito isso, de fato, se tivesse sido com ela como ele imaginou. Resolução de Calvino a respeito Luther era muito admirável a este respeito. Eles diferem muito sobre a presença de Cristo no sacramento; e Luther sendo de um espírito veemente, escreveu com amargura contra aqueles que detinham o contrário nesse ponto que ele mesmo fez. Este aplicadas alguns, que estavam mais preocupados quase no negócio, para se preparar para responder Luther; que Calvin entendimento, e temendo que está sendo provocado pela acidez de Lutero, devem lidar com ele na mesma espécie, ele escreveu a Bullinger, um homem nobre entre eles, persuadindo e exortando-o a levar o negócio de forma a mostrar o devido respeito aos Luther, considerando o valor ea excelência havia nele, no entanto, ele tinha se humilhado nesse particular. E acrescenta, que muitas vezes ele costumava dizer, que apesar de Lutero deveria chamá-lo de diabo, ainda que ele lhe faria essa honra, a reconhecê-lo um servo escolha de Deus. Christopher Cartwright.

 

Ver. 4. Ele os que temem ao Senhor honra. Eu li de um que disse: Se ele deve conhecer um pregador e um anjo juntos, ele em primeiro lugar saudar o pregador e, em seguida, o anjo. Charles Bradbury do "Gabinete de Jewels", 1785.

 

Ver. 4. aquele que jura com dano seu, não muda.

 

"Suas palavras são obrigações, seus juramentos são oráculos; Seu amor sincero, seus pensamentos impecável;

 

Suas lágrimas mensageiros puros, enviado do seu coração; Seu coração tão longe de fraudes como o céu da terra. "

 

William Shakespeare.

 

DICAS ao pregador VILLAGE

 

Ver. 4. O dever de honrar praticamente aqueles que temem o Senhor. Comenda, deferência, assistência, imitação, etc.

 

Ver. 4. O pecado de estimar outros que por seus personagens práticos pessoas.

 

Ver. 4. ( última cláusula ). O Senhor Jesus como nosso Fiador imutável, seu juramento e sua mágoa.

 

Salmos 15: 5Salmos 15: 5 *

 

EXPOSIÇÃO

 

Ver. 5. Aquele que não dá o seu dinheiro com usura. Usura era e é odioso a Deus e ao homem. Que um credor deve compartilhar com o mutuário em ganhos obtidos pelo seu dinheiro é mais adequado e apropriado; mas que o homem de propriedade deve comer o pobre coitado que, infelizmente, obteve um empréstimo dele é abominável. Aqueles que moer comerciantes pobres, viúvas necessitadas, e tal como, cobrando-lhes juros a taxas intoleráveis, vai descobrir que o seu ouro e sua prata estão corroídas. O homem que subirá ao monte do Senhor, deve afastar este pecado como Paul sacudiu a víbora no fogo.

 

Nem recebe peitas contra o inocente. O suborno é um pecado tanto no doador eo receptor. Ele era frequentemente praticada em tribunais orientais de justiça; que a forma do que é agora sob nossos excelentes juízes quase um inédito de coisa; mas o pecado sobrevive em várias formas, o que o leitor precisa não que devemos mencionar; e sob todas as formas, é repugnante para o verdadeiro homem de Deus. Ele lembra que Jesus em vez de tomar recompensa contra o inocente morreu para os culpados.

 

Ver. 5. Quem faz estas coisas nunca será abalado. Nenhuma tempestade deve rasgar-lo de suas fundações, arraste-o da sua ancoragem, ou arrancar-lo do seu lugar. Como o Senhor Jesus, cujo domínio é eterno, o verdadeiro cristão nunca deve perder sua coroa. Ele não deve ser apenas em Zion, mas como Zion, fixa e firme. Ele habitará no tabernáculo do Altíssimo, e nem a morte, nem o juízo removê-lo do seu lugar de privilégio e bem-aventurança.

 

Vamos valer-nos à oração e auto-exame, para este salmo é como o fogo para o ouro e, como um forno para a prata. podemos suportar seu poder de testes?

 

Notas explicativas e PROVÉRBIOS pitoresca

 

Ver. 3-5. Veja Salmos em " Salmos 15: 3Salmos 15: 3 " para mais informações.

 

Ver. 5. Os teólogos puritana são quase todos eles contra a tomada de quaisquer juros sobre o dinheiro, e ir ao ponto de dizer que uma moeda de um centavo por cento ao ano fechará um homem do céu, se persistisse em. Parecia-me ser inútil para citar opiniões em que não posso concordar, especialmente porque isso iria ocupar o espaço melhor empregado. A exigência de excessiva e juros de moagem é um pecado a ser detestado; a tomada do interesse habitual e atual em um país comercial não é contrária à lei do amor. Os judeus não estavam envolvidos no comércio, e para emprestar dinheiro, mesmo com o menor interesse para os seus colegas agricultores em tempos de pobreza teria sido usurários; mas eles podem emprestar para estranhos, que normalmente seriam ocupadas no comércio, porque no mundo comercial, o dinheiro é uma coisa fértil, eo credor tem direito a uma parte dos seus produtos; um empréstimo para permitir que um não comerciante para viver mais uma época de falta é outra questão. CHS

 

Ver. 5. Aquele que não dá o seu dinheiro com usura. Por usura geralmente é entendido o ganho de qualquer coisa acima do principal, ou o que foi emprestado, exigido apenas em consideração do empréstimo, seja em dinheiro, milho, biscoitos, ou semelhantes. É mais comumente tomado por um lucro ilegal que uma pessoa faz de seu dinheiro ou bens. A palavra hebraica para a usura significa morder. A lei de Deus proíbe a impor condições rigorosas de ganho para o empréstimo de dinheiro ou bens, e exigente deles sem respeito à condição do mutuário, se ele ganhar ou perder; se a pobreza ocasionada seu empréstimo, ou uma perspectiva visível de ganho, empregando os bens emprestados. Diz-se em Êxodo 22: 25-26Êxodo 22: 25-26 , "Se tu emprestar dinheiro a alguém do meu povo pobre que está contigo, não te haverás com ele um usurário , nem porás sobre ele usura", etc. E em Levítico 25: 35-37Levítico 25: 35-37 : "Se teu irmão empobrecer, e caído em decadência contigo, tu virás aliviá-lo, sim, ainda que seja um estranho ou um estrangeiro, que ele viva contigo: tomar tu não usura dele ", etc. Esta lei proíbe a tomar a usurade um irmão que era pobre, um israelita reduzidos à pobreza, ou de um prosélito; mas em De 23:20 de um irmão que era pobre, um israelita reduzidos à pobreza, ou de um prosélito; mas em De 23:20, Deus parece tolerar a usura em relação a estranhos; "Até um estranho possas emprestar sobre a usura." Por estranhos , nesta passagem, alguns entendem os gentios em geral, ou todos os que não eram judeus, com exceção prosélitos. Outros pensam que por estranhos são feitos os cananeus, e as outras pessoas que foram dedicadas à escravidão e sujeição; destes os hebreus foram autorizados a exigir a usura, mas não desses estranhos com quem eles tiveram nenhuma discussão, e contra quem o Senhor não tivesse denunciado os seus juízos. Os hebreus estavam claramente ordenado em Êxodo 22:25Êxodo 22:25 , etc., não receber usura de dinheiro de qualquer que emprestado de necessidade, como, nesse caso, em Neemias 5: 5Neemias 5: 5 ; Neemias 5: 7Neemias 5: 7 . E tal disposição da lei feita para a conservação de propriedades para suas famílias por o ano do jubileu; por pessoas que tinham pouco interesse no comércio, não se poderia supor para emprestar dinheiro, mas por necessidade: mas eles foram autorizados a emprestar sobre a usura com estranhos, a quem ainda não devem oprimem. Esta lei, portanto, no rigor do mesmo, que nos obriga a mostrar misericórdia para com aqueles que têm vantagem contra, e para ser conteúdo para compartilhar com aqueles que emprestam para a perda, bem como o lucro, se a Providência atravessá-los. E sobre esta condição, um comentarista valiosa diz, parece lícito para mim receber juros para o dinheiro, que outro se esforça com, melhora, mas corre o risco de no comércio, como é para receber o aluguel para a minha terra, que outra esforça-se com, melhora, mas corre o risco de na criação. Alexander Cruden, 1701-1770.

 

Ver. 5. Aquele que não dá o seu dinheiro com usura. "Se tu emprestar dinheiro a alguém do meu povo que é pobre por ti". Êxodo 22:25Êxodo 22:25 . Pelo contrário, de acordo com a letra do original, "Se emprestares dinheiro ao meu povo, até um homem pobre contigo." Os israelitas eram um povo, mas pouco envolvidos no comércio e, portanto, não em geral pode-se supor que pedir dinheiro emprestado, mas de pura necessidade; e de que a necessidade do credor não era para tirar proveito de exações usurárias. A lei não deve ser entendido como uma proibição de interesse de qualquer forma que seja, mas de interesse excessivo ou a usura. A cláusula ", não serás para ele como credor," é equivalente a dizer: 'Tu não dominar e assenhorear-se dele com rigor e crueldade. " Que esta classe de homens eram peculiarmente a ser exorbitantes e opressiva em suas relações com os devedores parece estar implícito na etimologia do termo original para a usura (KVN neshek ), que vem de uma raiz que significa morder; e em Nehemiah 5: 2-5Neemias 5: 2-5 , temos um caso notável dos efeitos amargos, para moagem, resultantes de direitos do credor sobre o devedor. Uma grande parte das pessoas não só havia hipotecado suas terras, vinhedos e casas, mas havia realmente vendido seus filhos e filhas em cativeiro, para satisfazer as reivindicações de seus credores agarrar. Nessa emergência Neemias abraçado a causa dos pobres, e obrigou os ricos, contra quem ele convocou o povo, para remeter o conjunto das suas dívidas; e, além disso, exigiu deles um juramento que eles nunca oprimir depois seus irmãos pobres para o pagamento dessas dívidas. Este não foi porque cada parte desse processo tinha sido contrária à letra da lei mosaica, mas porque era uma flagrante violação da equidade nas circunstâncias. Ele estava tomando uma vantagem cruel e bárbara das necessidades de seus irmãos, em que Deus estava muito indignado e que seus servos devidamente repreendido. A partir desta lei, os canonistas hebreus se reuniram regra geral, que "Quem exacteth de um homem pobre, e sabe que ele não tem alguma coisa a pagar-lhe, ele transgredir contra esta proibição, não serás para ele como um credor exigente." ( Maimonides, no . Ainsworth) Nós nenhum lugar aprender com os institutos entregues por Moisés que a simples cobrança de juros, especialmente das nações vizinhas ( De 23: 19-20 ) Nós nenhum lugar aprender com os institutos entregues por Moisés que a simples cobrança de juros, especialmente dos países vizinhos (De 23: 19-20), foi proibido aos israelitas; mas a lei divina daria nenhum semblante ao desabafo e práticas extorsivas para que os emprestadores de dinheiro miseráveis estão sempre propensas. O pobre poder merecedor e laboriosa, por vezes, ser reduzida a esses estreitos, que acomodações pecuniárias pode ser muito desejável para eles; e para tal Deus incutir uma suave, tipo e espírito tolerante, e o preceito é imposta pela relação que eles sustentada a ele: qd, "Lembre-se que você está emprestando a minha gente, a minha pobre e, portanto, não se aproveitarão de suas necessidades. Confie em mim contra o medo da perda, e tratá-los com bondade e generosidade. " George Bush, em" Notas sobre o Livro do Êxodo ", 1856.

 

Ver. 5. Aquele que não dá o seu dinheiro com usura. Com relação à primeira cláusula, como David parece condenar todos os tipos de usura em geral, e sem exceção, o próprio nome tem sido em todos os lugares, realizada em ódio. Mas os homens espertos inventaram nomes capciosos ao abrigo do qual a esconder o vício; e pensar por este artifício para escapar, eles saquearam com maior excesso do que se tivessem emprestei com usura declaradamente e abertamente. Deus, porém, não será tratado e imposta pelos sofismas e falsos pretextos. Ele olha para a coisa como ela realmente é. Não há pior espécies de usura do que uma forma injusta de fazer negócios, onde a equidade é ignorada em ambos os lados. Vamos, então, lembre-se que todas as ocasiões, nas quais o partido injustamente se esforça para fazer o ganho com a perda da outra parte, qualquer nome pode ser dado a eles, está aqui condenado. Pode-se perguntar, se todos os tipos de usura devem ser colocados nessa denúncia e considerados ilegais iguais? Se nós condenamos todos, sem distinção, há um perigo de que muitos, vendo-se posto em tal estreito quanto ao descobrir que o pecado deve ser constituída, de qualquer maneira eles podem transformar-se, pode ser tornado mais ousados pelo desespero, e pode precipitar para todos os tipos de usura sem escolha ou discriminação. Por outro lado, sempre que admitir que algo possa ser legalmente feito desta forma, muitos vão se dar rédeas soltas, pensando que a liberdade de exercer a usura, sem controle ou moderação, foi concedida eles. Em primeiro lugar, portanto, gostaria de, acima de todas as coisas, aconselho meus leitores para ter cuidado com engenhosamente maquinando pretextos enganosos pelos quais a tirar proveito de seus semelhantes, e deixá-los não imaginar que qualquer coisa pode ser legal para eles que é grave e doloroso para os outros ... não é sem motivo que Deus tem em Levítico 25: 35-36Levítico 25: 35-36 , a usura proibido, adicionando este motivo: "e se teu irmão empobrecer, e caído em decadência contigo; tu virás aliviá-lo :. sim, embora ele seja um estranho ou um peregrino, que ele viva contigo não tomarás a usura dele, ou aumentar ". Vemos que o fim para o qual a lei foi enquadrado era que o homem não deve cruelmente oprimem os pobres, que deveria, em vez de receber simpatia e compaixão. Este foi, de fato, uma parte da lei judicial que Deus designou para os judeus em particular; mas é um princípio comum de justiça, que se estende a todas as nações, e para todas as idades, que devemos manter-nos de pilhagem e devorando os pobres que estão em perigo e deseja. Daí segue-se, não que o ganho que aquele que empresta o dinheiro à adquire participação, sem fazer danos a qualquer um, é para ser incluído sob a cabeça da usura ilegal. A palavra hebraica (KVN) neshek, que David emprega, sendo derivado de uma palavra que significa a mordida,suficientemente mostra que usuries são condenados na medida em que elas envolvem neles, ou levar a uma licença de roubar ou saquear nossos semelhantes. Ezequiel, de fato ( suficientemente mostra que usuries são condenados na medida em que elas envolvem neles, ou levar a uma licença de roubar ou saquear nossos companheiros homens. Ezequiel, de fato (Ez 18:17 22:12), parece condenar a tomada de qualquer interesse qualquer que seja sobre dinheiro emprestado; mas, sem dúvida, tem um olho para as artes injustas e espertos de ganhar pelo qual os ricos consumiram as pessoas pobres. Em suma, desde que tinha gravado em nossos corações a regra da equidade que Cristo prescreve em Mateus 7:12 : "Portanto, todas as coisas que quereis que os homens vos façam, não vós também a eles", não seria necessário entrar em disputas alongaram em matéria de usura. John Calvin, em loc.Eze 18:17 22:12Mateus 7:12

 

Ver. 5 ( primeira cláusula ). A lei mosaica proíbe o empréstimo de dinheiro para o interesse de um israelita. Êxodo 22:25Êxodo 22:25 , Levítico 25:37Levítico 25:37 de 23:19 De 23:19, Provérbios 28: 8Provérbios 28: 8 , Ezequiel 18: 8Ezequiel 18: 8 . Em várias das passagens referidas, é expressamente supor que o dinheiro é emprestado apenas para os pobres, uma suposição que tem seu fundamento nas relações simples dos tempos mosaicos, em que os empréstimos, para fins de especulação e lucro, não tinha existência. Esse tipo de empréstimo só deve ser uma obra de amor fraternal; e é uma grande violação de que, se qualquer um, em vez de ajudar seu vizinho, tira proveito de sua necessidade de trazê-lo para ainda maiores angústias. O regulamento Mosaic em questão tem, consequentemente, a sua importação também para tempos do Novo Testamento. Com o empréstimo de interesse dos capitalistas, que pedem para a especulação, não tem nada a fazer. Este pertence a uma questão completamente diferente, como está implícito até mesmo pelo nome (KVN), um mordendo, segundo a qual apenas como usura pode ser concebida como pragas e empobrece um vizinho. Em comparação unseasonable com os nossos modos de expressão, muitos se expor, "Seu dinheiro que ele não coloca o interesse." EW Hengstenberg.

 

Ver. 5 ( primeira cláusula ). O worm chamado em latim Teredo, da qual Plínio tem relatado algo em sua história, produzindo em madeira, ao toque tão suave ainda tem tais dentes como esforço e consumiu a madeira dura. Então, o usurário é uma besta suave no início de manusear, mas na continuidade do tempo a dureza de seus dentes vão comer-te-se, tanto de carne e osso, se o não cuidado. Ele pleiteia amor, mas não por causa de ti, mas para o seu próprio; Porque, como as bobinas de hera e aperta o carvalho como um amante, mas assim que ele cresce para cima e sobre partes superiores do carvalho, e suga o sumo e seiva da mesma, que não pode prosperar nem prosperar; de modo que as bobinas usurer, abraça, e fechos nos braços do mutuário, para que assim se possa crescer mais rico, e sugar toda a riqueza, bens e riquezas dele, que ele nunca prospera ou prospera depois. O prazer do showeth usurário é como o jogo do gato com o rato parvo: o gato playeth com o mouse, mas o jogo do gato é a morte do mouse. O usurário prazeres do mutuário; mas o prazer de o usurário é a ruína do mutuário. A raposa através de slides artesanato e cai e faz muito passatempo até que ele venha para a presa, então ele devora: o usurário faz muitas lisonjas, dá muitas promessas justas, finge muito grande em benignidade, até que te tenho dentro de sua bússola, em seguida, esmaga e te cruciates. O usurário oprime os pobres, ele ceras ricos à penúria de seu irmão, ele veste-se com o brasão do nu, ele reúne riquezas da indigência e falta de seu próximo; ele alimenta-se do pão da fome, e devorará o seu irmão pobre, como os animais fazem o menor; do que o que, diz Ambrose, não há maior desumanidade ea crueldade, há maior miséria e iniqüidade, como Crisóstomo, em muitos lugares, e Basil sobre este Salmo, já bem observado. Richard Turnbull.

 

Ver. 5. Os ricos fazem os pobres para preenchê-las; para usuráriosalimentar-se os pobres, assim como grandes peixes devorar os pequenos. Por isso, ele disse que, Que não haja um mendigo em Israel ( De 15: 4 alimentar-se dos pobres, até mesmo como grandes peixes devorar os pequenos. Por isso, ele disse que, Que não haja um mendigo em Israel (De 15: 4), disse também, Que não haja um usurário em Israel. Porque, se há usurários em Israel haverá mendigos em Israel; para usurários tornar mendigos, mesmo que os advogados fazem quarrellers ... É uma ocupação miserável a viver pelo pecado, e um grande conforto para um homem quando ele olha em cima de seu ouro e prata, e seu coração faz saber dele, Tudo isso é bem conseguido ; e quando ele dorme no seu leito de morte, e deve deixar tudo para seus filhos, ele pode dizer-lhes, deixo-vos a minha própria; mas o usurário não pode dizer, deixo-vos a minha própria, mas deixo-vos outra homens; portanto, o usurário nunca pode morrer em paz, porque se ele morrer antes que ele faz da restituição, ele morre no seu pecado. Henry Smith.

 

Ver. 5. cortantes usurários estavam tão abominado na igreja primitiva, que, como eles condenaram o usurário si mesmo, então eles fizeram os escribas, que escreveu os laços, e também as testemunhas, incapazes de qualquer benefício; e que nenhuma prova ou última vontade, escrito por tal deve ser válido. A casa do usurário foi chamado domus Satanae, a casa do diabo; e ordenou que nenhum homem deve comer ou beber com tal usurário, nem buscar fogo a partir deles; e depois que eles foram mortos que não deve ser enterrado em sepultura cristã. A conclusão deste é ( Ezequiel 18:13Ezequiel 18:13 ), este pecado é combinado com roubo; e Ezequiel 18:11Ezequiel 18:11 ,

 

com o adultério; e Ezequiel 18:12Ezequiel 18:12 , com violência; é a filha de opressão e irmã a idolatria, e aquele que faz estas coisas não morará na santo monte de Deus. Embora, estes mundanos se pensam mais honesto do que ladrões e adúlteros, mas o Senhor esvazia seu caso todos iguais. John Weemse, 1636.

 

Ver. 5. recebe peitas contra o inocente. Estou certo de que este é Inferni scala, o caminho certo para o inferno, para ser avarento, para tomar subornos e perverter a justiça. Se um juiz deve perguntar-me o caminho para o inferno, eu deveria mostrar-lhe deste modo: Em primeiro lugar, deixe-o ser um avarento; deixe seu coração ser envenenado com cobiça. Em seguida, deixá-lo ir um pouco mais e tomar subornos; e, por último, perverter julgamentos. Eis aqui é a mãe, a filha, e filha da filha. A avareza é a mãe; ela traz tomada de suborno e propina tomar perversão do julgamento. Não carece de uma quarta coisa a fazer a bagunça, o que, que Deus me ajude, se eu fosse juiz, deve ser hangum tuum, um tippet Tyburn para levar com ele; um fosse o juiz do Banco do rei, meu Senhor Juiz Chefe da Inglaterra, sim, um fosse o meu Lord Chancellor si mesmo, para Tyburn com ele. Hugh Latimer.

 

Ver. 5. recebe peitas contra o inocente. Eu venho para advogados e advogados corruptos, que tantas vezes levam recompensas contra o inocente, como eles não tomar sobre si a defesa de causas como eles a sua própria consciência são persuadidos a ser mau e injusto. Que, sendo tão comum uma falha entre os advogados, como que muito poucos que defender causas, seja em tribunais civis ou eclesiásticos, não parece fazer qualquer consciência dos mesmos, a quem todos é o peixe que vem a suas redes; portanto, todos os advogados devem ser exortados a aplicar esta nota para si mesmos. George Downame.

 

Ver. 5. Aquele que pratica. Não é dito aquele que professa isto ou aquilo, ou aquele que crê assim e assim, ou o que é de tal ou tal opinião ou modo de adoração, ou aquele que estabelece novas luzes, e finge o Espírito por seu guia de imediato; 'tis não aquele que ouve muito ou fala muito da religião; não, nem o que prega e reza muito, nem o que pensa muito dessas coisas, e significa bem, mas é aquele que " faz estas coisas " Um € "que é, na verdade, empregava cerca de Thema €" que é a religiosa e verdadeiramente homem piedoso. Não é, eu digo, formal professora , um confidente solifidian, um selvagem opinionist, um alto voado perfectist; não é uma constante ouvinte, ou um poderoso orador, ou um laborioso professor, ou um irmão talentoso, ou um simples bem querente deve passar; mas é o fazedor honesto e sincero destas coisas, que vai cumprir o teste e resistir ao julgamento; quando todas as outras pretensões chamativos deve, naquelas chamas procura, ser queimado e consumido como "feno e palha", como o Apóstolo expressa. Para vestir farda de Cristo e fazê-lo sem serviço é apenas para zombar um Mestre graciosa; possuir lo em nossa profissão ea negá-lo em nossa prática, é, com Judas, que o traísse com um beijo de homenagem; com os soldados rudes para dobrar os joelhos diante dele, e, nesse meio tempo a bater a cabeça sagrada com seu cetro reeden, e com Pilatos para coroá-lo com espinhos, para crucificar o Senhor e escrever sobre sua cabeça, "Rei dos Judeus : "em uma palavra, para lamentar-lo com as nossas honras, e feri-lo com os nossos agradecimentos. A profissão de fé cristã, sem uma vida responsável, será tão longe de salvar qualquer um, que será altamente agravar sua condenação; quando uma amizade dissimulado no grande dia de descobertas deve ser encarado como o pior de inimizades. Uma mera formalidade fora de culto, é no melhor, mas o sacrifício de Prometheus, um esqueleto de ossos e uma fraude religiosa ... O humor inofensivo do que significa bem , não é suficiente para aprovar estado espiritual de um homem, para absolver obrigações, ou para verificar suas expectativas . Porque o que nos ordena "evitar o mal" faz imediatamente juntar em anexo, que deve "seguir" e "retende o que é bom." Não será nenhuma boa conta de não ter feito o mal, a não ser que fazer parecer que temos vindo a fazer muito bom; uma vez que o não cometimento de grandes pecados não desculpará nosso omissão de grandes funções. Na melhor comunidade de abelhas, o zangão sem uma picada, como ela tem nenhuma arma para o mal, por isso, querendo uma ferramenta para empregar, é merecidamente cashiered da colmeia. Condensado de Adam Littleton, DD, 1627-1694.

 

Ver. 5. Quem faz estas coisas nunca será abalado. Mark como o diz o profeta não, aquele que lê essas coisas, ou o que ouve essas coisas, mas aquele que os Acaso, nunca será abalado. Para se fosse o suficiente para ler ou ouvir esses preceitos, então deve um número infinito de pessoas vãs e maus entrar, e continuar na igreja, que, não obstante não têm lugar na mesma; pois há muito poucos, ou nenhum, que não leu, ou pelo menos não ouvi essas coisas, mas eles não vão fazê-las. Nem se dizer, aquele que fala destas coisas, mas o que eles Acaso; para muitos agora, nestes dias pode falar gloriosamente da retidão, a justiça, a verdade, em quem não obstante, não há nem relações verticais, nem soar justiça, nem a verdade não fingido para ser encontrado. Muitos podem dizer que a calúnia é o pecado, a lesão é a iniqüidade, para receber relatórios falsos é caridoso, que convém não os santos para lisonjear os maus, que para quebrar a promessa e falsificar seus juramentos é impróprio, para dar à usura é a opressão, a receber subornos contra o inocente é extrema crueldade; ainda si caluniar e ferir o seu próximo, eles próprios acreditam cada conto que se trouxe, lisonjeiam e jovem corça sobre os iníquos para a vantagem, juram e renegar para mercadoria, fazem violência através de usura, e receber presentes de suborno contra o inocente; e assim, em palavras que eles falam dessas coisas, mas fazê-las não de fato ... Nem que Davi dizer aquele que prega estes, nunca será abalado, pois então não só muitas outras pessoas más, que se pode falar de, sim, muitos ímpios homens que também pode pregar da virtude, devem ter lugar no tabernáculo do Senhor, e descansar sobre seu santo monte; mas também entre os outros, mesmo Balaão, o profeta avarento, deve ter um lugar certo no tabernáculo de Deus; para que ele pudesse dizer, "Ainda que Balaque me desse a sua casa cheia de prata e de ouro, eu não posso ir além da ordem do Senhor meu Deus, para fazer menos ou mais" ( números 22:18Números 22:18 ); mas ele tomou recompensas; no entanto, ele foi levado com cobiça, tanto quanto nele leigos, para trabalhar a destruição de Israel, o povo inocente do Senhor. Richard Turnbull.

 

Ver. 5. Jamais serei abalado. Mudou-se que ele pode ser por um tempo, mas não removidos para sempre. Sua alma está ligada com o pacote de vida, próximo ao trono de glória; quando as almas dos ímpios são inquieto como uma pedra no meio de um estilingue, diz o Targum em 1 Samuel 25: 1-441 Samuel 25: 1-44 . John Trapp.

 

Ver. 5 ( última cláusula ). A alma santo é o amor de Deus, a alegria dos anjos; seus olhos ousa olhar para o Juiz glorioso que ela sabe ser seu Salvador. Seu coração é corajoso; ela ousa levantar o trovão; e quando mentes culpados fluência em cantos, ela está confiante nele que vai defendê-la. Ela que reclame o mundo todo a acusá-la de injustiça, e não teme o suborno de testemunhas falsas, porque ela sabe o testemunho de sua própria consciência. Sua linguagem é livre e ousada, sem a culpa de paradas quebradas. Sua testa é clara e suave, como a testa do céu. Seus joelhos estão sempre se inclinou para o trono da graça; seus pés que viajam em direção a Jerusalém; as mãos que tecem a teia de justiça. Bons homens abençoá-la; anjos bons protegê-la; o Filho de Deus Acaso beijá-la; e quando todo o mundo se converterá em uma pilha queima, ela deve ser levado em segurança para a montanha de alegria, e definir em um trono de bem-aventurança para sempre. Thomas Adams.

 

DICAS ao pregador VILLAGE

 

Ver. 5. As evidências e privilégios dos homens piedosos.

 

Ver. 5 ( última cláusula ). A fixidez e segurança dos piedosos.

fonte www.avivamentonosul.com