Translate this Page

Rating: 3.0/5 (905 votos)



ONLINE
3




Partilhe este Site...

 

 

<

Flag Counter


vida eterna castigo eterno
vida eterna castigo eterno

                                                               Mateus 25: 31-46

 

"Mas, quando o Filho do Homem vier na sua glória, e todos os santos anjos com ele, então se assentará no trono da sua glória. Antes dele todas as nações serão reunidas, e ele separará uns dos outros, como o pastor separa as ovelhas dos cabritos. Ele porá as ovelhas à sua direita, mas os bodes à esquerda. Então o Rei dirá que estiverem à sua direita: 'Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino preparado para vós desde a fundação do mundo; porque tive fome, e me destes de comer; tive sede, e me destes de beber; era forasteiro, e me acolhestes; nu, e me vestistes; I estava doente, e me visitastes; estava na prisão, e fostes ver-me '.

"Então os justos lhe responderão, dizendo: 'Senhor, quando foi que te vimos com fome, e alimentá-lo;? Ou com sede e te demos de beber Quando foi que te vimos como estrangeiro, e levá-lo em, ou nu, e te vestimos? Quando foi que te vimos enfermo, ou na prisão, e vir para você? '

"O Rei lhes responderá: 'Em verdade vos digo que, na medida em que o fizestes a um dos menores dos meus irmãos, você fez isso comigo.' Então dirá também aos que estiverem à sua esquerda: "Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos, porque eu estava com fome, e você não me deu de comer; tive sede, e me destes de beber; fui estrangeiro, e você não me levou em, nu, e não me vestistes;. enfermo, e na prisão, e não me visitastes "

"Então eles também lhe responderão, dizendo: 'Senhor, quando foi que te vimos com fome, ou com sede, ou estrangeiro, ou nu, ou enfermo, ou na prisão, e não te servimos?'

"Então ele lhes responderá, dizendo: Em verdade vos digo que você, na medida em que você não fez isso a um dos menores desses, você não fez isso para mim." Estes irão para o castigo eterno, mas os justos para a vida eterna. "

Nestes versos nosso Senhor Jesus Cristo descreve o julgamento-dia, e alguns de seus principais circunstâncias. Há poucas passagens em toda a Bíblia mais solene e exame de coração do que isso.Que possamos lê-lo com atenção profunda e séria que merece.

Vamos marca em primeiro lugar, quem vai ser o juiz no último dia. Lemos que ele será "o Filho do Homem", o próprio Jesus Cristo.

Esse mesmo Jesus que nasceu na manjedoura de Belém, e tomando a forma de servo - que foi desprezado e rejeitado pelos homens, e muitas vezes não tinha onde reclinar a cabeça - que foi condenado pelos príncipes deste mundo, espancado, açoitado e pregado na cruz - que mesmo Jesus é Ele mesmo julga o mundo, quando Ele vier em sua glória. Para Ele, o Pai confiou todo o julgamento.(João 5:22). Para Ele, finalmente, todo joelho se dobrará e toda língua confessará que Ele é o Senhor.(Philip. 2:10, 11.)

Que os crentes acha deste, e ter conforto. Aquele que está assentado sobre o trono em que dia grande e terrível será seu Salvador, seu Pastor, seu Sumo Sacerdote, o seu irmão mais velho, seu amigo.Quando eles vê-Lo, eles não terão motivo para se alarmar.

Permita que as pessoas não convertidas acha deste, e ter medo. Seu juiz será que Jesus era o Cristo, cujo Evangelho que agora desprezam, e cujos convites gracioso eles se recusam a ouvir. Quão grande será a sua confusão, finalmente, se eles vão na incredulidade e morrer em seus pecados! Para ser condenado no dia do juízo por qualquer um seria terrível. Mas, para ser condenado por aquele que os teria salvo será terrível, de fato. Bem pode o salmista diz: "Beije o Filho para que ele não fique com raiva." (Salmo 02:12).

Vamos marca, em segundo lugar, que será julgado no último dia. Nós lemos que antes de Cristo "serão reunidas todas as nações."

Tudo o que já viveram um dia deve dar conta de si no bar de Cristo. Todos devem obedecer à convocação do grande Rei, e vir para a frente para receber sua sentença. Aqueles que não viria a adorar Cristo na terra, vai descobrir que eles devem vir para Sua grande assize, quando Ele voltar para julgar o mundo.

Tudo o que são julgados serão divididos em duas grandes classes. Há não será mais qualquer distinção entre reis e súditos, ou senhores e servos, ou dissidentes e clérigos. Não haverá nenhuma menção de fileiras e denominações, porque as primeiras coisas terão passado. Graça, ou sem graça, conversão ou unconversion, fé ou nenhuma fé, serão as únicas distinções no último dia. Tudo o que são encontrados em Cristo será colocado entre as ovelhas à sua direita. Tudo o que não são encontrados em Cristo será colocado entre os cabritos à sua esquerda. Bem diz Sherlock, "Nossos separações vai nos valer nada, a não ser que tomar cuidado para ser encontrado no número de ovelhas de Cristo, quando Ele vier para o julgamento."

Vamos marca, em terceiro lugar, de que maneira o julgamento será realizado no último dia.Lemos de vários elementos marcantes sobre este ponto. Vamos ver o que eles são.

O último julgamento será um julgamento de acordo com as provas. As obras dos homens são as testemunhas que serão trazidos para a frente, e, sobretudo, as suas obras de caridade. A questão a ser apurada não será apenas o que disse, mas o que fizemos - e não apenas o que professavam, mas o que nós praticamos. Nossas obras, sem dúvida, não vai justificar-nos. Nós somos justificados pela fé sem as obras da lei. Mas a verdade da nossa fé será testada por nossas vidas. A fé que não funciona é morta em si mesma. (Tiago 2:20).

O último julgamento será um julgamento que vai trazer alegria para todos os verdadeiros crentes. Eles vão ouvir aquelas palavras preciosas, "Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino." Eles serão de propriedade e confessou por seu Mestre antes de Seu Pai e dos santos anjos. Eles devem achar que os salários Ele dá aos Seus servos fiéis são nada menos do que "um reino." A menos, e menor, e os mais pobres, da família de Deus, terá uma coroa de glória, e ser um rei.

O último julgamento será um julgamento que vai trazer confusão em todas as pessoas não convertidas. Eles vão ouvir aquelas palavras terríveis: "Afasta, malditos, para o fogo eterno." Eles vão ser repudiado pelo grande Cabeça da Igreja diante do mundo reunidos. Eles vão achar que, como eles iriam semear para a carne, então da carne ceifará a corrupção devem. Eles não quiseram ouvir Cristo, quando Ele disse: "Vinde a mim, e eu vos aliviarei", e agora eles devem ouvi-Lo dizer: "Apartai, para o fogo eterno." Eles não levar a sua cruz, e assim eles não podem ter lugar no seu reino.

O último julgamento será um julgamento que será notavelmente trazer os personagens tanto dos perdidos e salvos. Eles na mão direita, que são ovelhas de Cristo, vai ainda ser "revestido de humildade." Eles vão se maravilhar ouvir qualquer trabalho deles trouxe para a frente e elogiado. Eles na mão esquerda, que não são de Cristo, ainda será cega e hipócrita. Eles não vão ser sensato de qualquer negligência de Cristo. "Senhor," eles dizem, "quando te vimos - e não vir para você?" Deixe este pensamento afundar-se em nossos corações. Nossos personagens da Terra irá revelar uma possessão eterna no mundo vindouro. Com o mesmo coração que os homens morrem, com que o coração eles vão subir novamente.

Vamos marca, em último lugar, quais serão os resultados finais do dia do julgamento. É-nos dito isso em palavras que nunca deveriam ser esquecidas, os ímpios "irão para o castigo eterno, mas os justos para a vida eterna. "

O estado de coisas, segundo o julgamento é imutável e sem fim. A miséria do perdido, ea bem-aventurança dos salvos, são ambos iguais para sempre. Ninguém vos engane-nos sobre este ponto. Ele é claramente revelada na Escritura. A eternidade de Deus, eo céu eo inferno, tudo ficar na mesma fundação. Tão certo como Deus é eterno, assim, certamente, é o céu um dia interminável, sem noite, eo inferno uma noite sem fim, sem dia.

Quem deve descrever a bem-aventurança da vida eterna? Ele passa o poder do homem para conceber.Ela só pode ser medido por contraste e comparação. Um descanso eterno, depois de guerra e conflito - a empresa eterna dos santos, após esbofeteando com um mundo mau - um corpo eternamente glorioso e indolor, depois de lutar com fraqueza e enfermidade - uma visão eterna de Jesus face a face, depois de apenas ouvir e crer - tudo isso é bem-aventurança, de fato. E ainda a metade do que resta por dizer.

Quem deve descrever a miséria do castigo eterno? É algo absolutamente indescritível e inconcebível. A dor eterna do corpo - a picada eterno de uma consciência acusadora - a sociedade eterno de ninguém, mas o ímpio, o diabo e seus anjos - a lembrança eterna de oportunidades negligenciado e desprezado Cristo - a perspectiva eterna de um cansado, futuro sem esperança - tudo isso é miséria, de fato. É o suficiente para tornar a nossa ouvidos formigamento, e nosso sangue gelar. E ainda esta imagem não é nada, comparado com o realidade .

Vamos fechar esses versículos com grave auto-investigação. Perguntemo-nos de que lado de Cristo que são susceptíveis de ser no último dia. Devemos estar na mão direita, ou devemos estar à esquerda? Feliz é aquele que nunca descansa até que ele possa dar uma resposta satisfatória a esta pergunta.

fonte coment. biblico M.HENRY (N.T) www.avivamentonosul.blogspot.com